Deter um homem para fotografar cães vivos em um barranco em Tenerife | Mascote

    Postado por Mascote | 5 Fevereiro 2013

    Deter um homem para fotografar cães vivos em um barranco em Tenerife

    Biceche ravina

    A policia Civil encontrou uma dúzia de corpos de animais no fundo de um penhasco em Tenerife

    A Guarda Civil prendeu um homem que atirou vários cães ao vivo em um barranco em Tenerife, conforme relatado, na terça-feira, o Instituto armado.

    A prisão veio na sequência de uma denúncia feita por um grupo ambiental que encontrei no desfiladeiro de Biceche, em Arona, corpos de uma dúzia de cães em estado de decomposição, disse em um comunicado, a Guardia Civil.

    Funcionários inspeccionados os cães e usando um leitor de microchip localizado a pessoa que apareceu para ser registrado como um proprietário de dois deles.

    Uma vez localizado, Ele acusou como o suposto autor de um crime de abuso de animal, eles tomaram a sua declaração e deixaram livre da obrigação de comparecer perante a autoridade judicial, quando necessário.

    Nessa audiência o suposto autor reconheceu ter Descartado dois dos cães, ao vivo, na parte inferior do barranco.

    EFE

    Deixar uma resposta

    Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

    *

    print friendly, PDF e e-mail



    raton

    Utilização de cookies

    Este web site utiliza cookies para que você tenha a melhor experiência de usuário. Se você continuar navegando você está dando seu consentimento para a aceitação dos cookies acima mencionados e a aceitação de nosso política de cookies, Clique no link para obter mais informações.cookies de plugin

    ACEITAR
    Aviso de cookies
    lightbox WordPress