▷ O mundo dos animais de estimação: Cães, gatos, aves, répteis, anfà­bios

Pastor-do-cáucaso
Rusia FCI 328 Molossóides . Montanha

O Pastor-do-cáucaso É um temperamento estável e animal saudável.

Pastor del Cáucaso

Conteúdo

Classificações do "Pastor-do-cáucaso"

Coexistência é importante que você tem com seu novo amigo. Plantearte antes de adquirir uma raça de cão "Pastor-do-cáucaso" você sabe alguns fatores. Nem todas as raças de cães são capazes de viver em um apartamento, Você deve levar em conta a sua qualidade, sua necessidade de exercà­cio, sua interação com outros animais de estimação, seu cuidado e se você tiver crianças pequenas, o seu nà­vel de tolerância para com eles.

Adaptação ⓘ

4.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Cão amigável ⓘ

2.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Perda de pêlo ⓘ

3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Nível de afeto ⓘ

4.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Necessidade de exercício ⓘ

2.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Necessidade social ⓘ

2.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Casa ⓘ

2.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Cuidado ⓘ

2.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Amigável com estranhos ⓘ

2.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Latindo ⓘ

3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Saúde ⓘ

2.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Territorial ⓘ

5.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Amigo dos gatos ⓘ

3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Inteligência ⓘ

3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Versatilidade ⓘ

2.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Adequado para crianças ⓘ

3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Vigilância ⓘ

3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Alegria ⓘ

5.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

História “Pastor-do-cáucaso”

Um Pastor-do-cáucaso é um cão pastor grande e muito forte, muito difundido na Rússia. No padrão oficial é chamado Kavkazskaya ovčarka. O Pastor-do-cáucaso eles se espalham por uma área enorme, que inclui o território da Rússia, bem como a antiga União Soviética. Somente nas áreas polares você mal consegue ver. Em sua terra natal., oPastor-do-cáucaso são, Por conseguinte, bastante diferente em detalhes e diferentes tipos foram desenvolvidos. Nas áreas de estepes, esta raça é mais leve e mais alta, em regiões montanhosas mais pesadas e compactas. Mas em tipo e caráter é o mesmo em todo lugar. Este é o resultado da sua tarefa de trabalho, que foi e é o único critério para a criação lá por muitos séculos. No final, os mesmos requisitos resultaram nos mesmos cães. Suas tarefas são pastorear e proteger os rebanhos, monitorar e proteger a propriedade e seu povo. Eles são cães arcaicos, eles provavelmente surgiram dessa forma com a introdução da pecuária em primeiro lugar, e isso foi alguns 10.000 anos.

Você não pode enganar um Pastor-do-cáucaso. Compreende claramente seu papel. Tipicamente, deita-se em um lugar alto ao lado de seu rebanho, ser capaz de observar tudo ao seu redor. Seu rebanho, seus pastores, sua famà­lia e suas propriedades são sagradas para ele. Ele é fiel e amorosamente dedicado a eles. Ele suspeita de tudo o mais e não hesita em atacar qualquer sinal que interpreta como hostil. É extremamente defensivo e destemidamente se opõe a lobos e ursos. Desta forma, protegeu os rebanhos de gado e as propriedades solitárias dos pastores, agricultores, albergues, artesãos e comerciantes desde tempos imemoriais. Este recurso extremamente útil, mesmo necessário para o funcionamento de tal sociedade no vasto e solitário país, não se encaixa na sociedade apertada e agitada de hoje. Dificilmente existe um pedaço de terra grande o suficiente para fornecer ao cão Pastor-do-cáucaso um espaço de trabalho. Ele está acostumado a outras escalas da vastidão da Rússia.

O que mais, o zeitgeist no mundo de hoje demoniza todas as formas de agressão que emanam de um cão. Embora demore apenas uma ou duas gerações, proprietários maiores estavam orgulhosos de seu cão ser confiável e, em caso de emergência, agudo, assustaria um ladrão sem medo, tal característica é potencialmente fatal para o cão de hoje. Você corre o risco de ser classificado como “cachorro perigoso” e em casos extremos eutanásia. Este não é um ambiente para uma Pastor-do-cáucaso. E assim você pode encontrá-lo em quase todos os lugares nas listas de cães supostamente perigosos.. É um arquétipo de cachorro ao qual o homem deve muito em seu desenvolvimento. Como raça de cachorro, é descrita há muito tempo e nos livros especializados mais antigos sobre cães. Contudo, na criação moderna de cães com pedigree, só foi oficialmente reconhecido pela FCI em agosto 1984.

