Dogue canário
España FCI 346 - Molosoides - Dogue

Dogue canário

Sua agressividade não deve ser excessivamente estimulada. É um ótimo guardião e defensor sem a necessidade de treinamento.

conteúdo

História

O Dogue canário É um moloso clássico. É descendente de um antigo e, nesta forma antiga, raramente é encontrado hoje na Europa Central.. Tem muitos nomes: Presa Canario, Perro de Presa, Perro de Toro, Alano o Presa Canario. Cães do tipo atual Dogue canário existia ainda atrás 200 anos em todo lugar. Eles eram os velhos saupackers, mordedores de urso, cães de guarda, cães açougueiros, os ancestrais do atual grandes dinamarqueses, bulldogs, boxers e mastines. Eles são cães extremamente fortes e volumosos, que ainda hoje são resumidos como molossos. Eles foram criados nos tempos antigos e sempre foram muito apreciados. Eles foram usados ​​em grandes fazendas, com rebanhos animais ou, por exemplo, em navios mercantes, como cães de guarda e proteção, serviu como cães de pastoreio e como cães de caça para javalis ou ursos. Serviram governantes como Hamurabi como cães de guerra, eles os tinham esculpido em pedra em pleno reconhecimento 3700 anos.

Devido à sua força, coragem e determinação, têm sido usados ​​como cães de combate nas arenas de brigas de animais desde os tempos romanos. Os molossianos têm uma cabeça de comando com um focinho bastante curto e lábios longos.. As orelhas são geralmente usadas penduradas. De acordo com as tradições da antiguidade em palavras e imagens, as principais características do molosser permaneceram essencialmente as mesmas por milhares de anos, mas nos últimos séculos e especialmente devido à criação moderna de cães, o tipo clássico de molosser foi perdido até certo ponto. Em casos extremos, formas estranhas foram criadas com muitas dobras ou focinhos extremamente curtos, como bulldogs ou gigantes como ele Dogue alemão ou o Mastim. O cão ainda é criado em sua terra natal apenas por seu desempenho no trabalho.

Por conseguinte, as chances são de que o Dogue canário ainda incorporam o tipo Molosoide como era comum nos velhos tempos. É claramente reconhecido como trote, mas ele não sofre de exageros cultivados de quaisquer características ou traços corporais. Você só pode esperar que continue assim. Infelizmente, criadores estão muito em desacordo com Dogue canário. Eles nem conseguiram concordar com um nome e um cartório. De 1991 foi oficialmente considerado como “O cão Canary Presa” entre os símbolos naturais das Ilhas Canárias. Enquanto isso em 2001 o Ministério da Agricultura espanhol reconheceu esses cães como uma raça nacional também sob o nome de Dogue canário, os mesmos cães foram então provisoriamente reconhecidos como Dogo Canario pela federação mundial FCI em 2001 e finalmente em 2011. Outros nomes são Perro de Presa y Alano. Alano É uma palavra antiga que significa great dane.

Características físicas

O Dogo Canario, Perro de Presa, Perro de Toro, Alano o Presa Canario – todas as designações para o mesmo amigo de quatro patas – ele é um cão elegante que irradia poder atlético. Ele é atlético, muscular, molosser alongado, porém típico.

A relação crânio-focinho é de aproximadamente 6:4. O lábio superior repousa um pouco flácido no inferior. Os olhos, médias, eles são ovais e avelã, as orelhas, alta, eles são separados um do outro e têm a forma de um botão; eles são amputados apenas para lembrar seu papel original como um cão de combate. O pescoço., longo e musculoso, mostra uma ligeira barbela. A cauda é implantada alta: espessura na base, está sintonizado ao extremo. A barriga está retraída, mas as últimas costelas se destacam apenas ligeiramente, dando uma forma de harpa harmoniosa. Membros são resistentes, musculoso e perfeitamente prumo; angulação dos membros posteriores não é muito acentuada.

A diferença entre os bulldogs masculinos e femininos desejados pelo padrão FCI é, portanto, extraordinariamente grande. De qualquer forma, desejos deste padrão de aparência externa não devem ser levados tão a sério.

Porque felizmente essa raça de cachorro originalmente preservada, robusto e saudável estabeleceu seu padrão “Sozinha”, mais exatamente pelo desempenho no trabalho, e manteve na prática da vida até hoje. A gente, que agora quer colocá-lo em um padrão moderno de criação de cães com pedigree, nem concordo com o princípio, como podemos ver em sua história da raça. A criação moderna de cães com pedigree não fez nenhum tipo de raça para cães, tanto em termos de saúde e caráter. Nos velhos tempos, o Bulldog equipado com prazer para os ouvidos, para que eles se projetassem para cima. Isso agora é proibido. Hoje eles mostram orelhas grandes penduradas.

  • Cabelo: curto, sem subpêlo, bem difícil.
  • Cor: leonado ou atigrado. Os espécimes malhados têm uma ampla gama de cores, dos muito escuros a um tom bastante frio cinza claro.
  • Tamanho: machos, de 61 a 66 cm; fêmeas, de 57 a 62 cm.

Personagem

O Dogue canário é um cão tranquilo, equilibrado e autoconfiante. Ele é um atleta poderoso e defensivo que pode mostrar seu desempenho a qualquer momento. Como todos os molossos, ele é extremamente gentil, tem nervos fortes e um limiar de estímulo alto. No entanto, ele está mais ansioso para se mudar e não tão letárgico quanto a maioria dos molossos criados hoje apenas como companheiros. A Dogue canário Bem socializado é amigável com pessoas que conhecem e gostam de crianças. É muito sociável. Para estranhos é a princípio um pouco distante, sem medo. Ele é um guardião incorruptível, destemido e protetor de sua família sem ser agressivo por si mesmo. O padrão FCI descreve o caráter desejado pela raça:

Aparência calma; olhar alerta. É especialmente adequado como cão de guarda… Seu temperamento é equilibrado e ele tem muita autoconfiança. Latidos profundos. Ele é dócil e gentil com seus familiares e tem fortes laços com seu mestre, mas você pode suspeitar de estranhos. Comportamento autoconfiante, elegante e um pouco distante. Quando você está alerta, sua atitude é confiante e alerta.

Deve-se acrescentar que o Dogue canário rara vez ladra. Mas se ele late uma vez, é bem legal.

Atitude

O Dogue canário é pouco exigente em termos de condições externas. É claro: um pequeno apartamento na cidade grande não seria o ideal para sua atitude. Mas, além disso, é fácil manter. É também um cão de trabalho, um guarda, um motorista, um cão de caça para caçar javalis. O Dogue canário é adequado como cão de família apenas com a condição de que seja bem socializado, bem educado e fisicamente apto. Você também deve levar em consideração um fato: É considerado um “cachorro perigoso” em muitos países.

Dogue canário Educação

O Dogue canário pode ser treinado bem, mas ainda não é um cão iniciante. Ele é inteligente, muito sociável e ansioso para trabalhar. Mas, ao mesmo tempo, ele é muito poderoso e assertivo. Em caso de dúvida, sempre a extremidade mais forte da tira. Por conseguinte, seu mestre ou zelador não deve deixar dúvidas sobre seu papel de líder e isso com base na autoridade natural. Então este cão terá prazer em deixar o papel principal para seus bípedes sem reservas. Mas deve ser preenchido. O Dogue canário é até adequado para tarefas exigentes, como treinamento como cão de assistência ou proteção. O requisito básico é que ele venha de um criador sério e já tenha sido socializado lá.

Dogue canário saúde e cuidados

O Dogue canário não tem exigências especiais em seu atendimento.

Doenças típicas

Doenças específicas da raça não são conhecidas. Devido à sua curta carreira como cão de linhagem oficial, pode-se supor que a população do Dogo Canario, Presa Dog ou Presa Canario – Seja como for que essa raça antiga de cachorro seja chamada – goza de saúde robusta.

Nutrição / Alimentação

O Dogue canário não tem exigências especiais em sua dieta.

expectativa de vida Dogue canário

Não há dados confiáveis ​​sobre a expectativa de vida. Seriamente criado, o Dogue canário Eu deveria poder viver 10 a 12 anos.

Compre um Dogue canário

Antes de fazer uma compra, esteja ciente de que a atitude restritiva do Estado pode causar muitos problemas na vida cotidiana e encargos financeiros adicionais. O Dogue canário é um cão grande e poderoso que pertence às mãos de um professor ou amante experiente. O custo de um Dogue canário é de alguns 1200 EUR.

