Braco-polonês
Polonia FCI 52 - Farejadores de médio porte

Braco-polonês

É bastante difundido na Polônia, enquanto fora deste país é considerada uma raça rara.

conteúdo

História

Originalmente da Polônia, país ao qual deve seu nome atual, o Braco-polonês é uma raça de cachorro muito velha, já que se acredita que apareceu no século 13, embora os primeiros registros escritos que o mencionam explicitamente datem do século XVII. Eles fazem parte do grupo “Farejadores de médio porte” e acredita-se que sejam o resultado do cruzamento entre as Cão-de-santo-humberto, Cães alemães e russos e raças polonesas locais. Nobres poloneses, fãs de festas de caça, eles foram criados e usados ​​especialmente para caça maior.

Desde meados do século 19, o Braco-polonês, que era muito popular naquela época, começou a aparecer em exposições de cães em seu país natal. Nesse momento, A Polônia estava sob ocupação russa, e a raça foi criada principalmente no território da atual Bielorrússia, que foi então anexado pela Rússia. Após 1918, Polônia recuperou sua independência, mas a criação do Braco-polonês continuou quase exclusivamente no leste do país.

Durante a II Guerra Mundial, devido às sucessivas invasões da Polônia pela Alemanha nazista e, em seguida, pela URSS, a raça viu sua população diminuir dramaticamente. Depois da guerra, Fronteiras polonesas foram redesenhadas; Polônia, ao perder os territórios que possuía no leste, perdeu o berço de Braco-polonês bem como todas as fazendas restantes. Nenhum criador apreendeu o território do “Novo” Polônia, e a raça se viu à beira da extinção.

Ela acabou sendo salva por um coronel polonês chamado Piotr Kartawik.. Em 1959, criou um canil dedicado a ele e reconstituiu o gado de 4 cães importados da Bielo-Rússia. O primeiro padrão do Braco-polonês foi escrito com base em indivíduos deste canil e publicado em 1964.

A raça foi oficialmente reconhecida pela Fédération Cynologique Internationale (FCI) dois anos mais tarde, em 1966. No entanto, o Braco-polonês não é reconhecido por nenhuma outra organização canina importante e, embora mais uma vez seja muito difundido na Polônia, ainda relativamente raro no resto do mundo.

Fotos: Cão polonês por Wikipédia

Características físicas

O Braco-polonês é um cão de caça de tamanho médio e um cão de companhia. Eles são musculosos, forte e compacta, com ossos poderosos e uma marcha massiva, mas sem a impressão de peso. Eles são mais adequados para resistência do que velocidade.

O chefe, bastante pesado e cinzelado, parece retangular quando visto de lado. O osso occipital é muito pronunciado. A linha da testa forma um ângulo obtuso com a do focinho, e a testa tem várias rugas.

O Braco-polonês tem uma mandíbula forte e longa com uma mordida regular. Os olhos são castanhos escuros e amendoados, com uma expressão suave, ligeiramente afundado e em forma de amêndoa. Os arcos superciliares são marcados. O focinho é alongado e truncado na ponta. Arredondado nas pontas, as orelhas são baixas, pendurado e bastante longo.

Ascensão baixa e ligeiramente curvada, a cauda é grossa e sua parte inferior possui pêlos mais longos. O peito é largo, amplo e proporcionalmente profundo.

O Braco-polonês tem uma camada dupla (cabelo e subpêlo) duração média. Esta camada confere uma excelente repelência à água e proteção contra o calor e as intempéries., especialmente porque o subpêlo é espesso. O cabelo é mais longo na coluna, na parte de trás das patas traseiras e na parte inferior da cauda; é mais curto e mais liso no focinho e orelhas.

É marrom na cabeça, as orelhas (exceto os lados do crânio), as pernas, região esternal e coxas, e preto ou cinza escuro no resto do corpo. A cor castanha pode variar do vermelho ao marrom, mas o tom canela é o mais procurado. Em qualquer caso., a separação entre as duas cores deve ser muito clara. Manchas brancas no peito são toleradas (até o focinho) e nas pontas das pernas e cauda.