Características físicas “Pastor-do-cáucaso”

O cão pastor caucasiano é um cão de estrutura harmoniosa, grande e forte, com bastante osso e um poderoso sistema muscular e um formato um tanto retangular. Dimorfismo sexual bem pronunciado.
Os machos são masculinos, com uma cruz bem desenvolvida e uma cabeça maior em comparação com a das fêmeas. É por isso que eles são mais massivos, maior e à s vezes seu corpo é mais curto que o das fêmeas.
Em cães com uma variedade de pelagem mais longa, o macho tem uma juba distinta.

Tamanho e peso:

Altura à  Cruz:

  • Machos: Altura desejada 72 – 75 cm. Mínimo 68 cm.
  • fêmeas: Altura desejada 67 – 70 cm. Mínimo 64 cm.

Alturas mais altas são aceitas desde que a conformação seja harmà´nica.

Peso:

  • Machos: Mínimo 50 Kg
  • fêmeas: Mínimo 45 Kg.

Caráter e habilidades “Pastor-do-cáucaso”

O Pastor-do-cáucaso é um guardião e protetor. O padrão oficial classifica suas qualidades de caráter inequivocamente: “Deve ser forte, equilibrado e calmo com uma reação defensiva bem desenvolvida, que é expressado ativamente. Nitidez e desconfiança de estranhos são típicos”. E Pastor-do-cáucaso geralmente é incompatà­vel com outros cães! Esses traços, especialmente com um cachorro grande e muito forte que reivindica um grande território, dificilmente são compatíveis com as condições sociais do mundo de hoje. É uma grande experiência poder formar um vínculo estreito com um cachorro como esse.. Isso também permite que você experimente um lado completamente diferente do cão. Pastor-do-cáucaso, o de um amigo extremamente amoroso, leal e carinhoso. Contudo, se não temos os meios financeiros e espaciais para oferecer a ele em nossas latitudes um ambiente adequado à  sua natureza, isso dificilmente será possível.

Ginástica

O Pastor-do-cáucaso ele é extremamente pouco exigente em sua atitude, se as condições gerais já mencionadas forem ignoradas. Um Pastor-do-cáucaso não precisa de aquecimento, brinquedos ou um arnês na coleira. Esta raça é pouco exigente em sua nutrição. Isso também se aplica ao seu alojamento.. Você pode passar o ano inteiro fora sem problemas, se você quer passar o ano inteiro fora – desde que haja um local adequado para se esconder e “adequado” significa aqui decididamente nem canil nem mesmo cadeia. Deve poder se mover em seu território. Um Pastor-do-cáucaso você aceita, até protege com sensibilidade todos os amigos de duas e quatro patas que vê como pertencentes a sua matilha ou famà­lia. Mas você precisa de um chefe claro. No começo, ele é suspeito ou até hostil com todos os outros.

É necessário um relacionamento próximo e orientação competente para andar na coleira deste cão., que é definitivamente sempre mais forte, e, em seguida, ser capaz de passar para um terrier latindo agressivamente. É possà­vel, mas requer educação séria, uma boa socialização e um professor ou amante experiente, competente e muito sensà­vel e ao mesmo tempo minucioso. O Pastor-do-cáucaso está amplamente nas listas de cães perigosos. É proibido viajar para a Holanda ou Dinamarca, pois existe o risco de o cão ser confiscado nas ruas e sacrificado. Um Pastor-do-cáucaso não é um cão iniciante. Isso seria até irresponsável. Mesmo da mão de um conhecedor experiente, requer, em qualquer caso, as condições externas básicas para uma atitude adequada à  sua natureza.

Educação “Pastor-do-cáucaso”

Levantando um Pastor-do-cáucaso nas condições sociais de hoje, é um desafio muito especial, somente especialistas comprovados podem dominar as condições de estrutura certas.