Imagens do Presa Canario

Fotos:

1 – Cão Presa das Canárias – Dogo canario por Kamen rider snipe / CC BY-SA
2 – Cão Presa Canario – Dogo Canario por Dragão de manjericão / CC BY-SA
3 – Presa Canario por https://pxhere.com/es/photo/732874
4 – Buldogue das Canárias, editado por Canecorsodog (en. wikipedia) editado por Caronna 12:25, 6 Fevereiro 2008 (UTC) / CC BY-SA
5 – Zai-Kan de Irema Curtó. Perro de presa canário byManuel Curtó Jr. / CC BY-SA
6 – Presa Canario por Wikipédia
7 – Presa canario dog por https://pxhere.com/es/photo/75916

Vídeos do Dogue canário

Tipo e reconhecimentos:

  • CLASSIFICAÇÃO FCI: 346
  • Grupo 2: – Cães de tipo Pinscher e Schnauzer, Molossóides e Cães de Montanha, e Boieiros Suiços.
  • Seção 2.1: – Molossóides, tipo dogue.
  • Federações:
    • FCI – Cães do tipo Pinscher e Schnauzer-Molossoide – Cães de Montanha e Boieiros Suiços. Seção 2.1 Molossóides, tipo dogo.
    • AKC – FSS
    • UKC – Cão de guarda

    Padrão FCI da raça Dogue canário

    APARSEGURO GERAL: Cão molossoide grande de tamanho médio, perfil retilíneo e máscara preta. Robusto e bem proporcionado.

    PROPORÇÕES IMPORTANTES: O corpo é mais longo que a sua altura na cernelha. Essa característica é mais acentuada nas mulheres.

    A proporção do crânio para a antecara é 60-40 %. A largura do crânio é 3/5 o comprimento total da cabeça. A distância do cotovelo ao chão deve ser 50 % altura na cernelha nos machos e um pouco menos nas fêmeas.

    TOMPERAMENTO / COMPORTAMENTO: Olhar calmo, expressão atenta. Especialmente adequado como cão de guarda e tradicionalmente usado para cuidar de gado. Temperamento equilibrado e muito autoconfiante. Casca baixa e profunda. Obediente e dócil com os membros da família, muito dedicado ao seu mestre, mas pode ser reservado com estranhos. Atitude confiante, nobre e um pouco distante. Quando ele está alerta, sua postura é firme com uma atitude alerta.

    CABEZA: Sólido, aparência braquicefálica e compacta, coberta de pele espessa. Sua forma tende a um cubo ligeiramente alongado. Linhas do crânio- faciais são paralelos ou ligeiramente convergentes.

    GIOhN CRANIANA:

    Cenfurecido: Um pouco convexo na direção anteroposterior e transversal. O osso frontal tende a ser achatado. A largura é quase idêntica ao seu comprimento.

    Arcos zigomáticos pronunciados com músculos da mandíbula e mandíbulas bem desenvolvidos, mas não proeminentes, coberto de pêlos soltos. Colisão occipital apenas ligeiramente marcada.

    Stem: A parada é pronunciada, mas não abrupta. A dobra entre os lobos frontais é bem definida e aproximadamente dois terços do tamanho do crânio.

    GIOhN FACIAL:

    Trufa: Ampla, preto fortemente pigmentado. Na mesma linha do focinho. Narinas grandes para facilitar a respiração. Focinho: Mais curto que o crânio, geralmente sobre o 40 % do comprimento total da cabeça. Largura é 2/3 a largura do crânio. Sua base é muito larga, afilando levemente em direção ao nariz. Nariz plano e reto, sem ranhuras.

    Labios: O lábio superior está pendurado, mas não excessivamente. Visto de frente, os lábios superior e inferior se unem para formar um V invertido. As arestas são ligeiramente divergentes. O interior dos lábios está escuro.

    Mandíbulas / Dentes: Mordedura em tesoura ou ligeiramente prognática, max. 2 mm. A mordida da pinça é aceita, mas não desejada, devido ao desgaste dos dentes. Os caninos têm uma grande distância transversal. Os dentes são largos com forte base de implantação. Molares grandes, pequenos incisivos e caninos bem desenvolvidos.

    OLHOS: Ligeiramente oval, médio a grande. Posicionados bem separados, mas nunca caídos ou salientes. Pálpebras pretas apertadas, nunca caiu. A cor varia do marrom escuro ao marrom médio, dependendo da cor da pelagem. Eles nunca devem ser claros.

    ORELHAS: Tamanho médio, bem separados com cabelo curto e fino. Cair naturalmente em ambos os lados da cabeça. Se são dobradas, têm o formato de uma rosa. Sua inserção é um pouco acima do nível dos olhos. Orelhas com inserção muito alta ou próximas são consideradas incomuns. Nos países onde a amputação é permitida, eles devem estar eretos.

    COMELLO: Menor que o comprimento da cabeça. Pele na parte inferior solta formando uma ligeira barbela. Sólido e reto, tende a ser cilíndrico e muscular.

    COMERPO: Longo, largo e profundo.

    Línea Superior: Em linha reta, nenhuma deformação sustentada por músculos bem desenvolvidos, mas imperceptíveis. Subindo ligeiramente da cruz até a garupa. A altura na garupa é 1 – 2 cm maior que a altura na cernelha.

    Gsemelhança: Comprimento médio, largo e arredondado. Não deve demorar, porque limitaria seu movimento. As fêmeas são geralmente mais largas.

    Peco: Grande capacidade e músculos peitorais bem definidos. Visto de frente e de perfil, deve ser baixado, pelo menos até o nível do cotovelo. O perímetro torácico é geralmente igual à altura na cernelha, mais 45 %. Costelas bem arqueadas.

    Línmenor ea e barriga: Levemente coletado e nunca abaixado. Os flancos são apenas ligeiramente pronunciados.

    COLA: Espessa na base afinando em direção à ponta, atingindo não mais do que a altura do jarrete. Inserção do meio. Durante o movimento, levanta-o na forma de um sabre, mas sem inclinar-se ou inclinar-se nas costas. Em repouso, ele fica à direita com uma ligeira curva no final.

    EXTREMIDADES

    MEMBROS ANTERIORES:

    Ho(m)bros: Com boa inclinação. Braços: Bem angulado, oblíqua.

    Antbraço: Bem equilibrado, direito. Ossos fortes e boa musculatura.

    Cotovelos: Eles não devem ser colados às costelas ou abertos para o exterior. Metacarpo: Muito sólido e levemente inclinado.

    Pemé anterior: Pé de gato com dedos arredondados, não muito perto.

    As almofadas para os pés são altamente desenvolvidas e pretas. Unhas são escuras. Unhas brancas devem ser evitadas, embora isso possa acontecer de acordo com a cor da pelagem.

    MEMBROS POSTERIORES:

    ApArience geral: Visto por trás forte e paralelo sem desvios.

    Coxas: Longo e muito musculoso.

    Cajadoemlla: A angulação não é muito pronunciada, mas não deve ser insuficiente.

    Metatarsos: Sempre bem descido.

    Pemé mais tarde: Um pouco mais longo que os da frente e com características semelhantes.

    MOVIMENTO: Durante o movimento, o Presa Canario é ágil e elástico, cobrindo bem o terreno. Passo longo. A cauda é abaixada e a cabeça é levemente elevada acima do nível das costas. Quando você está alerta, a cauda e a cabeça são carregadas altas.

    PIEL: Grosso e elástico. Mais folgado ao redor do pescoço. Quando alerta, a pele da cabeça forma dobras simétricas que se formam a partir da dobra entre os lobos frontais..

    MANTO

    Pelo: Curta, áspero, liso sem subpêlo (pode aparecer no pescoço e na parte de trás da coxa). Bastante áspero ao toque. Muito curto e fino nas orelhas, ligeiramente mais longo na cernelha e na parte de trás das coxas.

    Color: Todas as tonalidades de castanho a areia, do marrom escuro ao cinza claro ou loiro. Todas as tonalidades de malhado a areia. Marcas brancas são aceitas no peito, na base do pescoço ou garganta, pés dianteiros e dedos traseiros, mas isso deve ser mínimo. A máscara é sempre preta e não deve ser espalhada acima do nível dos olhos.

    TAMÃO E PESO:

    Altura na cernelha:

    Machos: 60 a 66 cm.

