Griffon fulvo da Bretanha
Francia FCI 66 - Farejadores de médio porte

Griffon fulvo da Bretanha

É sociável, amando, equilibrado e muito gentil com as pessoas, o que os torna bons companheiros.

conteúdo

História

O Griffon fulvo da Bretanha é uma das raças mais antigas de cães franceses, pois no século XIV um certo Huet des Ventes já tinha um maço desse tipo. Muito usado até o século 19 para a caça de lobos na Bretanha, descansou quando esses animais desapareceram.

No 1949, o Brittany Fawn Club foi criado por Marcel Pambrun para se dedicar a preservar o valor destes cães, que se tornou escasso. Desde a década dos anos 80, sob o impulso de Bernard Vallée, o Griffon fulvo da Bretanha, bem como a raça derivada dele, o Basset fulvo da Bretanha, eles parecem ter criado um lugar para si entre os cães de corrida franceses. O lema "a caça em primeiro lugar" continua a ser a linha de conduta do Clube.

Foto: Este é um cachorro francês Griffon Fauve de Bretagne por Alefalfa, CC BY-SA 3.0, via Wikimedia Commons

Características físicas “Griffon fulvo da Bretanha”

O Griffon fulvo da Bretanha é principalmente um cão de caça com um corpo musculoso. Eles são reconhecidos por seus cabelos curtos, áspero e seco, sempre de cor fulva mas com tons mais ou menos pronunciados. Seu cabelo é um pouco mais longo nas laterais do focinho alongado, formando uma espécie de bigode. Seus pequenos olhos castanhos escuros lhe dão uma aparência viva e alerta. As orelhas dele, muito grande, eles ficam abaixados e caem. Eles são cobertos por pêlos mais curtos e mais finos do que o resto do corpo.

O Griffon fulvo da Bretanha tem uma cauda de comprimento médio, em forma de foice, que é grosso na base e mais afilado na ponta. Quando ativo, este cachorro faz movimentos laterais rápidos com sua cauda.

Tamanho: 48 – 56 cm
Peso: 18 – 20 kg

Caráter e habilidades “Griffon fulvo da Bretanha”

Orgulhoso, corajoso e vivo, o Griffon fulvo da Bretanha ele é um caçador teimoso e apaixonado, que se adapta facilmente a todos os territórios e animais de jogo. Corajoso, espirituoso, tenaz e diligente, ele também é empreendedor e eficiente, enquanto demonstra sua habilidade de convocar.

É sociável, amando, equilibrado e muito gentil com as pessoas, o que os torna bons companheiros.

Se ele for bem treinado, é obediente e tem boa memória.

Cuidando do “Griffon fulvo da Bretanha”

O Griffon fulvo da Bretanha não foi feito para viver na cidade. Ele está bastante acostumado a viver em uma matilha em um canil. É um cão que precisa de longas caminhadas na floresta em particular. Se você crescer na cidade, seu mestre deve ser capaz de lhe oferecer passeios muito frequentes e estimulantes.

O Griffon fulvo da Bretanha não requer nenhuma manutenção particular, exceto escovar uma ou duas vezes por semana.

A saúde do “Griffon fulvo da Bretanha”

O Griffon fulvo da Bretanha ele é um cachorro robusto, resistente e com uma saúde bastante sólida. No entanto, pode estar sujeito a infecções de ouvido e problemas oculares. Este cão também pode sofrer de displasia de quadril e cotovelo.

Classificações do “Griffon fulvo da Bretanha”

Coexistência é importante que você tem com seu novo amigo. Plantearte antes de adquirir uma raça de cão “Griffon fulvo da Bretanha” você sabe alguns fatores. Nem todas as raças de cães são capazes de viver em um apartamento, Você deve levar em conta a sua qualidade, sua necessidade de exercício, sua interação com outros animais de estimação, seu cuidado e se você tiver crianças pequenas, o seu nível de tolerância para com eles.

adaptação ⓘ

3.0 Avaliação
3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Ⓘ cão amigável

3.0 Avaliação
3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

A perda de cabelo ⓘ

3.0 Avaliação
3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Nível de afeto ⓘ

4.0 Avaliação
4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Necessidade de exercício ⓘ

5.0 Avaliação
5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

necessidade social ⓘ

4.0 Avaliação
4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

casa ⓘ

3.0 Avaliação
3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

sanita ⓘ

2.0 Avaliação
2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Amigável com estranhos ⓘ

4.0 Avaliação
4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

cascas ⓘ

3.0 Avaliação
3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

saúde ⓘ

1.0 Avaliação
1 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

ⓘ territorial

2.0 Avaliação
2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Amigável com gatos ⓘ

3.0 Avaliação
3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

inteligência ⓘ

4.0 Avaliação
4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

versatilidade ⓘ

4.0 Avaliação
4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Crianças amigável ⓘ

5.0 Avaliação
5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

vigilância ⓘ

4.0 Avaliação
4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

alegria ⓘ

4.0 Avaliação
4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Imagens do “Griffon fulvo da Bretanha”

Fotos:

1 – Fawn Brittany Griffon female por Canárias, CC BY-SA 3.0, via Wikimedia Commons
2 – Griffon Fauve de Bretagne, 6 Mês por Markus Seim, CC BY-SA 3.0, via Wikimedia Commons
3 – Leão Griffon da Bretanha por https://pxhere.com/es/photo/481096
4 – Leão Griffon da Bretanha por https://www.akc.org/dog-breeds/basset-fauve-de-bretagne/

Vídeos do “Griffon fulvo da Bretanha”

Griffon Fauve de Bretagne 🐶🐾 Everything Dog Breeds 🐾🐶
Griffon Fauve de Bretagne Ari en Theo. Aparador em casa. Limpeza doméstica

Tipo e reconhecimentos:

  • CLASSIFICAÇÃO FCI: 66
  • Grupo 6: – Sabujos Farejadores e Raças Assemelhadas.
  • Seção 1.2: Farejadores de médio porte. Com prova de trabalho.

Federações:

  • FCI – Grupo 6: Sabujos, farejadores e raças assemelhadas. – Seção 1.2: Farejadores de médio porte.
  • UKCScenthounds
  • Sociedade Canina Central

Padrão da raça FCI “Griffon fulvo da Bretanha”

FCI Padrão No. 66 / 15.06.2004 / E
LEONED GRIFO DA GRÂ BRETANHA(Griffon Fauve de Bretagne)
TRADUCCION : IRIS Carrillo (Federação de canil de Porto Rico).
ORIGEM : França.
DATA DE PUBLICAÇÃO DO PADRÃO ORIGINAL VÁLIDO : 25.03.2003.

UTILIZAÇÃO :

Cão Bloodhound usado para caça de lebre, a Raposa, corço e javali.

CLASSIFICAÇÃO FCI :

  • Grupo 6 Sabujos, farejadores e raças assemelhadas.
  • Seção 1.2 Farejadores de médio porte.

Com trabalho julgamento.

BREVE RESUMO HISTÓRICO : O Fawn da Bretanha é uma das raças mais antigas de cães de corrida franceses, pois no século XIV um certo Huet des Ventes já tinha um maço desse tipo. Muito usado até o século 19 para a caça de lobos na Bretanha, descansou quando esses animais desapareceram. 1949, o Brittany Fawn Club foi criado por Marcel Pambrun para se dedicar a preservar o valor destes cães, que se tornou escasso. Desde a década dos anos 80, sob o impulso de Bernard Vallée, o Leão Griffon da Bretanha, bem como a raça derivada dele, o Basset Fawn da Bretanha, eles parecem ter criado um lugar para si entre os cães de corrida franceses. O lema "a caça em primeiro lugar" continua a ser a linha de conduta do Clube.

OLHAR GERAL :

É um cão ossudo e musculoso, muito forte e resistente. É ativo e particularmente adaptado a terrenos difíceis. Eles têm um bom olfato e um latido sustentado (curto e repetido).

TEMPERAMENTO / COMPORTAMENTO :

Os Fawn da Bretanha são cães de caça apaixonados, embora dócil com o homem, sociável, afetuoso e equilibrado. Eles se adaptam facilmente a todos os terrenos e todos os tipos de caça. Durante a caça eles são bravos, desenvueltos, tenaz e aplicado. Eles são empreendedores e eficazes, mas também mostram aptidão para se juntar ao grupo. Bem administrado, são obedientes e de fácil retorno.

CABEÇA

REGIÃO CRANIANA : Crânio : Bastante alongado e a protuberância occipital é marcada. Visto de frente, o crânio parece uma curvatura rebaixada. Sua largura diminui até atingir o nível dos arcos superciliares, que não são muito marcados.

  • Links de depressão (Stop) : Pouco forte.

REGIÃO FACIAL :

  • Trufa : Preto ou marrom escuro. As janelas estão abertas.
  • Focinho : Mais pontudo do que quadrado. : Cubra bem o maxilar inferior, embora não em excesso. Bigodes não são abundantes.
  • MANDÍBULAS/dentes : As garras e os dentes são fortes, com uma junta de tesoura perfeita e uniforme. Os incisivos superiores cobrem os incisivos inferiores com contato firme. Os incisivos são colocados em ângulos retos com as mandíbulas. A ausência de PM1 não é penalizada.
  • Olhos : Não proeminente, não muito afundado nas órbitas. Sua cor é marrom escuro. A conjuntiva não é aparente. O look é impetuoso.
  • Orelhas : Implantado delicadamente ao nível da linha dos olhos, acabando de chegar à ponta da trufa. Eles terminam em ponta e são dobrados para dentro e cobertos por um pêlo mais liso e fino que o resto do corpo..

PESCOÇO :

Bastante curto e musculoso.

CORPO :

  • Voltar : Curto e largo. Nunca afundou.
  • Lombo de porco : Largo e bem musculoso.
  • No peito : Largo e alto, costelas : Bem arredondado.
  • Barriga : A margem inferior é ligeiramente levantada para trás.

CAUDA :

É ligeiramente em forma de foice. É o comprimento médio, espessura na base, frequentemente em forma de espigão e afinando na ponta. É quando o cão em ação, a cauda é colocada na margem das costas e realiza movimentos laterais regulares.

MEMBROS

MEMBROS ANTERIORES :

  • Vistos em conjunto : Eles mostram uma boa estrutura óssea e estão bem posicionados.
  • Ombro : Oblíqua, bem preso ao tórax.
  • Cotovelos : Eles ocorrem no eixo do corpo.
  • Antebraços : Vertical.
  • Metacarpo : Visto de perfil, eles são ligeiramente oblíquos. Visto de frente, são apresentados no eixo do corpo.

MEMBROS POSTERIORES

  • Vistos em conjunto : Eles são bem musculosos. Pernas são uniformes. Visto de trás, eles são paralelos, ou juntos, nem separado.
  • Coxas : Longo e bem musculoso.
  • Babillas : Inclinado e moderadamente dobrado.
  • Metatarsos : Vertical.

PÉS : Compacto. Dedos juntos e arqueados ; unhas são sólidas. Os rolamentos plantares são duros.

MOVIMENTO :

Elástico e uniforme ; nunca em pequenos saltos.

PELE : Bastante grosso e flexível; sem barbela.

PELES

CABELO : Bom duro, magro e bastante baixo; nunca desgrenhado ou cacheado. O rosto não deve estar emaranhado.

COR :

Fulvo variando de trigo dourado a vermelho tijolo. Alguns fios de cabelo pretos espalhados são tolerados, nas costas e nas orelhas. Às vezes, a presença de uma estrela branca é observada no peitoril, esta particularidade não é procurada.

TAMANHO :

Altura na cernelha : De 0,48 a 0,56 m para homens e mulheres, com 2 tolerância de excesso de cm para espécimes excepcionais.

FALHAS :

Qualquer desvio dos critérios acima mencionados é considerado uma falta e sua gravidade é considerada proporcional ao grau de desvio do padrão e suas consequências na saúde e bem-estar do cão..

FALTAS GRAVES

Comportamento
• Cão medroso. Cabeça
• Crânio largo e plano.
• Arcos superciliares muito pronunciados.
• Focinho pontudo ou curto. Lábios grossos e pendentes.
• Olhos claros.
• orelhas planas e largas.

Corpo
• Aparência fraca.
• Margem superior que não é justa o suficiente.
• Barriga achatada.
• Desvio.
• Membros
• Estrutura óssea pobre.
• Pés esmagados.
• Escasso, curto, fina, Soft.

FALHAS ELIMINATÓRIAS

• cão agressivo ou medroso.
• Ausência de características típicas (qualquer espécime cujas características o diferenciam de seus pares).
• Prognatismo inferior o superior.
• olhos muito claros.
• Despigmentação parcial ou total no nariz ou na borda das pálpebras e lábios.
• cauda atada.
• Presença de ergôs nos membros posteriores (ergôs nunca aparecem nesta raça)
• Cabelo longo e lanoso.
• Qualquer outro casaco que não seja indicado pela norma.
• Qualquer tamanho diferente do imposto pelo padrão.
• deficiência notável; malformação anatômica.

Qualquer cão mostrando sinais comportamentais ou anormalidades físicas claras será desclassificado.
OBS.. : Machos devem apresentar dois testículos de aparência normais, bem desenvolvidos e acomodados a bolsa escrotal.

Nomes alternativos:

    1. Griffon fauve de Bretagne (Inglês).
    2. Fauve de Bretagne (Francês).
    3. Griffon Fauve de Bretagne (Alemão).
    4. Griffon fauve de Bretagne (Português).
    5. Griffon fauve de Bretagne (español).

Branco e laranja francês
Francia FCI 316 - Farejadores de grande porte

Branco e laranja francês

É uma raça muito incomum, praticamente desconhecido fora da França.

conteúdo

O Branco e laranja francês é um cão olfativo competente de origem francesa. Foi desenvolvida especificamente para caça em grandes rebanhos e hoje esta raça é adquirida exclusivamente para caça.. Apesar de suas fabulosas habilidades de trabalho, pode ser encontrado muito raramente, não apenas em países europeus, mas também em sua França natal.

História do Branco e laranja francês

O Branco e laranja francês é um dos três “Sabujos franceses“, juntamente com o Tricolor francês e o Branco e preto francês. Todos esses cães são cães olfativos que caçam em grandes rebanhos e ouvem um caçador para se orientarem..