Cuidados e saúde “Pastor-do-cáucaso”

O Pastor-do-cáucaso tem uma camada dupla composta por uma camada inferior e uma camada superior. A camada interna é macia e fina, enquanto os pêlos da pelagem externa são longos e grossos. (A pelagem de um Pastor-do-cáucaso Nunca deve parecer suave ou parecer ondulado.) Em relação ao comprimento, o casaco pode ser longo, médio ou curto. Cães com pêlo comprido têm uma crina que envolve o pescoço, bem como extensa plumagem nas patas traseiras e na cauda, que parece grosso e fofo. Cães com pêlo de comprimento médio não têm tanta juba, e eles têm menos penas no resto do corpo. Um casaco curto, o tipo menos comum, não tem juba ou franja. Duas vezes ao ano, quando você muda seu casaco, você tem que escovar bem.

Cães desta raça desfrutam de uma saúde muito robusta.

Nutrição / Alimentação

O Pastor-do-cáucaso não exige nada da sua dieta. Provavelmente um dos cães com menos demandas nesse sentido.

expectativa de vida “Pastor-do-cáucaso”

Em relação ao seu tamanho, um Pastor-do-cáucaso tem uma expectativa de vida muito alta de 12 e às vezes mais anos.

compre um “Pastor-do-cáucaso”

A compra de um Pastor-do-cáucaso deve ser considerado apenas por especialistas que sabem exatamente o que fazem, que têm a experiência certa e que têm as condições de criação certas. Os filhotes dessa raça custam cerca de 1.000 EUR.

Imagens “Pastor-do-cáucaso”

Vídeos “Pastor-do-cáucaso”

Tipo e reconhecimentos:

  • CLASSIFICAÇÃO FCI:
  • Grupo :
  • Seção : . .

Federações:

  • FCI – Cães do tipo Pinscher e Schnauzer-Molossoide – Cães de Montanha e Boieiros Suiços. Seção 2.2 Molossóides, tipo Montanhês.
  • AKC – FSS (Serviço de Estoque da Fundação)
  • UKC – Cão de guarda

Padrão da raça FCI "Pastor-do-cáucaso"

Origem:
Rússia, Arménia, Geórgia, Azerbaijão

Data de publicação do padrão original válido:
13.10.2010

Uso:

Cão de guarda e vigilância.



Aparência geral:

O "Caucasian Shepherd Dog" é um cão com uma estrutura harmoniosa, grande e forte, com bastante osso e um poderoso sistema muscular e um formato um tanto retangular. Dimorfismo sexual bem pronunciado. Os machos são masculinos, com uma cruz bem desenvolvida e uma cabeça maior em comparação com a das fêmeas. É por isso que eles são mais massivos, maior e à s vezes seu corpo é mais curto que o das fêmeas.

Em cães com uma variedade de pelagem mais longa, o macho tem uma juba distinta.



Comportamento / temperamento:

O comportamento é firme, ativo, autoconfiante, corajosamente e independentemente. O Cão "Pastor Caucasiano" mostra carinho e devoção para com seu dono, ele é um excelente cão de guarda.

PROPORà‡à•ES IMPORTANTES:

  • O comprimento do corpo excede a altura na cernelha 3 – 8%.
  • O comprimento dos membros anteriores calcula a média 50 – 52% a altura na cernelha.
  • O comprimento do crânio e o comprimento do focinho são 3:2

Cabeça:

---

Região craniana:

a cabeça é grande, sólido e largo nas maçãs do rosto. Ver os de cima, a cabeça é em forma de cunha com uma base larga.

  • Cenfurecido: Sólido e largo, antecara bastante plana com uma dobra marcada mas não profunda. Arcos superciliares desenvolvidos, mas não salientes. Osso occipital pouco visà­vel.
  • Ddepressão naso-frontal (Stop): Perceptà­vel, mas não claramente marcado.

