Cão da Groenlândia
Dinamarca FCI 274 - Cães Nórdicos de Trenó

Groenlandês

O Cão da Groenlândia não é uma raça fácil de controlar, é necessário documentar minuciosamente seu caráter.

Conteúdo

História

Pertence às raças de cães mais antigas do mundo.

Durante séculos, o Cão da Groenlândia acompanhou os Inuit em sua pátria comum: É dito que mais de 1.000 anos ele veio com seus ancestrais da Sibéria para a América do Norte. Nas extensões geladas, ainda serve aos habitantes como um polivalente versátil e sempre foi criado especificamente por sua capacidade de trabalho e sua robustez.. Ajudou na caça de focas e ursos polares, bem como transportar cargas pelo gelo e neve, mesmo em longas distâncias. Em tempos de necessidade, também serviu de alimento para os habitantes no passado.

As excelentes habilidades físicas do Cão da Groenlândia eles também despertaram o interesse dos primeiros exploradores polares, que o via como um companheiro ideal para expedições. Por exemplo, Roald Amundsen, o explorador de maior sucesso do Ártico e Antártico, também estava acompanhado por cães da Groenlândia. A raça tem sua origem em Groenlândia e, por consequência, está sob o patrocínio de Dinamarca. Geneticamente, o Cão da Groenlândia é idêntico a cachorro esquimó canadense, que não é reconhecido pela FCI. Hoje, o cão da Groenlândia pertence a um total de quatro raças de cães de trenó. Ao seu lado estão os Malamute-do-alasca, o Samoieda e o Husky siberiano.

Características físicas

As características deste cão sempre foram mais importantes do que a sua aparência. A construção robusta permite que o Cão da Groenlândia arraste cargas pela neve por longos períodos de tempo. Variações de tamanho são possíveis, com homens geralmente acabados 60 cm de altura até a Cruz, mulheres acabadas 55 cm. As orelhas são eretas, triangular e ligeiramente arredondado na ponta. Este cão de trenó tem a cauda ligeiramente enrolada nas costas. A pelagem consiste em um subpêlo macio e uma camada superior lisa e bastante espessa. O pelo é mais longo na cabeça, as pernas e a parte inferior da cauda do que o resto do corpo. Todas as cores de pelagem, exceto merle e albino, são permitidas. Os olhos devem ser ligeiramente oblíquos e escuros – olhos azuis ou de cores diferentes levam à desqualificação de acordo com o padrão.

Caráter e habilidades

Da Groenlândia, a maior ilha do mundo, este amigo de quatro patas conquistou os corações de muitos amantes de cães. No entanto, manter um cão de trenó como este requer não apenas experiência, mas acima de tudo muito espaço e tempo para satisfazer a necessidade de movimentação deste robusto trabalhador.

O caráter da raça é determinado por seu campo de aplicação: Como cães de trenó Inuit, o cães groenlandeses eles são muito persistentes e cheios de energia. Além disso, companheiros de caça são corajosos e mostram um instinto de caça pronunciado. Porque a maioria deles vivia no rebanho e prestava seus serviços fiéis a várias pessoas, não tendem a se relacionar fortemente com as pessoas , mas eles são basicamente humanos amigáveis – e, portanto, não são adequados como cães de guarda. No entanto, eles geralmente não perdem a oportunidade de cumprimentar amigos – ou para estranhos – alto e alegremente.

Atenção: O Cão da Groenlândia pode não latir muito, mas tende a uivar muito. Adora viver com outros cães em matilha.

Educação para cães da Groenlândia

Quem quer treinar um Cão da Groenlândia precisa de conhecimento, experiência com cães e acima de tudo muita paciência. Uma hierarquia clara é muito importante para o cão de trenó independente e irá questioná-lo se a oportunidade se apresentar.. Isso se aplica a outros cães, bem como a seus donos. Você precisa de uma consequência confiável e uma educação sensata, aceite sua própria cabeça (teimoso) da corrida. Esgotar este cão tanto física como mentalmente é o requisito básico para uma boa educação, como um pequeno cão de trenó desafiado vai querer desabafar em outro lugar, e isso provavelmente não é do agrado de seus proprietários. Faz sentido ir para a escola de filhotes com este cachorro, para se socializar amplamente com membros da mesma espécie de diferentes tamanhos e raças. Se você quiser treinar com o cão em crescimento em uma escola canina, você deve esclarecer com antecedência se os treinadores já tiveram experiência com o caráter especial dos cães de trenó.

Saúde do Cão da Groenlândia

Durante séculos, robustez tem sido o principal objetivo de criação deste amigo de quatro patas, Não é de surpreender que a Cão da Groenlândia ser uma daquelas raças que quase não têm restrições de saúde. No entanto, quando eu compro um cachorrinho, procure pais que não têm displasia de quadril (HD) – algumas linhas podem ter uma ligeira tendência para isso. Como acontece com todos os cachorros grandes, estômago também pode ser torcido, por isso é importante fazer pausas após as refeições. Pela sua origem e pelo seu pelo, que se adapta a condições geladas, Essas raças são consideradas sensíveis ao calor e, Por conseguinte, não deve ser mantido em países quentes. Nem você deve encorajar seu Cão da Groenlândia para realizar atividades esportivas acima do 15 graus Celsius. Seu companheiro se sentirá igualmente confortável na estação mais fria. No Inverno, No entanto, certifique-se de cuidar bem das pernas, como o sal da estrada pode rapidamente levar a pele rachada ou inflamada.

Nutrição para cães da Groenlândia

A Cão da Groenlândia usar cães de trenó consome uma enorme quantidade de energia e precisa de uma dieta adaptada. Por conseguinte, é importante adequar a quantidade de ração à carga de trabalho e à constituição desses cães – as informações fornecidas pelos fabricantes podem fornecer apenas diretrizes aproximadas. É claro, a necessidade de energia do filhote ainda não é tão alta, já que você só deve se mover moderadamente de qualquer maneira.

Alimente seu cachorro com três a quatro porções de um alimento de alta qualidade por dia. Independentemente da idade do seu cachorro, a carne deve ser o primeiro elemento da dieta e, portanto, o principal componente dos alimentos. Além disso, cereais não têm lugar na comida de cachorro. Se o seu quadrúpede está se saindo bem, aumente a quantidade de comida de acordo.

A comida deve ser relativamente rica em gordura e pobre em carboidratos, bem como fibras dietéticas para fornecer ao seu atleta de resistência com energia suficiente. É importante que seja realizada uma sessão de atividade física com intervalo de tempo entre a última refeição – é melhor alimentar seu cão da Groenlândia três horas antes do treinamento e, em qualquer caso, evitar muito exercício após a alimentação. Esta é a única maneira de minimizar o risco de uma torção estomacal com risco de vida.. É claro, também é importante que a água doce esteja sempre disponível para o seu amigo de quatro patas. Em viagens mais longas, você deve tomar as precauções adequadas e carregar água suficiente com você.

Cuidados com cães da Groenlândia

Um pente de dentes grossos é suficiente para pentear o subpêlo macio – isso deve ser feito regularmente, especialmente durante a troca de casaco, porque ele Cão da Groenlândia sente falta – não só durante este tempo – uma quantidade relativamente grande de cabelo. Se seu parceiro ficou sujo, normalmente é o suficiente deixar o casaco secar e depois pentear bem. Sujeira teimosa deve ser gentilmente removida do casaco com um pano úmido. Normalmente não é necessário um banho – Se isso acontecer, use um shampoo suave para cães.

Especialmente com cães mais velhos que se movem menos, você deve verificar se seu parceiro está usando as garras o suficiente e, se necessário, ajudar com a tesoura. Eles também têm limpadores de olhos e ouvidos e pinças de carrapato de cachorro prontas para usar quando necessário. Para atendimento odontológico, por exemplo, petiscos especiais para cães são adequados. Ou você pode usar uma escova de dente para cachorro e pasta de dente, que é particularmente eficaz no combate ao tártaro. Muitos donos de cães realizam este ritual regularmente para obter pequenos dentes bem tratados.. No entanto, se você está considerando isso, você deveria acostumar seu cachorro.

Emprego para cães da Groenlândia

Use adequadamente um Cão da Groenlândia em outras latitudes, é uma tarefa exigente para a qual apenas uma minoria de amantes de cães tem tempo e espaço suficientes. Idealmente, o treinamento do cão de trenó deve ser feito com ele, que por sua vez, só é possível em uma extensão muito limitada na maioria dos países. Uma alternativa é treinar com treinadores especiais. Também Canicross oferece aos esportistas a possibilidade de descobrir a natureza junto com seus parceiros. Este amigo de quatro patas também gosta de longas caminhadas pela floresta como suplemento. Esteja sempre ciente do seu pronunciado instinto de caça. É essencial que você tenha tudo sob controle para poder desfrutar de passeios relaxantes. Sempre preste atenção a uma carga apropriada para a idade e não sobrecarregue seu companheiro de quatro patas.

É um cão da Groenlândia certo para mim?

O Cão da Groenlândia é um amigo de quatro patas para conhecedores de esportes que apreciam sua independência e querem fazer muitas atividades ao ar livre com ele. Sob nenhuma circunstância este cão de trenó das extensões congeladas da Groenlândia pertence a um apartamento ou mesmo à cidade – nem pertence às regiões quentes do sul da Europa. Se você quer viver com um Cão da Groenlândia, você deve pensar em comprar dois deles ao mesmo tempo, porque os cães gostam de sair com co-específicos. Se você mora no país, você pode manter o seu cães groenlandeses em um rebanho sob o céu aberto em um jardim à prova de vazamentos com um canil aberto. Assim, o cão de trenó sensível ao calor pode procurar um local com sombra no verão – isto deve estar absolutamente disponível.

É claro, o Cão da Groenlândia também feliz com conexões familiares. No entanto, não é o clássico “cachorro de uma pessoa”. De qualquer forma, esses animais de companhia nunca são principalmente cães de família ou de companhia, mas sim cães de trabalho – você deve sempre estar ciente disso. Se alguém pode usar seu cão em sua capacidade total, eles podem viver bem com uma família e, portanto, também são extremamente adequados para crianças.

Gatos ou pequenos animais não são adequados para viver com este ambicioso caçador. Você não precisa ser um cão profissional se decidir ficar com este amigo de quatro patas, mas você já deve ter alguma experiência com cães e acima de tudo não subestime o tempo necessário para a carga de trabalho. Devido a esses requisitos, o Cão da Groenlândia É uma raça para conhecedores que podem atender a altas demandas de manutenção.

Onde encontro meu cão desejado da Groenlândia?

A Cão da Groenlândia é uma raridade na Europa Central. Então, se você quiser um Cão da Groenlândia se mude contigo, você deve entrar em contato com os clubes nórdicos de raças de cães. Eles podem organizar contatos com criadores de cães da Groenlândia – também no exterior – e aconselhá-lo sobre os requisitos da raça, se necessário. Se procura um cão de trenó e não consegue encontrar na sua região, você deve considerar se uma das outras três raças de cães de trenó seria uma alternativa: o Huskies siberianos são muito mais comuns na Europa. Com um pouco de distância, também é fácil encontrar criadores de Malamutes de Alaska o Samoieda. Mas: Todas as raças representam grandes desafios para seus proprietários.

Se você está procurando um Cão da Groenlândia mais velho e crescido, você deve procurar cães de raça nórdica, especialmente em abrigos de animais. Embora você provavelmente não encontre um cão de raça pura da Groenlândia aqui, muitos cães nórdicos cujos donos subestimaram sua vontade de se mudar estão esperando por uma nova casa competente, onde terão ocupação suficiente. A maneira mais promissora de encontrá-los é pesquisar na internet. Sim é necessário, Clubes de raças de cães nórdicos também podem dar dicas sobre como pesquisar. Certamente encontrará um quadrúpede nórdico que o envolverá em pouco tempo com seu charme. O ideal é que essa pessoa não more muito longe de casa., para que você e sua nova colega de quarto em potencial possam se conhecer antes de você decidir deixá-la morar. Lembre-se que esses cães convivem melhor com outros cães da mesma espécie e esclareça – com o criador ou o atual lar adotivo de proteção animal – o quão bem o novo cão se encaixa bem com um cão existente ou se você decidir obter uma dupla imediatamente.

Classificações do "Cão da Groenlândia"

Coexistência é importante que você tem com seu novo amigo. Plantearte antes de adquirir uma raça de cão "Cão da Groenlândia" você sabe alguns fatores. Nem todas as raças de cães são capazes de viver em um apartamento, Você deve levar em conta a sua qualidade, sua necessidade de exercício, sua interação com outros animais de estimação, seu cuidado e se você tiver crianças pequenas, o seu nível de tolerância para com eles.

Adaptação ⓘ

Avaliado 2 fora de 5
2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Ⓘ Cão amigável

Avaliado 4 fora de 5
4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

A perda de cabelo ⓘ

Avaliado 5 fora de 5
5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Nível de afeto ⓘ

Avaliado 3 fora de 5
3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Necessidade de exercício ⓘ

Avaliado 5 fora de 5
5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Necessidade social ⓘ

Avaliado 4 fora de 5
4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Casa ⓘ

Avaliado 4 fora de 5
4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Sanita ⓘ

Avaliado 2 fora de 5
2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Amigável com estranhos ⓘ

Avaliado 2 fora de 5
2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Cascas ⓘ

Avaliado 4 fora de 5
4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Saúde ⓘ

Avaliado 4 fora de 5
4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

ⓘ Territorial

Avaliado 2 fora de 5
2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Amigável com gatos ⓘ

Avaliado 1 fora de 5
1 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Inteligência ⓘ

Avaliado 4 fora de 5
4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Versatilidade ⓘ

Avaliado 2 fora de 5
2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Crianças amigável ⓘ

Avaliado 3 fora de 5
3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Vigilância ⓘ

Avaliado 2 fora de 5
2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Alegria ⓘ

Avaliado 5 fora de 5
5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Imagens do "Cão da Groenlândia"

Fotos:

1 – Lulo é o único cão groenlandês usado como animal de estimação em Upernavik, Groenlandia por Slaunger, editado por Thegreenj / CC BY-SA
2 – Greenland Dog por https://www.pikist.com/free-photo-sckxk
3 – Greenland Dog por https://www.needpix.com/photo/836500/greenland-dog-dog
4 – Greenland Dog por https://pixabay.com/es/photos/groenlandia-perro-de-groenlandia-1963005/
5 – Greenland Dog por https://www.pxfuel.com/en/free-photo-xodqt
6 – Greenland Dog por https://pixy.org/4674986/
7 – Greenland Dog por https://www.pikrepo.com/nemmp/brown-and-white-short-coated-dog-on-green-grass-during-daytime

Vídeos do "Cão da Groenlândia"

Tipo e reconhecimentos:

  • CLASSIFICAÇÃO FCI: 274
  • Grupo 5: – Cães de tipo spitz e de tipo primitivo.
  • Seção 1: – nórdicos de trenó. Sem prova de trabalho.
  • Federações:
    • FCI – Grupo 5 – Seção 1 Cães Nórdicos de Trenó.
    • CKC – Cães Nórdicos de Trenó
    • UKC – Cães Nórdicos de Trenó

    Padrão da raça FCI "Cão da Groenlândia"

    ”Standard.
    ” abrir =”não” estilo =”padrão” ícone =”mais” âncora =”” classe =””]OLHAR GERAL: Um spitz polar extremamente forte, construído para resistir ao trabalho árduo de cães de trenó em condições árticas. É permitida alguma variação de tamanho, assumindo que a capacidade de trabalhar e a harmonia não são afetadas.

    PROPORÇÕES IMPORTANTES: O corpo é curto e retangular com uma proporção entre a altura na cernelha e o comprimento do corpo de 10 - 11. Corpo um pouco mais longo é permitido em mulheres.

    TEMPERAMENTO / COMPORTAMENTO: As qualidades temperamentais predominantes no Cão da Groenlândia são a energia, força mental e grande coragem. Ele é um cão de trenó apaixonado e incansável. Com as pessoas – mesmo com estranhos – ele é amigável; por causa de seu trabalho como cão de trenó, não intimamente relacionado a uma pessoa específica e, portanto, não adequado como cão de guarda. Na caça a focas e ursos polares, ele mostra um grande instinto de caça.