É uma raça de criação recente; entre seus antepassados é, sem dúvida, o Billy, mas não sabemos exatamente quais cães foram usados em sua seleção. Dos três cães franceses, o Branco e laranja francês é um dos mais raros.

Características físicas FBranco e laranja francês

O Branco e laranja francês é um cão francês distinto que dá uma impressão rústica. Seus olhos são grandes., marrom e escuro. Localizado ligeiramente abaixo da linha do olho, seus ouvidos são flexíveis, Bem, ligeiramente parafusado e chegar à ponta do nariz. Suas caminhadas são fáceis, adota um galope leve e sustentado.

Seu cabelo é curto e fino, limão branco ou branco-laranja, desde que a laranja não seja muito escura, tendendo a vermelho.

TAMANHO:

Altura à Cruz: 62 a 70 cm. Com 2 tolerância de cm para tamanho máximo.
Peso: Um 30 Kg.

Caráter e habilidades Branco e laranja francês

A única função de Branco e laranja francês está caçando, por isso é difícil generalizar sobre seus padrões de comportamento e temperamento em um ambiente doméstico. No entanto, não é necessário sugerir que um espécime socializado pode se tornar um animal de estimação bem-educado e familiar. Como a maioria dos cães de caça são amigáveis com as crianças e gostam de fazer parte de suas atividades emocionantes. Este cachorro é provavelmente muito enérgico e brincalhão para ser um companheiro adequado para uma criança.

O Branco e laranja francês tende a ficar um pouco distante e reservado na presença de estranhos. No entanto, ele nunca mostrará agressividade aberta, a menos que suspeite que algo ou alguém ameace sua família. Alguns desses cães são vigilantes o suficiente para realizar tarefas de vigilância. Esta raça sociável e carinhosa será um terrível guardião, que ele prefere saudar um intruso abanando o rabo do que recorrer às ações necessárias.

A agressividade canina é considerada um grande defeito no temperamento dos cães, que foram desenvolvidos para caça de rebanho. Por esta razão, membros com o menor indício dessa característica indesejável são imediatamente excluídos do programa de reprodução. O Branco e laranja francês é conhecido por sua tolerância excepcional em relação a outros caninos. Apesar de sua natureza excessivamente pacífica, também requer socialização precoce a este respeito. Vale lembrar que a raça tem um impulso muito poderoso para caçar e matar outras espécies de animais., especialmente gatos vadios. Você pode se dar bem com animais de estimação individuais se tiver sido criado com eles desde seu filhote.

Saúde do Branco e laranja francês

Os problemas mais comuns para a raça incluem:

– displasia do quadril canino;
– displasia do cotovelo;
– problemas nos olhos;
– sarna demodex;
– infecções de pele;
– alergias de pele;
– infecções crônicas de ouvido;
– ataxia de cão de caça.

Cuidados com o Branco e laranja francês

O Branco e laranja francês Necessita de uma quantidade insignificante de manutenção. A escovação regular será suficiente para manter sua pelagem curta e graciosa em condições razoavelmente boas..

As orelhas desta raça são altamente suscetíveis a irritações e infecções, portanto, seu exame sistemático e limpeza devem se tornar uma parte essencial das rotinas de cuidado.

Treinamento de hoBranco e laranja francês

O treinamento do Branco e laranja francês representa um desafio considerável. A raça é um caçador nato e requer treinamento básico em tudo o que diz respeito às suas funções originais de caça.. Infelizmente, sua persistência na busca por presas se transforma em teimosia no treinamento. Além disso, não consegue se concentrar na mesma tarefa chata por muito tempo e se irrita facilmente com suas múltiplas repetições.

A melhor estratégia de treinamento para este cão deve incluir recompensas abundantes na forma de elogios e guloseimas saborosas.. O reforço negativo não funciona com Branco e laranja francês e deve ser evitado a todo custo.

Exercício com o Branco e laranja francês

O Branco e laranja francês é um cão de caça atlético e robusto, adapta-se facilmente a atividades físicas extremamente extenuantes. No mínimo, deve ser tomada em uma caminhada rápida de 45 minutos por dia. Você deve sempre usar uma coleira quando estiver fora, pois é muito difícil ligar de volta depois que você foi atraído por alguma trilha interessante.

O Branco e laranja francês se comporta calmo e relaxado, uma vez que os requisitos de exercício foram totalmente atendidos. Tenha em mente que um cão pouco exercitado irá gradualmente desenvolver problemas comportamentais tão desagradáveis quanto latidos contínuos, hiperatividade interna ou destruição. Esta raça é mais adequada para a vida suburbana em uma casa com um quintal grande e seguro.

Tipo e reconhecimentos:

  • CLASSIFICAÇÃO FCI: 316
  • Grupo 6: – Sabujos Farejadores e Raças Assemelhadas.
  • Seção 1.1: Farejadores de grande porte. Com prova de trabalho.

Federações:

  • FCI – Grupo 6: Sabujos, farejadores e raças assemelhadas. – Seção 1.1: Farejadores de grande porte.
  • UKCScenthounds
  • Sociedade Canina Central

Padrão FCI da raça Branco e laranja francês

Padrão FCI da raça Branco e laranja francês
TRADUCCÍON: Senhorita. IRIS Carrillo. Idioma oficial: FR.

ORIGEN: França.

FECHA DE PUBLICAÇÃO DO PADRÃO OFICIAL V.LFOI: 01.02.1982.

UTILIZAÇÃO: Sabujos.

CLASAPLICAÇÃO FCI:

Grupo 6: Cães do tipo hound, farejadores e raças assemelhadas

Seção 1.1: Farejadores de grande porte. Com trabalho julgamento.

APARSEGURO GERAL: Este é um distinto cachorro francês, dando uma impressão de rusticidade.

CASEMA: É muito grande e não muito longo.

GION CRAEAL:

  • Cenfurecido: Levemente abombado; protrusão occipital mal marcada. As sobrancelhas não são proeminentes.
  • Ddepressão naso-frontal (Stop): Está bem marcado.

GION FACELEL:

  • Nariz: É bem desenvolvido. Sua cor é preta ou marrom – Orange.
  • Focinho: O comprimento do focinho é quase igual ao do crânio.
  • Bduendes: Bastante marcado e dá ao focinho um aspecto bastante quadrado.

OJOS: Grande, marrom e escuro.

OREJAS: Inserido ligeiramente abaixo do plano da linha do olho. São flexíveis, Bem, ligeiramente torto e chega a dois dedos do nariz.

COMELLO: Em linha reta, bastante longo e tem uma ligeira barbela.

COMERPO

  • Espalda: Amplo e reto.
  • Lombo de porco: Geralmente é convexo.
  • Gsemelhança: Arredondado, mas não afundou.
  • Peco: Ampla. Costelas arredondadas.
  • flancos: Bem sólido.

COLA: Longo.

EXTREMIDADES

MEMBROS ANTERIORES:

  • Aaparência geral: Forte e grande.
  • Ombro: Oblíquo e bem musculoso.
  • Pemé anterior: Pés de lebre.

MEMBROS POSTERIORES

  • Coxas: Bem musculoso.
  • COrvejón: Ocorre perto do solo e é ligeiramente dobrado.
  • Pés de volta: Pés de lebre.

MOVIMENTO: Bem solto. O galope é leve e constante.

PIEL: Branco, com manchas amarelas ou laranja. O paladar pode ser amarelo. O escroto é branco ou amarelo.

MANTO

Pelo: Cetim y fino.

Codor: Branco – limão ou branco e laranja, desde que o laranja não seja muito escuro (puxando vermelho).

TAMÃO:

Altura para a cruz: 62 a 70 cm. Com 2 tolerância de cm para tamanho máximo.

FALTAS: Qualquer desvio dos critérios acima é considerado faltando e a gravidade é considerada o grau de desvio do padrão e seu impacto sobre a saúde e o bem-estar do cão.

• Ponte nasal estreita ou muito longa.
• Prognatismo superior o inferior.
• Olhos claros.
• Cauda dobrada ou inclinada para um lado.
• Despigmentação parcial do nariz.
• Revestimento de uma cor diferente da estabelecida pelo padrão, cabelo particularmente preto ou ruivo.

FALTCOMO DESQUALIFICADORES:

  • Agressividade ou extrema timidez.
  • Qualquer cão mostrando sinais claros de anormalidades físicas ou comportamentais.

N.B.:

• Os machos devem ter dois testículos de aparência normal totalmente descidos para o escroto..
• Apenas cães funcional e clinicamente saudáveis, com a conformação típica da raça, deve ser usado para parentalidade.

Foto: pata de animal

Branco e preto francês
Francia FCI 219 - Farejadores de grande porte

Branco e preto francês

Dos três Sabujos franceses, o Branco e preto francês, é o mais conhecido.

conteúdo

O Branco e preto francês é um cão olfativo competente de origem francesa. Foi desenvolvida especificamente para caça em grandes rebanhos e hoje esta raça é adquirida exclusivamente para caça.. Apesar de suas fabulosas habilidades de trabalho, pode ser encontrado muito raramente, não apenas em países europeus, mas também em sua França natal.

História

Antes da revolução francesa, caçar com grandes matilhas era um dos entretenimentos favoritos da nobreza francesa. Além disso, também ofereceu a oportunidade de estabelecer relações comerciais e resolver questões políticas e econômicas globais. Infelizmente, o desaparecimento da classe alta francesa durante tempos de turbulência política também significou o desaparecimento de numerosas variedades de cães farejadores. Após a derrota de Napoleão, o poder monárquico foi reconstruído e a caça aos cães recuperou sua popularidade. Graças aos avanços tecnológicos no tráfego marítimo, A criação de cães tornou-se uma tarefa muito menos difícil e muitos cães britânicos foram enviados para a França durante o período de 1815 e 1900.

A verdadeira ancestralidade do French Hound provavelmente nunca será descoberta, pois a maioria dos primeiros criadores não se preocupou em manter nenhum registro de reprodução. No entanto, pode-se afirmar com bastante certeza que a raça foi criada pela mistura de raças vivas e agora extintas de cães franceses e ingleses. O Saintongeois, Gascão Saintongeois e Poitevin (cão) foram os principais ancestrais do Branco e preto francês. É comumente acreditado que outras raças foram usadas de forma bastante limitada em seu programa de reprodução..

O Sabujo francês foi mantido exclusivamente para a caça em grandes rebanhos. Sua maior pedreira eram grandes animais selvagens, como veados, o lobo e o javali. Um grupo de vários cães detectou o rastro de cheiro de um desses mamíferos e o perseguiu, latindo alto para que o caçador pudesse ir atrás deles. Dependendo do tipo de animal perseguido, os cães deveriam encurralá-lo ou matá-lo imediatamente.

O número de espécimes desta raça de cão diminuiu drasticamente após duas guerras mundiais. Os entusiastas da caça franceses conseguiram salvá-la, embora muitas raças francesas únicas tenham sido perdidas para o mundo durante esses tempos terríveis. Em 1957, o cão francês foi totalmente reconhecido pela Fédération Cynologique Internationale (FCI). No entanto, O reconhecimento da FCI dificilmente aumentou a consciência internacional deste cão, então não ganhou a apreciação de caçadores de outros países. Além disso, atualmente, sua criação e, portanto, sua população são sustentadas exclusivamente pela comunidade de caça francesa. Em geral, o futuro de Branco e preto francês você terá um seguro razoável, desde que haja fãs de caça de cães em sua terra natal.

Características físicas Branco e preto francês

O Branco e preto francês é um cão grande, distinto e bem equilibrado. Seus olhos escuros lhe dão uma aparência inteligente e confiante. Muito grande ao nascer, sua cauda é portada bem alta.
Esses cães são altamente valorizados em muitas tripulações de veados por suas qualidades: finura de nariz, inscrição, gravidade, garganta. cão amigável, perto do homem; fácil no canil.
Tem o cabelo curto, bastante forte e próximo.

COR : A pelagem deve ser preta e branca com uma pelagem preta mais ou menos extensa ou manchas, que pode mostrar manchas pretas ou azuladas, ou mesmo pequenas marcas de bronzeado, mas estes apenas nos membros. Uma mancha bronzeada pálida sobre cada olho, bem como um bronzeado claro nas bochechas, sob os olhos, sob as orelhas e na base da cauda. O “marca de veado” na coxa é bastante comum.

TAMANHO :
Machos: 65 a 72 cm
Fêmeas: 62 a 68 cm

Personagem e habilidades Branco e preto francês

A única função de Branco e preto francês está caçando, tornando difícil fazer uma generalização sobre seus padrões de comportamento e temperamento em um ambiente doméstico. No entanto, não é necessário sugerir que um espécime socializado pode se tornar um animal de estimação bem-educado e familiar. Como a maioria dos cães de caça, ele é gentil com as crianças e gosta de participar de suas atividades exuberantes. Este cachorro é provavelmente muito enérgico e brincalhão para ser um companheiro adequado para uma criança.

O Branco e preto francês tende a ficar um pouco distante e reservado na presença de estranhos. No entanto, ele nunca mostrará agressividade aberta, a menos que suspeite que algo ou alguém ameace sua família. Alguns desses cães são vigilantes o suficiente para realizar tarefas de vigilância. Esta raça sociável e carinhosa será um terrível guardião, que ele prefere saudar um intruso abanando o rabo do que recorrer às ações necessárias.

A agressividade canina é considerada um grande defeito no temperamento dos cães, que foram desenvolvidos para caça de rebanho. Por esta razão, membros com o menor indício dessa característica indesejável são imediatamente excluídos do programa de reprodução. O Branco e preto francês é conhecido por sua tolerância excepcional em relação a outros caninos. Apesar de sua natureza excessivamente pacífica, também requer socialização precoce a este respeito. Vale lembrar que a raça tem um impulso muito poderoso para caçar e matar outras espécies de animais., especialmente gatos vadios. Você pode se dar bem com animais de estimação individuais se tiver sido criado com eles desde seu filhote.

Saúde do Branco e preto francês

Os problemas mais comuns para a raça incluem:

– displasia do quadril canino;
– displasia do cotovelo;
– problemas nos olhos;
– sarna demodex;
– infecções de pele;
– alergias de pele;
– infecções crônicas de ouvido;
– ataxia de cão de caça.