Região facial:

  • Trufa: Preto, grande com narinas bem abertas não saindo das linhas externas do focinho. Uma trufa preta em cores sólidas, manchado e espreita é desejável, mas não obrigatório (mas trufas genéticas azuis ou marrons não são permitidas)
  • Hocico: Larga e profunda afinando gradualmente em direção ao nariz com mandíbulas e queixo fortes. Grande profundidade e bem preenchida sob os olhos. A ponte nasal é larga. A linha superior do focinho e do crânio correm paralelas.
  • Labios: Grosso, apertado e bem pigmentado.
  • mandíbulas / Dentes: Os dentes devem estar saudáveis, branco e forte; incisivos próximos uns dos outros em uma linha. Mordida completa em tesoura ou pinça (42 dentes). Incisivos ou caninos feridos, quebrado ou quebrado que não afetam a mordida não são significativos ou a ausência de PM1.
  • Bochechas: Bem desenvolvido e destacado por bons músculos mastigatórios.
  • Ojos: Tamanho moderado, Em forma oval, não muito profundo, colocado separado e oblà­quo. A cor está em diferentes tons de marrom, do escuro para avelã. Pálpebras pretas, seca, justa. Expressão séria, atenta e inquisidora.
  • Obares: Tamanho moderado, espessura, forma triangular, naturalmente pendurar, colocado alto e separado. Tradicionalmente amputados em seu país de origem. Ouvidos naturais são de igual valor.

Pescoço:

Médio longo, forte, baixa inserção, arredondado transversalmente. Crista pronunciada especialmente em homens.

Corpo:

Muito bem desenvolvido em todas as suas dimensões, Largura, boa musculatura e bem equilibrada.

  • Cruz: Bem pronunciado, moderadamente longa. A altura na cernelha excede ligeiramente a altura da garupa.
  • Dorso: Direito, Largura, empresa.
  • Lo(m)o: Curta, Largura, levemente arqueado.
  • Gsemelhança: Moderadamente longo, largo, arredondado, ligeiramente inclinado em direção à  base da cauda.
  • Peco: Longo, Largura, boas costelas, em geral profundo, bem como em sua parte anterior. Transversalmente tem uma ampla forma oval. costelas bem arqueadas, costela longa falsa. Antepecho marcado.
  • Leunmenor ea e barriga: Abdômen moderadamente retraído em direção posterior.

Cola:

Inserção alta, foice curvada ou enrolada. Em repouso, pendura na altura do jarretão; quando o cão está alerta, a cauda pode ser portada sobre a linha superior.

Extremidades

MEMBROS ANTERIORES:

  • ApArience geral: Boa musculatura. Visto de frente, membros retos e paralelos colocados ligeiramente afastados.
  • Ho(m)bros: Musculatura forte. Moderadamente longa, larguras,
  • inclinado a formar um ângulo de aproximadamente 100 graus com o antebraço. A escápula bem ao lado do peito.
  • Antbraço: forte e musculoso, Bem juntos.
  • Cotovelos: Recuar bem, paralelo ao eixo, sem virar para dentro ou para fora.
  • Brazo: Direito, sólido, moderadamente longa, boa musculatura, transversalmente redondo.
  • Metacarpo: Curta, sólido, sempre em linha reta visto de frente e dos lados.
  • Pemé anterior: Grande, Forma redonda, bem arqueado, bem fechado.

MEMBROS POSTERIORES:

  • ApArience geral: Vistos de atrás, direitos, paralelo e moderadamente espaçado. Joelhos e jarretes bem angulados quando vistos de lado. A parte de trás não deve ser colocada muito atrás.
  • Coxa: Largura, boa musculatura, moderadamente longa.
  • Cajadoemll-: Bem angulado o suficiente.
  • Pemerna: ampla, boa musculatura, moderadamente longo.
  • Hock joint: Ancha e inclinada, bem angulado o suficiente, empresa, sem inclinar-se para dentro ou para fora.
  • Metatarso: Não muito longo, sólido, sempre reto visto de frente ou de lado.
  • Pemé mais tarde: Grande, Forma redonda, bem arqueado, bem fechado.

Movimento:

Livre, elástico, sem se apressar com bom impulso por trás. Boa estabilidade em todas as articulações e boa coordenação. O trote tende a ser o movimento típico. A cernelha está nivelada com a garupa e a linha dorsal é relativamente estável..

Manto

PIEL: Bruto, suficientemente elástico sem vincos ou rugas.