    CABEÇA

    REGIÃO CRANIANA:

    • Crânio: É largo e ligeiramente arqueado, mais largo entre as orelhas.
    • Nasofrontal depression (Stop): Definido, mas não fortemente marcado.

    REGIÃO FACIAL:

    • Trufa: Grande e escuro, correspondente à cor da pelagem, Sempre marrom (fígado) em cães com pelo vermelho ou marrom e sempre escuro em cães com pelo de zibelina. Pode ficar rosa durante o inverno (“nariz de neve”).
    • Focinho: Cunha, largo na base e afinando em direção ao nariz, mas sem ser apontado. A ponte nasal é reta e larga desde a depressão naso-frontal até o nariz.
    • Lábios: Fino e justo, muito perto dos dentes muito fortes. Mandíbulas/Dentes: Mandíbulas poderosas com dentes regulares, saudável e forte. Mordedura em tesoura.
    • Olhos: Olhos escuros são preferidos, mas a cor de acordo com a pelagem é permitida. Eles são implantados em uma posição ligeiramente oblíqua, mas nunca afundado ou protuberante. A expressão é franca e mostra coragem. Pálpebras estão apertadas.
    • Orelhas: Bastante pequeno, triangular, com pontas arredondadas, transportado firmemente ereto. As orelhas são muito móveis e expressivas em relação à sua posição.

    PESCOÇO: Muito poderoso e bastante curto.

    CORPO: Forte e bastante compacto, ligeiramente mais longo que a altura na cernelha.

    • Top de linha: Horizontal ou caindo muito ligeiramente.
    • Voltar: Em linha reta.
    • Lombo de porco: Largura.
    • Alcatra: Levemente inclinado.
    • No peito: Profundo e amplo, mas as costelas não devem ser arredondadas.
    • Barriga: Seguindo a linha do peito. Pode ser ligeiramente retraído.

    CAUDA: Implementação de alta, grosso e espesso. Portada em uma curva ou leve ondulação nas costas.

    MEMBROS

    • MEMBROS ANTERIORES: Vistos de frente, os membros anteriores são perfeitamente retos, com músculos poderosos e ossos pesados.
    • Ombro: Moderadamente jogado para trás.
    • Braço: Reto e forte, ligeiramente mais longo do que as escápulas. Cotovelo: Colado ao corpo, mas permitindo movimento livre.
    • Antebraço: Reto e forte.
    • Articulação do carpo: Forte e flexível.
    • Metacarpo: Forte e elástica, apenas ligeiramente oblíquo.
    • Pés anteriores: Bastante grande, poderoso e arredondado, com unhas e almofadas fortes.

    MEMBROS POSTERIORES: Vistos por trás, eles são perfeitamente retos, muito musculoso, com ossos poderosos e angulações moderadas.

    • Coxas: Poderoso e muito musculoso.
    • Jarrete: Largo e forte, moderadamente angular. Pés de volta: Igual aos pés anteriores.

    MOVIMENTO: Um trote eficiente, harmonioso, fluente e incansável é o mais essencial para um cão de trenó. Na pista, o cão deve ser apresentado com a guia livre em um trote moderado para demonstrar bom alcance à frente e bom impulso traseiro. Visto de frente ao caminhar, o cão da Groenlândia não se move em uma única pista, mas conforme a velocidade aumenta, os membros convergem gradualmente para dentro até que os pés sigam a linha central.

    MANTO

    • Cabelo: Dupla camada: subpêlo macio e denso e pelo externo reto e áspero, sem cachos ou ondulações. Na cabeça e nos membros o cabelo é bastante curto, no corpo é mais longo e mais generoso. A pelagem é longa na parte inferior da cauda, dando uma aparência espessa.
    • Cor: Qualquer cor – sólido ou particolor – isso é permitido, exceto albinismo e cães com marcações merle que deveria ser desqualificado.

    TAMANHO:

    Altura à Cruz:

    Nos machos: 60 cm ou mais,

    Em fêmeas: 55 cm ou mais.

    FALHAS: Qualquer desvio dos critérios acima é considerado faltando e a gravidade é considerada o grau de desvio do padrão e seu impacto sobre a saúde e o bem-estar do cão, e a capacidade do cão de realizar sua tarefa tradicional.

    • Ossos leves
    • Membros curtos, fechar corpo de terreno.
    • Temperamento tímido.

    FALTAS GRAVES:

    • Condições que afetam negativamente o bem-estar geral do cão.
    • Casaco longo e macio
    • Orelhas não colocadas firmemente eretas

    FALHAS DE DESCALIFICANTES:

    • Agressividade ou extrema timidez.
    • Qualquer cão mostrando sinais comportamentais ou anormalidades físicas claras será desclassificado.
    • Albinismo.
    • Marcas Merle.
    • Olhos de cores diferentes.
    • Olhos azuis ou gazeo

    OBS..:

    • Machos devem apresentar dois testículos de aparência normais, bem desenvolvidos e acomodados a bolsa escrotal.
    • Apenas cães funcional e clinicamente saudáveis, com a conformação típica da raça, deve ser usado para parentalidade.

    As últimas alterações estão em negrito.

    TRADUCCÍON: Federação Mexicana de Canófila, A.C.. (Mvz Mauricio Martinez). Revisado pelo Sr.. J. Nallem.

    Nomes alternativos:

      1. Kalaallit qimmiat (Qimmeq), Grønlandshund, Grünlandshund, Esquimaux Dog (Inglês).
      2. Groenlandais (Francês).
      3. Grønlandshund (Alemão).
      4. Gronlandshund (Português).
      5. Esquimal de Groenlandia, Groenlandés (español).

    Malamute-do-alasca
    Estados Unidos FCI 243 . Cães Nórdicos de Trenó

    Malamute-do-alasca

    O Malamute-do-alasca Ele tem uma reputação de ser teimoso e difícil de treinar entre as pessoas fazem não sei.

    Conteúdo

    Alaska História Malamute

    Também chamado Alaskan Malamute. É nativo para o cão Arctic, e uma das mais antigas raças dentro cães de trenó.

    É um cão com uma aparência forte, forte, com boa musculatura. Ele é capaz de transportar um peso significativo (até 20 kg) para dezenas de quilómetros. Esta é uma raça muito antiga, desde as primeiras corridas de cães de trenó.

    Criado por uma tribo de Inuit chamada mahlemiut. O significado da palavra mahle É desconhecido, Mas sabe-se que mouse significa “cidade de”. Mahlemiut como Mahle pessoas, portanto, podem ser interpretadas. Seguindo a fonética inglesa, dicção é então transformada em MALAMUTE.

    A área habitada pelo povo do MALAMUTE foram os bancos de Kotzebue Sound, um território entre dois grandes rios: o Kobuk e o Noatak. Homens e mulheres da tribo mahlemiut (MALAMUTE) Eles foram altamente valorizada entre outros tribos Inuit por sua coragem, seu orgulho e sua habilidade na caça e pesca.

      Estes cães eram famosos pela sua beleza e características de força e resistência, eles fizeram deles elementos ideais para fotografar.

    Eles foram, em geral, maior e mais poderoso do que os outros cães nórdicos, com semelhante em aparência para o Lobo e grande e macio caudas transportadas na parte de trás. Testemunhas contemporâneas contá-la entre 1870 e 1880 aproximadamente, o caribu, por razões inexplicadas, Eles mudaram suas rotas de migração usuais e tirar o tribos Malamute uma importante fonte de subsistência.

    Nestas condições famílias já não podiam manter grupos de cães treinados para mais do que dois ou três cópias: testemunhos do tempo falando sobre homens, mulheres e crianças até mesmo ajudaram seus cães para puxar os trenós. Assim a população começou a declinar e a forma como eles correram para seus cães.

    Sua capacidade de transporte de cargas pesadas que é revelado quando ele é escolhido para expedições ao Círculo Polar Ártico, como os dois que colocou o Almirante Byrd. Eles também foram utilizados como um resgate de cão ferido na II Guerra Mundial.

    Sua presença, sempre com o head-up, Ele dá algum aspecto impressionante que, No entanto, Não é incompatível com uma personagem muito simpática e brincalhão com seus proprietários, Embora ele dá a impressão de ser um cão muito grave qualquer um que não sabe nenhuma raça.

    As características físicas do Malamute-do-alasca

    Ele tem duas camadas pelo: um externo, grossa e áspera, e uma sensação interna oleosa e lanoso, e é mais longo na área do pescoço e ombros, na parte de trás e a cauda. Sua Cor É predominantemente cinza, mas cores que vão do branco ao areia avermelhada permitido.

    A cauda é bem coberta e carregada sobre as costas; tem a aparência de um arbusto de penas que balança.

    O Malamute fica ereto nas patas e incorpora o orgulho e a grande alegria do movimento com sua postura de cabeça ereta e olhos radiantes e alertas., interesse e curiosidade. A cabeça dele é larga. As orelhas são triangulares e eretas quando a atenção é chamada. O focinho é maciço e afunila apenas ligeiramente da base ao nariz. Não é pontudo, nem longo, nem curto e grosso. … O Malamute deve ter ossos pesados ​​e pernas poderosas, boas pernas, um peito profundo, ombros poderosos e todas as outras condições físicas de que você precisa para fazer seu trabalho com eficiência. Seu movimento deve ser suave, harmonioso, incansável e totalmente eficiente. Ele não foi criado como um cão de trenó de corrida para competições de velocidade.

    Em contraste com outras raças, Quando se molhar não é drasticamente reduzido seu tamanho.

    Existem diferentes cores no Malamute-do-alasca, Preto com branco, café, avermelhada e recentemente encontrada uma cor branca Malamute. A história desta cor é igual da Husky siberiano; eles são brancos para camuflar na neve e, assim, ser capaz de capturar presas.

    Qual é o tamanho de um Malamute do Alasca?

    Os malamutes têm uma altura na cernelha de 64 cm nos machos e 59 centímetros nas fêmeas. O peso está entre 34 e 38 kg.

    Quanto tempo pode viver um Malamute do Alasca?

    Sua expectativa de vida é mais do que 12 anos.

    Caráter e habilidades Malamute-do-alasca

    É um cão de trenó com origens antigas, pouco mudou desde a sua origem Lobo. Isso não significa que ele é agressivo. Enquanto sua aparência e orgulho podem impressionar o observador externo, É um animal lúdico (Quando você está convidado a fazê-lo), fiéis ao seu mestre e um grande instinto protetor com crianças.

    É um cão fora, Ela ama o ar livre e tem o prazer de viver ao ar livre; Se bloqueia-lo depois de uma cerca, É muito provável que encontrar a maneira de escapar, porque gosta de liberdade e não perder a chance de ir em busca de uma aventura ou uma carreira.

    Timidez geralmente não é um bom sinal., mas felizmente, parece ser uma característica muito rara nesta corrida e se ocorrer pode ser devido a causas fora de genética animal e tendo sido produzido por um proprietário que não deu uma boa socialização, mantê-lo trancado e carentes de estímulos psíquicos, interação com o mesmo tipo e um contato humano muito limitado. Se detectar, Ele deve ser monitorado e fornecer treinamento superar o problema, que caso contrário seu comportamento pode tornar-se imprevisível e, portanto, perigosas.

    Por outro lado, dada a forma de partilha de vida nômade e esquimó tudo, não é uma corrida de proteção, mas pode ser uma boa Alerta do cão, Ele irá notificar o proprietário que ele vê algo estranho, com o som tão particular emite, É uma combinação entre o uivo e casca.

      Não é um cão de guarda e defesa do que por natureza tendem a ser amigável com os seres humanos.

    Como resultado da sua antiga vida, É um cão com forte instinto de rebanho e hierarquia, o que resulta em frequentes ataques com outros animais.. Além disso, os machos são muito territoriais e competitivas entre si, assim não é aconselhável para acomodá-los juntos. As fêmeas podem ser mais fáceis de treinar e melhor adaptado para viver em casas. Esta corrida como o ser humano empresa, tem enormes doses de lealdade, amor e vontade de trabalhar, O que faz um bom cão doméstico.

    Ele é carinhoso com crianças, mesmo com estranhos, e ele ama para acompanhá-los em todos os lados. Devido ao seu caráter independente tem fama de ser teimoso e difícil de treinar entre as pessoas que não sabem. No entanto, Existem Malamutes campeões que trabalham com obediência cega.

    Eles são sensíveis, carinhoso e brincalhão, mas eles sabem se para proteger eficazmente. Com uma boa formação e socialização são cães equilibradas, fisicamente e psicologicamente, porque eles têm bom potencial para aprender porque eles são rápidos para aprender e reflexos agudos.

    Mixagens populares

    Misturas de Malamute-do-alasca com outras raças de cães são comuns na cena do cão de trenó. Muitos mushers eles tentam melhorar o desempenho de seus cães. Indivíduos que, do ponto de vista dos condutores, não apresentam um desempenho ideal contra o trenó, eles às vezes ficam no abrigo ou são oferecidos como cães de companhia.

    Cuidados, saúde e doenças

    De quanto cuidado um Malamute do Alasca precisa?

    O Malamute-do-alasca precisa de escovação regular, pelo menos semanalmente, do casaco. Mudança de casaco, duas vezes ao ano, é particularmente intensivo. Então sua casa, seu carro e suas roupas estarão cheios de seus longos cabelos, mesmo que escovem diariamente. Mas o principal esforço para seu cuidado se deve à sua natureza de cão de trenó.

    Existe uma doença típica do Malamute do Alasca?

    O Malamute-do-alasca é uma raça de cachorro muito saudável, contanto que não seja criado de forma extrema, que felizmente foi visto muito pouco até agora: cães muito pesados ​​com pernas muito curtas.

    Qual comida é melhor para um Malamute do Alasca?

    O Malamute-do-alasca costuma ser um comedor exigente. O mushers eles têm receitas secretas com guloseimas para fornecer aos cães energia suficiente antes das corridas. Como a maioria dos cães, gosta de osso de boi carnudo e carne fresca.

    Atividades

    O Malamute-do-alasca tem que trabalhar. Isso normalmente significa seu uso como um cão de trenó.. Uma atitude como a de um cão de fazenda ou de família não seria apropriada para a espécie.

    Considerações antes da compra

    Onde você pode comprar um Malamute do Alasca?

    Se você estiver interessado em um Malamute-do-alasca, a primeira coisa a fazer é visitar algumas corridas de cães de trenó. Então você deve verificar se deseja passar pelo menos os próximos dez anos uma vida comum, desportivo e intensivo com estes cães e também tendo as condições objetivas para isso. Em seguida, você deve obter informações de um criador local que seja afiliado a um clube de cães de trenó.. Se tudo correr bem, você terá uma experiência maravilhosa.

    Criação e manutenção

    É um malamute do Alasca bom para mim?

    O Malamute-do-alasca um cão não é para principiantes. Você exige muito da sua atitude, decorrente de seu destino como um cão de trenó original. Todas as vidas de seus cuidadores, sua família humana deve se ajustar às suas necessidades. O verdadeiro MALAMUTE precisa do desafio para o trenó física e mentalmente. Aqui estão várias possibilidades de substituição, mesmo sem neve. Vemos uma espécie de trenó sobre rodas como um triciclo ou um carro de treinamento com quatro pneus. Especialmente para Malamutes, competições de arrasto são organizadas, que são aceitos pelos cães com muita alegria e total comprometimento. Especialmente o esporte de trenó puxado por cães tem algo muito especial. Dirigindo com o trenó do MALAMUTE através de uma paisagem de neve no inverno é uma das maiores experiências de todas.

    Também permite que você experimente uma profunda unidade entre homem-cão e a natureza de uma forma que, de outra forma, dificilmente seria possível.. Claro que também é bom para sua saúde.

    Ao viajar, é melhor levar o MALAMUTE em uma caixa de transporte de alumínio. O Malamute não é um cachorro para um apartamento. Uma casa com um “jardim” deve ser um espaço ideal para esta raça.