    Fêmeas: 56 a 62 cm.

    No caso de espécimes muito típicos, 2 tolerância de cm acima ou abaixo dos limites.

    Peso mínimo:

    Machos: 50 Kg.

    Fêmeas: 40 kg.

    Peso máximo:

    Machos: 65 kg.

    Fêmeas: 55 kg.

    FALTAS: Qualquer desvio dos critérios acima é considerado faltando e a gravidade é considerada o grau de desvio do padrão e seu impacto sobre a saúde e o bem-estar do cão.

    • Bite em clipe

    FALTAS SEVERAS:

    • Qualquer falha é considerada grave quando afeta a expressão e limita o tipo de cão..
    • Proporções incorretas da cabeça
    • Linhas craniofaciais extremamente convergentes (pare muito íngreme)
    • Lombo e cruz na mesma altura
    • Posição incorreta do membro
    • Perfil quadrado.
    • Cabeça triangular, fechar (não cubo)
    • Cauda fina, parafuso de inserção alta.
    • Costas afundadas ou encharcadas.
    • Olhos claros (Amarelo), muito perto um do outro ou oblíquo, afundado ou abaulado
    • Mordida excessivamente mordida
    • Máscara insuficiente
    • Ausência de dentes (Excepto P 1)

    FALTAS DESQUALIFICANDO:

    • Agressividade ou extrema timidez.
    • Qualquer cão mostrando sinais claros de anormalidades físicas ou comportamentais.
    • Nariz totalmente nonpigmented.
    • Marcas brancas não são aceitas
    • Mordida enognáti
    • Garupa menor que a cruz. Linha superior inclinada
    • Olhos azuis ou com diferença de tonalidade.
    • Cauda amputada

    N.B.:

    • Machos devem apresentar dois testículos de aparência normais, bem desenvolvidos e acomodados a bolsa escrotal.
    • Apenas cães funcional e clinicamente saudáveis, com a conformação típica da raça, deve ser usado para criação

    TRADUCCÍON: Brigida Nestler

    SupErvision técnico: SR. Miguel Angel Martinez

    Nomes alternativos:

      1. Canary Mastiff, Canary Catch Dog, Canarian Dogo, Presa Canario.Dogo Canario, Presa (Inglês).
      2. dogo Canario (Francês).
      3. Presa Canario, Kanarische Dogge (Alemão).
      4. Perro de presa canário, Dogo canário (Português).
      5. Perro de presa canario (español).

    Smoushond holandês
    Holanda FCI 54 - Pinscher e Schnauzer

    Nascido para seguir o cavalo e o cavaleiro, e pegar os ratos nos blocos.

    conteúdo

    História

    O Smoushond holandês é uma raça muito antiga. Seu nome deriva do termo smous (rato), porque entre suas tarefas sempre foi encontrado caçar esses roedores.

    Em meados do século 19 ele era muito popular com a classe média alta na Holanda, seguindo as carruagens e os cavalos e como apanhador de ratos nos estábulos. Embora a origem da raça seja incerta, acredita-se geralmente que o Schnauzer amarelo foi um dos cães originais na criação desta raça. Um comerciante de cães vendeu o cachorro como "O cão cavaleiro estável" para turistas de trocas de produtos em Amsterdã. O nome mudou rapidamente para "Smous”, bárbara áspera, Isso o distinguiu de Griffon de Bruxelas. O primeiro padrão data de 1905, foi escrito pelos Srs. H.A. Conde de Bylandt, A. Woltman Elpers e L. Seegers. Após um longo período em que a popularidade e o interesse público diminuíram, a última ninhada foi registrada no Livro de Registros da Holanda (Dutch Dog Studbook) em 1949. Em 1973, la Sra. H.M. Barkman van der Weel tomou a iniciativa de reconstruir a raça. Começou com uma cruz parecendo um Smoushond holandês. FCI-St. N ° 308 / 16.03.2012 3 De 1978 interessado em Smoushond holandês está protegido pelo Hollandse Smoushonden Club. Em 1980 o padrão de 1905.

    Na notícia, filhotes desta raça são muito difíceis de sair da Holanda.

    Características físicas

    É um cachorro ágil, cuja silhueta está inscrita em um quadrado, Não deve ser grosso ou pesado. Os olhos são característicos da raça, com uma expressão animada e benevolente, grande, redondo e escuro, as orelhas, inserido alto, eles caem para a frente e descansam nas bochechas; Eles são pequenos, de forma fina e triangular, com o final ligeiramente arredondado. A cauda deve ser bastante curta, com um comportamento feliz, mas não enrolado nas costas. Pode ser cortado para 2/3 seu comprimento.

    • Cabelo: no corpo é grosso, basto, disco rígido, reta, desgrenhado. Nas extremidades tem um comprimento médio, não apertado, mas virou para dentro, sugerindo bloqueios. Sobre a cabeça é mais curto, com bigodes, barba e sobrancelhas mais longas.
    • Cor: amarelado, juntamente com todos os seus gradientes; amarelo palha é preferível.
    • Tamanho: machos, de 37 a 42 cm; fêmeas, de 35 a 40,5 cm.

    Caráter e habilidades

    O Smoushond holandês nasceu para seguir o cavalo e cavaleiro, e pegar os ratos nos blocos, o Smoushond holandês tem um caráter afetuoso, alegre, amigável, sempre confortável com todos, destemido ou muito nervoso. É um cão de família perfeito, amigável e fácil de educar.

    Imagens da Smoushond holandês

    Vídeos do Smoushond holandês

    Tipo e reconhecimentos:

    • CLASSIFICAÇÃO FCI: 308
    • Grupo 2: – Cães de tipo Pinscher e Schnauzer, Molossóides e Cães de Montanha, e Boieiros Suiços.
    • Seção 1.3: – Tipo Pinscher.
  • Federações:
    • FCI – Cães Pinscher e Schanuezer. Molossóides e Cães de Montanha, e Boiadeiros Suiços, Seção 1: Tipos de Pinscher e Schnauzer.
    • UKC – Grupo Terrier.

    Smoushond holandês produz padrão FCI

    PROPORÇÕES IMPORTANTES:
    Altura na cernelha de preferência igual ao comprimento físico do corpo.
    A relação entre o comprimento do crânio, do osso occipital até a parada, e o comprimento do focinho, da parada até a ponta do nariz é 2:1.
    A profundidade do peito é aproximadamente metade da altura na cernelha.

    CABEÇA: A cabeça é larga e curta, com uma parada marcada. Sua decoração é muito característica.

    REGIÃO CRANIANA:
    Crânio: Largo e curto. Ligeiramente abobadado. Parar: Marcado.

    REGIÃO FACIAL:

    Trufa: De preferência preto e amplo.
    Focinho: Largura. O comprimento do focinho preferencialmente metade do comprimento da distância de parada - osso occipital. Ponte nasal direita.
    Lábios: Apertado, pigmentado preto.
    Mordida: Preferência mordida em tesoura. Uma mordida em pinça (borda a borda) ou uma boca levemente prognóstica não é considerada uma falha.
    Olhos: Olhos castanhos escuros são muito típicos da raça. Eles têm uma expressão amorosa e amigável e são grandes e redondos, nunca saliente ou afundado.
    Orelhas: As orelhas, inserção bastante alta, relativamente pequeno e caído. Quando o cão está alerta, as pontas das orelhas inclinam-se ligeiramente para a frente, ao lado das bochechas.

    PESCOÇO: Bastante curto e com boa musculatura.

    CORPO: Deve dar a impressão de ser robusto.

    Top de linha: A linha do pescoço flui suavemente para a linha superior do corpo.
    Voltar: Em linha reta.
    Lombo de porco: Levemente arqueado. Alcatra: Ligeiramente inclinado.
    No peito: Dá a impressão de espaço, não excessivamente profundo e com costelas bem arqueadas. Soleira não muito pronunciada. Linha inferior e barriga: Abdômen ligeiramente retraído.

    CAUDA: A cauda é bastante curta, de preferência não mais do que a altura do jarrete, com um rolamento feliz, mas não curvado nas costas.

    MEMBROS

    MEMBROS ANTERIORES:

    Aparência geral: Moderadamente angulado, forte e musculoso.
    Ombro: Moderadamente inclinado.
    Antebraço: Aproximadamente o mesmo comprimento da escápula. Cotovelos: Colado ao corpo.
    Braço: Membros direitos com ossos fortes, colocado bem sob o corpo. Metacarpo: Um pouco vertical.
    Pés anteriores: Rodada, elegante e pequeno (Pé de Jack). Unhas escuras são preferidas.