  • Pelo: direto, áspero, separado por um subpêlo bem desenvolvido. O comprimento do pelo externo, bem como do subpêlo, não deve ser inferior a 5 cm. O cabelo da cabeça e dos membros anteriores é mais curto e mais grosso. A cauda é completamente coberta de pelos espessos, dando a aparência de espessa e muito peluda. Cabelo externo comprido forma “escovas” sobre as orelhas, uma “juba” ao redor do pescoço e “calças” na parte de trás da coxa.
  • Companhialor: Alguma cor sólida, malhado ou manchado. Exceto para pretos sólidos; preto diluído ou preto em qualquer combinação ou azul genético ou marrom fígado.


Tamanho e peso:

Alturpara a cruz:

  • Machos: Altura desejada 72 – 75 cm. Mínimo 68 cm.
  • fêmeas: Altura desejada 67 – 70 cm. Mínimo 64 cm.

Alturas mais altas são aceitas desde que a conformação seja harmà´nica.

Peso:

  • Machos: Mínimo 50 Kg
  • fêmeas: Mínimo 45 Kg.


Falhas:

Qualquer desvio dos critérios acima é considerado faltando e a gravidade é considerada o grau de desvio do padrão e seu impacto sobre a saúde e o bem-estar do cão.

FALTAS GRAVES:

  • Estrutura muito leve ou muito áspera.
  • Desconfiança.
  • Desvios do dimorfismo sexual.
  • Cabeça pequena em proporção ao corpo, leve, fechar, longo, Tosca, cabeça em forma de tijolo ou maçã.
  • Stop abrupto.
  • Focinho: afundado, cà´ncavo ou pontiagudo.
  • Dentes muito pequenos, muito separados, incisivos não colocados em linha, qualquer desvio da fórmula dental (exceto a ausência de PM1)
  • Ossos da bochecha não estão suficientemente marcados.
  • Olhos grandes, saliente, muito claro, mostrando a terceira pálpebra, pálpebras caídas.
  • Orelhas grandes, inserção fina ou muito baixa.
  • Linha superior estriada ou afundada, longo, afundado ou arqueado para trás, garupa mais alta que a cruz.
  • Corpo quadrado, muito áspero, muito longo, estreitar a frente e as costas, extremidades muito longas, peito muito curto, plano ou afundado, garupa curta ou à­ngreme.
  • Cauda de toco.
  • Ossos, músculos e ligamentos fracos.
  • Ausência das angulações corretas.
  • Membros anteriores curvados
  • Movimento desequilibrado.
  • Falta de impulso por trás.
  • Cabelos muito macios, encaracolado, cabelo externo muito curto e sem subpêlo.

FALTAS DESQUALIFICANDO:

  • Agressividade ou extrema timidez.
  • Qualquer cão que mostre sinais claros de anormalidades físicas ou comportamentais deve ser desqualificado..
  • Qualquer desvio da mordida necessária.
  • Fórmula dentária incompleta (ausência de dentes, exceto terceiros molares (M3) ou primeiros pré-molares
  • Entropia
  • Olhos gazeos, azul escuro, sombreamento verde ou olhos de cores diferentes.
  • Cola amputada.
  • Mancada constante ou incapacidade de conseguir movimento.
  • Cor preta em qualquer variação, sólido, diluà­do, cheep, manchado o como manto (exceto a máscara).
  • Azul genético em qualquer variação ou tom.
  • Trufa, lábios e pálpebras pigmentadas cinza-azuladas.
  • Marrom genético em todas as variações ou tons.
  • Trufa, lábios e pálpebras marrons genéticos.
  • Marcações coloridas em cães pretos, azul ou marrom.
  • altura abaixo do mínimo.
  • Desvios graves de dimorfismo sexual em homens.


N.B.:
  • Os machos devem ter dois testículos de aparência normal totalmente descidos no escroto..
  • Apenas cães funcional e clinicamente saudáveis, com a conformação típica da raça, deve ser usado para reprodução.

Los últimas alterações estão em negrito.

TRADUÇÃO: Brígida Nestler / Versão original: (IN)

Supervisão técnica: Miguel Ángel Martinez.