    O MALAMUTE é uma das poucas raças de cães que podem ser mantidas em matilha em um canil sem nenhum problema. Mas este canil deve ser bem protegido. Não é isso Malamutes são um perigo para o meio ambiente, mas eles são reis de fuga e eles cavam bem e com gosto. Você mal pode acreditar, através dos quais pequenos buracos esses cães pesados ​​podem escapar.

    Para o malamutes eles gostam de dormir ao ar livre e se aninhar com a cabeça debaixo do rabo durante a maior tempestade de neve. O Jardim, onde o Malamutes, não deve ser considerado como um jardim ornamental, para colocar de uma maneira legal. O malamutes exigem que todo o estilo de vida esteja em sintonia com esta associação.

    O Malamute-do-alasca pode ser bem treinado por um dono de cachorro experiente. É preciso aceitar o desafio, até amor, de lutar mentalmente com esses cães primitivos e autoconfiantes. Eles aceitarão de bom grado seus mestres e cuidadores, será leal a eles, mas devem ter qualidades de liderança combinadas com muita mente canina. Você tem que se comprometer totalmente com a experiência de ter um MALAMUTE. Não é um cão para pessoas sem profunda experiência canina.

    fotos Alaskan Malamute

    vídeos Alaskan Malamute

    Classificações do "Malamute-do-alasca"

    Coexistência é importante que você tem com seu novo amigo. Plantearte antes de adquirir uma raça de cão "Malamute-do-alasca" você sabe alguns fatores. Nem todas as raças de cães são capazes de viver em um apartamento, Você deve levar em conta a sua qualidade, sua necessidade de exercício, sua interação com outros animais de estimação, seu cuidado e se você tiver crianças pequenas, o seu nível de tolerância para com eles.

    Adaptação ⓘ

    Avaliado 3 fora de 5
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Ⓘ Cão amigável

    Avaliado 1 fora de 5
    1 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    A perda de cabelo ⓘ

    Avaliado 5 fora de 5
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Nível de afeto ⓘ

    Avaliado 3 fora de 5
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Precisa de exercício ⓘ

    Avaliado 4 fora de 5
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Necessidade social ⓘ

    Avaliado 4 fora de 5
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Casa ⓘ

    Avaliado 1 fora de 5
    1 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Sanita ⓘ

    Avaliado 5 fora de 5
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Amigável com estranhos ⓘ

    Avaliado 4 fora de 5
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Cascas ⓘ

    Avaliado 4 fora de 5
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Saúde ⓘ

    Avaliado 3 fora de 5
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    ⓘ Territorial

    Avaliado 5 fora de 5
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Amigável com gatos ⓘ

    Avaliado 1 fora de 5
    1 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Inteligência ⓘ

    Avaliado 3 fora de 5
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Versatilidade ⓘ

    Avaliado 2 fora de 5
    2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Crianças amigável ⓘ

    Avaliado 4 fora de 5
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Vigilância ⓘ

    Avaliado 4 fora de 5
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Alegria ⓘ

    Avaliado 5 fora de 5
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Tipo e reconhecimentos:

    • Grupo 5 / Seção 1, Cães Nórdicos de Trenó
    • FCI 243, AKC, ANKC,CKC, KC, NZKC, UKC

    Nomes alternativos

      1. Alaskan Malamute, Mal, Mally (Inglês).

      2. Malamute de l’Alaska (Francês).

      3. Alaskan Malamute (Alemão).

      4. Malamute-do-alasca (Português).

      5. Alaskan malamute (español).

    Samoieda
    Rusia FCI 212 . Cães Nórdicos de Trenó

    Samoyedo

    O Samoieda, Embora possa parecer uma peluche, É um verdadeiro atleta precisa de exercício diário.

    Conteúdo

    História

    De onde ele vem Samoieda originalmente?

    O Samoieda é o arquétipo de um cachorro do extremo norte. Pertence aos arquétipos do cão em geral. O Samoieda é uma das raças de cães mais antigas. O tipo de cães Samoieda acompanham os povos da Sibéria há milhares de anos. O Samoiedas (o nenets) são vários povos indígenas que viveram por milhares de anos em toda a Sibéria até o Oceano Ártico. Muitos vivem como nômades e seguem os rebanhos de renas selvagens ou semi-selvagens. Seus cães têm tarefas diferentes. Eles puxam os trenós com os utensílios domésticos ou com os caçadores para a caça. Eles puxam os barcos sobre a neve em águas abertas. Eles ajudam com os rebanhos de renas. Eles guardam e protegem as pessoas como se fossem rebanhos.

    Eles desafiaram a morte mesmo quando enfrentaram o urso polar, o maior predador terrestre do mundo. O Samoiedas fornecem um excelente sistema de navegação que abre caminho através de desertos gelados, mesmo com nevoeiro ou tempestades de neve, evitando rachaduras e buracos de gelo. Eles costumam dormir nas tendas do Samoieda. Eles se mantêm aquecidos. Portanto, não é surpreendente que as pessoas Samoiedas têm uma relação extremamente íntima com seus cães, e não apenas porque sua existência no extremo norte depende desses cães.

    A condessa Aga von Hagen relatórios em seu livro sobre raças de cães de 1933 que o “Samoieda Spitz” foi tratado como um cão sagrado em sua terra natal e que nenhuma família Samoieda voluntariamente separado de seus cães. Por outro lado, a condessa explica que o Samoieda Spitz, através desta conexão estreita, mostrar um “alto desenvolvimento de características mentais, apesar de sua ferocidade”. Não foi até 2017 que um relatório de arqueólogos russos foi publicado, quem tinha encontrado restos de 9000 anos dez cachorros na Sibéria. No permafrost, eles estavam tão bem preservados que podiam ser examinados de perto e classificados como cães de trenó.

    Só em 1889 Inglês Ernest Kilburn-Scott conseguiu importar o primeiro Samoiedas da Sibéria. Então, esses cães entraram na criação moderna de cães com pedigree. Imediatamente alguém se voltou para suas aparências externas. A cor branca rosa como característica de um Samoieda basicamente arbitrariamente para o padrão. Nesse momento, como hoje, ver e pegar Samoieda original em muitas cores, apenas raramente em branco puro. Para impor a cor branca pura, a endogamia foi realizada de acordo com este critério duvidoso e, portanto, muito do caráter real e extrema robustez do Samoieda. Além disso, a base de criação já era muito pequena de qualquer maneira, porque os povos siberianos relutavam em desistir de seus cães para reprodução na Inglaterra.

    Enfim, na década de 1950 eles também cruzaram a linha original, sendo muito diferentes em caráter e, se você olhar de perto, também na aparência. Embora o Samoieda A atual criação europeia perdeu muito do caráter original do verdadeiro cão siberiano, ainda uma raça original. A coisa mais empolgante sobre ele é que ele mostra ao mesmo tempo uma estreita ligação com os humanos. Não sem razão, o Samoieda é um dos fundadores de outras raças de cães, como o Euro-asiático. O primeiro padrão para Samoieda foi criado em 1909, em 1913 foi reconhecido na Inglaterra. O FCI, A Fédération Cynologique Internationale a reconheceu em 1959.

    Características físicas

    Os homens tendem a ter mais fêmeas tamanho geralmente pesam entre 20 e 32,5 kg, enquanto as fêmeas geralmente pesam entre 17 e 25 kg.

    O olhos do Samoieda eles são geralmente pretos ou marrons, e oblíquos. O nariz ou trufa deve ser bem desenvolvido e de preferência preto. Em alguns momentos do ano você pode esclarecer de que resulte a vulgarmente chamada “nariz no Inverno”. Alguns outros fatores como idade ou clima podem esclarecê-lo, mas é importante sempre manter as bordas de preto. Pelo contrário, isso significaria uma veterinária visita.

    O orelhas devem ser grossos e completamente coberto com cabelo, forma triangular, e na posição vertical. Na maioria dos casos eles são brancos, mas ocasionalmente podem ser marrom claro (conhecido como cor “cookie”).

    O cauda do Samoieda é uma das características mais distintivas desta raça. Como o Alaskan Malamute, o enforcamento de cauda em forma gancho em suas costas; No entanto, e ao contrário do Malamute, a cauda de Samoieda toca de volta e se inclina, ligeiramente, em um lado e não deve ser um gancho muito fechado ou sob a forma de “bandeira”.

    Em climas frios, alguns Samoieda dormir com o rabo sobre o nariz para fornecer proteção adicional. A maioria da Samoieda, Eles permitem que a cauda cair quando eles estão relaxados, mas eles de volta para sua posição original quando eles estão alerta.

    O Samoieda, eles têm um densa pelagem dupla de cabelo. O camada superior tem uma densa, cabelo reto e grosso, Parece que o branco, mas tem alguns corantes de prata. Esta camada superior mantém o Undercoat relativamente limpa e livre de detritos. O camada inferior é um soft, cabelo curto e denso que mantém o cachorro quente.

    A camada inferior é alterada de uma a duas vezes por ano., processo conhecido como queda de cabelo. Isto não significa que eles movem cabelo somente nestas ocasiões, durante todo o ano bom cabelo é movido e substituído, que - geralmente- furar em suas roupas ou simplesmente frota.

    O Samoieda padrão pode ter uma mistura de Cor Branco e biscoito, Embora cães completamente brancos ou completamente cookie de cor não são raros. Os machos são geralmente mais do que as fêmeas peles.

    O Samoieda, eles são bons para aseando-se, não muitos banhos ainda necessários. Sujeira normalmente cai facilmente das camadas exteriores de cabelo, fazer o cão mostrar limpo.

    O cabelo dos filhotes é mais poroso, Portanto, é mais fácil para você mancha com a grama e Lama se eles são muito tempo ao ar livre. O aspecto da escovação é mais difícil, que por sua pele espessa em algumas áreas, como a parte de trás das orelhas tendem a emaranhado é se não escovas semanalmente.

    O Samoieda vai exigir isso, cortar o cabelo que cresce entre seus pés que ostentam, mas com essa exceção o resto pode permanecer assim, curso.

    Exceto por razões médicas ou cabelo é extremamente enredado, não é recomendado que o Samoieda ser barbeado, Se seu cabelo atua como tanto o isolamento térmico de frio e moderado, além de proteger a pele clara de Samoieda antes das queimaduras pelos raios do sol.

    Uma importante característica desta raça é mal de apresentar o odor característico para cão, torna bons cães vivos dentro de casa. A falta de caspa, também, torna hipoalergênicos.

    A espessa camada de cabelo pode fazer você se sentir desconfortável no Verão em locais onde o clima é quente, onde preferem o Interior porque o ar é mais frio. O brasão também funciona como um repelente natural contra piolhos e carrapatos.

    Ao mover o cabelo, a maioria da camada exterior cai e passa a ser, o velho pode cair em grandes pacotes, deixando espaços ocos em casos extremos. Você pode escovar o cabelo, com um pente de metal, com o qual podemos acelerar o processo de mudança e ajudar o Samoieda para recuperar sua aparência mais rapidamente. Escovar freqüentemente ajudá-lo a não é enrede.

    Dar banho a Samoieda é um longo processo, porque o cabelo é quase a "prova de água", então vai levar tempo que é completamente molhado e, em seguida, completamente molhado. o cabelo Samoieda deve ser seco com ar frio forçado (usando um fio de cabelo secador), porque a água pode tornar-se preso na camada inferior de cabelo grosso dificultando a evaporar.

    É importante que você lave bem, Uma vez que xampu ou remanescente SOAP pode levar à infecção por fungos, difícil remoção sem ter de fazer a barba a área afetada. Para evitar que o cabelo Samoieda Radiante, escovar e uma dieta saudável podem não ser desacreditadas.

    Quão grande é um “Samoieda”?

    O Samoieda tem uma altura na cernelha de cerca de 57 cm nos machos e 53 centímetros nas fêmeas. O peso não é prescrito pelo padrão, mas geralmente é entre 18 e 30 kg.

    Quanto tempo pode um “Samoieda”?

    A Samoieda saudável pode alcançar o 12 anos e mais, e isso com uma boa condição física.

    Caráter e habilidades

    O oferta de jogo do Samoieda faz dele um cão não recomendado como guardião; um Samoieda agressivo é muito raro. No entanto, com sua tendência a casca pode ser cão relógios diligentemente, latir quando algo ou alguém se aproxima de seu território.

    O Samoieda, eles são um excelente companhia, especialmente para as crianças pequenas ou mesmo outros cães, também permanecendo brincalhão até idade avançada. O Samoieda, também, eles são conhecidos por serem um pouco tolos às vezes difícil de treinar devido à sua falta de diligência e não por falta de inteligência, Portanto, deve ser persuadido obedecer as ordens que recebem.

    Sua herança por puxar trenós, o Samoieda, não tem problemas para puxar objetos, e um Samoieda quem não foi treinado não tem problema em arrastar seu dono na guia quando eles o levam para passear em vez de caminhar ao lado.

    Correr é uma paixão especial da Samoieda, mais precisamente: puxar trenós. Se você está interessado em um Samoieda, você definitivamente deve visitar as corridas de cães de trenó no inverno. É profundamente impressionante e fascinante.

    Você pode sentir a extrema tensão dos cães muito mais cedo no campo da Musher. Quando você vai para a saída, dificilmente há uma parada. Como em uma explosão, esta tensão desses cães de aspecto bastante pesado se dissolve na aceleração do trenó. A força do Samoieda não é a sua velocidade, mas sua resistência incomum.

    Instintivamente atuam como cães de pastoreio, Assim, quando jogar, especialmente com crianças, eles tendem a tentar orientá-los.

    Esta raça é caracterizada pela sua expressão alerta e sorrindo, O que ele ganhou o apelido de “sorriso de “Samoieda”” o “sorrindo cão“. Eles têm grande vitalidade, razão pela qual, bem cuidados manter sua juventude e esse espírito jovem, até sua velhice. Sua expectativa de vida média é de 12 - 18 anos, Embora alguns possam viver um pouco mais.

    Como uma raça de trabalho, eles têm uma excelente resistência e sem exercício diário, eles tornam-se entediado e/ou deprimido eles, que pode levar a ele latir excessivamente, destruídos ou ter um digno de um mestre do comportamento de fuga. Enquanto eles são cães saudáveis têm tendência para certas doenças.

    Cuidados, saúde e doenças

    O Samoieda pois a reprodução de exibição é afetada por numerosas doenças hereditárias devido à criação unilateral na aparência externa e a base de criação muito pequena de hoje.. Você deve evitar ser pai, que valoriza os campeonatos de exposições.

    Quanto cuidado um “Samoieda”?

    A exuberante pelagem dupla do Samoieda precisa de cuidados regulares. Especialmente durante a troca de pelagem na primavera e no verão, a casa dele, seu carro e suas roupas estarão cheios de seus longos cabelos, embora nosso Samoieda escova diariamente.

    Qual comida é melhor para um “Samoieda”?
    O Samoieda você não tem requisitos especiais em sua dieta. Como a maioria dos cães gosta de um osso de boi carnudo e carne fresca. O Samoieda é muito adequado para churrascos.

    Atividades com o seu “Samoieda”

    Quanto exercício faz um Samoieda?

    Com um Samoieda você pode praticar esportes de inverno muito bem, idealmente como um cão de trenó. O Samoieda precisa de uma carga de trabalho apropriada para cada espécie.

    Considerações antes da compra

    Onde você pode comprar um “Samoieda”?

    Se você está interessado em um Samoieda, a primeira coisa que você deve fazer é visitar algumas corridas de cães de trenó. Aqui você pode vivenciar o coração desses cães ao vivo. Então você deve obter informações de um criador local que não cria Samoieda pelúcia para exposição. O criador deveria ter examinado seus cães para riscos especiais de doenças hereditárias. Isso é natural na criação de filhos sérios.. Além disso, não deve haver consanguinidade, que pode ser estimado olhando para o pedigree, se nenhum nome aparecer lá duas vezes. O criador deve ter sua ninhada bem documentada por foto. Você deve poder ver a ninhada junto com a mãe cadela, após a correção, no lugar. Por favor, Não compre Samoieda pela Internet, porque existe um alto risco de o cachorro vir de um vendedor ou criador de cães, normalmente bem camuflado.

    Educação e manutenção de um “Samoieda”

    O Samoieda fácil de treinar e guiar, mas não é um cachorro para iniciantes. Você exige muito da sua atitude, derivou de seu destino como um trabalho original e cão de trenó. Então você precisa de muita ocupação e atividades, idealmente no esporte de trenó.