    MEMBROS POSTERIORES:

    Aparência geral: Moderadamente angulado, forte e musculoso.
    Coxa: O mesmo comprimento que a perna.
    Joelho: Moderadamente angulado.
    Perna: O mesmo comprimento da coxa.
    A articulação do jarrete: Moderadamente angulado. Metatarso: Sem esporas.
    Pés de volta: Como os anteriores.

    MOVIMENTO: Movimento fácil, elástico e regular.

    MANTO

    Cabelo: Os pêlos do corpo são grosseiros, Delgado, duro e reto, com um olhar quase amassado 4 – 7 cm de comprimento com subpêlo suficiente. Cabelo ondulado ou lanoso, com tendência a pesar, é indesejável. O cabelo na cabeça, de preferência com uma textura um pouco mais com fios do que no corpo. O cabelo é mais longo nas bochechas, formando bigodes, barba e sobrancelhas. As sobrancelhas podem cair ligeiramente sobre os olhos, mas não devem interferir na visão do cão.. Os membros são cobertos com pêlos da mesma textura que o corpo, embora um pouco mais curtos. O cabelo dos membros aponta para trás, sugerindo uma plumagem leve.. Nenhum cabelo grosso ou lanoso deve cobrir as extremidades que escondem as linhas externas. O cabelo na cauda é grosso ao seu redor.

    Cor: Amarelo uniforme em todas as suas tonalidades, embora de preferência amarelo palha escuro. As orelhas, bigode, barba e sobrancelhas podem ser amarelas mais escuras do que o resto do cão. Não é permitida nenhuma cor que não seja amarela em seus vários tons.

    TAMANHO E PESO:

    Altura à Cruz:
    Machos aproximadamente: 37 – 42 cm.
    Fêmeas aproximadamente: 35 – 40 cm.
    Peso: 7-11 kg.

    FALHAS: Qualquer desvio dos critérios acima é considerado faltando e a gravidade é considerada o grau de desvio do padrão e seu impacto sobre a saúde e o bem-estar do cão.

    FALHAS DE DESCALIFICANTES:
    · Agressividade ou extrema timidez.
    · Qualquer cão mostrando sinais comportamentais ou anormalidades físicas claras será desclassificado.
    · Falta de tipificação racial.
    · Modificação fraudulenta do cão ou evidência de tal prática através do uso de substâncias ou cirurgias.

    N.B.:
    · Os machos devem apresentar dois testículos de aparência normais
    totalmente a bolsa escrotal.
    · Apenas cães funcional e clinicamente saudáveis, com a conformação típica da raça, deve ser usado para parentalidade.

    TRADUCCION: Brigida Nestler
    Revisao Tecnica: Miguel Angel Martinez

    Nomes alternativos:

      1. Dutch Ratter, Hollandse Smoushond (Inglês).
      2. Hollandse Smoushond (Francês).
      3. Holländischer Rattler, HOLLÄNDISCHER SMOUSHUND (Alemão).
      4. Hollandse Smoushond (Português).
      5. Smoushond holandés, Perro ratonero holandés (español).

    Fotos:

    1 – Urubu holandês por https://pxhere.com/en/photo/1424539
    2 – Urubu holandês por https://pxhere.com/es/photo/1581327
    3 – Urubu holandês por https://pxhere.com/es/photo/1061995
    4 – Urubu holandês por https://pxhere.com/es/photo/1426949
    5 – Urubu holandês por gwendolenFlickr

    Pinscher austríaco
    Austria FCI 54 - Pinscher.

    Pinscher austríaco 1

    Autoconfiante, animada, atencioso, lúdico, especialmente ligado

    conteúdo

    História

    O Pinscher austríaco descende o Landpinscher austríaco velho, que ainda era difundido na segunda metade do século 19 como um cão de fazenda frugal e versátil. Em 1921 um plano de criação pura foi iniciado. Contra ele Pinscher alemão, parece mais largo, mais robusto e mais primitivo. Emil Hauck se familiarizou com esse tipo de cachorro durante suas viagens no início do século 20 e trabalhou para o reconhecimento da raça pelo ÖKV e pelo FCI. O 16 em outubro de 1928, esta raça foi reconhecida como Pinscher de cabelos curtos austríaco por ÖKV. No ano 2000 o nome da raça foi alterado para Pinscher austríaco.

    No entanto, de acordo com a associação de criadores, o número de cães diminuiu na década de 1970 tanto que restava apenas um cachorro, Diocles of Angers. A partir disto, a raça foi preservada usando “Landpinschers”. O “Landpinschers” ainda são usados ​​na criação. O “Landpinschers” são cães que correspondem ao Pinscher austríaco em termos de fenótipo e são relativamente estáveis ​​em termos de criação, sem ser criado especificamente como cães de raça, no sentido da criação moderna de cães.

    Características físicas

    É um cão de tamanho médio a pequeno. Os olhos são grandes, com a íris escura. As orelhas são normalmente em forma de "V", mas também tem botões, semi-caído ou reto. Os criadores tentam fixar o máximo possível uma orelha em "V" que, Por outro lado, já é o mais comum. A cauda é implantada alta, o cachorro a cam enrolada, freqüentemente nas costas, e é curto e grosso. Também pode ser encurtado.

    • Cabelo: curto, reto e com subpêlo. Lembre o fox terrier de cabelos lisos.
    • Cor: os mais frequentes são trigo amarelo, marrom amarelo, Griffon, jovem corça vermelha e preta com manchas de fogo. Quase sempre com grandes manchas brancas no peito, focinho, garganta, pescoço, nuca, extremidades e ponta da cauda. As amostras com o casaco manchado, completamente preto ou branco e fogo não são desejáveis.
    • Tamanho: 35 a 50 cm, mais frequentemente em tom para o 40 cm.

    Caráter e habilidades

    É um cachorrinho vigoroso, negrito, temperamental e muito resistente. É um ótimo cão de vigilância; Por outro lado, não se espalhou como um cão de companhia, entre outras coisas, porque é muito latido. No entanto, cães médios e pequenos não atendem às demandas de quem quer um cachorro para o apartamento (sempre o menor possível), nem aqueles que querem um cão de guarda (de preferência tamanho médio-grande), e por esse motivo a propagação da raça é muito limitada.

    Observações

    Ele tem boas atitudes de caça.

    Imagens do Pinscher austríaco

    Tipo e reconhecimentos:

    • CLASSIFICAÇÃO FCI: 64
    • Grupo 2: – Cães de tipo Pinscher e Schnauzer, Molossóides e Cães de Montanha, e Boieiros Suiços.
    • Seção 1.1: – Pinscher.
  • Federações:
    • FCI – Cães Pinscher e Schanuezer. Molossóides e Cães de Montanha, e Boiadeiros Suiços. Seção 1.1 Tipo Pinscher.
    • UKC – Terriers

    Padrão FCI da raça Pinscher austríaco

    Em espanhol – Pinscher austríaco FCI

    Nomes alternativos:

      1. Austrian Shorthaired Pinscher (Inglês).
      2. Oesterreichisher Kurzhaariger Pinscher (Francês).
      3. Österreichischer Pinscher (Alemão).
      4. Österreichischer Pinscher (Português).
      5. Pinscher austriaco de pelo corto (español).

    Fotos:

    1 – Pinczer_austriaco na Exposição Canina Mundial em Poznań por acorrentado / CC BY-SA
    2 – Pinscher austríaco na Exposição Canina Mundial em Poznań por acorrentado / CC BY-SA
    3 – Pinscher austriaco por https://pxhere.com/es/photo/1603530
    4 – Pinscher austriaco por https://pxhere.com/es/photo/1593828
    5 – Pinscher austríaco na Exposição Canina Mundial em Poznań por acorrentado / CC BY-SA

    Pastor-da-rússia-meridional
    Rusia FCI 326

    Pastor-da-rússia-meridional

    É um cachorro que reage rápido, é forte, equilibrado e animado, com tendência a ser dominante e muito ativo na defesa.

    conteúdo

    História

    A ascendência do Pastor-da-rússia-meridional Ele vem dos cães barbudos de pêlo grosso que foram trazidos juntamente com ovelhas de lã fina para as regiões estepes do Sul da Espanha. Este fato é mencionado no volume XXVI (1830 e., São Petersburgo) da coleção completa das leis do Império Russo. Estes cães ágeis de tamanho médio, moderno Pastor-catalão, eles foram capazes de encurralar os rebanhos de ovelhas e protegê-los. Esses cães trazidos de Espanha espontaneamente acasalado com pastores locais e cães de caça, que foram criados lá como ovelhas desde os tempos antigos. Mais tarde, esses cruzamentos se espalham pelas regiões sul do Rússia e eles eram conhecidos no exterior, nos países ocidentais ou na Europa como “o pastor russo”. Em 1867, uma medalha de ouro foi concedida a Cão de pastor russo na Feira Mundial de Paris por sua beleza. No entanto, a seleção real começou em 1898, na Crimeia, en Askania – Nova, demesne do barão russo de origem alemã Sr.. Friedrich von Falz-Fein. Ele foi a pessoa que deu à raça traços típicos modernos e a chamou “Pastor-da-rússia-meridional“.