ALTURA E PESO :

  • Altura à Cruz: Machos: 56-65 cm, Fêmeas: 55-60 cm.
  • Peso : Machos : 25-32 kg, Fêmeas : 20-26 kg.

    Caráter e habilidades

    O Braco-polonês ele é um cachorro carinhoso, protetor e muito inteligente. E ao contrário da maioria dos poloneses e outros cães de caça, que são notoriamente indisciplinados e não muito obedientes, eles não representam grandes problemas de treinamento. Este traço de caráter os torna igualmente apreciados por caçadores e famílias, como é o caso do seu vizinho, o Sabujo-austríaco-preto-e-castanho, uma raça rara, mas obediente e fácil de treinar que também é uma exceção. No entanto, o Braco-polonês tende a amadurecer um pouco mais lentamente do que outros cães, portanto, pode-se esperar que ele mantenha seu comportamento jovem em 2 o 3 anos de idade.

    Naturalmente calmo e amigável, eles são excelentes companheiros, leal tanto quanto possível, mostrando afeto não só para os adultos, mas também para cães mais jovens. Não é só amar, amigável e protetor com eles, mas ele também é muito paciente. Desta forma, pode-se criar uma grande cumplicidade entre o cão e a criança, já que este último aprende desde pequeno a respeitar o animal e suas necessidades. O Braco-polonês isto é, Por conseguinte, uma raça de cachorro adaptada para crianças, mesmo o muito pequeno.

    Fama de ser naturalmente vigilante e desconfiado de estranhos, sem ser agressivo, o cão polonês desenvolve instintos protetores com a idade, levando-o a defender ativamente aqueles ao seu redor, se eles são os mais fracos, o mais novo ou o mais velho. Enfrentando intrusos e armado com seu olfato infalível, Os cães poloneses são excelentes cães de guarda, protegendo sem falha seus mestres e suas propriedades, mesmo que eles não tenham sido criados para isso.

    Eles são animais sociáveis ​​e geralmente gostam da companhia de outros cães. Às vezes pode se tornar um latidor na sua presença, sem ser propenso a discutir com os colegas. A voz dele é poderosa, casos melodiosos, e permite que você se comunique com seu mestre enquanto caça. A voz é profunda no homem e bastante alta na mulher.

    A ele Braco-polonês adora grandes extensões e áreas arborizadas onde pode expressar totalmente seus instintos de caça. Nem um pouco adequado para morar em apartamento, e ele se sente muito mais confortável no campo do que na cidade.

    Desenvolvido para a caça e habitado em grandes espaços, deve ser percorrido por muito tempo e muito regularmente (em média duas ou três horas por dia), mesmo se você tiver acesso a um grande jardim. O ideal para ele é poder acompanhar um professor atuante durante seus exercícios.: pé, correr e outras saídas esportivas o farão feliz. Por outro lado, se não for pedido o suficiente, espere um latido longo e frequente, pretendia atrair atenção.

    Educação

    Uma raça obediente e inteligente, o Braco-polonês é relativamente fácil de treinar, já que ele é inteligente e bastante obediente. Eles têm uma boa memória e, como tal, facilmente retêm o que aprenderam, sem a necessidade de um grande número de repetições. No entanto, sua educação deve ser precoce e suficientemente equilibrada, misturando suavidade e firmeza. Ele é particularmente receptivo ao método de educação positiva, qual a melhor forma de educá-lo e fazê-lo obedecer.

    Por outro lado, Como pode demorar para atingir a maturidade mental (às vezes dois ou três anos), é importante ser paciente durante sua educação, especialmente se notarmos que você tende a perder a concentração facilmente.

    Último mas não menos importante, se o cão for usado como cão de caça, ensinar o cão a lembrar deve ser uma das prioridades em seu treinamento.