    Se você não se exercita e fica sozinho, sem uma conexão profunda com sua família, pode se tornar um cachorro nervoso e chateado, que pode até destruir o apartamento ou o jardim.

    O Samoieda não um cachorro para um apartamento ou cidade grande. O ideal seria uma casa com jardim. Para o Samoieda eles gostam de dormir ao ar livre e rolar a cabeça embaixo do rabo, mesmo na maior tempestade de neve. O Jardim, onde esses cachorros ficam, não deveria ser um jardim ornamental.

    O luxuoso casaco do Samoieda precisa de cuidados regulares. Especialmente durante a mudança de camada na primavera e no verão, um tratamento intensivo é indicado. Então a casa, o carro e as roupas ficarão cheios de seus longos cabelos, mesmo que você os escove diariamente. Você não precisa ser exigente aqui. No carro, o melhor é transportá-lo em uma caixa de uma loja especializada.

    O Samoieda pode ser muito bem treinado por um proprietário experiente. Você tem que aceitar o desafio, Deve até motivá-lo a lutar mentalmente com esta raça original e confiante. Eles aceitarão de bom grado seus mestres ou cuidadores, será leal a eles, mas eles têm que demonstrar qualidades de liderança combinadas com muito conhecimento da raça. Você tem que estar totalmente envolvido na experiência com esses cães nórdicos típicos, rústicos.

    Através de uma educação gentil, mas disciplinada, um Samoieda deve estar ciente de sua posição no ranking desde a idade do filhote. Não deve haver dúvida de quem determina as regras da casa.

    Classificações do "Samoieda"

    Coexistência é importante que você tem com seu novo amigo. Plantearte antes de adquirir uma raça de cão "Samoieda" você sabe alguns fatores. Nem todas as raças de cães são capazes de viver em um apartamento, Você deve levar em conta a sua qualidade, sua necessidade de exercício, sua interação com outros animais de estimação, seu cuidado e se você tiver crianças pequenas, o seu nível de tolerância para com eles.

    Adaptação ⓘ

    Avaliado 4 fora de 5
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Ⓘ Cão amigável

    Avaliado 4 fora de 5
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    A perda de cabelo ⓘ

    Avaliado 5 fora de 5
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Nível de afeto ⓘ

    Avaliado 5 fora de 5
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Necessidade de exercício ⓘ

    Avaliado 4 fora de 5
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Necessidade social ⓘ

    Avaliado 4 fora de 5
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Casa ⓘ

    Avaliado 3 fora de 5
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Sanita ⓘ

    Avaliado 4 fora de 5
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Amigável com estranhos ⓘ

    Avaliado 3 fora de 5
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Cascas ⓘ

    Avaliado 4 fora de 5
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Saúde ⓘ

    Avaliado 3 fora de 5
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    ⓘ Territorial

    Avaliado 5 fora de 5
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Amigável com gatos ⓘ

    Avaliado 3 fora de 5
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Inteligência ⓘ

    Avaliado 3 fora de 5
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Versatilidade ⓘ

    Avaliado 3 fora de 5
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Crianças amigável ⓘ

    Avaliado 5 fora de 5
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Vigilância ⓘ

    Avaliado 3 fora de 5
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Alegria ⓘ

    Avaliado 5 fora de 5
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Imagens “Samoieda”

    Vídeos “Samoieda”

    • CLASSIFICAÇÃO FCI:
    • Grupo 5: – Cães de tipo spitz e de tipo primitivo.
    • Seção 1: – nórdicos de trenó. Sem prova de trabalho.
  • Federações:
    • FCI – Grupo 5 – Seção 1 Cães Nórdicos de Trenó.
    • AKC – Cães Nórdicos de Trenó
    • ANKC – Cães Nórdicos de Trenó
    • CKC – Cães Nórdicos de Trenó
    • KC – Cães Nórdicos de Trenó
    • NZKC – Cães Nórdicos de Trenó
    • UKC – Cães Nórdicos de Trenó

    Padrão da raça FCI "Samoieda"

    ”Standard.
    ” abrir =”não” estilo =”padrão” ícone =”mais” âncora =”” classe =””]DATA DE PUBLICAÇÃO DO PADRÃO ORIGINAL VÁLIDO: 22/07/1997

    CABEÇA: Poderoso e Cunha.

    REGIÃO CRANIANA:

    • Crânio: Visto de frente e apenas ligeiramente convexo perfil. Ele é mais largo entre as orelhas. O sulco entre os olhos é ligeiramente marcado.
    • Stop: Claramente definidos, mas não muito pronunciado.

    REGIÃO FACIAL:

    • Trufa: Bem desenvolvido, Preto preferido. Durante alguns períodos do ano pode ser enxaguado fora o pigment no nariz, originando o comumente chamado 'nariz de inverno'; No entanto, Deve haver sempre pigmento nas bordas do nariz.
    • Focinho: Forte e profunda, aproximadamente, enquanto o crânio, emagrecimento gradualmente para a trufa; Não é Praça pontiaguda ou pesada.
    • Cana do nariz: Em linha reta.
    • Lábios: Apertado, preto e embalado. O canto da boca é ligeiramente curvado para cima, formando o característico «samoiedo sorriso».
    • Mandíbulas / Dentes: Mordida em tesoura regular e completo. Os dentes e mandíbulas são fortes. Dentadura normal.
    • Olhos: Marrom escuro, ao invés de separado e bem posicionados em órbitas, forma ligeiramente oblíqua e pacífica. A expressão «sorri», amigável, alerta e inteligente. As pálpebras são pretas.
    • Orelhas: Erigir, relativamente pequeno, espessura, triangular, ligeiramente arredondadas nas pontas. Eles devem ser móveis, Inserção bem separados porque o crânio é largo e alto.

    PESCOÇO: Comprimento médio e forte, porte arrogante.

    CORPO: Um pouco maior que a altura da Cruz, profunda e compacto, mas flexível.

    • Cruz: Bem marcado.
    • Voltar: De comprimento médio, muscular e reta; a fêmea é ligeiramente mais longa nos machos.
    • Lombo de porco: Curta, muito forte e definido.
    • Alcatra: Completo, forte, muscular e ligeiramente inclinada.
    • No peito: Ampla, profundo e longo, alcançando quase os cotovelos. Costelas bem arqueadas.
    • Linha inferior: Moderadamente retraída.

    CAUDA: Inserção relativamente alta. É quando o cão alerta ou em movimento, a cauda é transitada dobrado desde sua raiz para a frente das costas ou de lado; Quando é em repouso leva por pendurá-la e chega até o misto quente-pé.

    MEMBROS:

    MEMBROS ANTERIORES:

    • Como um todo.: Bem colocado e musculado, com ossos fortes. Vistos de frente são retos e paralelos.
    • Ombro: Longo, empresa e oblíquo.
    • Braço: Oblíqua e colado ao corpo. Aproximadamente, enquanto o ombro.
    • Cotovelo: Colado ao corpo.
    • Carpo: Forte mas flexível.
    • Metacarpo: Ligeiramente inclinado.
    • Pés anteriores: Oval, com dedos longos, flexível e reta virado. Os dedos são arqueados e não são muito Unidos. Pastilhas elásticas.

    MEMBROS POSTERIORES:

    • Como um todo.: Visto de trás, são retas e paralelas com músculos muito fortes.
    • Coxa: Comprimento médio, relativamente grande e musculoso.
    • Joelho: Bem angulado.
    • Articulação do pé-quente: Posicionado relativamente baixo e bem angulado.
    • Metatarso: Curta, forte, vertical e paralela.
    • Pés de volta: Semelhante ao anterior. As esporas devem ser extirpadas.

    MOVIMENTO: Você deve dar a impressão de ser poderoso, livre e incansável com passos longos. Bom alcance em bom ritmo nas patas e membros anteriores.

    PELES

    CABELO: Abundante cabelo polar, espessura, densa e flexível. A Samoieda tem uma dupla camada de cabelo; a camada interna é composta de cabelo curto, suave e densa, a camada exterior para cabelos mais compridos, reto e áspero. O revestimento deve formar um colar em torno do pescoço e ombros, ao redor da cabeça, especialmente em homens. Sobre a cabeça e a parte dianteira dos membros, o cabelo é curto e liso; o cabelo é curto na parte externa das orelhas, macio e separado. O interior das orelhas deve ser bem coberto com cabelo. Na parte de trás das coxas, calças de formas de cabelo. Deve ter o protetor de cabelo entre os dedos. A cauda deve ser profusamente coberta com cabelo. As peles das fêmeas são muitas vezes mais curtos e mais macia do que a textura masculina. A pelagem correta deve sempre ter um brilho especial.

    COR: Branco puro, creme ou branco com bolo de cor (a cor base deve ser branca, com algumas marcas cor de pão de Ló). Você nunca deve dar a impressão de ser marrom pálido.

    TAMANHO:

    Altura da Cruz (Altura ideal):

    • Machos 57 cm, com uma tolerância de ± 3 cm.
    • Fêmeas 53 cm, com uma tolerância de ± 3 cm.

    FALHAS: Qualquer desvio dos critérios acima é considerado faltando e a gravidade é considerada o grau de desvio do padrão e seu impacto sobre a saúde e o bem-estar do cão.

    • Falhas notáveis da estrutura do corpo.
    • Ossos leves.
    • Homens que não são machos e fêmeas que não são femininas.
    • Grampo de Bitefork.
    • Olhos amarelos.
    • Orelhas macias.
    • Abarriladas de costelas.
    • Duplo cauda de gancho.
    • Membros curtos.
    • Na gaiola ou vaca jarretes.
    • Revestimento ondulado ou curto, em todo o corpo, pelo longo, mole e caída.
    • Cão tranquilo.

    FALTAS GRAVES:

    • Áreas nomeadamente despigmentadas na pálpebras e lábios.

    FALHAS ELIMINATÓRIAS:

    • Cão agressivo ou medroso.
    • Olhos azuis ou diferentes cores.
    • Prognatismo superior ou inferior.
    • Orelhas não eretas.
    • Cor de cabelo diferente ao descrito na norma.
    • Qualquer cão mostrando sinais comportamentais ou anormalidades físicas claras será desclassificado.

    N.B.: Machos devem apresentar dois testículos de aparência normais, bem desenvolvidos e acomodados a bolsa escrotal.

    TRADUCCION: Federação Mexicana de Canófila, A.C..

    Nomes alternativos:

      1. Bjelkier, Samoiedskaya, Sobaka, Smiley, Sammy (Inglês).
      2. SAMOYEDE (Francês).
      3. Samojedenhund, Samojedenspitz (Alemão).
      4. Samoieda, Samoiedo (Português).
      5. Samoiedskaya Sobaka, Nenetskaya Laika, Samoiedskaïa Sabaka (español).

    Alaskan Malamute
    Estados Unidos FCI 243

    Alaskan Malamute

    O Alaskan Malamute Ele tem uma reputação de ser teimoso e difícil de treinar entre as pessoas fazem não sei.

    Conteúdo

    História “Alaskan Malamute”

    Também chamado Malamute-do-alasca, Ele é um nativo do Ártico cão, e uma das mais antigas raças em cães de trenó.

    É um cão com uma aparência forte, forte, com boa musculatura. Ele é capaz de transportar um peso significativo (até 20 kg) para dezenas de quilómetros. Esta é uma raça muito antiga, desde as primeiras corridas de cães de trenó.

    O Alaskan Malamute Ele foi criado por uma tribo de Inuit chamada mahlemiut. O significado da palavra mahle é desconhecido, mas sabe-se que miut significa “cidade de”. Mahlemiut como Mahle pessoas, portanto, podem ser interpretadas. Seguindo a fonética inglesa, a dicção, em seguida, é transformada em Malamute.

    A área habitada pelo povo do Malamute foram os bancos do Kotzebue Sound, um território entre dois grandes rios: o Kobuk e o Noatak. Homens e mulheres da tribo do mahlemiut (MALAMUTE) eles eram muito apreciados entre outras tribos inuit pela sua coragem, seu orgulho e sua habilidade na caça e pesca.

    Estes cães eram famosos pela sua beleza e características de força e resistência, eles fizeram deles elementos ideais para fotografar. Eles foram, em geral, maior e mais poderoso do que os outros cães nórdicos, com semelhante em aparência para o Lobo e grande e macio caudas transportadas na parte de trás. Testemunhas contemporâneas contá-la entre 1870 e 1880 aproximadamente, o caribu, por razões inexplicadas, eles mudaram suas rotas migratórias habituais eliminando as tribos Malamute uma importante fonte de subsistência.

    Nestas condições famílias já não podiam manter grupos de cães treinados para mais do que dois ou três cópias: testemunhos do tempo falando sobre homens, mulheres e crianças até mesmo ajudaram seus cães para puxar os trenós. Assim a população começou a declinar e a forma como eles correram para seus cães.

    Sua capacidade de transporte de cargas pesadas que é revelado quando ele é escolhido para expedições ao Círculo Polar Ártico, como os dois feitos Admiral Byrd. Eles também foram utilizados como um resgate de cão ferido na II Guerra Mundial.

    Sua presença, sempre com o head-up, Ele dá algum aspecto impressionante que, No entanto, Não é incompatível com uma personagem muito simpática e brincalhão com seus proprietários, Embora ele dá a impressão de ser um cão muito grave qualquer um que não sabe nenhuma raça.

    Leia tudo sobre a corrida: Malamute-do-alasca

    Classificações do "Alaskan Malamute"

    Coexistência é importante que você tem com seu novo amigo. Plantearte antes de adquirir uma raça de cão "Alaskan Malamute" você sabe alguns fatores. Nem todas as raças de cães são capazes de viver em um apartamento, Você deve levar em conta a sua qualidade, sua necessidade de exercício, sua interação com outros animais de estimação, seu cuidado e se você tiver crianças pequenas, o seu nível de tolerância para com eles.

    Adaptação ⓘ

    Avaliado 3 fora de 5
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Ⓘ Cão amigável

    Avaliado 1 fora de 5
    1 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    A perda de cabelo ⓘ

    Avaliado 5 fora de 5
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Nível de afeto ⓘ

    Avaliado 3 fora de 5
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Precisa de exercício ⓘ

    Avaliado 4 fora de 5
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Necessidade social ⓘ

    Avaliado 4 fora de 5
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Casa ⓘ

    Avaliado 1 fora de 5
    1 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Sanita ⓘ

    Avaliado 5 fora de 5
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Amigável com estranhos ⓘ

    Avaliado 4 fora de 5
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Cascas ⓘ

    Avaliado 4 fora de 5
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Saúde ⓘ

    Avaliado 3 fora de 5
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    ⓘ Territorial

    Avaliado 5 fora de 5
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Amigável com gatos ⓘ

    Avaliado 1 fora de 5
    1 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Inteligência ⓘ

    Avaliado 3 fora de 5
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Versatilidade ⓘ

    Avaliado 2 fora de 5
    2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Crianças amigável ⓘ

    Avaliado 4 fora de 5
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Vigilância ⓘ

    Avaliado 4 fora de 5
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Alegria ⓘ

    Avaliado 5 fora de 5
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Tipo e reconhecimentos:

    • Grupo 5 / Seção 1, Cães Nórdicos de Trenó
    • FCI 243, AKC, ANKC,CKC, KC, NZKC, UKC

    Nomes alternativos

      1. Alaskan Malamute, Mal, Mally (Inglês).
      2. Malamute de l’Alaska (Francês).
      3. Alaskan Malamute (Alemão).
      4. (Português).
      5. Alaskan malamute (español).

    Laika da Yakutia
    Rusia FCI 365 . Cães Nórdicos de Trenó

    Laika de Yakutia

    O Laika da Yakutia eles são cães muito inteligentes, com um prodigioso senso de cheiro e um exagerado senso de direção

    Conteúdo

    História

    A história dele “Laika da Yakutia” é muito extensa. Durante séculos, trenós puxados por cães foi algo muito importante para a maioria dos povos do Norte da Rússia, devido ao seu modo de vida e o clima a que foram submetidos. No Neolítico, na linha da Costa do nordeste da Ásia, Estes cães foram utilizados para transporte e caça.