    Numerosos filhotes com cães de caça locais levaram ao aumento da altura e predominância da cor branca, adicionou uma certa leveza de confirmação e um achatamento no peito típico de cães de corrida rápida, bem como barriga dobrada e ângulos mais pronunciados dos quartos traseiros. As últimas características típicas da conformação e o nome “Pastor-da-rússia-meridional” eles foram finalmente designados para a raça no período da URSS, no início da década de 1930, quando o primeiro padrão oficial da raça foi aprovado. Os cães de Pastor-da-rússia-meridional eles são fáceis de manter e podem se adaptar facilmente a várias condições climáticas devido à sua resistência, e eles estão sempre prontos para proteger seus proprietários e suas propriedades. Estes cães são excepcionalmente leais e dedicados aos seus donos., mas, ao mesmo tempo, não se deve esperar que o Pastor-da-rússia-meridional seja amigável com estranhos.

    Características físicas

    O Pastor-da-rússia-meridional é um cão de tamanho médio a grande, corpo médio, não robusto, com ossos fortes e músculos secos poderosos. O dimorfismo sexual está bem definido, os machos são mais volumosos em comparação com as fêmeas e têm cabeças maiores. A linha superior é uma característica da raça; forma uma ligeira curva sobre a coluna. O corpo, o chefe, os membros e a cauda estão cobertos de pêlos grossos, longo e desgrenhado que dá uma impressão enganosa de falta de jeito e peso, mas na verdade o Pastor-da-rússia-meridional ele é um cachorro rápido e ágil. Os olhos, ligeiramente amendoado, deve estar escuro e arranjado horizontalmente. As orelhas são relativamente pequenas, triangular e pendurado.

    • Cabelo: a capa é composta de cabelos longos (10-15 cm), frequentemente denso e ligeiramente ondulado, duro com subpêlo abundante.
    • Cor: uniforme branco permitido, branco acinzentado (Cinzas), branco com traços cinza, manchado de cinza; mantos brancos castanhos são mais raros, palha e completamente cinza.
    • Tamanho: machos, mínimo 65 cm; fêmeas, mínimo 62 cm. Indivíduos de 75 cm ou mais.

    Observações e dicas

    Às vezes, os filhotes nascem de cor cinza claro e ficam brancos com o primeiro derramamento.

    Caráter e habilidades

    É um cachorro que reage rápido, é forte, equilibrado e animado, com tendência a ser dominante e muito ativo na defesa. Muito inteligente e responsivo, é muito equilibrado, mas facilmente age se a segurança de sua família estiver ameaçada. É muito bom com os donos, crianças incluídas.

    Imagens do Pastor-da-rússia-meridional

    Vídeos do Pastor-da-rússia-meridional

    Tipo e reconhecimentos:

    • CLASSIFICAÇÃO FCI:Grupo 1 –> Cães de Pastor e Boiadeiros (exceto cães de montanha e boiadeiros suíços). / Seção 1 –> de pastor. Sem prova de trabalho.
    • FCI 326
  • Federações:
    • FCI – Grupo 1 cães de pastoreio, Seção 1 Cães Pastores
    • UKC – cães de pastoreio

    Nomes alternativos:

      1. Yuzhnorússkaya Ovcharka, Ukrainian Ovcharka, Ukrainian Shepherd Dog, Yuzhak, South Ukrainian Ovcharka, South Russian Shepherd Dog, South Russian Sheepdog (Inglês).
      2. berger de l’Ukraine (Francês).
      3. Juschnorusskaja Owtscharka, Südrussischer Schäferhund, Ioujnorousskaïa Ovtcharka (Alemão).
      4. pastor-da-ucrânia (Português).
      5. Pastor Ucraniano, Pastor del sur de Rusia (español).

    Fotos:

    1 – Pastor do sul da Rússia por https://www.pexels.com/es-es/foto/perro-2042862/
    2 – Ovcharka do sul da Rússia durante a exposição de cães em Racibórz, Poland por usuário:acorrentado / CC BY-SA
    3 – Ovcharka do sul da Rússia durante a exposição de cães em Racibórz, Poland por usuário:acorrentado / CC BY-SA
    4 – Ovcharka do sul da Rússia durante a exposição de cães em Racibórz, Poland por usuário:acorrentado / CC BY-SA
    5 – Imagens da Wikimania por Sailesh by Sailesh Patnaik / CC BY-SA

    Cuvac eslovaco
    Eslovaquia FCI 142 - Cães Pastores.

    Cuvac eslovaco

    O Cuvac eslovaco é um bom cão de guarda, fiel e muito corajoso, sempre pronto para combater intrusos, mesmo que seja ursos ou lobos.

    conteúdo

    História

    O grupo de raças de cães de montanha branca é derivado de lobos do tipo ártico, cujos sobreviventes permaneceram desde a era pré-glacial nas áreas montanhosas da Europa, na medida em que os limites de congelamento atingiram. Essas áreas são as encostas montanhosas do norte do Cáucaso, os balcãs, especialmente as montanhas Rodope, os Cárpatos, especialmente o Tatra, as encostas ao norte de Abruzzo e, finalmente, os Pirinéus. Nessas regiões frias e úmidas, o cão da montanha foi introduzido, também acompanhado por flora e fauna antigas, que ainda foram descobertas pelo pesquisador sueco Wahlenberg na Escandinávia.. Podemos encontrar uma relação semelhante com animais de estimação nórdicos, por exemplo, em Regiões Tatra nos Cárpatos, onde o cavalo Huzul tem como antecessor o cavalo Gudbrandstal; Da mesma maneira, o Cuvac eslovaco tem uma analogia com o cão pastor pomeranian. A atividade de cowboy alpino eslovaco tem uma tradição muito antiga.

    O Cuvac eslovaco junto com as ovelhas da montanha, o cavalo Huzul e os habitantes típicos das montanhas constituem as condições econômicas básicas para aproveitar as pastagens na criação de gado. As montanhas eslovacas pertenciam principalmente às pessoas livres que não estavam sujeitas às servidões da Idade Média; o povo protegia as fronteiras do país e sua tarefa era apenas fazer queijos de ovelha. Sua instituição foi chamada "Wallach Alliance" (Cinto Vallasky), com sede em Kaschau até a abolição das servidões. Os membros desse grupo militar e pastoral prestavam seus serviços nos pastos, sempre acompanhados pelo típico cão de vigilância. Tatra que também aparecem em muitas imagens. O Cuvac eslovaco mostrou suas habilidades como um bom cuidador, guardião e companheiro, bem como orientar os rebanhos de ovelhas, ao cuidado do gado e também nas pastagens de perus e outros animais domésticos, bem como guardar vários objetos. Também os clientes das estações térmicas que visitaram os cowboys alpinos e que vieram comprar queijos e outros produtos, eles olharam com prazer para esses filhotes cobertos de pelos densos e os compraram, levando esta raça para lugares mais baixos, onde costumava ser considerada uma raça de luxo por sua aparência única.

    Na região polonesa de Tatra, onde existe uma raça semelhante de cachorro da montanha chamada cão goral, espécimes excepcionalmente fortes eram comumente chamados de "Liptauer", indicando sua origem eslovaca. Desta forma, Também é limitado, do ponto de vista topográfico, a região de criação do Cuvac eslovaco Branco. O registro genealógico da Cuvac eslovaco foi iniciado na Checoslováquia mais de 30 anos pelo professor Anton Hruza da Faculdade de Veterinária de Brünn. O material inicial veio da região de Liptovska Luzna, kokava, Vychodna de Tatrach e arredores de Rachovo nos Cárpatos. O primeiro incubatório foi nomeado ″ Ze zlaté studny ″ (do poço de ouro) e foi fundada em Svitavy u Brna.