    Saúde e cuidados

    O Braco-polonês é uma raça de cão forte e resistente, que não apresenta nenhum risco significativo em termos de possível predisposição a certas doenças. Como a maioria das raças de cães mais velhas, tem saúde robusta e é muito menos suscetível a doenças genéticas que podem afetar raças mais novas.

    Apesar disto, devido ao seu grande tórax e alto nível de atividade, é bastante suscetível ao desenvolvimento da síndrome de dilatação-torção do estômago.

    Além disso, quanto de seu tempo é gasto ao ar livre, especialmente se forem usados ​​como cães de caça, são mais suscetíveis a parasitas (como carrapatos e pulgas) e infecções, bem como ferimentos e acidentes de caça.

    Último mas não menos importante, como acontece com qualquer cachorro com orelhas caídas, tenha cuidado com o risco de infecções de ouvido e inflamação.

    Cuidado e manutenção

    O Braco-polonês é fácil de cuidar porque sua pelagem é curta e reta. Escovar o pelo do seu cão uma vez por semana o mantém limpo e remove os pelos mortos, especialmente durante os períodos de queda. Como os períodos de derramamento não são muito consistentes, escovar a cada dois a três dias geralmente é suficiente.

    Porque seu lindo casaco impermeável não se suja facilmente, tomar banho raramente é necessário. Na verdade, na maioria dos casos, o casaco pode ser limpo com um pano úmido simples. Além disso, lavar seu cachorro tende a remover sebo, que tem muitas propriedades positivas, então só deve ser feito quando o casaco estiver realmente muito sujo.

    Além disso, você precisa verificar e manter as orelhas do seu cão regularmente, pois é muito propenso a infecções de ouvido caninas. Pode-se aproveitar a oportunidade para examinar seus olhos ao mesmo tempo.

    Olhando para suas garras, eles devem se desgastar naturalmente durante seus passeios. No entanto, Se não é assim, você deve cortar as garras do seu cachorro de vez em quando.

    Último mas não menos importante, quando ele volta da caça ou caminhada, é importante garantir que não haja carrapatos (a aplicação de um tratamento antiparasitário preventivo é fortemente recomendada) e quaisquer lesões que você possa ter sofrido durante a corrida.

    Preço de um Braco-polonês

    O preço de um cachorro Braco-polonês está entre 500 e 700 EUR.

    Imagens do “Braco-polonês”

    Fotos:

    1 – Cão polonês por Wikimedia
    2 – Polish Hound during dogs show in Katowice, Poland por Lilly M, CC BY-SA 2.5, via Wikimedia Commons
    3 – Cão polonês por Wikimedia
    4 – Cão polonês por https://pxhere.com/en/photo/1175414
    5 – Cão polonês por Wikimedia
    6 – Cão polonês por Wikimedia

    Vídeos do “Braco-polonês”

    POLISH HOUND THE OGAR POLSKI
    Mądry ogar polski

    Tipo e reconhecimentos:

    • CLASSIFICAÇÃO FCI: 52
    • Grupo 6: – Sabujos Farejadores e Raças Assemelhadas.
    • Seção 1.2: Farejadores de médio porte. Com prova de trabalho.

    Federações:

    • FCI – Grupo 6: Sabujos, farejadores e raças assemelhadas. – Seção 1.2: Farejadores de médio porte.

    Padrão da raça FCI “Braco-polonês”

    FCI Standard Polish Hound
    Conteúdo oculto

    Nomes alternativos:

      1. Ogar Polski, Polish (Ogar) Hound (Inglês).
      2. (ogar polski en polonais), podzary (Francês).
      3. (Ogar Polski) (Alemão).
      4. em polonês/polaco: Ogar Polski) (Português).
      5. Sabueso de Polonia (español).

Braco da Estíria de pelo duro
Austria FCI 62 - Farejadores de médio porte.

Braco da Estíria de pelo duro

Insensível ao clima e austero, que é especialmente útil em altas montanhas e florestas.

conteúdo

História

A corrida Braco da Estíria de pelo duro desenvolvido a partir do final do século 19. Já em 1870, um industrial de Styria, um estado no sudeste da Áustria, obteve uma ninhada interessante cruzando um “Cão-farejador-de-hanôver” com um Braco da Estíria de pelo duro. O objetivo era obter um cão de caça que combinasse as qualidades das duas raças ancestrais e herdasse uma pelagem que lhe permitisse resistir aos elementos..