    No início do ano 90, Houve uma descoberta na ilha de Zhokhov (Ilhas de Novosibirsk, Yakutia), eles encontraram um sítio arqueológico de caçadores e cães. Ele foi investigado por um arqueólogo de São Petersburgo, Vladimir Pitulko, Lá, ele encontrou restos arqueológicos trenós, arreios e eles ainda mantiveram os ossos de cães. Usando o método de datação por radiocarbono demonstrou que esses restos tinham um comprimento de 7.800 - 8.000 anos. Isso, É a mais antiga descoberta que teve lugar no Ártico.

    Etnógrafos MG Levin (1946), Smolyak AV (1978) e outros autores, eles compartilham que desde os tempos antigos (até os dias atuais), para os povos indígenas do Norte, os cães de trenó sempre foram animais universais: eles estavam atirando animais, eles foram usados também como alimento, e suas peles foram utilizados para a fabricação de roupas e os rituais de adoração. Vezes, os cães foram sacrificados e foram usados para cerimônias religiosas.

    Muitas descobertas geográficas árticas foram feitas possíveis, com os cães de trenó. Os dois pólos da terra foram descobertos com a ajuda destes cães, em 1907, F. Cozinhar e 1909 R. Piry chegou ao pólo norte. Em 1911, Amundsen foi uma bandeira norueguesa no Pólo Sul, em condições climáticas hostis, fez 2.980 Miles em 99 dias com cães de trenó.

    Laika da Yakutia
    Laika da Yakutia

    Até 1960 trenós puxados por equipes de cães eram importantes e, Às vezes o formulário disponível apenas de transporte de Inverno nas regiões do Norte da Rússia. Eles foram usados não só pela população local, mas também por agências governamentais, incluindo as tropas da fronteira, o serviço postal e expedições científicas. De acordo com dados do arquivo, no fim do 50 anos do século XX, no norte da Uluses de Yakutia, o número total de cães foi de 33 000. A diminuição em trenós puxados por cães na Rússia foi iniciada durante os últimos trinta anos do século XX, Quando apareceu no mercado os snowmobiles, Isto levou a um declínio de peles e a indústria pesqueira local, que aos poucos levou à extinção do uso de cães de trenó

    “Dê-me o Inverno e uma equipe de cães, e tomar todas as” eles são palavras do famoso viajante do Norte Knut Rasmussen, quem fez a viagem mais tempo em trenós puxados por cães. Esta frase descreve a importância que tiveram estes cães para o comprimento e largura da história, e que, por sua vez, Ele mostra que, sem eles, muito do que conhecemos hoje pertencia a nossa ignorância.

    O primeiro registro escrito dos cães em datas do território Yakutian 1633. Nos documentos da época, Rio Olenek, Yana e rio Kolyma é referido como “Rios de cães”. Na Sibéria, os rios são divididos em “rios de cão” e “Rio Deer”. Nos rios ricas em peixes, Foi fácil de capturar e armazenar o número suficiente de peixes (peixe seco – yukola) para alimentar os cães e assim chamado cão Rio. Quando há peixe não, Era difícil usar cães para os transportes e as renas foram usadas, O que são os rios de renas. A viagem ao longo dos rios"de cães" foi mais difícil, devido à necessidade contínua para pesca e caça para obter suficiente alimento para cães.

    Em 1843, publicado o “Manual de Geografia do Império Russo” de Ivan Yakovlevich Pavlovsky, Neste livro, descreveu o Laika da Yakutia como uma raça especial, como “um animal domesticado usado para puxar trenós e caça”.

    Características físicas

    Laika da Yakutia
    Laika da Yakutia

    O Laika da Yakutia, é um companheiro de caça excelente, eles não são geralmente muito grandes, sua altura é de 50 - 60 cm, e a razão de seu tamanho devido à alimentação, Tendo em conta o clima hostil, Às vezes o alimento era realmente pobre, No entanto em outras áreas em que a corrida tem desenvolvido, seu tamanho aumenta significativamente. A expressão do lado nos deixa uma astúcia ar misturado com melancolia.
    Vladimir Ilyich Mikhelson foi o primeiro a descrever a raça Laika da Yakutia e a diferenciou de outros cães no Nordeste da Ásia.

    O Laika da Yakutia é um robusto, construído proporcionalmente, um pouco alto e magro, o cão de tamanho médio e com camadas altamente desenvolvidas de cabelo, qual é o suficiente para sobreviver em condições adversas do Ártico. O Laika da Yakutia ele é um cachorro ativo, o ágil, curioso, com um carácter amigável e obediente, muito sociável e nada agressivo.

    Sua finalidade principal é puxar o trenó e caça. Ele é robusto, com ossos e músculos bem desenvolvidos.
    O Laika da Yakutia está em negrito, Extrovertido, Ativo, amigável e sociável, um excelente companheiro mas precisa de liberdade, espaço e é muito feliz os climas frios.

    Caráter e habilidades

    Cães Laika da Yakutia, eles vivem ao ar livre durante todo o ano redondo, em cavan verão pontuações na terra para manter fresco, ou à procura de água tentando se livrar dos mosquitos. No Inverno, Eles também tendem a cavar, eles procuram abrigo, escondido sob a neve.

    Boa nutrição e treinamento de Laika da Yakutia para o transporte sempre foi uma atividade principal da população pesqueira.

    Eles são muito inteligentes cães, com um prodigioso senso de cheiro e um exagerado senso de direção, Ele substitui uma bússola, visão e audição prodigiosa.

    Tudo isso adicionado ao seu instinto de sobrevivência altamente desenvolvido, são eles que são capazes de viajar em uma tempestade de neve, névoa, nas noites escuras e nebuloso, e encontrar o abrigo mais próximo, Se eles têm sido uma vez, suficiente para registrá-lo em sua memória.. E nós pensamos que estamos a falar de um deserto neve, não há pontos de referencia…

    Exercícios com “Laika da Yakutia”

    O Laika da Yakutia é um cão de trenó com uma presa bem definida. A raça prospera com exercícios regulares e treinamento suficiente. Com um nível de energia médio-alto, eles adoram correr ao lado de uma bicicleta, fazer corridas de trenó ou enfrentar, ou jogar pickup no quintal. Eles brincam bem com outros cães com os quais estão familiarizados., mas eles desconfiam de cachorros e pessoas estranhas. De um modo geral, esquentar rapidamente, mas a supervisão é uma boa ideia em novas situações. O Laika da Yakutia eles não são adequados para pessoas que não podem passar muito tempo com seus cães.

    Treinamento “Laika da Yakutia”

    Treine ele Laika da Yakutia É uma tarefa bastante agradável e fácil graças à sua natureza dócil e inteligência aguçada. Este cachorro tem uma forte tendência para o pensamento independente, então você não seguirá as ordens do treinador a menos que confie totalmente nele. Puxar um trenó é um talento inato desta raça, e não precisa de muito treinamento a esse respeito.

    O Laika da Yakutia buscar liderança e orientação humana, mas não responde bem às técnicas de treinamento corretivo. Trabalhe com mais entusiasmo se o processo de aprendizagem for baseado em reforço positivo e guloseimas saborosas. Como qualquer outro cachorro, o Laika da Yakutia deve aprender certas regras e normas de comportamento decente na sociedade humana, então o treinamento de obediência elementar é imperativo.

    Limpeza

    O Laika da Yakutia experimenta uma queda sazonal que pode ficar fora de controle se não for escovada regularmente. Geralmente, deve ser escovado semanalmente para evitar emaranhados e emaranhados. Quando muito sai, é uma boa ideia escová-lo todos os dias para evitar que o cabelo grude em tudo. Use uma escova de cerdas e um pente de metal ao escovar. Um tousler ou detangler pode tornar seu trabalho um pouco mais fácil também. Ja que ele Laika da Yakutia ele é um cachorro que trabalha, não há necessidade de aparar demais o pelo. Apare entre as almofadas dos pés para evitar neve, gelo e outros detritos se acumulam e causam irritação. Sua pele repele naturalmente a sujeira e não tem cheiro, então o banho só deve ser feito duas ou três vezes por ano. Apare suas unhas quando necessário, geralmente a cada duas a três semanas. Limpe seus ouvidos todas as semanas como parte de sua rotina de higiene.

    Vídeos do “"Laika da Yakutia"“

    THE YAKUTIAN LAIKA DOG – EARTH’S COLDEST SUPERMODEL

    YAKUTIAN LAIKA DOG – RUSSIA’S SUPER SLED DOGS
  • CLASSIFICAÇÃO FCI: 365
  • Federações:
    • FCI – Grupo 5 – Seção 1 Cães Nórdicos de Trenó.
    • AKC – Cães Nórdicos de Trenó

    Padrão da raça FCI "Laika da Yakutia"

    Utilização

    Os cães de trenó, caça e companhia.

    Breve resumo histórico

    O Laika da Yakutia é uma raça ancestral de cães dos povos indígenas do nordeste da Rússia ao longo do chamado “rios caninos”. Várias aplicações de Yakutian Laikas ao longo de sua vida diária durante séculos, começando com a caça, manutenção da casa, lição de casa e trenó. Em momentos diferentes, vários exploradores descreveram o Yakutian Laika com nomes diferentes. De 1635, nos pedidos pioneiros dos cossacos, Cães foram mencionados vivendo em todo o “rios caninos”. Em 1692, e Amsterdam, um cientista holandês, viajante, geógrafo e etnógrafo, Nicolaas Cornellisson Witsen North y East Tartarye: contendo gravuras “Maneiras de mover Yakutian no inverno”. Essas gravuras mostram como usar o cão como meio de transporte e também um esquiador rebocado por cães. Em 1730, Vitus Jonassen Bering usou cães do Ártico Yakutia durante a segunda expedição a Kamchatka. Ivan Pavlovsky escreveu em seu livro Geografia do Império Russo em 1843, “cães eram usados ​​para atividades postais”. E em 1850, O professor Ivan Yakovlevich Gorlov descreveu os métodos tradicionais de conservação e uso de Laikas Yakuian em Panorama da situação econômica, Estatísticas do Império Russo para 1849, “Os yakutianos usam cães para andar de trenó e carregar cargas pesadas. Durante o ano todo, os cachorros ficam ao ar livre, no verão, eles cavam um buraco no chão para se refrescar ou ficar na água devido aos mosquitos. No Inverno, procuram refúgio em poços de neve profundos que se enrolam e cobrem seus focinhos com uma cauda de pele.

    Aspecto geral

    O Laika da Yakutia é um cão compacto, médias, forte, bom muscular, com pernas moderadamente longas e pele grossa, nenhum sinal de afrouxamento. A pelagem é bem desenvolvida e deve ser suficiente para viver e trabalhar em condições árticas extremas. Dimorfismo sexual é claramente pronunciado, os machos são mais fortes e poderosos do que as fêmeas.

    proporções importantes

    O comprimento do corpo, do ombro ao traseiro, bate em um 10 - 15% a altura na cernelha.
    O comprimento da cabeça é um pouco menor que 40% a altura na cernelha.
    O comprimento do focinho está entre 38 e 40% do comprimento da cabeça.
    O comprimento da parte anterior é 52 para o 54% a altura na cernelha.

    temperamento / comportamento

    O Laika da Yakutia é um cachorro vivo, Agile, de contato amoroso, amigável, sociável e enérgico.

    Cabeça

    Região craneal

    Cabeça

    Em forma de canto, moderadamente pontudo, proporcional ao tamanho do cachorro.

    Crânio

    Moderadamente largo, ligeiramente arredondado, com uma testa alta.

    Nasofrontal depression (stop)

    Bem marcado

    Região facial

    Trufa

    Grande, com narinas largas, preto ou marrom.

    Focinho

    Bem preenchido sob os olhos, em forma de cunha, diminuindo gradualmente em direção à trufa.

    Belfos

    Seco, apertado, bien pigmentado.

    Mandíbulas / Dentes

    Os dentes são grandes e brancos., a fórmula dentária deve ser preferencialmente completa (42 dentes). Articulado por tesoura ou alicate. Cães mais velhos que 3 anos podem ter uma dobradiça recuada.

    Bochechas

    Moderadamente marcado.

    Olhos

    Reto e largo, mas não profundo; sob a forma de amêndoa, castanho escuro, Blue; olhos pequenos (Brown, Blue) ou segmentos azuis em uma íris marrom. Pálpebras secas e bem ajustadas, que combinam com a cor da trufa. Uma pálpebra despigmentada é permitida em um fundo branco.

    Orelhas

    Forma triangular, alta, largo na base, espessura, ereto ou inclinado, coberto com pelos curtos e grossos; recoste-se quando o cachorro estiver se movendo.

    Pescoço

    Bastante longo, muscular, médio-.

    Corpo

    Generalidade

    Forte e musculoso.

    Top de linha

    Reto e firme, com uma inclinação muito ligeira moderadamente pronunciada da cernelha à base da cauda.

    Voltar

    Empresa, ampla, reto e musculoso.

    Lombo de porco

    Curta, largo e musculoso.

    Alcatra

    Ampla, muscular, longo, arredondado, quase horizontal.

    No peito

    Grande, bastante longo, moderadamente profundo, seção transversal arredondada.

    Costelas

    Bem arredondado.

    Cola

    Amarrado alto, enrolado em um semicírculo nas costas do cachorro, com uma espessa camada de pelo.

    Extremidades

    Strong, muscular, reta, bem paralelo.

    Membros anteriores

    Generalidade

    Direitos, paralelo, forte, muito bem musculoso.

    Ombro

    Inclinado, de comprimento moderado.

    Cotovelo

    Bem ajustado ao peito, colocado atrás.

    Antebraço

    Muscular, oblíqua, de comprimento moderado.

    Metacarpo

    Curta, empresa, ligeiramente inclinado.

    Membros posteriores

    Generalidade

    Construção forte e bem musculada. Visto de trás, eles são retos e paralelos.

    Coxa

    Largo e musculoso.

    Joelho

    Bem angulado.

    Metatarso

    Strong, vertical.

    Jarrete

    Comprimento médio, forte. A angulação do jarrete é bem pronunciada.

    Pés

    Enrugado, apertado, com almofadas muito duras e um revestimento espesso (escova) entre os dedos. As patas traseiras são ligeiramente maiores que as anteriores.

    Movimento

    Rápido, elástico. Os ritmos característicos são o trote rápido e o galope.

    Manto

    Cabelo

    Espessura, brilhante, reta, áspero ao toque, duração média, com subpêlo denso e altamente desenvolvido. No pescoço, forma uma juba particularmente pronunciada nos machos; engrossado atrás da anterior e posterior; um pouco assustado na fila. O cabelo é mais curto na cabeça e na frente dos membros.

    Cor

    Branco e qualquer mistura (duas ou três cores).

    Tamanho e peso

    Altura à Cruz

    Machos: o tamanho é de preferência entre 55 e 59 cm, o tamanho ideal é 56 cm.
    Fêmeas: o tamanho é de preferência entre 53 e 57 cm, o tamanho ideal é 55 cm.

    Falhas

    Qualquer desvio dos critérios acima mencionados é considerado como falta, e a gravidade disso é considerado o grau de desvio do padrão e suas consequências na saúde e bem-estar do cão e na habilidade do cão em realizar sua tarefa tradicional.

    Falhas

    ▷ Uma grande lacuna na constituição física, membros curtos.
    ▷ Formato quadrado.
    ▷ Pecho plano, raso ou barril.
    ▷ Ritmo lento e desequilibrado.
    ▷Pelos ondulados, muito macio, muito curto com subpêlo subdesenvolvido.

    Faltas desqualificadas:

    ▷ Cão agressivo ou tímido.
    ▷ Desproporções na conformação.
    ▷ Homens do tipo feminino.
    ▷ Mandíbula muito avançada ou rebaixada com perda de contato, mandíbulas desalinhadas.
    ▷ Despigmentação total do nariz, pálpebras e lábios.
    ▷ Qualquer cor monocromática diferente de branco.
    ▷ cabelos curtos (doce).
    NB:
    • Qualquer cão mostrando claros sinais de anomalia física ou de comportamento deve ser desqualificado.
    • As faltas mais pronunciadas ou marcadas mencionadas acima são eliminatórias.
    • Os machos devem ter dois testículos de aparência normal totalmente descidos para o escroto..
    • Apenas cães funcional e clinicamente saudáveis, com a conformação típica da raça, deve ser usado para parentalidade.