    O bezerro nos Cárpatos foi chamado ″ z Hoverly ″ (o Hoverla). Desde então, o Clube de Criadores de Cuvac eslovaco é baseado em Bratislava, onde são feitos registros exatos e organizadas exposições, julgamentos e poderes que se estendem por todo o país. Outras linhagens originais vêm das regiões do buraco Liptovské, Velky Choc, enterrado, Martin, Jedlova e Jeseniky. As linhas que foram estendidas ainda mais são Topas, carreira, Simba, Hrdos, Ibro, Cuvo, Bundas, Dinar, Samko, Bojar, Olaf e outros. Geneticamente Cuvac eslovaco pode ser caracterizado como um cão da montanha leuzista com focinho preto, e, em menor grau, como um cão branco flavístico com focinho marrom e olhos mais claros. Da combinação dos tipos genéticos mencionados, em que o primeiro é dominante, algumas variações na tonalidade da cor se originam, pigmentação dos olhos, das pálpebras, do focinho, lábios e mucosa. Por meio de uma seleção rigorosa na direção do primeiro tipo, juízes e criadores alcançaram a taxa exigida para o padrão atual e sua estabilização na área de incubatório. O número de membros do clube com cães criados e canis chegou a 200 nos últimos tempos. Desde então, contamos com 800 cães vivos e registrados em toda a República. A qualidade de nossa educação de Cuvac eslovaco refletido, entre outras coisas., no julgamento favorável feito em exposições internacionais (Praga, Brno, Liberec, Bratislava, Leipzig, entre outros) com intensa concorrência estrangeira.

    Características físicas

    Mostra a aparência sólida e sólida típica dos cães da montanha. O osso é sólido, o temperamento vivo e vigilante, destemido e atencioso. Os olhos são castanhos escuros e ovais. As orelhas são altas e muito móveis, de comprimento moderado, pendurado e quase preso à cabeça. A cauda tem um implante baixo e em repouso desce até o jarrete. Quando o cachorro se move, ele usa enrolado nas costas.

    • Cabelo: exceto a cabeça e os membros, onde é mais curto, o manto constitui uma densa cobertura contínua, sem tufos na cauda e nas ancas. Os Mache têm uma juba marcada. O subpelo, bem grosso, é completamente coberto pelo cabelo e é menos denso no verão.
    • Cor: Branco. Um borrão amarelado no final das orelhas é suportado, mas não é desejável.
    • Tamanho: machos, de 62 a 70 cm; fêmeas, de 59 a 65 cm.

    Observações e dicas

    De acordo com a tradição, somente indivíduos brancos são selecionados para diferenciá-los à noite dos animais selvagens.

    Caráter e habilidades

    Ele é extremamente fiel e corajoso e está sempre pronto para enfrentar qualquer animal prejudicial, ainda para lobos e ursos. A fim de diferenciá-lo durante a noite dos animais selvagens do campo, só é produzido na cor branca, sendo esta uma tradição antiga.

    Ele é muito carinhoso com seu dono.

    Imagens do Cuvac eslovaco

    Vídeos do Cuvac eslovaco

    Tipo e reconhecimentos:

    • CLASSIFICAÇÃO FCI:Grupo 1 –> Cães de Pastor e Boiadeiros (excepto boieiros suíços). / Seção 1 –> de pastor. Sem prova de trabalho.
    • FCI 142
  • Federações:
    • FCI – Grupo 1 cães de pastoreio, Seção 1 Cães Pastores
    • AKC – Pastoreio
    • UKC – cães de pastoreio
  • Padrão FCI da raça Cuvac eslovaco
  • Nomes alternativos:

      1. Slovak Cuvac, Slovak Chuvach, Tatransky Cuvac, Slovak tschuvatsch (Inglês).
      2. Slovenský čuvač, cuvac (Francês).
      3. Slovenský Cuvac (Alemão).
      4. Cuvac (Português).
      5. Cuvac eslovaco (español).

    Fonte:

    1 – fci

    Fotos:

    1 – Cuvac eslovaco por https://pxhere.com/es/photo/1323780
    2 – Cuvac eslovaco por https://pxhere.com/es/photo/1323780
    3 – Cuvac eslovaco por https://pxhere.com/es/photo/1424979
    4 – Cuvac eslovaco por https://pxhere.com/en/photo/898976
    5 – Cuvac eslovaco por https://pxhere.com/es/photo/1233682

    Schapendoes
    Holanda FCI 313 - Cães Pastores.

    Schapendoes

    Também é usado como cão de companhia, mas é pouco conhecido fora da Holanda.

    conteúdo

    História

    No final do século passado e no começo do presente, apareceu o Schapendoes holandeses na maioria dos lugares na Holanda, onde havia rebanhos e rebanhos de ovelhas. Os pastores o estimavam por seu incansável espírito de trabalho e por sua inteligência.. Pertence ao grupo versátil de cães pastores de pêlo comprido que têm uma cabeça densamente coberta. Está relacionado ao Bearded Collie, o Puli, o Pastor-polonês-da-planície, o Old english sheepdog, o Pastor de Brie, o Pastor-bergamasco e o pudim de ovelha alemão na variedade apresentada em Hessen, Odenwald e regiões do Baixo Reno. Todos esses cães são parecidos, são pequenas mutações de cães da montanha.

    O Schapendoes Não foi reconhecida como uma raça distinta até a Primeira Guerra Mundial e estava próxima da extinção na década de 1990. 1940 devido à concorrência do Border Collies importados. Em 1947 um clube de raças foi formado, Schapendoes holandeses.

    A corrida começou sua marcha em direção a uma identidade formal em 1954, quando um padrão de raça e um livro de criação foram estabelecidos. No entanto, não era até 1971 que os Schapendoes ganharam reconhecimento total como raça holandesa. O FCI (Federation Cynologique Internationale) reconheceu a raça em 1989.

    Reconhecido pelo United Kennel Club em 2006, o Schapendoes foi registrada no Foundation Stock Service do American Kennel Club desde 2005, mas não tem reconhecimento total.

    Características físicas

    É um cão de pêlo comprido e corpo leve. Os olhos são bem grandes, arredondado e marrom, a expressão deve ser franca, leal e vivo. As orelhas são inseridas bastante altas, eles não são grossos ou carnudos e penduram livremente pela cabeça, a cauda é longa e coberta com cabelos riscados, em repouso trava verticalmente, a trote, ele o carrega muito alto e curvado, acenando sensivelmente para a direita e esquerda; a galope, permanece reto e horizontal.

    Seus movimentos são elásticos e ágeis; ele é um saltador excepcional.

    • Cabelo: a capa é muito densa, com abundante subpelo. O cabelo é longo e mais do que 7 cm. nos membros posteriores. Não deve ser completamente suave, mas ligeiramente ondulado.
    • Cor: todas as cores são permitidas; de preferência cinza azulado com tendência a preto.
    • Tamanho: machos, de 43 a 50 cm; fêmeas, de 40 a 47 cm.

    Caráter e habilidades

    O típico Schapendoes amigável e adaptável, geralmente é fácil conviver com, desde que você faça bastante exercício e brinque. Embora ele seja um pensador independente, geralmente é cooperativo e quer agradar. Ele tende a gostar de estar com seu povo, então espero que ela fique perto de você, dentro ou fora.

    O Schapendoes trabalha as ovelhas cotovelando o nariz e os ombros, e você pode tentar fazer isso com as pessoas também, especialmente com as crianças. Não permita. No lado positivo, Ele geralmente é um amigo brincalhão e enérgico para crianças com idade suficiente para jogar uma bola para ele, correr com ele e ensinar truques.

    Normalmente, essa é uma raça inteligente e rápida de aprender.. Mas é importante ser claro com as regras ou ele tentará evitá-las se você não for consistente..

    Sua natureza geralmente alerta pode fazer desta raça um bom cão de guarda.. Embora as raças de pastoreio tendam a ser vocais, o Schapendoes geralmente não é um grande ladrador. No entanto, pode se tornar um ladrador irritante se deixado sozinho e entediado.