O Braco da Estíria de pelo duro foi criado por um homem chamado Carl Peitinger. A raça foi oficialmente reconhecida em seu país de origem em 1889, e foi finalmente reconhecido pela Fédération Cynologique Internationale (FCI) 65 anos mais tarde, o 31 em agosto de 1954.

Foto: Styrian Wirehaired Hound, meio ano de idade, por Consulte a página de autor, CC BY-SA 3.0, via Wikimedia Commons

Características físicas

Braco da Estíria de pelo duro
Braco da Estíria de pelo duro

O Braco da Estíria de pelo duro eles são cães de tamanho médio com ossos sólidos; a expressão é austera, mas não significa. O crânio é ligeiramente abobadado, com um osso occipital bem desenvolvido. A parada está marcada. Os olhos são castanho. As orelhas, Não muito grande, são usados ​​planos contra as bochechas e cobertos com cabelos finos. A cauda é de comprimento médio, forte na base, com cabelo denso, nunca crespo, mas portado para cima em forma de foice; o fundo é como uma escova, mas sem fechadura.

Cabelo : Durado, nem peludo nem brilhante, disco rígido. Na cabeça, o cabelo é menor do que no corpo. Tem bigodes.
Cor: vermelho e amarelo pálido. A estrela branca no peito é permitida.
Tamanho: 47 a 53 cm para o homem e 45 a 51 cm para feminino.
Peso: aprox.. 18 kg.

Caráter e habilidades

O Braco da Estíria de pelo duro eles têm todas as qualidades de um cão de caça. Esses cachorros mostram grande entusiasmo, determinação e resistência quando se trata de forçar o jogo, dando voz. Em casa, o Braco da Estíria de pelo duro ele é muito próximo de seu mestre e é particularmente cauteloso com estranhos. Eles se dão muito bem com seus colegas, se eles estão acostumados com a presença de filhotes. Eles podem ser mais turbulentos com outros pequenos animais; seu instinto de caça ainda é muito forte.

A educação…

O Braco da Estíria de pelo duro tem um caráter forte e deve ser treinado cedo e com firmeza. Também é necessário que eles se socializem adequadamente e recebam treinamento em recuperação para evitar incidentes de todos os tipos.

Isso Styrian Hound não só usado para forçar o jogo da caça, dando a voz, em vez disso, ele é muitas vezes considerado um especialista em rastrear sangue em terreno montanhoso difícil. Isso o torna um companheiro de caça muito procurado..

Seu temperamento exclusivamente de caçador e predador o torna desaconselhável como animal de estimação.

No entanto são animais muito inteligentes, natureza alegre e amorosa, bem como uma sensibilidade incomum.

Cuidado e manutenção …

Necessita de exercício regular e a sua pelagem requer manutenção constante.

Classificações do “Braco da Estíria de pelo duro”

Coexistência é importante que você tem com seu novo amigo. Plantearte antes de adquirir uma raça de cão “Braco da Estíria de pelo duro” você sabe alguns fatores. Nem todas as raças de cães são capazes de viver em um apartamento, Você deve levar em conta a sua qualidade, sua necessidade de exercício, sua interação com outros animais de estimação, seu cuidado e se você tiver crianças pequenas, o seu nível de tolerância para com eles.