Fonte: F.C.I - Federação Cinológica Internacional

Nomes alternativos:

1. Nagazi, Caucasian Mountain Dog, Caucasian Ovcharka (inglês).
2. kavkazskaïa ovtcharka (Francês).
3. Kaukasischer Owtscharka, Kawkasskaja Owtscharka (alemão).
4. mastim-do-cáucaso, Pastor-caucasiano, Ovcharka caucasiano, Mastim do cáucaso, Cão montanhês caucasiano, Cão-urso-russo (português).
5. Pastor caucásico, Mastín del Cáucaso, Perro de montaña del Cáucaso, Perro Pastor caucásico (espanhol).

▷ O mundo dos animais de estimação: Cães, gatos, aves, répteis, anfà­bios

Mastim-do-cáucaso
Rusia FCI 328 Molossóides . Montanha

O Mastim-do-cáucaso É um cão forte, Vá com calma, equilibrado mas extremamente reativo.

O Mastim-do-cáucaso (Pastor-do-cáucaso) É uma raça muito popular de cão na Armênia, Azerbaijão, Geórgia, Rússia, e outros países onde os pastores precisam de muita proteção para seus rebanhos e propriedades.

Um cão Mastim-do-cáucaso bem raça deve ser um animal saudável, para ossos fortes, construção muscular e temperamento estável.

Os temperamentos muito calmos e muito agressivos, eles são considerados graves falhas em um cão da raça.

Outros nomes: Kavkazskaïa Ovtcharka / Circassian sheep dog / Caucasian Ovcharka / Armenian Khobun / Georgia Nagazi / Sage Ghafghazi / Kars Çoban Köpeği / კავკასიური ნაგაზი / Kavkasiuri nagazi / Caucasian Ovcharka / Caucasian Mountain Dog / Kars Çoban Köpeği / Kavkazty Uasahichala / Circassian Sheep dog / Адыгэ Мэлыхъуахь (Adyghe melekhuah).

Grupo 2 / Seção 2 – Cães Molosoides e montanha.

Raças de cães: Mastim-do-cáucaso

▷ O mundo dos animais de estimação: Cães, gatos, aves, répteis, anfà­bios

Gampr
Armenia Não reconhecido pela FCI

Gampr Armenio

Conteúdo

História

Gampr (Armênio Gampr cão) é o nome de uma raça de cão de guarda do gado que se originou nas montanhas do armênias (incluindo os territórios conhecidos hoje como Anatólia Oriental da Turquia).

O Armênio Gampr foi criado pela população local a partir dos cães primitivos da área que, Foi a par com a evolução das sociedades domesticadas.

Nem mesmo sendo reconhecido por vários importantes clubes caninos como uma raça de cão e passando por uma intensa investigação genética, em abril de 2011 a União Canina Internacional reconheceu oficialmente o Gampr como a raça nacional de cães de Armênia.

O Gampr vive há muito tempo nas montanhas armênias pré-históricas, Isso é demonstrado por milhares de petróglifos (que motivos simbólicos são pedras ou rochas que tenham sido esculpidas, pertencentes a culturas muito antigas) encontrado em todo o território. O professor Oktay Belli da Universidade de Istambul estudou petróglifos encontrados perto da cidade moderna de Kars e de acordo com dados de sua pesquisa, várias raças domésticas da área vivem lá desde o período neolítico.

Não se sabe ao certo quando o Gampr, e embora exista uma grande diversidade entre espécies endêmicas, Voltar à  dezenas de milhares de anos, o Gampr moderno acredita-se ter existido por pelo menos 3.000 anos. Petróglifos encontrados no planalto da Armênia, mostram um grande número e variedade de cães semelhantes ao Gampr, O que deu origem ao gerar um registro abrangente do desenvolvimento.

Das centenas de petróglifos encontrados em Ughtasar e a Serra Geghama, até um 20% dos motivos esculpidos lembram os modernos Gampr, enquanto outros mostram uma notável diversidade de cães que já não existem.