    Como a maioria dos cães pastores, o Schapendoes requer muita socialização para garantir que você não seja muito cauteloso ou desconfiado. Socialize filhotes em tenra idade com muitas pessoas, ambientes e circunstâncias diferentes para que eles possam aprender a se adaptar.

    Comece a treinar um Schapendoes no dia em que o trago para casa ou, antes que você perceba, ele o treinará. (Se esses cães fossem advogados, eles conheceriam todas as brechas.) É capaz de absorver tudo o que você pode ensinar. Não espere até que você tenha 6 meses para começar a treinar ou você terá um cão mais teimoso em suas mãos.

    Sim é possível, leve-o a um treinador quando tiver 10 a 12 semanas e socializar, socialice, socialice. No entanto, Note-se que muitos tipos de filhotes de formação exigem certas vacinas (tais como tosse do canil) são um dia, e muitos veterinários recomendam exposição limitada a outros cães e locais públicos até a vacinação dos filhotes (incluindo a raiva, cinomose e parvovirose) Eles são concluídas. Em vez de treinamento formal, Você pode começar a treinar o seu cachorro para socializar em casa e entre amigos e familiares até imunizações são concluídas no filhote de cachorro.

    Fale com o criador, Descrever exatamente o que você quer em um cão e pedir ajuda para escolher um filhote de cachorro. Os criadores veem seus filhotes diariamente e podem fazer recomendações incrivelmente precisas quando souberem algo sobre seu estilo de vida e personalidade..

    O cachorro Schapendoes Não perfeito, completamente formado fora da caixa whelping. É um produto de seu fundo e educação. Procure um filhote cujos pais tenham boas personalidades e que tenham sido bem socializados desde tenra idade.

    Schapendoes Health

    O Schapendoes é uma raça geralmente saudável, com expectativa de vida de 12 a 15 anos. Todos os cães têm potencial para desenvolver problemas genéticos de saúde, assim como todas as pessoas têm o potencial de herdar uma doença específica. Corra, não ande, de qualquer criador que não ofereça garantia de saúde para seus filhotes, que afirma que a corrida é 100 por cento saudável e sem problemas conhecidos ou que seus filhotes estão isolados da parte principal da casa por motivos de saúde. Um criador respeitável será honesto e aberto sobre os problemas de saúde da raça e da incidência com que ocorrem em suas linhas.

    O Schapendoes eles geralmente são saudáveis, mas há alguma incidência de atrofia progressiva da retina (ARP), uma doença ocular que pode causar cegueira. Criadores responsáveis ​​fazem testes de DNA de seus cães para a PRA e os examinam por um oftalmologista certificado antes da criação.. Eles também examinam seus cães para displasia da anca.

    Se um criador lhe disser que não precisa fazer esses testes, porque nunca teve problemas com suas filas ou seus cães foram examinados ou dão outra desculpa para poupar nos testes genéticos dos cães., sair imediatamente.

    criadores cuidadosas examinar seus cães produzindo para doenças genéticas e cópias aumento saudáveis ​​única e mais bonita, mas às vezes a mãe natureza tem outras idéias e um filhote de cachorro desenvolve uma dessas doenças, apesar de bons reprodutores práticas. Os avanços na medicina veterinária significam que, em muitos casos, os cães ainda podem viver uma boa vida. Se você vai ter um filhote, pergunte ao criador sobre a idade dos cães em suas linhas e as causas típicas da morte.

    Lembre-se que depois de receber um novo filhote em sua casa, tem o poder de protegê-lo de um dos problemas de saúde caninos mais comuns: a obesidade. Manter um Schapendoes ser o peso certo é uma das maneiras mais fáceis de promover uma melhor saúde geral.

    Banheiro Schapendoes

    Os Schapendoes têm uma pelagem dupla densa com pêlo fino levemente ondulado. Na sua parte mais longa, nos quartos traseiros, o cabelo é sobre 7 cm de comprimento. A cabeça e o rosto da raça são caracterizados por um pompadour, um bigode e barba.

    Considerando quanto cabelo você tem, o Schapendoes é bem fácil de estilizar, não requer nenhum corte ou corte. É normal parecer um pouco bagunçado.

    Mesmo assim, é melhor checá-lo algumas vezes por semana para não embaraçar e escová-lo de acordo. Para ajudar a evitar emaranhados, os filhotes podem precisar ser arrumados duas a três vezes por semana, pois a pelagem adulta aparece. Banhe o cão conforme necessário.

    Você não encontrará a pelagem dos seus Schapendoes ou o cabelo na sua mão depois de acariciá-la, porque a raça normalmente perde muito pouco.

    O resto são cuidados básicos. Apare as unhas a cada três a quatro semanas ou conforme necessário. Escove os dentes frequentemente – com um creme dental para animais aprovado pelo veterinário – para uma boa saúde geral e hálito fresco.

    Comentários Schapendoes

    Coexistência é importante que você tem com seu novo amigo. Plantearte antes de adquirir uma raça de cão “Schapendoes” você sabe alguns fatores. Nem todas as raças de cães são capazes de viver em um apartamento, Você deve levar em conta a sua qualidade, sua necessidade de exercício, sua interação com outros animais de estimação, seu cuidado e se você tiver crianças pequenas, o seu nível de tolerância para com eles.

    adaptação ⓘ

    5.0 Avaliação
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Ⓘ cão amigável

    4.0 Avaliação
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    A perda de cabelo ⓘ

    2.0 Avaliação
    2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Nível de afeto ⓘ

    5.0 Avaliação
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Necessidade de exercício ⓘ

    4.0 Avaliação
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    necessidade social ⓘ

    4.0 Avaliação
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    casa ⓘ

    3.0 Avaliação
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    sanita ⓘ

    3.0 Avaliação
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Amigável com estranhos ⓘ

    2.0 Avaliação
    2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    cascas ⓘ

    3.0 Avaliação
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    saúde ⓘ

    3.0 Avaliação
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    ⓘ territorial

    4.0 Avaliação
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Amigável com gatos ⓘ

    3.0 Avaliação
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    inteligência ⓘ

    5.0 Avaliação
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    versatilidade ⓘ

    5.0 Avaliação
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Crianças amigável ⓘ

    4.0 Avaliação
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    vigilância ⓘ

    4.0 Avaliação
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    alegria ⓘ

    5.0 Avaliação
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Imagens de Schapendoes

    Vídeos de Schapendoes

    Tipo e reconhecimentos:

    • CLASSIFICAÇÃO FCI:Grupo 1 –> Cães de Pastor e Boiadeiros (exceto Boiadeiros Suíço). / Seção 1 –> de pastor. Sem prova de trabalho.
    • FCI 313
  • Federações:
    • FCI – Grupo 1 cães de pastoreio, Seção 1 Cães Pastores
    • AKC – Pastoreio
    • CKC – Grupo 7 – cães de pastoreio
    • UKC – cães de pastoreio
  • Schapendoes cria padrão FCI
  • Nomes alternativos:

      1. Dutch Schapendoes, Nederlandse Schapendoes (Inglês).
      2. Nederlandse Schapendoes (Francês).
      3. Niederländischer Schapendoes (Alemão).
      4. skapendus (Português).
      5. Nederlandse Schapendoes (español).

    Fotos:

    1- Schapendoes by Wikipédia
    2 – Schapendoes by https://pxhere.com/es/photo/1414360
    3 – Schapendoes by Feira Sueca da Suécia / CC POR
    4 – Schapendoes by publicdomainpictures

    Cão-lobo-de-saarloos
    Holanda FCI 311 - Cães Pastores.

    Cão-lobo-de-saarloos

    A Sociedade Holandesa de Cão-lobo-de-saarloos, é o único organismo que pode fornecer filhotes.

    conteúdo

    História

    O Sr.. Leendert Saarloos (1884-1969) amei a natureza e também cachorros. Ele percebeu que os cães haviam se tornado muito humanizados e ele pretendia, como um amante do pastor alemão, de recuperar as qualidades naturais desta raça para produzir um cão que trabalha melhor. Por esse motivo, ele cruzou um pastor alemão, Gerard van der Fransenum, um cão do estilo prussiano clássico, com flores, uma loba que se originou do ramo siberiano do tipo europeu (1932). A criação baseada no pai deu a ele uma população básica de animais com um quarto de sangue de lobo. Durante a próxima fase experimental, com seleção rigorosa, uma nova corrida, o ″ cão lobo europeu ″ evoluiu. Alguns animais desta raça prestaram um bom serviço como cães-guia, e no início eram considerados adequados para esta tarefa.