    Husky siberiano
    Estados Unidos FCI 270 . Cães Nórdicos de Trenó

    Husky Siberiano

    O Husky siberiano é um cão de trabalho altamente especializado. Correr é a paixão dele.

    Conteúdo

    História

    De onde ele vem Husky siberiano originalmente?

    A história dos Huskys siberianos está inseparavelmente conectada com a vida das pessoas do Círculo Polar Ártico. Só com seus cachorros, quem puxou os trenós, eles ajudaram na caça, fornecido GPS confiável, Eles os protegeram dos ursos polares e finalmente os aqueceram nas noites frias, as pessoas de lá conseguiram sobreviver. No entanto, o Husky siberiano como uma raça de cachorro moderna, é bastante jovem. Sua história começou em torno de 1910, e no Alasca o huskies eles eram maiores e mais fortes, comparável ao atual MALAMUTE.

    Nas corridas de trenó, um comerciante de peles siberiano apareceu com seus cães magros. Se chamavam “Husky“, naquela época um palavrão para os esquimós. Mas esses cães venceram corrida após corrida. O explorador polar Roald Amundsen reparou neles. O norueguês Leonard Seppala começou a reproduzi-los. Sua descoberta veio em 1925 quando uma epidemia de difteria estourou na remota cidade de Nome no meio do inverno polar. Na neve extremamente pesada, não havia como passar. Adultos e crianças morreram. Tão corajoso mushers sob a liderança de Seppala, eles decidiram trazer o soro salivar para mais de 1000 quilômetros com seus trenós de huskies. Eles deram tudo de si e as pessoas foram salvas. Um monumento foi erguido no Central Park de Nova York em honra de Husky. Ainda hoje o “Grande corrida de trenó Iditarod” ainda é comemorado todos os anos em Nome.

    O Siberian começou sua procissão triunfal com o povo dos cães de trenó. Ele se beneficiou do fato de que mushers eles queriam cães rápidos para curtas distâncias, Enquanto o inuit dependia de resistência e longas distâncias. Existem muitas raças de cães de trenó que variam de acordo com a necessidade, como o Husky de Alaska. Mas apenas o Husky siberiano é reconhecida como uma raça de cachorro.

    Em 1932 o padrão que o define como um cão de trenó de trabalho foi aprovado de acordo com o “forma para função”. Nos Estados Unidos., criadores começaram por aí 1970 para criar um Husky Para o público em geral. Duas linhas foram desenvolvidas, o Showdog e o Husky siberiano empregado.

    Mixagens populares

    Misturas com Huskies siberianos eles não são raros. Mas, devido à natureza altamente especializada desse cão de trenó, ele é freqüentemente problemático.. Portanto, não é incomum que cães nervosos surjam, que também pode morder.

    Características físicas

    Como é um “Husky siberiano”?

    O Husky siberiano, chamada Husky Para abreviar, é uma das raças de cães mais originais. Tem uma aparência inconfundível. A Husky incorpora a vida selvagem, ele imediatamente se lembra de seu pai, o lobo. Na verdade, é uma das raças de cães mais relacionadas geneticamente com o lobo. E isto, mesmo que ele trabalhe como um cão de trenó há mais 10.000 anos e não houve nenhum cruzamento significativo com lobos desde então, como mostrado por investigações genéticas de 2020. O padrão oficial da FCI ainda define o Husky siberiano como:

    Cão de trabalho de tamanho médio, rápido, pés leves… extremamente capaz de realizar sua tarefa original como um cão de trenó e puxar cargas leves em velocidade moderada em longas distâncias.

    Todas as cores do preto ao branco são permitidas. Característica é a estrutura de sua pelagem com um subpelo muito denso e uma pelagem superior semelhante a uma pele. Como um todo., o Husky lembra a aparência de um lobo, tez e às vezes em seu casaco.

    A Husky move-se com pés leves. Seu andar é inconfundível. É um prazer especial ver sua elegância e poder no espaço enquanto corre. No entanto, apenas uma lenda diz que um olho roxo pertence ao Husky. Embora seja permitido pela regra, ainda um defeito genético. Inuit evitaram olhos azuis, porque eles reduzem sua visão no sol polar.

    Quão grande é um “Husky siberiano”?

    A altura na cernelha está entre 50 e 60 cm com um peso entre 20 e 28 kg.

    Características e traços

    O Husky é um cão de trabalho altamente especializado. Correr é a paixão dele, especialmente puxando trenós. Se você está interessado em um Husky, você deve visitar as corridas de cães de trenó no inverno. É profundamente impressionante e fascinante. Você pode sentir a extrema tensão dos cães muito mais cedo. Quando você vai para a saída, dificilmente há uma parada. Como em uma explosão, esta tensão se dissolve na rápida aceleração do trenó, que pode ser arrastado por dezenas de quilômetros em um trecho. O Husky siberiano adora este trabalho e também precisa dele. Este é um desafio para sua postura.

    O Husky é um cachorro moderno e arcaico. Em seu personagem há muita vida de lobo, embora – puramente falando geneticamente – não é mais intimamente relacionado a ele do que outros cães. O huskies eles são silenciosos, mas excelentes observadores e podem, por exemplo, roube um pedaço de linguiça do seu prato em um instante e com grande precisão. Eles não fazem muito barulho sobre suas ações. No máximo, antes de uma excursão comum, seu temperamento passa por eles. O huskies eles são excelentes caçadores. Com seus humanos, eles são amigáveis ​​e gentis. O Husky ele não é um cão de guarda, mas está disposto a defender sua família de forma eficaz.

    Cuidados, saúde e doenças

    Quanto cuidado um “Husky siberiano”?

    O Husky siberiano precisa de cuidados regulares, pelo menos semanalmente. Mudanças de casaco, duas vezes ao ano, eles são particularmente intensos. Então sua casa, seu carro e suas roupas estarão cheios de seus longos cabelos, mesmo se você escovar diariamente.

    Doenças típicas da raça

    O Husky siberiano é uma raça muito saudável, desde que não seja criada em condições extremas. Um extremo são os huskies de corrida, que são otimizados apenas para o sucesso esportivo de mushers. Aqui vemos muitas deformações da marcha, balanço térmico, todo o sistema cardiovascular e até mesmo a psique. Parcialmente ruim em ambas as direções, o que é feito desses cães primitivos extremamente robustos hoje.

    Qual comida é melhor para um “Husky siberiano”?

    O Husky siberiano costuma ser um comedor muito exigente. É por isso que sua dieta costuma ser exigente. É claro, isso sempre depende um pouco de cada cachorro. O mushers eles têm receitas secretas com guloseimas para fornecer aos cães energia suficiente antes das corridas.

    Atividades

    Quanto exercício faz o nosso “Husky siberiano”?

    O Husky siberiano Hoje é dividido em dois tipos, conforme descrito. Ambos, No entanto, o Husky
    autêntico ainda vivo. O huskies eles querem correr. Isso não significa apenas uma longa caminhada pela natureza. Você pode sentir a essência de um Husky quando você experimenta isso em corridas de cães de trenó. Você só pode segurar um Husky siberiano de uma forma apropriada para a espécie, se você pratica um esporte de trenó ou suas variantes para treinar sem neve. Caso contrário, você tem que dar a ele muita atividade, Todos os dias.

    Considerações antes da compra

    Onde você pode comprar um “Husky siberiano”?

    Se você está interessado em um Husky siberiano, A primeira coisa que você deve fazer é verificar se você deseja e pode passar pelo menos os próximos dez anos de uma vida esportiva comum com esses cães. Então você deve procurar um criador local de confiança, ou em um abrigo de animais.

    Educação e manutenção

    Preciso de um “Husky siberiano”?

    O Husky siberiano um cão não é para principiantes. Você exige muito da sua atitude, decorrente do seu destino como um cão de trenó. Todas as nossas rotinas devem ser adaptadas às suas necessidades. Isso se aplica especialmente a cães de linha de trabalho. No caso de filas para cães de família, esses requisitos são válidos apenas até certo ponto. Aqui às vezes você pode até ver diretamente cães acostumados a viver em um apartamento. Mas eles ainda são huskies?

    O verdadeiro Husky siberiano precisa do desafio na frente do trenó física e mentalmente. Existem muitas possibilidades aqui, mesmo sem neve. Vemos uma espécie de trenó sobre rodas como um triciclo ou um carro de treinamento com quatro pneus. Canicross é o nome da disciplina em que huskies eles puxam um corredor pelo cinto de segurança. Em bikejöring eles puxam uma mountain bike, em scooterjöring de uma scooter especial, em esquiar de um esquiador. Este tipo de esporte canino tem algo muito especial. Ele permite que você experimente uma profunda unidade entre o homem-cão e a natureza de uma forma que seria quase impossível de outra forma..

    Passeio com um trenó de Huskies através de uma paisagem de neve no inverno é uma das maiores experiências de todas. Claro que também é bom para sua saúde.

    O sucesso esportivo nunca deve ser buscado às custas dos cães. O Husky siberiano não é um cachorro para um apartamento. O ideal seria uma casa com jardim. O Husky é uma das poucas raças de cães que pode ser mantida em um canil com vários cães. Ele gosta de dormir ao ar livre e enrola a cabeça sob o rabo durante a nevasca mais forte e desfruta de paz e sossego. O Jardim, para onde Huskies eles gostam de ficar, não deve ser considerado como um jardim ornamental.

    O Husky siberiano pode ser bem treinado por um dono de cachorro experiente. Ele é aberto e honesto e gosta de trabalhar ao lado de seu mestre ou cuidador, embora seu “vontade de agradar” ser limitado. Não é um parceiro para qualquer tipo de truques. Somente quando se trata de puxar um trenó você está com todos os seus sentidos e toda a sua vontade para fazê-lo. Aprenda rapidamente a seguir as ordens do musher. No contato diário, ele é frugal e sem problemas. Deve ser usado para outros animais de estimação, especialmente gatos ou coelhos, do cachorro, caso contrário, ele os vê como presas.

    Classificações do "Husky siberiano"

    Coexistência é importante que você tem com seu novo amigo. Plantearte antes de adquirir uma raça de cão "Husky siberiano" você sabe alguns fatores. Nem todas as raças de cães são capazes de viver em um apartamento, Você deve levar em conta a sua qualidade, sua necessidade de exercício, sua interação com outros animais de estimação, seu cuidado e se você tiver crianças pequenas, o seu nível de tolerância para com eles.

    Adaptação ⓘ

    Avaliado 5 fora de 5
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Ⓘ Cão amigável

    Avaliado 5 fora de 5
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    A perda de cabelo ⓘ

    Avaliado 5 fora de 5
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Nível de afeto ⓘ

    Avaliado 5 fora de 5
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Necessidade de exercício ⓘ

    Avaliado 4 fora de 5
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Necessidade social ⓘ

    Avaliado 3 fora de 5
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Casa ⓘ

    Avaliado 2 fora de 5
    2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Sanita ⓘ

    Avaliado 2 fora de 5
    2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Amigável com estranhos ⓘ

    Avaliado 3 fora de 5
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Cascas ⓘ

    Avaliado 4 fora de 5
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Saúde ⓘ

    Avaliado 3 fora de 5
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    ⓘ Territorial

    Avaliado 1 fora de 5
    1 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Amigável com gatos ⓘ

    Avaliado 1 fora de 5
    1 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Inteligência ⓘ

    Avaliado 5 fora de 5
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Versatilidade ⓘ

    Avaliado 1 fora de 5
    1 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Crianças amigável ⓘ

    Avaliado 5 fora de 5
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Vigilância ⓘ

    Avaliado 4 fora de 5
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Alegria ⓘ

    Avaliado 1 fora de 5
    1 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Imagens do "Husky siberiano"

    Fotos:

    1 – Um Husky Siberiano preto e branco com olhos azuis Pamela Carls, usuária do Flickr (IrisDragon) / CC BY-SA
    2 – Siberian Huskies por Golfinho / CC BY-SA
    3 – A “Sable”-Husky siberiano colorido por Foto original tirada pelo usuário do Flickr Sue e Marty. Editado pelo usuário:Faraó Hound / CC BY-SA
    4 – Husky Siberiano em Mont-Tremblant, Canadá por Ellie Lord ellie_lord / CC0
    5 – Husky siberiano fêmea de cinco anos chamado Luna por Biowk / CC BY-SA
    6 – Uma cabeça de Husky Siberiano de 3 meses de MrPanyGoff / CC BY-SA

    Vídeos do "Husky siberiano"

    • CLASSIFICAÇÃO FCI:
    • Grupo 5: – Cães de tipo spitz e de tipo primitivo.
    • Seção 1: – nórdicos de trenó. Sem prova de trabalho.
  • Federações:
    • FCI – Grupo 5 – Seção 1 Cães Nórdicos de Trenó.
    • AKC – Cães Nórdicos de Trenó
    • ANKC – Cães Nórdicos de Trenó
    • CKC – Cães Nórdicos de Trenó
    • KC – Cães Nórdicos de Trenó
    • NZKC – Cães Nórdicos de Trenó
    • UKC – Cães Nórdicos de Trenó

    Padrão da raça FCI "Husky siberiano"

    ”Standard.
    ” abrir =”não” estilo =”padrão” ícone =”mais” âncora =”” classe =””]TRADUCCÍON: Federação Mexicana de Canófila, A.C..

    ORIGEM: Estados Unidos da América.

    FECTENHA PUBLICAÇÃO DO PADRÃO OFICIAL

    LFOI: 02.02.1995.

    UTILIZAÇÃO: Cão trabalhador para puxar trenós.

    CLASAPLICAÇÃO FCI: Grupo 5 Cães tipo Spitz e tipo primitivo.

    Seção 1 Cães de trenó nórdicos. Sem prova de trabalho.

    APARSEGURO GERAL: O “Husky siberiano” é um cão de trabalho de tamanho médio, rápido e leve. Seu movimento é livre e gracioso. Seu corpo é moderadamente compacto e bem coberto de pelos, orelhas eretas e cauda espessa com pelos escovados sugerem sua herança nórdica. Sua marcha característica é suave e aparentemente sem esforço. Ele desempenha seu papel original de cão, puxando da maneira mais capaz, carregando uma carga leve em velocidade moderada em longas distâncias. As proporções e a forma de seu corpo refletem seu equilíbrio básico de poder, velocidade e resistência. Os machos da raça “Husky siberiano” eles são homens, pero nunca toscos; as fêmeas são fêmeas, mas sem apresentar fraqueza em sua estrutura. Em boa saúde, com músculos firmes e bem desenvolvidos, o “Husky siberiano” não deve estar acima do peso.

    PROPORÇÕES IMPORTANTES:

    • No perfil, o comprimento do corpo da ponta do ombro até a ponta das nádegas é ligeiramente maior do que a altura do corpo do chão à cernelha.
    • A distância da ponta do nariz ao stop é igual à distância do stop ao osso occipital.

    TODESEMPENHO E DESEMPENHO: O temperamento característico de “Husky siberiano” ele é amigável e gentil, mas também alerta e extrovertido. Não manifesta as qualidades possessivas do cão de guarda, nem suspeita abertamente de estranhos ou é agressivo com outros cães. Uma certa reserva e dignidade é esperada no cão adulto. Sua inteligência, docilidade e disposição para o prazer fazem deste cão um companheiro agradável e um trabalhador sempre disposto.

    CABEZA

    GIOhN CRANIANA:

    • Cenfurecido: De tamanho médio e proporcional ao corpo; ligeiramente arredondado na parte superior e gradualmente afinando de seu ponto mais largo em direção aos olhos.
    • Ddepressão naso-frontal (Stop): Bem definido.