Cuidando do Branco e preto francês

O Branco e preto francês Necessita de uma quantidade insignificante de manutenção. A escovação regular será suficiente para manter sua pelagem curta e graciosa em condições razoavelmente boas..

As orelhas desta raça são altamente suscetíveis a irritações e infecções, portanto, seu exame sistemático e limpeza devem se tornar uma parte essencial das rotinas de cuidado.

Treinamento do Branco e preto francês

Educação de Branco e preto francês representa um desafio considerável. A raça é um caçador natural e requer um treinamento bastante básico em tudo o que diz respeito às suas funções originais de caça.. Infelizmente, sua persistência na busca por presas se transforma em teimosia no treinamento. Além disso, não consegue se concentrar na mesma tarefa chata por muito tempo e se irrita facilmente com suas múltiplas repetições.

A melhor estratégia de treinamento para este cão deve incluir recompensas abundantes na forma de elogios e guloseimas saborosas.. O reforço negativo não funciona com Branco e preto francês e deve ser evitado a todo custo.

Exercício com o Branco e preto francês

O Branco e preto francês é um cão de caça atlético e robusto, adapta-se facilmente a atividades físicas extremamente extenuantes. No mínimo, deve ser feito em uma caminhada rápida diária de 45 minutos. Você deve sempre usar uma coleira enquanto estiver fora, pois é muito difícil ligar de volta depois que você foi atraído por alguma trilha interessante.

O Branco e preto francês se comporta calmo e relaxado, uma vez que os requisitos de exercício foram totalmente atendidos. Deve-se ter em mente que um cão mal exercitado desenvolverá gradualmente problemas de comportamento desagradáveis ​​como latidos contínuos, hiperatividade interna ou destruição. Esta raça é mais adequada para a vida suburbana em uma casa com um quintal grande e seguro.

Vídeos do Branco e preto francês

Chien Français Blanc et Noir 🐶🐾 Everything Dog Breeds 🐾🐶
Cachorro Francês Branco e Preto & Vídeo de informações sobre cachorros – Vídeos de animais

Tipo e reconhecimentos:

  • CLASSIFICAÇÃO FCI: 220
  • Grupo 6: – Sabujos Farejadores e Raças Assemelhadas.
  • Seção 1.1: Farejadores de grande porte. Com prova de trabalho.

Federações:

  • FCI – Grupo 6: Sabujos, farejadores e raças assemelhadas. – Seção 1.1: Farejadores de grande porte.
  • Sociedade Canina Central

FCI raça Branco e preto francês padrão

FCI raça Branco e preto francês padrão
TRADUCCÍON: Senhorita. IRIS Carrillo. Idioma oficial: FR.

REvisão técnica: Miguel Angel Martinez.

ORIGEN: França

FECHA DE PUBLICAÇÃO DO PADRÃO OFICIAL V.LFOI: 04.11.2008.

UTILIZAÇÃO: Hound para caça grande em pacote.

CLASAPLICAÇÃO FCI:

Grupo 6: Sabujos, farejadores e raças assemelhadas.

Seção 1.1 Farejadores de grande porte. Com trabalho julgamento.

BREVE RESUMO HISTÓRICO: O francês Black and White Hound evoluiu a partir do Saintonge Hound, cujas origens são desconhecidas. Não ter uma conexão com Saint Hubert, este é provavelmente um antecessor distante dos famosos cães brancos "greffier" do século 16. Seu surgimento foi em meados do século 19. O tipo de cão de hoje foi influenciado pelo cruzamento com o Poitevin e o Gascon Saintongeois. Seu primeiro padrão data de 1957. Atualmente a raça tem aproximadamente 2000 cópias, representando de 300 / 400 nascimentos por ano.

O texto do ano 2007 foi escrito por M. Pierre Astié, Presidente do “Club du Chien d´ordre” e sua comissão em colaboração com o Sr.. Raymond Triquet.

APARSEGURO GERAL: É um cão de carga distinto, mas de constituição forte, o que dá uma impressão de equilíbrio.

PROPORCIONES IMPORTANTE:

O focinho é longo em comparação com o crânio.

O comprimento do corpo desde a ponta dos ombros até a ponta do ísquio é igual à altura na cernelha..

COMPORTAMIENTO / TEMPERAMENTO:

Esses cães são altamente valorizados por muitos caçadores de cervos pelas seguintes qualidades: sulfato fino, diligência, seriedade e garganta. É um cachorro muito amigável, apegado ao ser humano e fácil de manusear.

CASEMA: É bastante grande e bastante longo; está em harmonia com o todo, nunca é pesado, nem comum, mas com porte expressivo e elegante.

GION CRAEAL:

  • Cenfurecido: É ligeiramente volumoso e bastante estreito, mas sem exagero. A protrusão occipital é suficientemente aparente para evitar que o crânio pareça muito plano. Os arcos supraciliares podem ser um pouco proeminentes.
  • Links de depressão (Stop): Ligeiramente marcado.

GION FACELEL:

  • Trufa: Está preto e as janelas estão abertas.
  • Caña nasal: bastante longo em comparação com o crânio, a ponte nasal pode ser ligeiramente arqueada.
  • Bduendes: Os lábios são ligeiramente quadrados, o lábio superior mal cobre o lábio inferior.

OJOS: Eles são escuros; o visual é inteligente e confiante.

OREJAS: Eles são inseridos no plano da linha do olho e são ligeiramente virados. De preferência atingem o nascimento do nariz ou dois dedos dele.

COMELLO: É bastante longo e grosso e às vezes tem uma leve barbela.

COMERPO

  • Espalda: É bastante longo e bem acentuado. Lombo de porco: Musculoso e bem inserido.
  • Gsemelhança: Ligeiramente inclinado.
  • Peco: É mais alto do que largo e atinge pelo menos as pontas dos cotovelos. As costelas são longas e moderadamente arredondadas.
  • Barriga: Levemente levantado.

COLA: Bastante grosso na base com um rolamento relativamente alto.

EXTREMIDADES

MEMBROS ANTERIORES: Alinhado com o corpo, forte e razoavelmente plano.

  • Hombros: Eles são longos, fino e oblíquo.
  • Cotovelos: Eles são pedagogos para o corpo.
  • Antebraço: Encanado.
  • Metacarpo: Ligeiramente inclinado visto de perfil.
  • Pés anteriores: Alongado, magro e resistente.

MEMBROS POSTERIORES: Paralelos, vistos de atrás.

  • Coxas: Eles são longos e musculosos o suficiente.
  • COrvejón: Fica perto do chão. É amplo, sólido e ligeiramente inclinado.
  • Pemé mais tarde: Eles são bastante alongados, mas fino e resistente.

MOVIMENTO: Fluido. Passo preferido: ágil com galope estendido.

PIEL: Ela é branca sob o cabelo branco e preta sob o cabelo preto. Às vezes apresenta manchas subcutâneas de cor azul ou menos escura na barriga e na parte interna das coxas..

MANTO

Pelo: É plano, muito forte e apertado.

Codor: Deve ser preto e branco, com um cobertor ou com manchas pretas mais ou menos disseminadas. Pode apresentar manchas pretas ou azuis e até na cor castanha., mas o último apenas nos membros. Também tem uma mancha pálida sobre cada olho, bem como bronzeado claro nas bochechas, sob os olhos, sob as orelhas e no início da cauda. É comum ver a "marca do veado" na coxa.

TAMÃO:

Machos: 65 cm para 72 cm.

Fêmeas: 62 cm para 68 cm. tolerância + / – 1 cm.

FALTAS: Qualquer desvio dos critérios acima é considerado faltando e a gravidade é considerada o grau de desvio do padrão e seu impacto sobre a saúde e o bem-estar do cão.

FALTCOMO GRAVES:

  • Cabeça: Qualquer sinal de uma cruz de Foxhound Inglês na cabeça (crânio muito volumoso, focinho curto e não quadrado o suficiente no final quando visto de perfil)
  • Nariz: Ausência significativa de pigmentação.
  • Mandíbulas: Prognatismo ou enognatismo.
  • Olhos: muito claro na cor.
  • Orelhas: Curto e plano.
  • Duplo queixo: Excessivo.
  • Cor: Nas bochechas, preto estendendo-se aos lábios.

FALTCOMO DESQUALIFICADORES:

  • Agressividade ou extrema timidez.
  • Qualquer cão mostrando sinais claros de anormalidades físicas ou comportamentais.
    • Dicas: fraco
    • Desvio severo dos membros.
  • Pés: rodada
  • Cor: Manto tricololor.

N.B.:

  • Machos devem apresentar dois testículos de aparência normais, bem desenvolvidos e acomodados a bolsa escrotal.
  • Apenas cães funcional e clinicamente saudáveis, com a conformação típica da raça, deve ser usado para parentalidade.

Nomes alternativos:

    1. Chien Français Blanc et Noir (Inglês).
    2. Français blanc et noir (Francês).
    3. Français blanc et noir (Alemão).
    4. Français blanc et noir (Português).
    5. Sabueso francés blanco y negro (español).

Foto: https://www.centrale-canine.fr/le-chien-de-race/francais-blanc-et-noir

Tricolor francês
Francia FCI 219 - Farejadores de grande porte

Tricolor francês

É uma raça incomum e pouco conhecida fora da França.

conteúdo

História Tricolor francês

A verdadeira ancestralidade de Sabujo francês provavelmente nunca será descoberto, pois a maioria dos primeiros criadores não se preocupou em manter nenhum registro de reprodução. No entanto, pode-se afirmar com certeza que a raça foi criada pela mistura de raças vivas e agora extintas de cães franceses e ingleses.

O Tricolor francês é uma espécie de criação recente (1957), provavelmente vem do cruzamento do Grande cão tricolor anglo-francês com o Poitevin (cão), o Billy e possivelmente o Grande azul da Gasconha. O padrão é do ano 1965.

O Tricolor francês foi mantido exclusivamente para a caça em grandes rebanhos. Sua maior pedreira eram grandes animais selvagens, como veados, o lobo e o javali. Um grupo de vários cães detectou o rastro de cheiro de um desses mamíferos e o perseguiu, latindo alto para que o caçador pudesse ir atrás deles. Dependendo do tipo de animal perseguido, os cães deveriam encurralá-lo ou matá-lo imediatamente.

O número de espécimes diminuiu drasticamente após duas guerras mundiais. Os entusiastas da caça franceses conseguiram salvá-la, embora muitas raças francesas únicas tenham sido perdidas para o mundo durante esses tempos terríveis.

No momento, sua criação e, portanto, sua população são sustentadas apenas pela comunidade francesa de caçadores.. Em geral, o futuro de Tricolor francês você terá um seguro razoável, desde que haja fãs de caça de cães em sua terra natal.

Características físicas Cão de caça tricolor francês

O Tricolor francês ele é um cão distinto, elegante, bem construído e musculoso. A cabeça não é muito imponente, mas bastante alongado; a protuberância occipital é marcada. Olhos são grandes e castanhos, às vezes com borda preta. O visual é inteligente. As orelhas são maiores do que as do Poitevin (cão), colocado ao nível dos olhos, um pouco para frente, não muito flexível; puxado para frente, é preferível que atinjam a base do focinho, mas é aceito que eles são dois dedos mais curtos. A fila é bem longa, carregada alta e graciosamente.

  • Cabelo: Curto e bem fino.
  • Cor: tricolor, com uma pelagem mais ou menos extensa. Tons de vermelho de preferência brilhantes, que pode alcançar o couro. Manchas escuras nos olhos e bochechas devem ser evitadas, e as manchas azuis ou castanhas nos membros e corpo.
  • Tamanho: 62 a 72 cm para o homem e 60 a 68 cm para feminino.
  • Peso: aprox.. 30 kg
  • Personagem e habilidades do Tricolor francês

    A única função do Tricolor francês está caçando, por isso é difícil fazer uma generalização sobre seus padrões de comportamento e temperamento em um ambiente doméstico. No entanto, não é necessário sugerir que um espécime socializado pode se tornar um animal de estimação de família educado e equilibrado. Como a maioria dos cães farejadores, ele é gentil com as crianças e gosta de participar de suas várias atividades.. Este cachorro é provavelmente muito enérgico e brincalhão para ser um companheiro adequado para uma criança.

    O Tricolor francês tende a ficar um pouco distante e reservado na presença de estranhos. No entanto, nunca mostrará agressividade aberta, a menos que suspeite que algo ou alguém ameace sua família. Alguns desses cães são vigilantes o suficiente para realizar tarefas de vigilância. Esta raça sociável e carinhosa será um terrível guardião, que ele prefere saudar um intruso abanando o rabo do que recorrer às ações necessárias.

    A agressividade canina é considerada um grande defeito no temperamento dos cães, que foram desenvolvidos para caça de rebanho. Por esta razão, membros com o menor indício dessa característica indesejável são imediatamente excluídos do programa de reprodução. O Tricolor francês é conhecido por sua tolerância excepcional em relação a outros caninos. Apesar de sua natureza excessivamente pacífica, também requer socialização precoce a este respeito. Vale lembrar que a raça tem um impulso muito poderoso para caçar e matar outras espécies de animais., especialmente gatos vadios. Você pode se dar bem com animais de estimação individuais se tiver sido criado com eles desde seu filhote.

    Saúde do Tricolor francês

    Os problemas mais comuns para a raça incluem:

    – displasia do quadril canino;
    – displasia do cotovelo;
    – problemas nos olhos;
    – sarna demodex;
    – infecções de pele;
    – alergias de pele;
    – infecções crônicas de ouvido;
    – ataxia de cão de caça.

    Cuidando do Tricolor francês

    O Tricolor francês Necessita de uma quantidade insignificante de manutenção. A escovação regular será suficiente para manter sua pelagem curta e graciosa em condições razoavelmente boas..

    As orelhas desta raça são altamente suscetíveis a irritação e infecção, portanto, seu exame sistemático e limpeza devem se tornar uma parte essencial das rotinas de cuidado. Para além disso, o mestre deve cortar os e-mails dele Tricolor francês pelo menos a cada dois meses.