adaptação ⓘ

3.0 Avaliação
3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Ⓘ cão amigável

3.0 Avaliação
3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

A perda de cabelo ⓘ

4.0 Avaliação
4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Nível de afeto ⓘ

3.0 Avaliação
3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Necessidade de exercício ⓘ

5.0 Avaliação
5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

necessidade social ⓘ

3.0 Avaliação
3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

casa ⓘ

4.0 Avaliação
4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

sanita ⓘ

2.0 Avaliação
2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Amigável com estranhos ⓘ

3.0 Avaliação
3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

cascas ⓘ

4.0 Avaliação
4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

saúde ⓘ

4.0 Avaliação
4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

ⓘ territorial

4.0 Avaliação
4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Amigável com gatos ⓘ

2.0 Avaliação
2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

inteligência ⓘ

4.0 Avaliação
4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

versatilidade ⓘ

3.0 Avaliação
3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Crianças amigável ⓘ

4.0 Avaliação
4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

vigilância ⓘ

4.0 Avaliação
4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

alegria ⓘ

5.0 Avaliação
5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Vídeos do “Braco da Estíria de pelo duro”

Cachorro de caça – Bráquete de pêlo metálico da Estíria ( Peintinger Bracke ) – um fantástico trailer de cão de caça

Jagdhund – Steirische Rauhhaarbracke (Peintinger Bracke) – a fantastic hunting dog!

Tipo e reconhecimentos:

  • CLASSIFICAÇÃO FCI: 62
  • Grupo 6: – Sabujos Farejadores e Raças Assemelhadas.
  • Seção 1.2: Farejadores de médio porte. Com prova de trabalho.

Federações:

  • FCI – Grupo 6: Sabujos, farejadores e raças assemelhadas. – Seção 1.2: Farejadores de médio porte.
  • UKCScenthounds

Padrão da raça FCI “Braco da Estíria de pelo duro”

FCI raça Styrian Hound padrão
TRADUCCION: Federação Mexicana de Canófila.
ORIGEM: Áustria.
DATA DE PUBLICAÇÃO DO PADRÃO ORIGINAL VÁLIDO: 10.10.1995.
FUNÇÃO ZOOTÉCNICA DA RAÇA: O trabalho não é apenas sobre seu papel de cão de caça, mas também em puro trabalho de rastreamento em terreno difícil para motocicletas.
CLASSIFICAÇÃO FCI:
Grupo 6 Sabujos, Rastrear cães, exceto sighthounds) e raças afins
Seção 1.2 Cães de caça de tamanho médio
Com trabalho julgamento (teste prático para sabujo e rastreador).
BREVE RESUMO HISTÓRICO: Karl Peintiger, industrial, na Estíria começou em 1870 cruzando com a fêmea Hannover Tracker “Hela I” e um excepcional cão da Ístria com cabelo áspero e eminentemente caçador. Os melhores cães desta ninhada foram criados e a seleção continuou com eles.. Sua pelagem áspera confere resistência contra intempéries.
ASPECTO GERAL: É de tamanho médio, tem músculos fortes, e sua expressão é sombria, mas sem malícia.
TEMPERAMENTO E COMPORTAMENTO: Ele é um cão de caça forte e apaixonado, ladra sem interrupção durante a caça e expressa vontade e segurança durante a trilha.
CABEÇA
REGIÃO CRANIANA:
Crânio: Ligeiramente convexo, protuberância occipital bem desenvolvida.
Links de depressão (Stop): Marcado.
REGIÃO FACIAL:
Trufa: Black.
Focinho: Forte e reto.
Lábios: Não pendurar.
Mandíbulas / Dentes: Mordedura em tesoura forte. Você quer uma prótese total com 42 Peças dentárias; a falta de dois PM1 ou PM2 (pré-molares 1 ou 2) é tolerado; o M3 (molares 3) eles não são tidos em conta.
Olhos: Com íris marrom.
Orelhas: Não muito grande, achatado e colado, coberto com cabelo fino.
PESCOÇO: Strong, não muito longo.
CORPO
Voltar: Reto e largo.
Lombo de porco: Moderadamente criado.
Alcatra: Desce abruptamente.
No peito: É profundo e amplo.
CAUDA: Comprimento médio, forte em sua inserção, bem coberto com cabelo, nunca enrolado, mas portado ligeiramente em forma de foice; em sua face inferior tem cabelo em forma de escova, mas sem formar uma pena.
MEMBROS
MEMBROS ANTERIORES: Em linha reta, muscular, bem angulado.
Ombro: Colocação oblíqua.
MEMBROS POSTERIORES: Muscular, forte, bem angulado, vistos por trás eles parecem retos.
PÉS: Não excessivamente grande; dedos bem arqueados, intimamente ligados um ao outro; almofadas duras, não muito grande.
MOVIMENTO: Ele cobre o chão, elástico.
PELES
CABELO: Rude, sem hirsuto, opaco, disco rígido, tosco. O cabelo da cabeça é mais curto que o resto do corpo e forma um bigode.
COR: Vermelho e amarelado. Uma estrela branca é permitida no peitoril.
TAMANHO
Altura à Cruz: 45 – 53 cm
Machos : 47 – 53 cm
Fêmeas : 45 – 51 cm
FALHAS: Qualquer desvio dos critérios acima mencionados é considerado como falta, e a gravidade desta refere-se ao grau de desvio do padrão e seu impacto sobre a saúde e o bem-estar do cão.
  • Cabeça muito estreita.
  • Orelhas com vincos ou muito pontiagudas.
  • Cauda muito curta, muito fino ou muito dobrado, isso forma penas.
  • Membros fracos.
  • Casaco muito longo, fina, cacheado ou macio.
  • Personagem tímido.
FALHAS ELIMINATÓRIAS:
    • Cão agressivo ou medroso.
    • Prognatismo superior ou inferior. Falta de mais de dois pré-molares (PM 1 ou PM 2).
    • Qualquer outra cor diferente da indicada na norma.
Qualquer cão mostrando sinais comportamentais ou anormalidades físicas claras será desclassificado.
NOTA: Machos devem apresentar dois testículos de aparência normais, bem desenvolvidos e acomodados a bolsa escrotal.