    GIOhN FACIAL:

    • Trufa: Preto em cachorros cinza, leonados ou preto; cor de fígado em cães acobreados; pode ser da cor da pele em cães totalmente brancos. 'Nariz de neve' listrado de rosa é aceitável.
    • Hocico: Médio longo. O focinho é de largura média, emagrecimento gradualmente para a trufa; a ponta não é pontiaguda ou quadrada. A ponte nasal é reta do stop à ponta.
    • Labios: Bem pigmentado e firme.
    • Mandíbulas / Dentes: Eles se fecham em uma mordida de tesoura.
    • Ojos: Macaroons, moderadamente espalhado e muito ligeiramente oblíquo. A cor dos olhos pode ser castanha ou azul; dois olhos de cores diferentes ou um olho heterocromo são aceitáveis. Expressão vivaz, mas gentil, interessado e até safado.
    • Obares: De tamanho médio e formato triangular, colocados muito próximos um do outro, colocado alto na cabeça. São grossos, bem coberto com cabelo, ligeiramente arqueado nas costas e intensamente ereto, com pontas ligeiramente arredondadas, que são direcionados diretamente para cima.

    COMELLO: Médio longo, curvado e portado orgulhosamente em pé quando o cão está de pé. Durante o movimento de jogging, Estende-se do pescoço para que a cabeça é ligeiramente transitada.

    COMERPO:

    • Espalda: Reto e forte, com uma linha superior nivelada da cernelha à garupa. É de comprimento médio, nem relativamente curto como um cão sabugo, nem elástico devido ao comprimento excessivo.
    • Ele(m)o: É apertado e fino, mais estreito do que a caixa torácica e ligeiramente levantado.
    • Gsemelhança: É inclinado em relação à coluna, mas nunca tão inclinado a restringir o impulso posterior dos membros posteriores.
    • Peco: Profundo e forte, mas não muito largo; seu ponto mais profundo está logo atrás e no nível do cotovelo. As costelas são bem arqueadas na coluna, mas achatado nas laterais para permitir maior liberdade de movimento.

    COLA: A cauda, que está bem coberto com cabelo, em forma de escova de raposa; é inserido logo abaixo do nível da linha superior e geralmente é, quando o cachorro está atento, É carregado nas costas em forma de foice curva. Quando é carregado, cauda não enrola para nenhum dos lados do corpo, nem fica deitado de costas. É normal usá-lo pendurado quando o cão está em repouso. O cabelo que cobre a cauda é de comprimento médio e aproximadamente do mesmo comprimento na parte superior e inferior e nas laterais, dando a impressão de uma escova redonda.

    EXTREMIDADES

    • MEMBROS ANTERIORES: Quando o cachorro está de pé e é visto de frente, membros são moderadamente separados, paralelo e reto. Os ossos são substanciais, mas nunca pesados. O comprimento do membro do cotovelo ao solo é ligeiramente maior do que a distância do cotovelo à ponta da cernelha.. Os carneiros das patas dianteiras podem ser extirpados.
    • Ho(m)brios e braços: Escápula bem colocada para trás. O braço é ligeiramente oblíquo para trás da ponta do ombro ao cotovelo e nunca é perpendicular ao solo. Os músculos e ligamentos que têm os ombros presos às costelas são firmes e bem desenvolvidos.
    • Cotovelos: Perto do corpo e sem desvios para fora ou para dentro.
    • Aarticulação do carpo: Strong, mas flexível. Metacarpo: Vistos de lado, eles são ligeiramente inclinados.
    • MEMBROS POSTERIORES: Quando o cachorro está de pé e é visto por trás, os membros posteriores são moderadamente separados e paralelos. Se houver esporas, deve ser removido. Coxa: Bem musculoso e poderoso.
    • Cajadoemll-: Bem angulado.
    • Aarticulação tíbio-tarso: Bem definido e colocado perto do chão.

    PIÉ: Oval, sem ser longo. São médias, compacto e bem coberto com pelos entre os dedos e as almofadas. Os últimos são duros e bem acolchoados. Quando o cão adota a postura natural, os pés não mostram deflexão para fora ou para dentro.

    MOVIMENTO: O movimento característico do “Husky siberiano” é suave e aparentemente sem esforço. Ele é rápido e leve em seus pés e está no chão da exposição com um guia solto, mostra um trote moderadamente rápido, mostrando assim um bom alcance nos membros anteriores e boa dinâmica nos membros posteriores. Visto de frente para trás enquanto caminha, o “Husky siberiano” não mostra uma única pegada, mas conforme a velocidade aumenta, os membros são gradualmente inclinados para dentro até que as almofadas sejam posicionadas em uma linha diretamente abaixo do centro longitudinal do corpo. Conforme as pegadas das almofadas convergem, os membros anteriores e posteriores são realizados em linha reta, sem os cotovelos ou as articulações fêmoro-tíbio-patelares desviando para dentro ou para fora.

    Cada membro posterior se move na mesma altura do passo do membro anterior correspondente do mesmo lado. Enquanto o cachorro está em movimento, a linha superior permanece firme e nivelada.

    MANTO

    Pelo: A pelagem do “Husky siberiano” É duplo e de comprimento médio, dando a aparência de ser espesso, mas nunca a ponto de cobrir as linhas externas bem definidas do cão. O subpêlo é macio, denso e longo o suficiente para suportar a camada externa. Os pêlos da pelagem externa são retos e ligeiramente colados ao corpo; eles nunca são ásperos ou separados do corpo. Deve-se notar que a ausência de subpêlo durante a muda é normal. Pêlos do bigode e entre os dedos dos pés e ao redor dos pés podem ser aparados para uma aparência mais limpa. Aparar o cabelo em qualquer outra região do corpo é imperdoável e deve ser severamente penalizado.

    Color: Todas as cores do preto ao branco puro são permitidas. Uma variedade de marcações na cabeça são comuns, incluindo muitos padrões marcantes não encontrados em outras raças.

    TAMÃO E PESO:

    Alturpara a cruz:

    Machos: 21 - 23,5 polegadas até a cernelha (53,5 – 60 cm),

    Fêmeas: 20 - 22 polegadas até a cernelha (50,5 – 56 cm).

    Pisso:

    Machos: 45 - 60 libras inglesas (20,5 – 28 kg),

    Fêmeas: 35 - 50 libras inglesas (15,5 – 23 kg).

    O peso é proporcional à altura. As medidas mencionadas acima representam os limites extremos de tamanho e peso, sem dar preferência a nenhum dos extremos. Qualquer aparência de esqueleto ou peso excessivo deve ser penalizado.

    Resumen: As características raciais mais importantes do “Husky siberiano” seu tamanho é médio, esqueleto moderado, proporções bem equilibradas, movimento livre e fácil, casaco apropriado, bela cabeça e orelhas, cauda correta e boa natureza. Qualquer excesso de peso, ossos ásperos, movimento contraído ou pesado ou uma pelagem longa ou áspera deve ser penalizada. O “Husky siberiano” nunca parece tão pesado e bruto a ponto de sugerir que é um poderoso animal de carga, nem é tão leve e frágil a ponto de sugerir que é um animal de corrida curta. Em ambos os sexos, o “Husky siberiano” tem a aparência de grande capacidade e força. Além das faltas já mencionadas, as óbvias falhas estruturais comuns a todas as raças são indesejáveis ​​no “Husky siberiano” como em qualquer outra corrida, embora não sejam especificamente mencionados neste padrão.

    FALTAS: Qualquer desvio dos critérios acima é considerado faltando e a gravidade é considerada o grau de desvio do padrão e seu impacto sobre a saúde e o bem-estar do cão.

    • Cabeça pesada ou áspera; cabeça fina muito cinzelada
    • Parada insuficiente
    • Focinho muito pontudo ou muito grosso; focinho muito curto ou muito longo.
    • Qualquer mordida que não seja tesoura
    • Olhos muito oblíquos ou muito próximos
    • Orelhas muito grandes em relação à cabeça; muito distintas; não ereto o suficiente
    • Pescoço muito curto e grosso; pescoço muito longo.
    • Dorso fraco ou elástico; costas convexas; inclinação da linha superior
    • Tórax muito largo, costelas, costelas muito planas ou fracas
    • Cauda dobrada ou fortemente enrolada; cauda com muitas penas; cauda de inserção muito alta ou muito baixa
    • Ombros retos; ombros soltos
    • Metacarpos fracos; ossos muito pesados; membros muito estreitos ou muito distantes na frente; cotovelos virados para fora
    • Joelho reto, jarretes de vaca, visto de trás muito estreito ou muito distante
    • Dedos flexíveis ou comprimidos; pés muito grandes e pesados; pés muito pequenos e delicados; dedos desviados para fora ou para dentro
    • Passo curto, elástico, pulando, movimento pesado ou instável; cruzado ou como um caranguejo.
    • Casaco comprido, áspero o hirsuto; textura muito áspera ou muito sedosa; corte de cabelo, exceto onde permitido

    FALTAS DESQUALIFICANDO:

    • Agressividade ou extrema timidez.
    • Qualquer cão mostrando sinais comportamentais ou anormalidades físicas claras será desclassificado.
    • Homens mais velhos que 60 cm (23,5 polegadas) e mulheres mais 56 cm (22 polegadas).

    N.B.:

    • Machos devem apresentar dois testículos de aparência normais, bem desenvolvidos e acomodados a bolsa escrotal.
    • Apenas cães funcional e clinicamente saudáveis, com a conformação típica da raça, deve ser usado para parentalidade.

    Nomes alternativos:

      1. Chukcha, Husky, Sibe (Inglês).
      2. Husky sibérien, Husky (Francês).
      3. Husky (Alemão).
      4. Husky (Português).
      5. Siberian husky, Husky siberiano, Chukcha, Shusha, Keshia, Siberiano (español).

    Cão-esquimó-canadense
    Canadá FCI 211 . Cães Nórdicos de Trenó

    Esquimal Canadiense

    O cão Cão-esquimó-canadense é um cachorro de trenó, o norte do Canadá natural. Este é possivelmente um dos cães mais tolerantes a frios.

    Conteúdo

    História

    O Cão-esquimó-canadense é uma raça de cão ártica, muitas vezes considerado o mais antigo da América do Norte e do pedigree mais raro cães indígena doméstica.

    O Cão-esquimó-canadense é um cachorro de trenó, o norte do Canadá natural. Este é possivelmente um dos cães mais tolerantes a frios. Ele é altamente resistente a tais como cão de trenó em carga de Inverno e verão; Ele consegue carregar muito peso em longas distâncias a uma velocidade considerável. Esta tem sido uma das razões, que foi usado na exploração Árctico e Antárctico. No presente é um dos cães favoritos em corridas de trenó.

    Por um longo tempo., eles eram o método preferencial de transporte do Inuit no Ártico do Canadá, as equipes tradicionais cão de trabalho tornou-se cada vez mais incomuns no norte, Desde a década de 1960, apareceu os snowmobiles, Tornou-se cada vez mais popular, como você é rápido e eficiente. Hoje muitas pessoas no norte e no Nunavutmiut (Inuit viviam em Nunavut) Eles preferem usar para o Do Alasca Husky, eles são menos resistentes mas mais rapidamente. Isso está levando ao Cão-esquimó-canadense, diminuir as chances de sobrevivência, e cada vez menos...

    Características físicas

    O Cão-esquimó-canadense, tem as orelhas pequenas, triangular, colocados alto da cabeça e bem separados. Ele mantém paragens. O manto exterior do manto interior muito tempo médio e denso. Todas as cores e combinações são permitidas. A cauda tem cabelos longos e mantém na parte de trás. A altura do sexo masculino é de 58 - 70 cm. A medida de fêmeas de 50 - 60 cm. O peso de 30 - 40 Kg. nos machos. As fêmeas pesar 18 - 30 Kg.

    Caráter e habilidades

    Esta é uma raça de trabalho tem qualidades extraordinárias para sobreviver e adaptar-se lugares extremos, mais do que qualquer cão. É silencioso, curioso, No entanto, Uma vez inserem os instintos de sobrevivência em ação, os instintos que têm-lo ajudado adaptarem para o ambiente e condições onde seus antepassados viveram por mil, talvez demais para um cão de casa.

    Tendo em conta que é um cão que historicamente, Ele tem sido usado para trabalhar em embalagens (trenós), Não podemos esquecer que a ordem do comando, o papel de chefe, é muito forte. Y, necessidade de educar-lhe o que de cachorro, mostrar-lhe que tem patrão, fortemente, amor e paciência.

    Tipo e reconhecimentos:

    • CLASSIFICAÇÃO FCI: 211
    • Grupo 5: – Cães de tipo spitz e de tipo primitivo.
    • Seção 1: – nórdicos de trenó. Sem prova de trabalho.
  • Federações:
    • FCI – Grupo 5 – Seção 1 Cães Nórdicos de Trenó.
    • CKC – Cães Nórdicos de Trenó

    Padrão da raça FCI "Cão-esquimó-canadense"

    Origem: Canadá
    Grupo: Grupo 5 : Cães de tipo spitz e de tipo primitivo
    Seção: Seção 1 : Cães Nórdicos de Trenó
    Teste de trabalho: Sem prova de trabalho
    Data de reconhecimento definitivo pela FCI: Quinta feira 25 Junho de 1959
    Data de publicação da norma oficial válida: Quarta feira 28 Fevereiro 2018

    Utilização

    Durante séculos, Esta raça era usada como animal de tração e era capaz de puxar entre 45 e 80 kg. por cachorro, cobrindo distâncias de 15 - 70 milhas por dia. Também foi usado como um cão de caça para localizar orifícios de respiração de focas para caçadores Inuit. Como um cão de caça, também atacaria e afastaria o boi almiscarado e o urso polar para os caçadores inuits. No verão, o cachorro foi usado como um cão de carga 15 kg.

    Breve resumo histórico

    A raça tem uma história de 1100 - 2000 anos de interdependência com a cultura Inuit Thule (esquimó) O que, seguindo a cultura de Dorset, ocupou a área costeira e o arquipélago do que hoje é o Ártico canadense. Embora dentro da família de cães spitz, a origem do cão esquimó canadense foi perdida na pré-história Inuit, que inclui a migração da raça mongol do continente asiático para a América do Norte. A cepa existente do cachorro esquimó canadense se originou de gado criado principalmente pela Huskies Research Foundation nos Territórios do Noroeste.. O trabalho da fundação durante um período de seis anos foi financiado principalmente pelos governos do Canadá e dos Territórios do Noroeste e envolveu a compra de espécimes da população remanescente de cães mantidos pelos Inuit da Península de Boothia., Península de Melville e partes da Ilha Baffin. O Cão-esquimó-canadense, como cachorro primitivo, é principalmente uma raça carnívora, cuja dieta natural consiste em foca, vício, peixe ou caribu.