    Treinamento do Tricolor francês

    O treinamento de Tricolor francês representa um desafio considerável. A raça é um caçador nato e requer treinamento básico em tudo o que diz respeito às suas funções originais de caça.. Infelizmente, sua persistência na busca por presas se transforma em teimosia no treinamento. Além disso, não consegue se concentrar na mesma tarefa chata por muito tempo e se irrita facilmente com suas múltiplas repetições.

    A melhor estratégia de treinamento para este cão deve incluir recompensas abundantes na forma de elogios e guloseimas saborosas.. O reforço negativo não funciona com Tricolor francês e deve ser evitado a todo custo.

    Exercício com o Tricolor francês

    O Tricolor francês é um cão de caça atlético e robusto, adapta-se facilmente a atividades físicas extremamente extenuantes. No mínimo, deve ser feito uma caminhada rápida de 45 minutos. Você deve sempre usar uma coleira quando estiver fora, pois é muito difícil ligar de volta depois que você foi atraído por alguma trilha interessante.

    O Tricolor francês se comporta calmo e relaxado, uma vez que os requisitos de exercício foram totalmente atendidos. Tenha em mente que um cão mal exercitado desenvolverá gradualmente problemas de comportamento desagradáveis, como latidos contínuos, hiperatividade interna ou destruição. Esta raça é mais adequada para a vida suburbana em uma casa com um quintal grande e seguro.

    Vídeos do Tricolor francês

    Chien Français Tricolore 🐶🐾 Everything Dog Breeds 🐾🐶Chien Français Tricolore 🐶🐾 Everything Dog Breeds 🐾🐶
    Französischer Laufhund – Mady- Vermittelt!!

    Tipo e reconhecimentos:

    • CLASSIFICAÇÃO FCI: 219
    • Grupo 6: – Sabujos Farejadores e Raças Assemelhadas.
    • Seção 1.1: Farejadores de grande porte. Com prova de trabalho.

    Federações:

    • FCI – Grupo 6: Sabujos, farejadores e raças assemelhadas. – Seção 1.1: Farejadores de grande porte.
    • Sociedade Canina Central

    FCI raça padrão Tricolor francês

    FCI raça padrão Tricolor francês
    TRADUCCÍON: IRIS Carrillo (Federação de canil de Porto Rico).

    ORIGEM: França.

    FECTENHA PUBLICAÇÃO DO PADRÃO OFICIAL VÁLIDO: 13.01.1965.

    UTILIZAÇÃO: Hound para caça grande em pacote.

    CLASAPLICAÇÃO FCI:

    Grupo 6: Sabujos, farejadores e raças assemelhadas.

    Seção 1.1: Farejadores de grande porte. Com trabalho julgamento.

    APARSEGURO GERAL: Ele é um cão de carga elegante, construção bastante forte e musculosa.

    CABEZA: Não é muito grande, mas sim bastante alongado. A protuberância occipital é marcada.

    GIOhN CRANIANA:

    Cenfurecido: É um pouco volumoso. A abóbada craniana é bastante desenvolvida.

    Ddepressão naso-frontal (Stop): Mais acentuado que o de Poitevin.

    GIOhN FACIAL:

    • Trufa: Está preto e as janelas estão abertas.
    • Caña nasal: É em linha reta, bastante longo e às vezes um pouco arqueado. Belfos: Eles são mais notáveis ​​do que os de Poitevin, i.e., com uma aparência ligeiramente quadrada.
    • Ojos: São grandes e castanhos. Às vezes, eles têm a cor preta ao redor. O visual é inteligente.
    • Obares: Eles são mais largos do que os de Poitevin. Eles estão no nível dos olhos. Eles são ligeiramente torcidos e não muito flexíveis. De preferência, eles alcançam o nariz da trufa ou a dois dedos dela.

    COMELLO: É muito tempo, bastante grosso e às vezes tem uma ligeira barbela.

    COMERPO

    • Espalda: É acentuado e bem inserido no corpo.
    • No peito: É longo e profundo. Alcança pelo menos a ponta do cotovelo. As costelas são longas e não muito planas.
    • Abdo(m)em: Não muito criado.

    COLA: É bastante longo. O cachorro o usa alto e graciosamente.

    EXTREMIDADES

    MEMBROS ANTERIORES: Eles estão bem posicionados. Eles são largos e retos.

    Ho(m)bros: Eles são longos e próximos ao peito.

    MEMBROS POSTERIORES:

    • Ancaso: Eles vêm na direção certa, em harmonia com os membros anteriores.
    • Coxas: Eles são longos e bastante musculosos.
    • Corvejón: É bastante largo e ligeiramente inclinado. Chega perto do chão.

    PIÉ: Fina.

    MOVIMENTO: É solto e ágil.

    PIEL: É muito bom.

    MANTO

    Pelo: É de cetim e bastante fino.

    Color: Tricolor, com cobertor mais ou menos estendido. A cor castanha é preferencialmente rosa ou cobre. O fogo carbonizado nas bochechas e lábios, bem como manchas azuis ou castanhas nos membros e no corpo não são desejáveis. Cabelo de "lobo" é aceito.

    TAMÃO E PESO:

    Alturpara a cruz: De 62 cm para 72 cm nos machos e 60 cm para 68 cm nas fêmeas.

    FALTAS: Qualquer desvio dos critérios acima é considerado faltando e a gravidade é considerada o grau de desvio do padrão e seu impacto sobre a saúde e o bem-estar do cão.

    • Despigmentação no nariz em manchit
    • Prognatismo superior o inferio
    • Olhos limpos
    • Orelhas muito planas, inserção muito curta ou muito alta
    • Membros malformados ou muito finos
    • Jarretes muito retos
    • Pés grossos
    • Qualquer traço aparente de sangue inglês, especialmente no que diz respeito à cabeça Cor esfumaçada na cabeça que denota um cruzamento entre preto e branco e qualquer outra pelagem que não seja estabelecida pela norma.

    FALTAS DESQUALIFICANDO:

    • Agressividade ou extrema timidez.
    • Qualquer cão mostrando sinais comportamentais ou anormalidades físicas claras será desclassificado.

    N.B.:

    • Machos devem apresentar dois testículos de aparência normais, bem desenvolvidos e acomodados a bolsa escrotal.
    • Apenas cães funcional e clinicamente saudáveis, com a conformação típica da raça, deve ser usado para parentalidade.

    Nomes alternativos:

      1. Chien Français Tricolore (Inglês).
      2. Français tricolore (Francês).
      3. Französischer Dreifarbiger Laufhund(Alemão).
      4. français tricolore (Português).
      5. Sabueso francés tricolor (español).

    Foto: brit-petfood.com

    Cão-finlandês-da-lapônia
    Finlandia FCI 189 - Cães nórdicos de guarda e pastoreio

    Cão da Lapônia Finlandesa

    No sul da Europa é conhecido há muito recentemente, e provavelmente terá sucesso quando suas qualidades forem descobertas.

    conteúdo

    História

    O Cão-finlandês-da-lapônia é um arquétipo robusto de cachorro. Em sua Finlândia natal, ele é chamado Suomenlapinkoira, que também é seu nome oficial. Na Alemanha, seus amigos o chamam Lappi Para abreviar. Ele vem originalmente dos cães pastores para os rebanhos de renas do samis, Laponia, a área de assentamento do Sami, se estende por grandes partes do norte da península escandinava. Guiar as renas rápidas e ágeis nas paisagens acidentadas ao redor do Círculo Polar Ártico não é uma tarefa fácil. Assim, ao longo de muitos séculos, um cão de trabalho extremamente robusto e confiável foi criado. Além de pastar, o Cão-finlandês-da-lapônia humanos acompanhados durante a caça. Nos campos, ele guardava e protegia as famílias dos samis, que viveram como nômades por muito tempo. Nas lojas ele aquecia seu povo à noite.

    Este cão, que dificilmente sabemos hoje, é uma das raças de cães mais antigas descritas na literatura. Já o grande cientista naturalista sueco Carl von Linné descreveu o Cachorro lapão sobre 1750 com o maior reconhecimento, para citar apenas um exemplo. Em torno de 1900 o Cão-finlandês-da-lapônia foi descoberto por amantes de cães finlandeses e suecos na cidade como um cão de companhia. Já tinha ficado muito estranho então. Primeiro foi o problema de encontrar os cães certos para criar um canil de acordo com as idéias da moderna criação de cães com pedigree.. Porque ele Cão-finlandês-da-lapônia era um pouco diferente em cada tribo sami e como em todas as raças antigas, era bastante diverso em si mesmo.

    Uma primeira definição de raça foi feita em 1945 pelo Kennel Club Finlandês. Lá ele ainda era chamado de cão pastor lapão. Em 1955 foi oficialmente reconhecido pela fCI (Fédération Cynologique Internationale). Em 1967 o nome foi alterado para Lapphund. Em 1993 recebeu seu nome atual de Cão-finlandês-da-lapônia. Como o nome, também mudou a determinação deste tipo original e antigo de cão. Do cão pastor e de caça, a criação moderna de cães de raça pura fez uma companhia. A aparência era unificada e seu casaco era consideravelmente mais longo. No entanto, permaneceu o cão pastor, desde que ele viveu por milhares de anos como um companheiro de samis.

    Este cão rústico e muito excitante está gostando, com boa razão e sorte, popularidade crescente nos últimos anos.

    Características físicas

    O Cão-finlandês-da-lapônia é um representante de tamanho médio dos cães do tipo original. É um cão nórdico clássico, que ainda mostra seu antigo papel de cão pastor de renas, cão de caça e cão de guarda. Seu carisma é incrivelmente soberano. O Cão-finlandês-da-lapônia atualmente tem um casaco longo e robusto, insensível ao clima. É uma camada dupla com uma camada superior áspera. Não deve ser crespo. Os machos também têm juba abundante. Todas as cores de casaco são permitidas, mas uma cor básica deve ser claramente reconhecível.

    O Cão-finlandês-da-lapônia Tem uma altura na cernelha de cerca de 49 cm nos machos e 44 centímetros nas fêmeas. É válido que o tipo seja mais importante que o tamanho. O peso não é prescrito pelo padrão. Suas orelhas geralmente estão eretas. A cauda é de comprimento médio e abundantemente provida de pêlos longos.. Em movimento, a cauda deve ser curvada sobre as costas ou para o lado, em repouso pode ser carregado pendurado. O padrão oficial descreve o atual lapão finlandês desta forma:

    Um pouco menor que o cachorro de tamanho médio, de constituição forte em relação ao seu tamanho, cujo comprimento do corpo excede ligeiramente a altura na cernelha.

    Caráter e habilidades

    O Cão-finlandês-da-lapônia permaneceu um cão típico do norte na natureza. Ele combina originalidade e familiaridade com seus humanos de uma maneira especial. O lapão não é um “cachorro de um homem”, Embora inicialmente reservado com estranhos. Normalmente anunciado com latidos altos . É um membro amigável de toda a família. Tem as qualidades de um cão de trabalho e de um cão de família ao mesmo tempo. No entanto, isso requer certas condições de armazenamento (ver abaixo). O Cão-finlandês-da-lapônia ele ainda possui as características que o tornam indispensável como um versátil ajudante do povo sami Há milhares de anos. Assim, pode-se entender que este cão original encontra seu caminho no mundo moderno sem nenhum problema e é até usado com sucesso como cão de assistência ou terapia..

    O Cão-finlandês-da-lapônia ele é um ótimo companheiro, simples e dócil que irradia um caráter novo, rústico e soberano. É muito tranquilo. Em geral, ainda há muito instinto de caça vivo nos cães lapões. No entanto, isso é pronunciado individualmente de maneira muito diferente. Em qualquer caso., geralmente deve ser fácil de controlar com um pouco de bom senso. O padrão oficial descreve brevemente sua natureza como:

    “Brilhante, corajoso, calmo e ansioso para aprender. Pacífico e confiável”. O lapão é um grande amigo que merece um papel muito mais importante no mundo dos cães.. O Cão-finlandês-da-lapônia acaricia a alma de seu mestre e zelador.

    Atitude

    O Cão-finlandês-da-lapônia fácil de treinar e gerenciar. Ele está muito disposto e às vezes perdoa erros. Portanto, é adequado como quase nenhum outro cão nórdico também para um iniciante comprometido. O Cachorro finlandês não é um cachorro para um apartamento. O ideal seria uma casa com jardim. Porque em Lapão ele gosta de ficar de fora, onde você quer passar a noite ou no inverno você gosta de enrolar e ter neve. Uma ótima experiência. O jardim não deve ser considerado um jardim ornamental. Para o Lapões eles gostam de cavar e cavar uma pequena caverna.

    O Cão-finlandês-da-lapônia eles ainda têm as qualidades de um cão pastor e ainda podem fazer este trabalho hoje. No entanto, ao contrário de muitas outras raças de cães de pastoreio antigas, é pouco exigente e não precisa de emprego constante. No entanto, ele gosta de aceitar desafios, também nas diferentes disciplinas do esporte para cães. Para o Lapões eles fazem muito bem como cães rastreadores. O pelo exuberante do Cão-finlandês-da-lapônia requer cuidados intensivos, especialmente durante a mudança de casaco na primavera e no verão. Em seguida, especialmente sua casa, seu carro e suas roupas estarão cheios de seus longos cabelos, mesmo se você escovar todos os dias. O Lapões eles são muito voltados para a família e muito adequados para crianças. Eles são excelentes companheiros e ao mesmo tempo trazem um pedaço da natureza selvagem para nossas vidas..

    Educação

    O Cão-finlandês-da-lapônia está muito ansioso para aprender e aprender e se volta para nós, humanos. Para que eu possa ser bem treinado. No entanto, você tem que aceitar o desafio, até amá-lo, para se envolver mentalmente com este cão original, auto-confiante, ter empatia com seu personagem. Você não vai apenas aceitar o seu cuidador, também será dedicado a ele. Você tem que estar totalmente envolvido na experiência com esta raça confiante, cães de pastoreio e guarda tipicamente nórdicos.

    Através de uma educação amorosa, mas consistente, vocês Lappi deve estar ciente de sua posição na família desde a infância. É ideal se você for ativo com seu cachorro lapão em esportes caninos ou trabalho de acompanhamento. Desta forma, você pode experimentar esta experiência maravilhosa de um vínculo íntimo entre homem e cachorro, especialmente quando você tem um relacionamento próximo e íntimo com seu cão.