Nomes alternativos:

    1. Peintinger Bracke, Wirehair Styrian Mountain (Inglês).
    2. Brachet de Styrie à poil dur (Francês).
    3. Peintinger-Bracke, Steirische Rauhhaarige (Alemão).
    4. (em alemão: Steirische Rauhhaarbracke) (Português).
    5. Sabueso estirio de pelo áspero (español).

Sabujo-austríaco-preto-e-castanho
Austria FCI 63 - Farejadores de médio porte.

Sabueso austriaco negro y fuego

O Sabujo-austríaco-preto-e-castanho é muito emocional. Percepção humor de seu proprietário.

conteúdo

História

O Sabujo-austríaco-preto-e-castanho É uma raça de cão originários da Áustria. Acredita-se que ele é o verdadeiro descendente do original Sabujo celta, Embora não haja nenhuma história conhecida do Sabujo-austríaco-preto-e-castanho Depois de meados do século XIX. Esta queda histórica é devida uma vez que a reprodução não foi regulamentada.

O austríaco Black and Tan Hound, desde as suas origens, Ele foi usado para monitoramento ou rastreamento de animais feridos, comumente, em lugares de altitude significativa.

Características físicas

O Sabujo-austríaco-preto-e-castanho é um cão estrutura bem sólida e médias. Sua cabeça mostra um crânio largo e pouco pronunciada região occipital com stop bem marcado.

Ele tem olhos castanhos escuros brilhantes que transmitem uma aparência viva e alerta. As orelhas são de inserção alta e média, arredondado, não muito ampla e pendurar na bochecha. A cauda é longa e será fina sintonia em direção a ponta, leva sua queda mas ligeiramente curvo.

A pelagem do Sabujo-austríaco-preto-e-castanho É suave, suave ao toque, densa, curto (Uns poucos 2 cm de comprimento) e muito brilhante.

A coloração desta raça É muito importante uma vez que é seu toque de distinção, eles devem ser negros como uma base, com pequenos e bem definidos, fogo a gama de marcas leves de tawny pálido ao escuro. Duas marcas tawny acima dos olhos devem estar presentes.

Esta raça tem um cheiro de hipersensibilidade.