Os resultados de uma escavação realizada em 1954 no Lago Sevan, site de namoro de 800 o 1000 anos antes de Cristo, eles encontraram o esqueleto de um cão perfeitamente preservado em um túmulo. Ao comparar o crânio encontrado com o de um Gampr e outros cães indà­genas, Eles concluà­ram que ele era um ancestral da raça, Embora ele apresentou algumas diferenças em relação a forma moderna na cara, seu estreches você do crânio e dentes poderosos, contando com esses dados e somando as mudanças que ocasionaram o processo de seleção e criação do último 3.000 anos que inevitavelmente, prejudiquem o aspecto geral dos cães, poderia afirmar que o Gampr já foi estabelecida e formada como uma raça no primeiro milênio AC.

O problema é que, o Gampr moderno mudou pouco ao longo da história de sua existência nas terras altas da Armênia. É uma das poucas raças naturais que existem, “naturais” porque não foram submetidos à dura seleção de fenótipos pela mão humana. Assim, eles mantêm intacta a diversidade genética que tinham inicialmente, Enquanto eles cruzaram com outros cães locatarios. Mas essa variação genética tem sido algo natural e espontânea.

Características físicas

O Gampr é um cachorro da montanha que tem uma cabeça grande, corpo bem delineado e desenvolvido, sem cheekbones proeminentes. O dorso é grande, reta, muscular e forte. A Cruz, a altura em homens é de 65 centímetros ou mais, e no sexo feminino é de 62 centímetros ou mais. O peso é proporcional ao tamanho do cão, e geralmente varia entre 45 e 60 kg.

O Gampr tem uma camada de cabelo de camada dupla altamente desenvolvida para protegê-lo das temperaturas extremas e das condições climáticas adversas da área onde nasceu. A camada exterior é longa e cabelo grosso, e o cabelo é curto e denso interno.

Variedades

Existem duas variedades de Gampr, guardião e o de Pastor. Pastor tende a ser menor em tamanho, incansável, e um pouco mais leve. O Gampr o tipo de guardião é, geralmente, maior, mais um quadrado, e amorosa e muito protetora. Eles têm uma tendência a ser mais sedentária, e permanecer em um só lugar.

A coexistência geográfica e cultural de Pastor-do-cáucaso e o Pastor-da-ásia-central, e seu uso em fazendas ao longo do tempo tem causado um problema desde a sobrevivência da raça crioula Gampr foi ameaçado…

O Clube do Gampr dos Estados Unidos tenta deixar claro - dada a semelhança entre os cães- que o Gampr NàƒO É: um Pastor-do-cáucaso, um Kangal, um Kangal, um Akbash, um Karakachan, um Alabai (Pastor-da-ásia-central), um Koochee, um Pastor da Bósnia-Herzegovina e da Croácia, um Sharplaninac, Embora tenha algumas semelhanças, é bom ser capaz de diferenciar entre estas raças.

Caráter e habilidades

O Gampr distingue-se pela sua vitalidade, sua independência, inteligência e instinto de auto-preservação, capacidade na defesa e protecção dos animais, a bondade exclusiva para os seres humanos.

O Gampr é um cão de guarda por natureza, Ao contrário de outros cães, Isso tem desenvolvido essa habilidade naturalmente, sem formação prévia. Em armênio a palavra "Gampr” significa “cão de guarda”, mas é também conhecida por outros nomes, como por exemplo "Gelkheht” (que é derivado da palavra Wolf), se geralmente é usado para caçar ursos, é conhecido como “Archashoon” (“Perro-OSO”) e se desempenha funções típicas de um cão pastor, é chamado de "Chobanishoon”.

Uma das principais caracterà­sticas do Gampr, É sua habilidade inata para ajustar independentemente a diferentes situações e chegar a uma decisão adequada à s circunstâncias. Se ele Gampr ele vê que seu mestre precisa de sua ajuda, irá protegê-lo, mas se não, passá-lo… Eles são afetuoso mas não corporativo.

Imagens do "Gampr"

Fotos:

1 – Cachorro Gampr armênio por usuário hy.wikipedia Zara-arush, GFDL, via Wikimedia Commons
2 – Armênio Gampr por Gampr1, CC BY-SA 3.0, via Wikimedia Commons
3 – Armênio Gampr por Safi-iren, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons
4 – Cão de guarda, Cachorro Gampr no Azerbaijão por Elkhan Ganiyev, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons

Và­deos do "Gampr"

Gampr armênio

Filhotes de Gampr

foto: gampr.org