    Cuidados e saúde

    A exuberante pelagem dupla do Cão-finlandês-da-lapônia requer cuidados intensivos, especialmente durante a mudança de casaco na primavera e no verão.

    Doenças típicas

    O Cão-finlandês-da-lapônia é uma raça robusta de cachorro. Devido à base de criação muito pequena, deve estar ciente da consangüinidade e dos resultados dos testes de predisposição para doenças hereditárias. Criadores sérios ficarão felizes em fornecer esses dados.

    Nutrição / Alimentação

    O Lapão finlandês ele não tem problemas em sua nutrição.

    A expectativa de vida de um Cão-finlandês-da-lapônia

    A raça tem uma expectativa de vida de mais de 12 anos de acordo com o Kennel Club.

    Comprando um Cão-finlandês-da-lapônia

    Se você estiver interessado em um Cão-finlandês-da-lapônia, você deve obter informações de um criador local afiliado a um clube de cães nórdicos. Você deve planejar aqui a longo prazo, porque filhotes de canis sérios – e apenas aqueles que você deve comprar – eles são difíceis de encontrar. Um filhote desta raça custa cerca de 1.200 EUR.

    Avaliações do Cão-finlandês-da-lapônia

    Coexistência é importante que você tem com seu novo amigo. Plantearte antes de adquirir uma raça de cão “Cão-finlandês-da-lapônia” você sabe alguns fatores. Nem todas as raças de cães são capazes de viver em um apartamento, Você deve levar em conta a sua qualidade, sua necessidade de exercício, sua interação com outros animais de estimação, seu cuidado e se você tiver crianças pequenas, o seu nível de tolerância para com eles.

    Treinamento ?

    4.0 Avaliação
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Adequação do apartamento ?

    2.0 Avaliação
    2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Pode ficar sozinho o dia todo ?

    1.0 Avaliação
    1 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Adequado como primeiro cão ?

    3.0 Avaliação
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Aumento de peso ?

    3.0 Avaliação
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Deus o abençoe ?

    4.0 Avaliação
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    inteligência ?

    4.0 Avaliação
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Bondade com criança ?

    5.0 Avaliação
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Tendência a morder ?

    1.0 Avaliação
    1 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Tendência a latir ?

    4.0 Avaliação
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Tendência para fugir ?

    2.0 Avaliação
    2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Força de queda de cabelo ?

    3.0 Avaliação
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Adequado como cão de guarda ?

    4.0 Avaliação
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    alegria ?

    4.0 Avaliação
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Simpatia do gato ?

    4.0 Avaliação
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Nível de poder ?

    4.0 Avaliação
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Imagens do Cão-finlandês-da-lapônia

    Fotos:

    1 – Cão da Lapônia Finlandesa por https://pxhere.com/en/photo/721341
    2 – Cão da Lapônia Finlandesa por https://pxhere.com/en/photo/676715
    3 – Cão da Lapônia Finlandesa por https://pxhere.com/en/photo/1136704
    4 – Cão da Lapônia Finlandesa por https://flic.kr/p/cuPwW
    5 – Cão da Lapônia Finlandesa por https://pixabay.com/es/photos/perro-perro-de-pastoreo-frontera-1806039/
    6 – Cão da Lapônia Finlandesa por https://pixabay.com/es/photos/frontera-perro-pastor-brit%C3%A1nico-1913373/

    Vídeos do Cão-finlandês-da-lapônia

    Tipo e reconhecimentos:

    • CLASSIFICAÇÃO FCI: 189
    • Grupo 5: – Cães de tipo spitz e de tipo primitivo.
    • Seção 3: – Cote da Guarda Nórdica e de Pastoreio. Sem prova de trabalho.

    Federações:

    • FCI – Grupo 5 – Seção 3 Cães nórdicos de guarda e pastoreio.

    Padrão FCI da raça de Cão-finlandês-da-lapônia

    Padrão FCI da raça de Cão-finlandês-da-lapônia
    TRADUCCÍON: Federação Mexicana de Canófila (Mvz. Mauricio Martínez).

    Atualização: Senhorita. Brígida Nestler e Sr. Miguel Angel Martinez. Versão original: IN.

    ORIGEM: Finlândia.

    FECTENHA PUBLICAÇÃO DO PADRÃO OFICIAL VÁLIDO: 30.09.2016.

    UTILIZAÇÃO: Originalmente um pastor e cão de guarda, usado no abrigo de renas. Hoje também é uma raça popular como cão de companhia..

    CLASAPLICAÇÃO FCI:

    Grupo 5 – Cães tipo Spitz e tipo primitivo.

    Seção 3 – Cães nórdicos de guarda e pastoreio. Sem prova de trabalho.

    BREVE RESUMO HISTÓRICO: Por centenas de anos, os lapões usaram cães do mesmo tipo do cão da Lapônia finlandesa como pastores e tutores de renas em Fennoscandia e nas partes do norte da Rússia.. Devido a esses cães, o primeiro padrão do Pastor da Lapônia foi estabelecido pelo Kennel Clube da Finlândia em 1945. O nome da raça foi alterado para Cão da Lapônia em 1960. Na década de 70 o tipo e a aparência da raça foram fixados e o padrão foi atualizado em diferentes ocasiões.. O nome da raça foi novamente alterado para Cão da Lapônia Finlandesa em 1993. A aparência da raça tornou-se estável em pouco tempo e, hoje, a raça é extremamente popular, principalmente como cão doméstico ou hobby em toda a Finlândia.

    APARSEGURO GERAL: Menor que médio, conformação é forte em relação ao tamanho; é ligeiramente mais longo do que a altura na cernelha. Pêlo longo e espesso com orelhas eretas.

    mais longo que a altura na cernelha. Pêlo longo e espesso com orelhas eretas.

    PROPORÇÕES IMPORTANTES: A profundidade do corpo é ligeiramente inferior à metade da altura na cernelha. O focinho é um pouco mais curto que o crânio. O crânio é ligeiramente mais longo do que largo; sua profundidade corresponde a sua largura.

    TOMPERAMENTO / COMPORTAMENTO: Acordado, corajoso, calmo e ansioso para aprender. Amigável e leal.

    CABEZA: Forte em seu contorno, bastante largo.

    GIOhN CRANIANA:

    • Crânio: Largura, ligeiramente convexa. A testa é ligeiramente abaulada O sulco frontal é claramente definido.
    • Links de depressão (Stop): Claramente definido.

    GIOhN FACIAL:

    • Trufa: Preto ou marrom harmonizando com a cor da pelagem.
    • Hocico: Strong, largo e reto; visto de cima e de perfil, afina uniformemente, mas apenas ligeiramente em direção à ponta.
    • Bduendes: Apertado.
    • Mandíbulas / Dentes: Maxilares fortes. Mordedura em tesoura.
    • Bochechas: Os arcos zigomáticos são claramente marcados.
    • Ojos: Formato oval marrom escuro harmonizando com a cor da pelagem. A expressão é suave e amigável.
    • Obares: Médias, transportado ereto ou semi-ereto, implantado bastante separado, bastante larga na base, forma triangular e muito móvel. O interior coberto de pelos. ES igualmente aceitável para uma orelha ereta e a outra semi- erecta.

    COMELLO: Médio longo, forte e coberto com grande abundância de cabelo.

    COMERPO

    • Cruz: Musculoso e largo, ligeiramente marcado
    • Voltar: Forte e direto.
    • Lombo de porco: Curto e musculoso.
    • Alcatra: De comprimento médio, bem desenvolvido, apenas ligeiramente oblíquo
    • No peito: Profundo, bastante longo, quase alcançando os cotovelos,
    • não muito largo. As costelas são ligeiramente arqueadas; o peitoril é claramente visível, não muito forte
    • Linha inferior e barriga: Ligeramente retraída.

    COLA: Implantação bastante alta, duração média, coberto com muito cabelo comprido. A ponta da cauda pode ter um gancho em forma de ²J². Em movimento, a cauda é dobrada para trás ou para o lado; inativo pode travar.

    EXTREMIDADES

    MEMBROS ANTERIORES:

    • Aparência geral: Poderoso com ossos fortes Vistos de frente, são retos e paralelos.
    • Ombro: Ligeiramente oblíquo
    • Braço: Contanto que a escápula O ângulo entre o braço e o ombro seja bastante aberto.
    • Cotovelos: Aproximadamente nível da borda inferior da caixa torácica, apontando diretamente para trás
    • Antebraço: Bastante forte, vertical.
    • Carpo: Flexibl
    • Metacarpo: De comprimento médio, ligeiramente oblíqua.
    • Pés anteriores: Bem arqueado, mais oval do que redondo, coberto com cabelo abundante As almofadas são elásticas com as laterais cobertas com cabelo abundante.

    MEMBROS POSTERIORES:

    • Aparência geral: Ossos fortes, poderoso, vistos por trás, eles são retos e as angulações paralelas são marcadas sem exagero.
    • Coxa: De comprimento médio Bastante largo com músculos bem desenvolvidos.
    • Joelho: Apontado para a frente; angulação é claramente marcada
    • Perna: Relativamente longo e com tendões fortes
    • Hock: Implantação moderadamente baixa, angulação é claramente marcada, mas não muito.
    • Metatarso: Bastante curto, forte e vertical.
    • Pés de volta: O mesmo que acima

    MOVIMENTO: Sem esforço. Mude facilmente de trote para galope. Os membros movem-se paralelamente. Quando ele trabalha ele é ágil e rápido.

    PIEL: Justa, sobre todo o corpo, sem rugas.

    MANTO

    • Pelo: Abundante; especialmente os machos têm uma juba abundante. A camada externa do cabelo é longa, reto e áspero. Na cabeça e na frente dos membros, o casaco é mais curto. Deve ter um subpêlo macio e denso.
    • Color: Todas as cores são permitidas. A cor básica deve ser dominante. Outras cores diferentes da básica podem ser apresentadas na cabeça, pescoço, peito, parte inferior do corpo, membros e cauda.

    TAMÃO:

    Alturpara a cruz:

    Altura ideal para homens: 49 cm,

    Altura ideal para mulheres: 45 cm. Com uma tolerância de +/- 3 cm.

    O tipo é mais importante do que o tamanho.

    FALTAS: Qualquer desvio dos critérios acima é considerado faltando e a gravidade é considerada o grau de desvio do padrão e seu impacto sobre a saúde e o bem-estar do cão.

    • Homens não masculinos, mulheres não femininas.
    • Cabeça leve.
    • Depressão fronto-nasal insuficiente.
    • Orelhas caídas
    • Cauda portada continuamente abaixo do nível das costas.
    • Ângulo traseiro muito angular ou muito reto.
    • Falta de capa interna de pelo
    • Pelo liso.
    • Camada externa de cabelos cacheados.
    • Cor básica indefinida.

    FALTAS DESQUALIFICANDO:

    • Agressividade ou extrema timidez.
    • Qualquer cão mostrando sinais comportamentais ou anormalidades físicas claras será desclassificado.
    • Prognatismo superior ou inferior.
    • Cola quebrad
    • Orelhas completamente caídas

    N.B.:

    • Machos devem apresentar dois testículos de aparência normais, bem desenvolvidos e acomodados a bolsa escrotal.
    • Apenas cães funcional e clinicamente saudáveis, com a conformação típica da raça, deve ser usado para parentalidade.

    EleAs últimas alterações estão em negrito.

    Nomes alternativos:

      1. Finnish Lapphund, Lapinkoira, Suomenlapinkoira (Inglês).
      2. Suomenlapinkoira (Francês).
      3. Suomenlapinkoira, Lapinkoira (Alemão).
      4. Suomenlapinkoira (Português).
      5. (español).

    Spitz finlandês
    Finlandia FCI 49 - Cães de caça nórdicos

    Spitz finlandês

    É um cachorro que pode incomodar os vizinhos, porque ele late muito e com uma voz particularmente penetrante.

    conteúdo

    Este amigo de quatro patas da cor de raposa finlandesa com o típico caráter conciso do Spitz é um cão de caça nórdico, que reuniu um pequeno, mas fiel, seguidores em todo o mundo. É especialmente popular em sua terra natal, Finlândia. Abaixo você pode ler fatos interessantes sobre o Spitz finlandês, que é chamado em finlandês “Suomenpystykorva“.

    História

    Cachorro nacional finlandês

    Durante séculos, o Spitz finlandês tem sido usado como companheiro de caça no norte e leste da Finlândia. Em especial, ajudou a caçar pequenos predadores, alce e aves aquáticas, e mais tarde este cão tornou-se cada vez mais especializado em perdizes e perdizes: Assuste esses pássaros grandes para as copas das árvores ao redor. Agora ele Spitz finlandês late persistentemente até que seu parceiro de duas pernas esteja perto o suficiente para atirar na presa.

    Pouco se sabe sobre o desenvolvimento exato da raça. No entanto, o Spitz finlandês provavelmente descende de cães Spitz, que têm sido os ajudantes diários do povo na Rússia por mais de 1.000 anos. No final do século XIX, finlandês Hugo Roos observou o Spitz original no norte da Finlândia enquanto caçava e reconheceu suas habilidades extraordinárias. Ele defendeu a criação seletiva e, assim, desenvolveu o moderno Spitz finlandês – embora o padrão tenha sido alterado várias vezes desde então. Na Rússia, o amigo de quatro patas também é conhecido como o Karelo-Finnish Laika, mas em 2006 as associações de criadores finlandesa e russa concordaram que os dois nomes são da mesma raça. Isso significa que a Finlândia foi reconhecida como o país de origem da raça e é responsável pelo padrão.

    De 1979 o Spitz finlandês tem sido o cão nacional da Finlândia.

    Características físicas

    Corpo compacto, orelhas empinadas e uma cauda espessa enrolada nas costas: O Spitz finlandês tamanho médio é opticamente um Spitz típico e se destaca especialmente por seu pelo vermelho ou marrom dourado. Este consiste em duas camadas: O subpêlo macio e denso e a camada superior dura. O subpêlo é sempre um pouco mais claro.

    Os machos podem atingir uma altura na cernelha de cerca de 47 cm, as mulheres algumas 42 cm. Dependendo do seu tamanho, os cães pesam entre 10 e 15 kg.