A altura na cernelha do Sabujo-austríaco-preto-e-castanho vontade de 48 56 cm. E seu peso é em torno de entre o 19 e 20 Kg.

Graças a sua excelente capacidade de trabalhar, altas montanhas e terras de planícies, o Sabujo-austríaco-preto-e-castanho ele é altamente considerado como um cão de caça e como um cão rastreador de sangue. Seu fino senso de cheiro permite que você pesquise em segurança (especialmente de lebres).

Caráter e habilidades

Está vivo, atencioso, reservado com estranhos, mas amigável e não apresenta qualquer traço da timidez.

Enquanto ele é usado para caça Hound (para o rastreamento), É um animal que se adapta bem a vida familiar, mas se nos comprometermos a ter um Sabujo-austríaco-preto-e-castanho, Temos de ser capazes de dar o animal suficiente para fazer você feliz.

Alguns bons passeios no campo mantiveram feliz, Além de (tal como acontece com todos os cães) uma boa caminhada diária.

É um cão muito emocional que percebido especialmente humor de seu proprietário.

Fotos “Sabujo-austríaco-preto-e-castanho”

Vídeos “Sabujo-austríaco-preto-e-castanho”

Tipo e reconhecimentos:

  • CLASSIFICAÇÃO FCI: 63
  • Grupo 6: – Sabujos Farejadores e Raças Assemelhadas.
  • Seção 1.2: Farejadores de médio porte. Com prova de trabalho.

Federações:

  • FCI – Grupo 6: Sabujos, farejadores e raças assemelhadas. – Seção 1.2: Farejadores de médio porte.
  • UKCScenthounds

Padrão da raça FCI “Sabujo-austríaco-preto-e-castanho”

FCI raça cão padrão austríaco preto e castanho
RADUÇÃO: Federação Canófila Mexicana a.c..
ORIGEM: Áustria.
DATA DE PUBLICAÇÃO DO PADRÃO ORIGINAL VÁLIDO: 10.10.1995.
UTILIZAÇÃO: O austríaco Black and Tan Hound é um cão de caça geralmente considerado por suas aptidões especiais para trabalhos pesados ​​como farejador e como cão de caça., tanto no terreno montanhoso quanto nas planícies.
CLASSIFICAÇÃO FCI:
Grupo 6 Sabujos, cães rastreadores (exceto Lebreles) e raças afins
Seção 1.2 Cães tipo cão de porte médio
Com trabalho julgamento (teste prático para sabujo e rastreador).
BREVE RESUMO HISTÓRICO: O Black and Tan Hound austríaco é considerado um verdadeiro descendente do Celtic Hound. Tal como acontece com quase todas as raças de cães mais velhos, não há prova segura de sua origem até meados do século 19. Isso porque, até então, não havia um melhoramento regulamentado.
ASPECTO GERAL: É de tamanho médio. Sua estrutura corporal é forte, alongado e elástico.
TEMPERAMENTO E COMPORTAMENTO: Tem um cheiro bom. É um cão muito bom, especialmente na caça com a lebre. Ele rasteja com segurança e vontade e tem um caráter agradável.
CABEÇA
REGIÃO CRANIANA:
Crânio: Ampla, protrusão occipital rasa.
REGIÃO FACIAL:
Trufa: Preto.
Focinho: Strong, bengala nasal reta.
Lábios: bem desenvolvido, aderentes, totalmente pigmentado.
Mandíbulas / Dentes: Mordedura em tesoura poderosa. Você quer uma prótese total com 42 Peças dentárias; a total falta de dois PM1 ou PM2 (pré-molares 1 ou 2 ) é tolerado; o M3 (molares 3) eles não são tidos em conta.
Olhos: Límpidos, castanho escuro, sem vermelhidão no canto dos olhos.
Orelhas: Médias, não muito largo, inserção alta, arredondado em sua parte inferior; pendurar achatado.
PESCOÇO: Médio longo, muito forte; a presença de um queixo duplo não é desejável.
CORPO
Cruz: Bem marcado.
Voltar: Longo.
Lombo de porco: Levemente levantado.
Alcatra: Um pouco inclinado para baixo.
No peito: Largo e profundo.
CAUDA: Longo, afinando progressivamente em direção à ponta, um
pouco curvado; durante o descanso ele desgasta; em seu lado inferior
tem cabelo duro, mas o pincel não é muito áspero.
MEMBROS
MEMBROS ANTERIORES: Fortemente desenvolvido, em linha reta.Ombro: Colocado obliquamente, dotado de músculos fortes.
MEMBROS POSTERIORES: Boa angulação.
Coxas: Fina, moderadamente desenvolvido e longo.
PÉS: Strong, redondo e arqueado. Dedos juntos; unhas pretas duras; almofadas grandes e duras.
MOVIMENTO: Elegante, cobre o solo.
PELES
CABELO: Suave, bem ajustado, espesso, densa, elástico com um brilho aveludado. Comprimento aproximado de 2 cm.
COR: Preto com algumas manchas castanhas bem definidas de castanho claro a escuro. Duas marcas de fogo devem estar presentes sobre os olhos (quatro olhos = Vieräugl)
TAMANHO:
Altura à Cruz: 48 – 56 cm
Machos : 50 – 56 cm
Fêmeas : 48 – 54 cm
FALHAS: Qualquer desvio dos critérios acima mencionados é considerado como falta, e a gravidade desta refere-se ao grau de desvio do padrão e seu impacto sobre a saúde e o bem-estar do cão.
    • Crânio muito estreito.
    • Focinho largo.
    • Orelhas enrugadas, muito pontudo, curto e fino.
    • Cauda muito curta, fina, ou muito curvado, sem cabelo grosso na parte inferior do rosto.
    • Membros fracos.
    • Personagem tímido.
FALHAS ELIMINATÓRIAS:
    • Cão agressivo ou medroso.
    • Prognatismo superior ou inferior. Falta de mais de dois pré-molares 1 ou 2.
    • Qualquer outra cor diferente da descrita.
    • Ausência de manchas de fogo perceptíveis sobre os olhos (quatro olhos).
Qualquer cão mostrando sinais comportamentais ou anormalidades físicas claras será desclassificado.
NOTA: Machos devem apresentar dois testículos de aparência normais, bem desenvolvidos e acomodados a bolsa escrotal.