    Aspecto geral

    O Cão-esquimó-canadense é um cão de tamanho moderado, construção poderosa, com pescoço e peito grossos e pernas de comprimento médio. Típico da família de cães Spitz, tem uma cabeça em forma de cunha com orelhas altas e grossas. Os olhos são colocados obliquamente, dando uma aparência séria. O cão tem uma cauda espessa levantada ou enrolada nas costas. Quase a mesma altura nos quadris e na cernelha, médio a grande e musculoso, o cão exibe um físico majestoso e poderoso que dá a impressão de que não foi feito para a velocidade, mas para o trabalho árduo. Acima de tudo, o corpo deve ser musculoso e não gordo. As mulheres terão um corpo menor e menos musculoso do que os homens. Durante o inverno, o corpo é coberto por uma camada externa de cabelo reto ou ereto; embaixo está uma densa camada de baixa voltagem que permite ao animal suportar facilmente os rigores das altas latitudes. Um crescimento semelhante a uma juba de cabelo mais longo aparecerá no pescoço e ombro em espécimes masculinos. Toda a conformação do cão esquimó canadense deve ser forte, potência e resistência equilibradas com agilidade, vigilância e audácia. A fêmea da raça normalmente terá uma pelagem mais curta que o macho e sempre será significativamente menor que o macho.. Como jovens cadelas, será mais desossado, entre outras coisas., com uma cabeça mais estreita que tende a produzir um rosto mais amigável do que com os homens. Tanto os machos quanto as fêmeas da raça são conhecidos por terem uma taxa de crescimento rápida atingindo o tamanho de trabalho em torno de sete meses. No entanto, o processo de maturação se estende até pelo menos três anos de idade, dando a eles uma aparência muito majestosa. Os filhotes costumam ser descritos como adultos em miniatura, com orelhas eretas e cauda encaracolada em idades jovens entre três e cinco semanas. Pode haver períodos ocasionais durante os estágios de crescimento da adolescência, quando as orelhas podem não estar totalmente eretas, mas é importante notar que as orelhas do Cão-esquimó-canadense não têm o mesmo crescimento ereto gradual por volta dos quatro meses de idade, como visto em algumas outras raças.

    proporções importantes

    A largura da testa entre as orelhas dos machos deve ser 5 - 6 polegadas (13 - 15 cm). Em fêmeas, a distância será 4-1 / 2 – 5-1 / 2 polegadas (11-14 cm).

    temperamento / comportamento

    O temperamento do Cão-esquimó-canadense deve refletir a raça resistente e trabalhadora que é. Não deve ser visto como um animal doméstico, mas como um cão primitivo originalmente domesticado pelos Inuit para tarefas específicas em um ambiente ártico. Em geral, cão esquimó canadense maduro é gentil e afetuoso com o cara comum, curtindo a atenção. Mesmo com estranhos, os cães raramente estão distantes. De um modo geral, exibir uma amizade bastante calma e curiosidade inofensiva ou ficar completamente distante. O cão é muito orientado para a matilha e, se criado como um grupo, os papéis dominantes e subordinados serão desempenhados sob a liderança de um cão totalmente dominante ou chefe. O comportamento dentro de um grupo ou rebanho é geralmente bem estruturado e controlado, mas não é incomum ver cicatrizes de batalha ou orelhas rasgadas em cães originários de áreas de reprodução onde os cães são criados em grupos ou matilhas. Comparado com as raças domésticas modernas, o Cão-esquimó-canadense tem uma resposta quase excessiva a qualquer estímulo, qualquer comida, trabalho, defesa ou jogo. Por esta razão, o cão deve ser um companheiro de adultos e não deve ser considerado animal de estimação de uma criança.

    Cabeça

    Região craneal

    Crânio

    Maciço, mas bem proporcionado, sendo largo e em forma de cunha. Embora seja frequentemente descrito como uma espécie de lobo, a cabeça do cão esquimó canadense tem a testa mais alta. As fêmeas imaturas terão um crânio muito mais estreito que o do macho.

    Região facial

    • Trufa: A pigmentação do nariz varia de preto a marrom claro (especialmente em cães de cor mais clara com vermelho, creme ou canela no corpo). Narizes de borboleta, às vezes eles apareciam com um nariz castanho claro.
    • Focinho: Cônico e comprimento médio.
    • Belfos: Preto ou marrom com rosa.
    • Mandíbulas / Dentes: As mandíbulas são pesadas e poderosas e têm dentes grandes com caninos bem desenvolvidos. Os incisivos se encontram em uma mordedura em tesoura.
    • Olhos: Em geral, olhos escuros, mas avelã ou amarelos aparecerão na raça. São pequenos, amplamente espaçados e colocados obliquamente na cabeça, que tende a parecer muito mais selvagem e enganador do que o cachorro merece.
    • Orelhas: Curto, grosso com pontas ligeiramente arredondadas. Eles são carregados eretos, eles se viram para frente e se cobrem com cabelos curtos densos.

    Pescoço

    Curta, reta, grosso e muito musculoso.

    Corpo

    • Generalidade: Quase a mesma altura nos quadris e na cernelha.
    • Voltar: A espinha quando sentida através do corpo do cabelo é bem pronunciada.
    • Lombo de porco: Bem desenvolvido.
    • No peito: Profundo, largo e bem musculoso.
    • Linha inferior: Há muito pouca curva para o flanco Há muito pouca curva para o flanco.

    Cola

    Grande e espesso e geralmente portado para cima ou enrolado nas costas. As cadelas maduras às vezes podem baixar o rabo.

    Extremidades

    Membros anteriores

    • Ombro: Ampla, obliquamente equipado com musculatura moderada.
    • Antebraço: Em linha reta, mas pode parecer inclinado, devido ao músculo tríceps bem desenvolvido que se encontra acima e atrás do cotovelo e o músculo pronunciado no antebraço.
    • Pés dianteiros: Grande, quase redondo, bem curvado, com almofadas grossas que estão bem organizadas entre eles; No entanto, sob condições de inverno extremamente frias, este pelo vai crescer muito para cobrir a parte inferior das almofadas.

    Membros posteriores

    • Generalidade: Os quadris podem parecer tão pronunciados e ossudos quanto a coluna, e eles têm aproximadamente a mesma altura da cernelha.
    • Coxa: As pernas são muito musculosas e a largura da coxa vai bem na direção do jarrete.
    • Joelho: Bem dobrado.
    • Jarrete: De trás, as pernas ficarão retas com os jarretes virando para dentro e para fora.
    • Pés traseiros: Semelhante em design para a frente, mas um pouco mais longo.

    Movimento

    A marcha de trabalho deste cão é um trote poderoso e enérgico com as patas traseiras movendo-se em linha com as patas dianteiras no movimento de força, mas mostrando alguma abdução durante o movimento de avanço da passada. Isso pode ser especialmente pronunciado em cães machos adultos com muitos quilômetros de arreios.. Esta marcha pode parecer desconfortável para o olho destreinado., mas é o resultado de uma postura ampla causada por coxas bem desenvolvidas. Esta marcha em particular é eficiente e bem equilibrada para puxar duro dia após dia.. O movimento do cão não deve aparecer de forma alguma como um movimento brusco ou de remo. As fêmeas são muito mais rápidas e livres nos movimentos do que os machos mais pesados ​​e são capazes de quebrar o passo natural do trote e correr ou galopar por distâncias muito maiores do que os machos..

    Pele

    Deve parecer espesso e resistente.

    Manto

    Cabelo: Sujeito a uma muda anual, geralmente em agosto ou setembro, a pelagem é espessa e densa e os pelos da guarda são duros e rígidos. Esta camada externa irá variar de 3-6 polegadas (7-15 cm) comprimento. Nos homens, ocorrerá em um crescimento semelhante a uma juba no ombro e pescoço, o que faz com que o macho pareça muito maior em tamanho e mais alto na cernelha do que realmente é. A camada interna é muito densa para fornecer excelente proteção durante as condições mais extremas de inverno. Durante a muda, esta condição vai se soltar em aglomerados ao longo de alguns dias. As fêmeas geralmente terão uma pelagem mais curta, em parte devido à queda adicional que ocorrerá após o nascimento dos filhotes..

    Cor

    Nenhuma cor ou padrão de cor deve dominar a raça com a cor do cão esquimó canadense e padrões de cores variando de:

    • (-) Um corpo completamente branco com pigmentação ao redor dos olhos, nariz e lábios (por exemplo, não albino).
    • (b) Corpo branco com apenas a menor quantidade de vermelho, Bege (incluindo tons de canela), cinza ou preto ao redor das orelhas ou olhos.
    • (c) Corpos brancos com cabeças vermelhas, polido, canela, marcas cinza ou pretas ao redor das orelhas e olhos ou toda a cabeça e uma pequena mancha ocasional da mesma cor no corpo, geralmente ao redor do quadril ou flanco.
    • (d) Vermelho e branco, ou creme e branco, ou castanho e branco ou preto e branco com uma distribuição de aproximadamente 50/50 das duas cores, em várias partes do corpo.
    • (e) Corpo vermelho ou macio ou bronzeado com branco no peito e / o pernas e parte inferior do corpo.
    • (f) Corpo de sabre ou preto ou cinza escuro com branco no peito e / ou pernas e parte inferior do corpo que ocasionalmente se estendem ao redor do pescoço na forma de um colar.
    • ((g)) Corpo cinza prateado ou branco acinzentado.
    • (h) Polido para marrom com pelos pretos.

    Muito comum para cães com cor sólida na maior parte da cabeça é uma máscara de cor branca ao redor dos olhos e / ou focinho com ou sem manchas brancas nos olhos. Muito raramente, as manchas sobre os olhos, bem como as marcas nas bochechas, será de cor amarela, que adicionará uma terceira cor a um animal que normalmente tem duas cores.

    Tamanho e peso

    • Altura à Cruz: Machos: 58-70 cm, fêmeas: 50-60 cm.
    • Peso: Machos: 30-40 kg, fêmeas: 18-30 kg.

    Falhas

    Qualquer desvio dos critérios acima mencionados é considerado como falta, e a gravidade disso é considerado o grau de desvio do padrão e suas consequências na saúde e bem-estar do cão e na habilidade do cão em realizar sua tarefa tradicional.

    Falhas

    • Cabeça: focinho quadrado ou lábios soltos, olhos redondos ou salientes.
    • Pescoço: Comprido e fino.
    • Corpo: Peito estreito, principalmente falta de músculos, excesso de gordura, inclinado para trás, aspereza ou falta de ossos mais finos em cadelas.
    • Pernas: fina, carne bem desossada ou definida.
    • Pés: plano ou aberto.
    • Abrigo: Curta, fora de linha.

    Faltas desqualificadas:

    • Cães agressivos ou excessivamente tímidos.
    • Olhos azuis.
    • Orelhas de abano, a exceção são as orelhas dilaceradas pela batalha.
    • Apare ou altere o casaco com uma tesoura.
    • Não há evidências de cauda encaracolada ou reta em cães machos (reconhecer que uma cauda pode ocasionalmente ser mantida abaixada como um sinal de subordinação ou estresse).
    • Excesso abaixo ou em excesso da mandíbula.

    NB :

    • Qualquer cão mostrando claros sinais de anomalia física ou de comportamento deve ser desqualificado.
    • As faltas mais pronunciadas ou marcadas mencionadas acima são eliminatórias.
    • Os machos devem ter dois testículos de aparência normal totalmente descidos para o escroto..
    • Apenas cães funcional e clinicamente saudáveis, com a conformação típica da raça, deve ser usado para parentalidade.

    Nomes alternativos:

      1. Canadian Inuit Dog, Qimmiq, Canadian Husky (Inglês).
      2. Inuit canadien, Qimmiq (Francês).
      3. Canadian Eskimo Dog (Alemão).
      4. (em inglês: Canadian Eskimo Dog), Qimmiq (Português).
      5. (español).

    Do Alasca Husky
    Estados UnidosNão reconhecida pela FCI . Cães Nórdicos de Trenó

    Do Alasca Husky

    Alaskan - Autor de la foto: siva_lovehorses (flickr).

    O ronco do Alasca é um cão atlético e geralmente saudáveis, especializada em trenó.

    Conteúdo

    história ronco do Alasca

    Classificadas não tanto como raça canina como um tipo ou categoria de cão. Não há nenhuma característica fixa de pedigree, mas sim para o efeito, que é ser um cão de trenó muito eficiente.

    A origem deste cão é Alasca e Canadá. Estes cães totalmente domesticados veio há milhares de anos. Hoje, o cães de trenó do Alasca Eles podem ser cruzados, tipo Husky, ou uma combinação de vários. Eles também variam em tamanho e Constituição baseado no uso do cão, para competir ou trabalhar.

    pilotos de trenó geralmente distinguir entre Do Alasca Husky e cruzamentos, de uma maneira informal, por isso, é possível que este tipo de cão tem um grau de aparecimento de wolffish.

    A maior parte da Do Alasca Husky tem orelhas pontudas, qualificação, Na verdade, como cães de tipo Spitz.

    Existem algumas especializações dentro desse tipo, como o Rio Mackenzie Husky ou o MALAMUTE, o Alaskan da Sprint como o Eurohound, ou distância.

    Deve ter em mente que em trenó competindo campeonatos, Estes cães podem vir com trenós carregados para o 30 km/h. e é executado por três dias a uma taxa entre 30 - 50 km diariamente.

    O Alasca Eles são avaliadas para a sua tenacidade e resistência. Eles ganham uma velocidade média de 31 km/h..

    características físicas ronco do Alasca

    Este tipo de cães, pelo menos aqueles que são usados para aumentar a velocidade de corridas., são de tamanho moderado, com uma média 21 - 25 kg Para os machos e 17 - 19 kg para as fêmeas.

    O olhos Eles podem ser de qualquer cor, muitos são azuis. O olhos azuis não são considerados uma característica essencial desta corrida. O peles Ele tem duas camadas, cabelo curto e do comprimento médio, Embora não muito, e geralmente menos densa que a pura raça do Norte, o comprimento da camada mais curto rege-se pela necessidade de uma dissipação de calor eficaz durante as corridas.

    Atlético e geralmente, saudável. Sua A expectativa de vida é geralmente entre 10 - 15 anos.

    Caráter e habilidades

    Eles tendem a variar muito em personalidade tanto em cor e aparência. No entanto, em termos gerais, Eles são cães muito afetuosos, viver com outros cães e os seres humanos.

    Estes cães eles não são adequados para um estilo de vida de apartamentos urbanos, que eles precisam de uma fonte constante de exercício, e por causa de sua incrível resistência, Parece que eles nunca se cansam. Ele é um aventureiro e tende a ser muito tranquila em passeios de carro. Estes cães estão felizes por viverem fora ou dentro da casa de seus proprietários, Mas se ele deixa de fora, Não é recomendado se você tiver um gramado perfeito, são amador de cavar poços

    Seu cabelo tende a ser auto-limpeza assim como um Alaskan Malamute ou um Husky siberiano, razão pela qual eles precisam de banhos menos frequentes, Além disso, Eles geralmente não cheiro. Eles têm uma temporada de cabelo derramando na Primavera e, Ao contrário da siberianos, Malamutes o Pastores alemães, eles não podem deixar grandes quantidades de cabelo ao redor da casa de todo o ano.

    Nada é obstáculos impossível este tipo de cães, que eles tendem a ir até a quase dois metros de distância da posição sentada. Apesar de natação não é seu Forte, eles tendem a mostrar qualquer resistência ou medo de água e você pode treinar e motivá-los para torná-los bons nadadores. geralmente muito boa visão e olfato, que os torna muito bons caçadores.

    Imagens do Alasca Husky

    Vídeos do Alasca Husky

    Classificações do "Do Alasca Husky"

    Coexistência é importante que você tem com seu novo amigo. Plantearte antes de adquirir uma raça de cão "Do Alasca Husky" você sabe alguns fatores. Nem todas as raças de cães são capazes de viver em um apartamento, Você deve levar em conta a sua qualidade, sua necessidade de exercício, sua interação com outros animais de estimação, seu cuidado e se você tiver crianças pequenas, o seu nível de tolerância para com eles.

    Adaptação ⓘ

    Avaliado 5 fora de 5
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Ⓘ Cão amigável

    Avaliado 5 fora de 5
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    A perda de cabelo ⓘ

    Avaliado 4 fora de 5
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Nível de afeto ⓘ

    Avaliado 5 fora de 5
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Precisa de exercício ⓘ

    Avaliado 2 fora de 5
    2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Necessidade social ⓘ

    Avaliado 3 fora de 5
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Casa ⓘ

    Avaliado 1 fora de 5
    1 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Sanita ⓘ

    Avaliado 3 fora de 5
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Amigável com estranhos ⓘ

    Avaliado 5 fora de 5
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Cascas ⓘ

    Avaliado 4 fora de 5
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Saúde ⓘ

    Avaliado 2 fora de 5
    2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    ⓘ Territorial

    Avaliado 3 fora de 5
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Amigável com gatos ⓘ

    Avaliado 1 fora de 5
    1 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Inteligência ⓘ

    Avaliado 3 fora de 5
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Versatilidade ⓘ

    Avaliado 3 fora de 5
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Crianças amigável ⓘ

    Avaliado 3 fora de 5
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Vigilância ⓘ

    Avaliado 5 fora de 5
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Alegria ⓘ

    Avaliado 3 fora de 5
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Tipo e reconhecimentos:

    • Cães Nórdicos de Trenó
    • Eles não são reconhecidos pelo AKC, nem pela FCI

    Nomes alternativos

      1. Alaskan Husky (Inglês).
      2. Alaskan Husky, Alaskan (Francês).
      3. Alaskan Husky (Alemão).
      4. Alaskan Husky (Português).
      5. Alaskan Husky (español).
    Snippets de código PHP Distribuído por : XYZScripts.com