    Caráter e habilidades

    Se você quer um cachorro de pelúcia que sempre busca o reconhecimento de seus amigos de duas patas, você está errado com um Spitz finlandês. Este cão independente e soberano sabe melhor do que ninguém para onde está indo, e, portanto, nunca totalmente subordinado. Ele é extremamente inteligente e adora aprender, se você pode ensinar-lhe algo novo. Repetições frequentes aborrecem você rapidamente, então sua vontade de cooperar pode diminuir rapidamente. Ele é corajoso e tem muita vontade de latir: uma de suas características é uma voz penetrante – Mais sobre isso depois. A Spitz finlandês pode ser usado como um cão de guarda, mas ele precisa estar conectado à sua matilha humana. Ele é amigável com seu cuidador ou família e gosta de ficar com as crianças.

    Atenção: É um cão latir muito.

    Neste ponto, gostaríamos de destacar uma característica especial deste cão, o latido de alegria de Spitz finlandês. Por favor, considere isso: Na Finlândia, com uma densidade populacional de cerca de 16 Habitantes por quilômetro quadrado, o vizinho mais próximo geralmente mora longe. Aqui o cachorro não é conhecido apenas por sua voz forte, mas também enfatizado positivamente e encorajado na forma de competições de latidos.

    Esta habilidade é extremamente importante para a caça, para que o cão possa oferecer uma boa orientação ao caçador de duas pernas que não consegue se mover tão facilmente pela floresta parcialmente nevada. O Spitz finlandês eles não apenas latem, eles também dominam diferentes variações, de sons curtos a um tipo de música.

    Muitos Spitz finlandês eles podem fazer 160 sons por minuto. Então, se você está pensando sobre a chegada de um cachorro assim, primeiro você deve se informar sobre sua alegria de latir. Mesmo se você puder controlar ou reduzir, alguns Spitz finlandês continuará a latir mais do que a maioria dos outros cães – isso está simplesmente em seus genes. Se você mora em uma área rural, você pode usar o Spitz finlandês como um excelente guardião da casa e do quintal.

    Atividades com o Spitz finlandês

    Para o Spitz finlandês ele adora o tempo que passa com sua pessoa de referência, além de estar fora. Por conseguinte, é melhor combinar os dois tão frequentemente quanto possível e levá-lo para longas, longas caminhadas. É um companheiro maravilhoso de caminhadas, se você o mantiver na coleira ou tiver seu instinto de caça sob controle. Este último, No entanto, é um desafio com esta raça, se a capacidade de recuperação não for treinada desde o início. Repetições frequentes não são divertidas para ele Spitz finlandês, eles procuram uma atividade comum que também treine sua cabecinha inteligente. O trabalho de rastreamento, por exemplo, é um prazer para ele Spitz finlandês. Em todas as atividades esportivas, você deve garantir que seu parceiro não se esforce demais, então você fica motivado e não ocorrem lesões.

    Ensino de Spitz finlandês

    Se você está pensando que um Spitz finlandês morar com você, Você já deve ter alguma experiência canina para guiar este companheiro independente para a obediência básica exigida. Não espere que eu seja completamente subordinado a você, raça é muito independente para isso. Seja consistente com tudo o que é importante para você, mas deixe o Spitz finlandês sua própria cabeça (testaruda) em outra parte.

    Com consistência amorosa e reforço positivo, você pode treinar este cão normalmente. De qualquer forma, ele é muito inteligente e gosta de aprender coisas novas – então também é, como um resultado, cooperativo. Use isso para o seu treinamento. Com um jovem Spitz finlandês faz sentido visitar a escola de filhotes, para estabelecer contatos positivos com cachorros de outras raças e para fortalecer ou desenvolver sua veia social. Além disso, o treinamento básico de comando em uma escola de cães pode ser muito útil com ele – é melhor se você encontrar uma escola de cães que já tenha experiência com o caráter idiossincrático de Spitz.

    Saúde robusta

    O típico Spitz finlandês é um cão robusto e resistente às intempéries: a raça é considerada dificilmente afetada por doenças hereditárias específicas. Se você está pensando em adquirir um cachorro deste tipo, é importante que você compre de criadores de renome, uma vez que reduzem o risco de doenças genéticas por meio de criação responsável. Um exemplo seria a predisposição de alguns cães para Quadril Displasia. ou problemas com as articulações do joelho e cotovelo. Fale com o criador em questão sobre os cuidados de saúde dos animais parentais.

    Você mesmo pode contribuir muito para a saúde do seu cão, fornecendo uma dieta saudável e fazendo exercícios adequados para a idade e o nível de treinamento dele..

    Esta raça de Spitz é bastante sensível ao calor devido à sua origem no extremo norte… As caminhadas no inverno, por outro lado, são do gosto deste amigo de quatro patas. A raça atinge uma idade média de 12 a 13 anos.

    A dieta do Spitz finlandês

    Além disso, uma dieta balanceada adaptada às necessidades de seu amigo de quatro patas é um componente importante para sua saúde. Como todos os cães, o Spitz finlandês requer uma dieta à base de carne. Por conseguinte, certifique-se de que a carne é o primeiro componente da comida para animais de estimação que você escolhe. O grão não deve ser incluído. Isso se aplica independentemente da escolha de alimentos úmidos ou secos. Com uma dieta pura de alimentos secos, você deve prestar atenção especial ao fato de que seu quadrúpede obtém líquido suficiente.

    A água deve estar sempre disponível gratuitamente. Depois das refeições, seu Spitz finlandês definitivamente deve ter tempo para uma soneca digestiva, então é melhor comer depois de excursões conjuntas. Lembre-se de que as guloseimas devem ser adicionadas à ração diária, caso contrário, a cintura fina do seu cão estará em perigo. Também é possível trazer comida seca como recompensa.

    Mastigações secas, como orelhas de gado, satisfaça as necessidades de mastigação do seu parceiro. Guloseimas odontológicas ou petiscos de carne liofilizada, especialmente para cães, são outras recompensas sensatas com as quais você pode dar ao seu amigo de quatro patas uma guloseima saborosa..

    Cuidar do Spitz Finlandês

    Embora cuidar do pêlo deste cão seja bastante fácil, não deve ser descuidado, especialmente durante a troca de casaco. Na primavera e no outono, o Spitz finlandês geralmente tem muito cabelo – ajude-o a se livrar dos pelos mortos escovando-o regularmente – de preferência diariamente. Desta forma, a irritação da pele pode ser evitada, que pode se desenvolver rapidamente se muitos pelos do subpêlo denso permanecerem no cão. Fora da mudança de casaco, apenas escove seu parceiro uma vez por semana. Durante este ritual de preparação, que você já deveria praticar com seu cachorro, é melhor que eu também olhe nos ouvidos, que você deve limpar com um limpador de orelhas de cachorro, se necessário. Uma verificação curta da garra também deve ser realizada em intervalos regulares – geralmente quadrúpedes mais velhos ou aqueles que só andam em solo macio precisam do seu apoio na forma de pedicure. Aqui, uma garra de cachorro fornece serviços valiosos.

    Um Spitz finlandês combina comigo?

    Uma casa de sonho para um Spitz finlandês É um grande lote de terreno no campo para vigiá-la, incluindo conexão familiar. A raça é adequada para amantes de cães com um grande senso de independência, que gostam de se locomover na natureza com seu companheiro e que podem dar obediência básica à teimosia de seu amigo de quatro patas graças à habilidade, consistência e calma. Não é um cachorro da cidade e seu latido de alegria por si só pode torná-lo inadequado para ficar dentro de casa, mesmo se você puder ter um silêncio Spitz finlandês como colega de quarto por meio de muita atividade e treinamento do paciente.

    Como um cão de família é muito adequado, desde que você tenha a ocupação e educação adequadas. Além disso, é paciente e confiante com as crianças com quem costuma ter um bom relacionamento – mas certifique-se de que o amigo de quatro patas pode se retirar se ele quiser. O Spitz finlandês não é adequado para regiões quentes e também não é um companheiro para férias na praia – adora climas mais frios, o que é muito melhor para ele.

    Falando sobre férias: Antes de decidir sobre este cachorro, Considere também que você deve ser bem cuidado em caso de doença e nas férias. De preferência de alguém que já o conheça e esteja familiarizado com as características de um Spitz. É claro, você também pode levá-lo nas férias com você, mas antes de registrá-lo em um hotel, você deve ter certeza de que não quer encantar todos os hóspedes do hotel com sua voz alta. Por conseguinte, este tipo de viagem só é possível com uma pessoa muito bem criada Spitz finlandês.

    Considere também com antecedência os custos únicos e especialmente os custos regulares que você terá que pagar quando seu novo companheiro de quarto de estimação se mudar.: Além do equipamento básico e preço de compra de um cão de um criador de renome, pode haver despesas de viagem consideráveis ​​para um cachorro comprado no exterior. Uma vez que seu Spitz mora com você, haverá custos de alimentos de alta qualidade, impostos e seguro para o cão e despesas para visitas regulares ao veterinário, incluindo vacinas e desparasitação.

    Onde posso encontrar meu Spitz finlandês?

    Como muitas outras raças do extremo norte, o Spitz finlandês é uma raridade no sul da Escandinávia. Em muitos países, nem uma única ninhada de Spitz finlandês em um ano, então se você se apaixonou por esta raça, normalmente você terá que viajar longas distâncias para conseguir um filhote como um novo membro da família. Contate os clubes nórdicos de raças de cães, que pode te ajudar a encontrar um cachorro desta raça, que é especialmente popular em seu país, e possivelmente estabelecer contatos com criadores da Escandinávia. Se você adotar um cachorrinho do exterior, existem algumas coisas que você deve considerar… Informe-se a tempo! Lembre-se de: Sempre faz sentido visitar o filhote no canil para conhecer os pais e as circunstâncias em que vivem os amigos de quatro patas.. Sim é possível, você também deve visitar o criador pessoalmente antes de decidir comprar um filhote do exterior. Aqui também existe a possibilidade de cheirar e fazer perguntas sem pressão de tempo. Depois de tudo, comprar um cachorro é uma questão de confiança.

    Se você quer um Spitz finlandês adulto como companheiro, há pouca chance na maioria dos países da Europa Central de obter um cão correspondente – talvez você esteja pensando em viajar para a Finlândia em um futuro próximo e encontrá-la lá. Caso contrário, Os clubes nórdicos de raças de cães irão ajudá-lo em sua pesquisa. Talvez um cruzamento nórdico ou outra raça de Spitz pode conquistar seu coração.

    adendo: Comece a procurar seu novo parceiro com olhos atentos e coração aberto, porque muitos híbridos de Spitz tem características semelhantes.

    Avaliações do Spitz finlandês

    Coexistência é importante que você tem com seu novo amigo. Plantearte antes de adquirir uma raça de cão “Spitz finlandês” você sabe alguns fatores. Nem todas as raças de cães são capazes de viver em um apartamento, Você deve levar em conta a sua qualidade, sua necessidade de exercício, sua interação com outros animais de estimação, seu cuidado e se você tiver crianças pequenas, o seu nível de tolerância para com eles.

    Treinamento ?

    3.0 Avaliação
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Adequação do apartamento ?

    1.0 Avaliação
    1 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Pode ficar sozinho o dia todo ?

    1.0 Avaliação
    1 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Adequado como primeiro cão ?

    2.0 Avaliação
    2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Aumento de peso ?

    3.0 Avaliação
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Deus o abençoe ?

    4.0 Avaliação
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    inteligência ?

    4.0 Avaliação
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Bondade com criança ?

    3.0 Avaliação
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Tendência a morder ?

    2.0 Avaliação
    2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Tendência a latir ?

    5.0 Avaliação
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Tendência para fugir ?

    4.0 Avaliação
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Força de queda de cabelo ?

    4.0 Avaliação
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Adequado como cão de guarda ?

    4.0 Avaliação
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    alegria ?

    3.0 Avaliação
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Simpatia do gato ?

    2.0 Avaliação
    2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Nível de poder ?

    4.0 Avaliação
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Imagens do Spitz Finlandês

    Spitz Finlandia

    Spitz finlandés por Animais Assessor de Brooklyn, E.U.A. / CC POR

    Spitz Finlandia

    Spitz finlandés por Animais Assessor de Brooklyn, E.U.A. / CC POR

    Vídeos do Spitz finlandês

    Tipo e reconhecimentos:

    • CLASSIFICAÇÃO FCI: 49
    • Grupo 5: – Cães de tipo spitz e de tipo primitivo.
    • Seção 2: – Nórdicos de Caça. Trabalho de teste apenas para países nórdicos (Suécia, Noruega, Finlândia)
  • Federações:
    • FCI – Grupo 5 – Seção 2 Cães de caça nórdicos.
    • AKC – Cães de caça nórdicos
    • ANKC – Cães de caça nórdicos
    • CKC – Cães de caça nórdicos
    • KC – Cães de caça nórdicos
    • NZKC – Cães de caça nórdicos
    • UKC – Cães de caça nórdicos

    Padrão FCI da raça Spitz finlandês

    Aparência geral

    É de tamanho pequeno a médio e tem um corpo quase quadrado. Sua configuração é estreita, empresa, e tem um bom comportamento.

    proporções importantes

    O comprimento do corpo é igual à altura na cernelha. A profundidade do peito é ligeiramente inferior a metade da altura na cernelha. A proporção entre o focinho e o crânio é de cerca de 3:4. O crânio é ligeiramente mais largo do que longo; sua largura é igual a sua profundidade.

    Temperamento/comportamento

    Este é um cachorro vivo, vigorosa, corajoso e determinado. Pode ser um tanto reservado com estranhos, mas nunca malicioso.