    Devido ao aumento da proporção de sangue de lobo, habilidade utilizável, herdado do antecessor original, Gerard, gradualmente perdidos e tornou-se óbvio que a raça não era adequada para uso como cão de trabalho ou guia. Leendert Saarloos Legacy, não é um cachorro que trabalha, mas um cachorro com atributos mais ligados à natureza, foi reconhecido como uma raça em 1975. Nesse tempo, a raça foi nomeada ″Cão-lobo-de-saarloos″ Em homenagem ao seu fundador: Honra por quem a honra merece.

    Características físicas

    É um cachorro tipo lupoide com esqueleto poderoso mas leve, com membros longos. Os olhos, médias, macarons, são ligeiramente oblíquos e de preferência de cor amarela. A expressão é tempo atento e reservado, mas sem um traço de medo. As orelhas, médias, eles têm uma inserção bastante ampla e são apontados, carnudo e peludo. A cauda é implantada bem baixa e em repouso assume a forma de um sabre, não muito móvel. Pode carregá-lo alto quando ativo ou intimidador.

    As diferenças nas características sexuais secundárias são pronunciadas entre os machos e as fêmeas.

    • Cabelo: duro e reto.
    • Cor: do preto com a luz se mistura ao preto escuro (Lobo cinzento), do marrom com misturas claras ao marrom escuro e do creme muito claro ao branco.
    • Tamanho: machos, de 65 a 75 cm; fêmeas de 60 a 70 cm.

    Caráter e habilidades

    Fortemente hierárquico, ele está muito perto de seu dono e desconfia de estranhos. É um cachorro para apreciar e estudar (melhor como um casal ou em grupo) especialmente por fãs de etologia, mas não é recomendado usá-lo para guarda e defesa, porque ele tende a fugir do homem. Sua reserva e sua maneira de evitar situações desconhecidas, como um lobo, são características típicas do Cão-lobo-de-saarloos.

    Cão-lobo-de-saarloos Imagens

    Vídeos do Cão-lobo-de-saarloos

    Tipo e reconhecimentos:

    • CLASSIFICAÇÃO FCI:Grupo 1 –> Cães de Pastor e Boiadeiros (excepto boieiros suíços). / Seção 1 –> de pastor. Sem prova de trabalho.
    • FCI 311
  • Federações:
    • FCI – Grupo 1 cães de pastoreio, Seção 1 Cães Pastores
    • UKC – cães de pastoreio
  • Padrão FCI da raça Cão-lobo-de-saarloos
  • Nomes alternativos:

      1. Saarloos wolfhond (Inglês).
      2. Saarloos (Francês).
      3. Saarlooswolfhond (Alemão).
      4. Saarlooswolfhond (Português).
      5. Perro lobo Holandés (español).

    Fotos:

    1 – Saarloos wolfdog da região tcheca por @Hippie_Saarloos / CC BY-SA
    2 – Saarloos por Wolfdog por https://pxhere.com/es/photo/1389361
    3 – Saarloos Wolfhond – Merlin v.d. Schattenwaldwoelfen by Boot Juliaan / CC BY-SA
    4 – Saarloos Wolfhound por Corinne Benavides
    5 – Saarloos Wolfhound por https://pxhere.com/es/photo/1127277

    Pastor-holandês
    Holanda FCI 223 - Cães Pastores.

    Pastor-holandês

    A variedade mais difundida é a de cabelos compridos, mas a raça é quase desconhecida fora das fronteiras holandesas.

    conteúdo

    História

    O pastor holandês desce diretamente do pastores belgas, que é muito parecido (incluindo subdivisão em três variedades capilares).

    Originalmente, a principal função do pastor holandês era típico de um cão pastor do país. Desde os primeiros tempos, os holandeses tinham uma cultura agrícola, entre outros, composta de rebanhos de ovelhas. Os cães devem manter o rebanho longe do plantio, que eles patrulhavam os limites da estrada e dos campos. Eles também acompanharam a transferência do rebanho para os prados comuns, mercados e portos. Na Granja, galinhas mantidas fora do quintal da cozinha, vacas foram pastoreadas para ordenha e o carrinho de leite foi puxado. Eles também alertaram os agricultores se alguém entrou. Em torno de 1900, rebanhos quase desapareceram na Holanda. A versatilidade do pastor holandês o tornou adequado para o treinamento, que naquela época estava começando a se tornar popular. Assim começou uma nova carreira como cão policial, busca e salvamento e como cão-guia para cegos. Ainda capaz de pastorear bandos de qualquer maneira. O primeiro padrão da raça data de 12 em Junho de 1898.

    Características físicas

    É um cão de tamanho e peso médio, bastante musculoso, Poderosamente construído e bem proporcionado. Sua expressão é inteligente e temperamento, Live. Os olhos são de cor escura, médias, macarons, um pouco oblíqua e nunca redonda. As orelhas, menor que grande, eles são retos e voltados para a frente, e inserido alto. A cauda, que em repouso fica em linha reta ou forma uma ligeira curva, atinge a ponta do jarrete. Quando está ativo, o cão é elegantemente elevado, nunca enrolado; nunca cai nos lados.

    • Cabelo: a variedade de pêlo curto tem um casaco bem preso; o de cabelos compridos tem cabelos lisos, e a variedade de cabelos duros tem grossos e duros; na cabeça forma sobrancelhas proeminentes, bigodes e barba. Dependendo da capa, na raça existem três variedades: Pelo curto, longo e difícil.
    • Cor: estriado mas o menos intensamente, no fundo marrom (canelado dourado) ou cinza (cinza canelado). As listras são menos evidentes em espécimes com cabelos duros. Máscara preta é preferível.
    • Tamanho: machos, de 57 a 62 cm; fêmeas, de 55 a 60 cm.

    Caráter e habilidades

    Afetuoso, obediente, dócil, vigilante, digno de confiança, pouco exigente e muito resistente. Sempre atente, ativo e dotado da verdadeira natureza de um cão pastor. É um pouco menos reativo e menos nervoso do que Pastor belga, aquele que parece, No entanto, mesmo em caráter.

    O pastor holandês trabalha de bom grado com seu mestre e é capaz de lidar com qualquer tarefa que lhe seja atribuída.
    A criação de rebanhos maiores deve ter a capacidade de trabalhar em conjunto com vários outros cães..

    Imagens do Pastor Holandês

    Pastor-holandês Videos

    Tipo e reconhecimentos:

    • CLASSIFICAÇÃO FCI:Grupo 1 –> Cães de Pastor e Boiadeiros (excepto boieiros suíços) / Seção 1 –> de pastor. Com trabalho julgamento
    • FCI 223
  • Federações:
    • FCI – Grupo 1 cães de pastoreio, Seção 1 Cães Pastores
    • AKC – Pastoreio
    • ANKC – Grupo 5 (cães de trabalho)
    • KC – Pastoral
    • NZKC – Cão de trabalho
    • UKC – cães de pastoreio
  • Padrão FCI da raça Pastor Holandês
  • Nomes alternativos:

      1. Dutch Herder, Hollandse Herder (Inglês).
      2. Berger hollandais (Francês).
      3. Holländischer Schäferhund (Alemão).
      4. Pastor holandês (Português).
      5. Perro de pastor holandés (español).

    Fotos:

    1 – Pastor holandês de pêlo curto, empilhado por CaroleField / CC BY-SA
    2 – Silverbrindle e goldbrindle são as cores aprovadas da raça por Lissunmusta / CC BY-SA
    3 – Pastor holandês macho de cabelos curtos rajado chamado Black, 2 anos de idade, de propriedade de Jason Paluck por Wikipédia
    4 – Pastor holandês rajado adulto por https://www.pikrepo.com/fyvdb/adult-brindle-dutch-shepherd
    5 – pastor holandês por https://www.peakpx.com/504961/dutch-shepherd
    6 – Pastor holandês por https://pxhere.com/en/photo/1387398
    7 – Neros van Guard é um pastor holandês importado do Canadá para os EUA por Ulyseemuff / CC BY-SA

    Utilização de cookies

    Este web site utiliza cookies para que você tenha a melhor experiência de usuário. Se você continuar navegando você está dando seu consentimento para a aceitação dos cookies acima mencionados e a aceitação de nosso política de cookies, Clique no link para obter mais informações.cookies de plugin

    ACEITAR
    Aviso de cookies