    Cabeça

    Região craniana

    • Crânio:Visto de cima, tem uma forma ovóide. Ele se alarga gradualmente em direção à região das orelhas e é mais largo entre as orelhas. Visto de frente e perfil, crânio é ligeiramente convexo. Os eixos superiores do crânio e do focinho são quase paralelos. O sulco frontal é muito superficial. A crista superciliar e o occipital não são muito visíveis.
    • Depressão frontal naso (Stop): Não é muito pronunciado.. O ângulo entre o focinho e o crânio é bem visível.

    região facial

    • Trufa:É bastante pequeno e preto azeviche.
    • Focinho:Estreito e fino. Visto de cima e de perfil, diminui gradualmente. Leme nasal é reto. A mandíbula inferior é bem visível.
    • Lábios:Juntos, bastante magro e apertado. São bem pigmentados.
    • MANDÍBULAS/dentes:Maxilares fortes. Os dentes são simétricos e bem desenvolvidos; dentição é normal. A junta é estreita em forma de tesoura.
    • Bochechas:Os arcos zigomáticos são ligeiramente pronunciados.
    • Olhos:De tamanho médio e em forma de amêndoa. Eles são um pouco oblíquos e de preferência escuros. Sua expressão é viva e alerta.
    • Orelhas:Eles são bastante altos, sempre em pé. Eles são bastante pequenos, pontudo e muito móvel. Eles são cobertos com cabelos finos.

    Pescoço

    Ele é musculoso. Parece bastante curto nos homens devido à espessa gola de cabelo. Em fêmeas, é de comprimento médio. Não há nenhum barbela.

    Corpo

    • Cruz:Está claramente delineada, especialmente em machos.
    • Voltar:Ela é reta e musculosa; bastante curto.
    • Lombo de porco:Curto e musculoso.
    • Alcatra:Comprimento médio, bem desenvolvido e ligeiramente inclinado.
    • No peito:Profundo, atinge quase os cotovelos e não é muito largo. As costelas são ligeiramente arqueadas. O peitoril é bem visível e não muito largo.
    • Linha inferior:É ligeiramente levantado.

    Cauda

    Curva-se fortemente para a frente a partir de sua base, usado firmemente nas costas. Embaixo e atrás dele repousa contra a coxa e sua extremidade se estende até o meio dela. Quando estendido, atinge quase o jarrete.

    Dicas

    Ex-membros

    • Como um todo.:Visto de frente, eles são retos e paralelos. Os ossos são de resistência média. O braço é um pouco mais curto que a omoplata e o antebraço.
    • Ombro:Suas firmas, muito móvel e relativamente simples.
    • Braço:Um pouco mais curto que a omoplata. É um pouco inclinado e muito forte.
    • Cotovelos:Eles aparecem na frente de uma linha vertical traçada do ponto mais alto da omoplata. Eles são direcionados diretamente para trás.
    • Antebraço:Bastante forte, vertical.
    • Metacarpo:Comprimento médio; levemente inclinado.
    • Pés dianteiros:Sapato de escalada arredondado. Dedos juntos e bem arqueados. As almofadas são elásticas, sempre preto, e suas partes laterais são cobertas por pêlos densos.

    Membros posteriores

    • Como um todo.:Visto de trás, eles são retos e paralelos. São fortes e de angulação média. Os ossos são moderadamente fortes. A coxa é um pouco mais longa que a perna.
    • Coxa:Comprimento médio. São músculos bastante largos e bem desenvolvidos.
    • Joelho:É apresentado apontado para frente. Angulação é média.
    • Perna:Musculoso.
    • Hock:É moderadamente baixo e a angulação é média.
    • Metatarso:É bastante curto, forte e vertical.
    • Pés de volta:Eles são um pouco mais longos que os avançados, mas de outra forma eles são iguais a estes. Os quintos dedos devem ser removidos.

    Movimento

    É leve e cobre o solo sem esforço. Mude facilmente de trote para galope, qual é o movimento mais natural. Os membros se movem em paralelo. Quando é lançado atrás da presa, o cachorro explode em um galope rápido.

    Pele

    É bem ajustado em todo o corpo e não forma dobras.

    Peles

    Cabelo

    É bastante longo no tronco, ereto ou semi-vertical e mais rígido no pescoço e nas costas, curto e apertado na cabeça e nos membros, exceto na parte de trás dos membros posteriores. Cabelo duro nos ombros, especialmente em homens, é visivelmente mais longo e mais áspero. Na parte de trás das coxas (calças) e na fila, o cabelo é longo e denso. O subpêlo é curto, Soft, denso e de cor clara.

    Cor

    O cabelo na parte de trás é castanho avermelhado, ou marrom dourado, de preferência brilhante. De um tom mais claro, são os cabelos dentro das orelhas, bochechas, o peito, a garganta, o ventre, o interior dos membros, a parte de trás das coxas e cauda. Uma faixa branca no peito e pequenas marcas brancas nos pés são permitidas.

    Tamanho e peso

    Altura à Cruz

    • Machos:47 cm com uma tolerância de +/- 3 cm.
    • Fêmeas:42 cm com uma tolerância de +/- 3 cm.

    Peso

    • Machos:Entre 12 e 13 kg.
    • Fêmeas:Entre 7 e 10 kg.

    Faltas

    Qualquer desvio dos critérios acima mencionados deve ser considerado falha, e a gravidade disso é considerada em proporção ao grau do desvio padrão.

    • Cabeça pesada.
    • Focinho grosso.
    • Mandíbula inferior solta.
    • Orelhas apontando para frente em um ângulo agudo, ou cuja ponta aponta para dentro ou para fora. Orelhas caídas para trás, ou com cabelos longos dentro.
    • Cauda solta ou excessivamente arqueada.
    • Metacarpos muito soltos.
    • Casaco comprido, Soft, muito curto ou apertado.
    • Delimitado visivelmente cores diferentes.

    fALTAS ELIMINATÓRIAS

    • Cão agressivo ou medroso.
    • Nariz cor de carne.
    • Prognatismo superior ou inferior.
    • Olhos amarelos brilhantes ou olhos fixos.
    • Orelhas com pontas caídas.
    • Cauda curvada.
    • Pelagem ondulada ou encaracolada.
    • Visivelmente diferente da cor básica
    • Grandes manchas brancas no peito ou / e uma meia branca.

    Qualquer cão apresentando sinais claros de anormalidades físicas ou de comportamento deve ser desqualificado.

    Nota: Machos devem apresentar dois testículos de aparência normais, bem desenvolvidos e acomodados a bolsa escrotal.

    Nomes alternativos:

      1. Finnish Hunting Dog, Finnish Spets, Finsk Spets, Loulou Finois, suomalainen pystykorva, suomenpystykorva (Inglês).
      2. Spitz finlandais (Francês).
      3. Karelo-Finnische Laika, Suomenpystykorva (Alemão).
      4. Spitz finlandês (Português).
      5. Loulou Finois, Suomalainen pystykorva, Finsk Spets (español).

    Buldogue francês
    Francia FCI 101 - Frenchies

    Bulldog Francés

    O Buldogue francês É protetora e brincalhão, mas não é ideal para caminhadas.

    conteúdo

    História

    O Buldogue francês É uma pequena raça de cão originário da Inglaterra, estabelecido como tal até o final do século XIX. No entanto, Apesar do nome, América e Grã-Bretanha têm desempenhado papéis importantes no desenvolvimento desta raça. Estes cães tendem a ser apelidado “Palhaços” o “Sapo cães”.

    O Bulldog francês é considerado um Molossus tamanho pequeno. As origens do buldogue francês para a década de 1850. Suas origens são em Inglaterra, com o Bulldog-inglês, seu parente mais próximo, descendente das raças mastim tipo. Como os Doges, sua origem remonta à Molóssia na região do Épiro na Grécia e Império Romano. Ele também foi apelidado o “cão perfeito”.

    É provável que o buldogue francês é o resultado de vários cruzamentos entre o Bulldog de brinquedo provenientes da Grã-Bretanha e vários cães locais. Descendente do Doge francês e o Bulldog Inglês (muito mais pesado), É resultado de sucessivos cruzamentos criadores de bairros populares de Paris foram feitas no final do século XIX, a fim de obter uma corrida rápida, Atlético e bom em combates de cães.

    Sua graça e seu caráter rapidamente cativaram a alta sociedade, algo que impulsionou sua popularidade muito. Passagens foram feitas por amantes da raça em bairros populares de Paris nos anos 1880. Inicialmente, o buldogue francês foi um cão do povo, com os mestres para os talhos e Coachmen, mas, em seguida, ele foi capaz de conquistar a alta sociedade e o mundo da arte, devido a sua aparência original e o seu carácter único, se espalhando rapidamente.

    Características físicas

    Para um Buldogue francês em bom estado, o Peso Não deve ser menos de 8 kg, ou mais de 14 kg, o tamanho é proporcional ao peso.

    É tipo molossóide, de pequena estatura, Pelo curto, muscular, forte e compacta. Poderoso para seu tamanho, curto, compactar todos fora de proporção, Cabelos normais, lado curto, nariz plana, erguer orelhas e naturalmente short tail. Você deve ter aspecto animal ativo, Inteligente, muito musculoso, estrutura compacta e estrutura óssea sólida. Cauda pequena, espessura no início e conosco no final.

    Outra característica é o “orelhas de morcego”. É a raça de cão mais ouvido mostra ao olhar para a frente.
    A cabeça deve ser forte, amplo e quadrados. A pele faz os vincos e rugas quase simétricas. É caracterizada por uma contração do complexo maxilo-facial.: o crânio ganhou em largura, O que foi perdido há muito tempo.

    Caráter e habilidades

    Este cão é ideal para um pequeno piso; precisa de exercício durante cada 55 minutos por dia. Não é um cão ideal para caminhadas, mas é um bom animal de estimação, muito brincalhão, ativo e defensor do proprietário. É um cão muito caseiro, Ela gosta de estar em casa na companhia de proprietários. Amigável, excelente com crianças (muito protetora deles, especialmente as fêmeas), compatível com outros animais de estimação.

    Esta raça raramente ladra, Quando você precisar ou para chamar a atenção para, Quando você precisa de algo ou quando é perturbada. É um bom guardião Ele ladrará quando você sente um ruído; isto é Protetor com a casa e seus donos, e será sempre alerta.

    Devido à sua adaptabilidade, tranquilidade e é pouco latindo, o buldogue francês é uma raça ideal para a vida em um apartamento. Mas adaptam-se bem para as casas. Prefere climas frios uma vez que são muito sensíveis a altas temperaturas.
    É aconselhável para evitar expor-lhe para o forte calor e ter cuidado com o excesso de peso, que poderia causar problemas respiratórios.

    Pontuações Buldogue francês

    Coexistência é importante que você tem com seu novo amigo. Plantearte antes de adquirir uma raça de cão “Buldogue francês” você sabe alguns fatores. Nem todas as raças de cães são capazes de viver em um apartamento, Você deve levar em conta a sua qualidade, sua necessidade de exercício, sua interação com outros animais de estimação, seu cuidado e se você tiver crianças pequenas, o seu nível de tolerância para com eles.

    adaptação ⓘ

    5.0 Avaliação
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Ⓘ cão amigável

    2.0 Avaliação
    2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    A perda de cabelo ⓘ

    2.0 Avaliação
    2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Nível de afeto ⓘ

    5.0 Avaliação
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Necessidade de exercício ⓘ

    2.0 Avaliação
    2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    necessidade social ⓘ

    5.0 Avaliação
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    casa ⓘ

    5.0 Avaliação
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    sanita ⓘ

    2.0 Avaliação
    2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Amigável com estranhos ⓘ

    5.0 Avaliação
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    cascas ⓘ

    2.0 Avaliação
    2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    saúde ⓘ

    3.0 Avaliação
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    ⓘ territorial

    3.0 Avaliação
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Amigável com gatos ⓘ

    2.0 Avaliação
    2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    inteligência ⓘ

    3.0 Avaliação
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    versatilidade ⓘ

    3.0 Avaliação
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Crianças amigável ⓘ

    2.0 Avaliação
    2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    vigilância ⓘ

    2.0 Avaliação
    2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    alegria ⓘ

    3.0 Avaliação
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Fotos de Buldogue francês

    Vídeos de Buldogue francês

    Tipo e reconhecimentos:

    • CLASSIFICAÇÃO FCI:Grupo 9 –> Cães de companhia. / Seção 1.1 –> Tamanho Molosoides pequena. Sem prova de trabalho
    • FCI 101
    • Federações: FCI , AKC , ANKC , CKC , KC , NZKC , UKC
    • raça Estádar FCI Buldogue francês

    Nomes alternativos:

      1. Frenchies (Inglês).
      2. Bouledogue (Francês).
      3. Französische Bulldogge (Alemão).
      4. Buldogue francês (Português).
      5. Frenchie (español).

    Fox terrier de pelo liso
    Gran Bretañaa FCI 12 - Terriers de médio e grande porte

    Não-caçadores que querem manter Fox Terrier como um cão puro companheiro, eles devem desviar seus instintos de caça inatos com os esportes e jogos de cães

    conteúdo

    História

    O primeiro Fox terrier, que foram apresentados pela primeira vez em uma exposição de cães em inglês em meados do século XIX, eles eram cães quase brancos, especialmente adequado para caça à raposa. Devido à sua coragem, sua resistência e capacidade de rastrear e alcançar as raposas escondidas em sua toca, pequenos terriers logo encontraram muitos seguidores entre os amantes de cães e caça da Inglaterra. Graças ao seu físico, os cães intrépidos foram capazes de entrar nos tubos Fuchsbau mais estreito. O objetivo da criação para a caça à raposa também foi sempre o foco principal na seleção dos cães reprodutores certos e finalmente deu aos cães o nome de raça Fox Terrier. (Fox Fox, terre = Terra).

    Em 1876 o recém-fundado Fox Terrier Club introduziu o primeiro padrão de raça para o Fox Terrier. Hoje o FCI distingue duas variantes do Fox Terrier: o Fox terrier de pelo liso e o Fox terrier de pelo duro. Embora ambos os tipos de cães diferam apenas na estrutura de sua pelagem, são mantidos separadamente.

    No início, a variante de cabelos lisos do Fox terrier era muito mais popular que o Fox terrier de pelo duro. No entanto, isso mudou na década de 1920, quando um verdadeiro boom se desenvolveu em torno do Fox terrier de pelo duro e o cachorrinho “prático” tornou-se o novo “cão da moda” para as senhoras finas. Infelizmente, muitas vezes esquecia que o Fox Terrier foi originalmente criado como um cão de caça e que os animais ainda possuíam muita coragem, instinto de caça e uma certa nitidez.

    A falta de educação e atitudes inadequadas deram aos cães, que gostavam de cavar jardins e raramente evitavam brigar com outros cães, a reputação de ser agressivo e agressivo. Em meados do século passado, o número de inscrições no livro de criação, especialmente de Fox terrier de pelo duro, visivelmente diminuído. Hoje, duas vezes mais nascem Fox terrier de pelo liso que o Fox terrier de pelo duro. Hoje, o cão inglês tradicional em ambas as variantes pertence às raças de cães bastante raras.

    Características físicas

    O corpo de um Fox terrier de pelo liso é compacto e musculoso, construído para velocidade e agilidade. O cão tem um corpo curto, mas um rosto longo e elegante, com orelhas que se inclinam em direção às bochechas.. A altura desta raça não deve exceder 39 cm nos machos; um pouco menos em mulheres e seu peso varia de sete a oito quilogramas.

    A pelagem de um Fox terrier de pelo liso é curta, plana contra o corpo e densa. Normalmente, o cabelo cobre a barriga e também a parte interna das coxas. A cor da pelagem é predominantemente branca, com marcações em preto e castanho.

    Caráter e habilidades

    Com agilidade, o Fox Terrier cabelo liso está em seu elemento. O pequeno terrier vivaz adora se mover e usar sua cabeça fofa. Não é à toa que ele nunca se cansa de praticar esportes caninos como agilidade, obediência e flyball. Deitar no sofá e descansar é definitivamente uma coisa do passado para os proprietários de Fox terrier de pelo liso..

    Jogos diários de exercício e recuperação, correr juntos ou botas de caminhada, rodas ou cavalo, durante o qual o perseverante amigo de quatro patas pode acompanhá-lo, eles definitivamente deveriam estar no show com um Fox terrier de pelo liso.

    O Fox Terrier geralmente se dá muito bem com crianças, afinal eles compartilham sua necessidade de brincar e se exercitar. Famílias ativas que gostam de estar ao ar livre encontrarão um companheiro de brincadeira animado e um companheiro leal no English Terrier.

    Um companheiro valioso para caçadores e não caçadores

    Embora, como a maioria das raças de cães, hoje é mantido principalmente como cão de família e companheiro, o Fox Terrier ainda tem uma boa figura ao caçar. O cão de caça versátil pode ser usado para construir e vasculhar, para recuperar, pesquisar ou mesmo trabalhar na água. Seu desejo de trabalhar, sua coragem e vigilância fazem dele um companheiro de caça inestimável. Não-caçadores que querem manter o Fox Terrier como um cão de companhia puro, eles devem desviar seus instintos de caça inatos com os esportes e jogos de cães e, assim, oferecer-lhes uma ocupação alternativa adequada.

    Educação do Fox terrier de pelo liso

    O Terrier tem uma reputação de ter uma mente própria – o Fox terrier de pelo liso não é exceção. Em caso de falta de orientação e descuido por parte dos seres humanos, amigo de quatro patas inteligente gosta de assumir o comando, normalmente não para o deleite de seus colegas de duas pernas. Uma educação consistente e precoce é essencial para uma coexistência harmoniosa com os Fox terrier. No entanto, se você levar o seu tempo, conhece as regras básicas mais importantes do treinamento de cães e, ao mesmo tempo, oferece ao seu cão exercício físico e mental suficiente, você terá poucos problemas com este pequeno pacote de energia. O Fox Terrier ele não é apenas inteligente, mas também muito dócil e orientado para as pessoas.

    Fox Terrier cabelos lisos saúde e cuidados

    Basicamente, o Fox Terriers eles são considerados cães muito robustos e saudáveis. Ocasionalmente ocorrem doenças oculares. Existe também uma certa predisposição para doenças neurológicas, como ataxia e mielopatia., o que pode levar à destruição da medula espinhal. Com educação responsável, uma dieta saudável, muito exercício e cuidados adequados para cada espécie, os riscos de uma possível doença podem, Felizmente, reduzir.

    O Fox terrier de pelo liso eles têm uma clara vantagem sobre seus parentes, o Fox terrier de pelo duro. Enquanto o Fox terrier de pelo duro precisa de um corte profissional, escovar regularmente é suficiente para preservar a bela pelagem do Fox terrier de pelo liso. No entanto, como fox terriers não gostam “ficar parado”, você deve acostumar seu cão a escovar já na fase do filhote.

    Nutrição baseada em necessidades e cuidados cuidadosos desempenham um papel importante na manutenção da saúde dos cães. Baseado em necessidades significa que a dieta deve ser adaptada à idade, peso e amplitude de movimento do cão. O Fox terrier Eles são cães extremamente esportivos e ativos e geralmente precisam de uma dieta de alta energia com muita carne e legumes de alta qualidade..

    Compre um Fox terrier de pelo liso

    Se você estiver interessado em um Fox terrier de pelo liso, as características desta raça devem primeiro ser cuidadosamente informadas. O Fox terrier de pelo liso eles são cães extremamente temperamentais e exigentes, que precisam de manuseio consistente. Um criador respeitável perguntará sobre suas idéias e objetivos de criação de cães e, Sim é necessário, irá aconselhá-lo a não comprar um fox terrier. Neste caso, não procure o próximo best-seller, mas reconsidere cuidadosamente seus motivos para comprar um Fox terrier.

    Somente um filhote de raça pura deve ser comprado de um criador respeitável, cujos cães foram testados para possíveis doenças hereditárias e outros critérios de adequação para a reprodução antes do uso.. Filhotes começam a ser vendidos o mais cedo possível entre a oitava e a décima semana de vida. O preço do filhote varia entre 850 e 1.500 euros e depende da aptidão desportiva e do valor genético dos pais.

    É importante que você conheça as necessidades exatas do seu cão e que esteja familiarizado com o valor nutricional de diferentes alimentos.; tanto uma deficiência quanto uma oferta excessiva de certas substâncias podem causar sérios problemas de saúde. Alternativamente, você pode alimentar seu Fox terrier com alimentos úmidos ou secos de alta qualidade. Convença-se da qualidade dos ingredientes processados ​​e evite aditivos prejudiciais à saúde, como açúcar ou estimulantes artificiais,. Você também deve evitar um teor de grãos muito alto nos alimentos.

    Comentários do Fox terrier de pelo liso

    Coexistência é importante que você tem com seu novo amigo. Plantearte antes de adquirir uma raça de cão “Fox terrier de pelo liso” você sabe alguns fatores. Nem todas as raças de cães são capazes de viver em um apartamento, Você deve levar em conta a sua qualidade, sua necessidade de exercício, sua interação com outros animais de estimação, seu cuidado e se você tiver crianças pequenas, o seu nível de tolerância para com eles.

    adaptação ⓘ

    5.0 Avaliação
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Ⓘ cão amigável

    2.0 Avaliação
    2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    A perda de cabelo ⓘ

    3.0 Avaliação
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Nível de afeto ⓘ

    5.0 Avaliação
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Necessidade de exercício ⓘ

    5.0 Avaliação
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    necessidade social ⓘ

    3.0 Avaliação
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    casa ⓘ

    2.0 Avaliação
    2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    sanita ⓘ

    2.0 Avaliação
    2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Amigável com estranhos ⓘ

    2.0 Avaliação
    2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    cascas ⓘ

    5.0 Avaliação
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    saúde ⓘ

    3.0 Avaliação
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    ⓘ territorial

    5.0 Avaliação
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Amigável com gatos ⓘ

    1.0 Avaliação
    1 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    inteligência ⓘ

    5.0 Avaliação
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    versatilidade ⓘ

    3.0 Avaliação
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Crianças amigável ⓘ

    5.0 Avaliação
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    vigilância ⓘ

    5.0 Avaliação
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    alegria ⓘ

    5.0 Avaliação
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Imagens do Fox terrier de pelo liso

    Fotos:

    1 – Fox Terrier pelo liso por publicdomainpictures.net
    2 – Fox Terrier pelo liso por needpix.com
    3 – Fox Terrier pelo liso por https://pxhere.com/es/photo/738534
    4 – Vos Spits (nascido em março 2006) em ação por Piet ter Beek / Domínio público
    5 – Fox Terrier pelo liso por https://pxhere.com/es/photo/1617503
    6 – Fox Terrier liso de “Sterlet” Poland por Piotr Pietryka / CC BY-SA

    Vídeos do Fox terrier de pelo liso

    Tipo e reconhecimentos:

    • CLASSIFICAÇÃO FCI: 12
    • Grupo 3: – Terriers
    • Seção 1: – Terriers de médio e grande porte. Teste de trabalho at-vontade.
  • Federações:
    • FCI – Terriers 1 Terriers de médio e grande porte.
    • KC – cães de trabalho
    • FCI padrão da raça Fox terrier de pelo liso

      FCI padrão da raça Fox terrier de pelo liso
      APARSEGURO GERAL: Cão ativo e feliz, onde ossos de boa substância e grande força física são combinados em um pacote compacto, nunca pesado ou áspero. Não deve ser pernudo ou com membros muito curtos, e deve levantar-se como um cavalo de caça com as costas curtas e capaz de cobrir muito terreno.

      TOMPERAMENTO / COMPORTAMENTO: Ativo, movendo rápido, expressão vivaz, sempre à procura. Amigáveis, extrovertido e destemido. Amigáveis, extrovertido e destemido.

      CABEZA

      GIOhN CRANIANA:

      • Crânio: Plana e moderadamente estreita, ampla que diminui gradualmente em direção aos olhos.
      • Links de depressão (Stop): Pequena parada aparente.

      GIOhN FACIAL:

      • Trufa: Neg
      • Focinho: mandíbulas, superior e inferior, eles são fortes e musculosos, inclinando-se ligeiramente abaixo dos olhos Esta parte da face anterior deve ser moderadamente moldada, para que não desça em linha reta como uma cunha.
      • MANDÍBULAS/dentes: Maxilares fortes com perfeita, mordida em tesoura regular e completo, i.e., que a face interna dos incisivos superiores está em contato próximo com a face externa dos incisivos inferiores e com os dentes posicionados perpendicularmente à maxila.
      • Bochechas: Eles não devem ser extrovertidos.
      • Olhos: Escuro, moderadamente pequeno, o mais redondo possível, mas não proeminente. De expressão alerta e inteligente.
      • Orelhas: Pequeno e em forma “V”, cair para a frente perto do
      • bochechas e nunca nas laterais da cabeça. A dobra da orelha deve estar acima do nível do crânio. As orelhas devem ter espessura moderada.

      COMELLO: Nítido, musculoso e sem barbelas. De comprimento moderado e aumentando gradualmente em direção às escápulas.

      COMERPO

      Dorso: Curta, reto e firme, sem um pingo de fraqueza. Região renal: Poderoso, muito ligeiramente arqueado. No peito: Profundo sem ser largo.

      COLA: Anteriormente, o costume era amputar a cauda.

      A(m)poderiatHá sim: Inserção alta, ereto, sem curvar nas costas ou enrolado. De bom poder.

      Semn amputação: Inserção alta, ereto, sem curvar nas costas ou enrolado. O mais reto possível. Cauda de comprimento moderado para manter um bom equilíbrio com o resto do cão.

      EXTREMIDADES

      MEMBROS ANTERIORES:

      • Ombro: Costas longas e bem inclinadas, bem nas extremidades e bem definido na região da cruz.
      • Braço: Os membros devem parecer retos, vistos de qualquer ângulo, com pouco ou nenhum tornozelo em direção à frente. Ossos fortes.
      • Pés anteriores: Pequeno, rodada e compacto, com almofadas firmes e duras, e com dedos moderadamente arqueados, sem entrar ou sair.

      MEMBROS POSTERIORES:

      • Aparência geral: Forte e musculoso, sem muita angulação.
      • Coxas: Longo e poderoso
      • Joelhos: Boa angulação.
      • Metatarso: Jarretes bem abaixados
      • Pés de volta: Pequeno, rodada e compacto, com almofadas firmes e duras, e com dedos moderadamente arqueados, sem virar para dentro ou para fora

      MOVIMENTO: Os membros anteriores e posteriores foram transportados para a frente e paralelos. Os cotovelos se movem perpendicularmente ao corpo sem interferir no movimento, as articulações femoro-tíbio-patelares não devem ser viradas para dentro ou para fora e os jarretes não devem ser unidos. Boa potência de propulsão proveniente de membros traseiros muito flexíveis.

      MANTO

      Pelo: Suave, achatado, curto, disco rígido, denso e abundante. A barriga e as coxas devem estar cobertas de pelos.

      Color: Predomina o branco: o branco total, branco com manchas bronzeadas, manchas pretas e castanhas ou pretas. Manchas malhadas, vermelho ou cor de fígado são altamente indesejáveis.

      TAMÃO E PESO:

      Alturpara a cruz: Não exceder 39 cm nos machos; um pouco menos em mulheres.

      Pisso:

      Machos: 7,5 – 8 kg.

      Fêmeas: 7 – 7,5 kg.

      FALTAS: Qualquer desvio dos critérios acima é considerado faltando e a gravidade é considerada o grau de desvio do padrão e seu impacto sobre a saúde e o bem-estar do cão.

      FALTAS DESQUALIFICANDO:

      • Agressividade ou extrema timidez.
      • Qualquer cão mostrando sinais comportamentais ou anormalidades físicas claras será desclassificado.

      N.B.:

      • Machos devem apresentar dois testículos de aparência normais, bem desenvolvidos e acomodados a bolsa escrotal.
      • Apenas cães funcional e clinicamente saudáveis, com a conformação típica da raça, deve ser usado para parentalidade.

      EleAs últimas alterações estão em negrito.

      TRADUCCION: Brigida Nestler / Versão original: (IN)

      Supervisão técnica: Miguel Angel Martinez.

      Última revisão: Jorge Nallem.

      Nomes alternativos:

        1. Fox Terrier, Smooth Fox Terrier, Foxie, SFT (Inglês).
        2. Fox-terrier à poil lisse (Francês).
        3. Glatthaar-Foxterrier, Foxterrier (Glatthaar) (Alemão).
        4. Fox terrier de pelo liso (Português).
        5. Fox terrier ratonero (español).

    Utilização de cookies

    Este web site utiliza cookies para que você tenha a melhor experiência de usuário. Se você continuar navegando você está dando seu consentimento para a aceitação dos cookies acima mencionados e a aceitação de nosso política de cookies, Clique no link para obter mais informações.cookies de plugin

    ACEITAR
    Aviso de cookies