Nomes alternativos:

    1. Bracke, Vieräugl (Inglês).
    2. Brachet autrichien noir et feu (Francês).
    3. Kärntner Bracke, Österreichische Glatthaarige Bracke (Alemão).
    4. (em alemão: brandlbracke) (Português).
    5. Austriaco negro y fuego (español).

Braco griffon da Vendeia
Francia FCI 19 - Farejadores de médio porte

Braco griffon da Vendeia

De longa duração, rápido e robusto, o Braco griffon da Vendeia é um caçador apaixonado com instintos extraordinários.

conteúdo

História

A seleção de Braco griffon da Vendeia remonta a antes da Primeira Guerra Mundial, e foi feito pelo Conde de Elva.

É uma redução harmoniosa e aprimorada de Grande griffon da Vendeia. É um cão distinto e bastante robusto na sua construção. Várias vezes dizimado durante as guerras, o Braco griffon da Vendeia reaparece em Fontenay-le-Comte em 1946.

Hoje, existem muitos indivíduos de excelente qualidade. Em 1995, um grupo da Briquets eles ganharam a taça de veado francês, e vários cães trabalham a pé do javali.

É a única raça que mantém o nome de “Briquet“, Isso significa “cachorro de tamanho médio”.

Foto: Isto é um Briquet Griffon Vendéen. Seu nome é Unno du Sentier D’Aimeron por Alefalfa, CC BY-SA 3.0, via Wikimedia Commons

Características físicas “Braco griffon da Vendeia”

O Braco griffon da Vendeia é um grifo comum de tamanho médio. A cabeça e o corpo são coletados. O chefe, bastante leve, mostra linhas paralelas do crânio e focinho. O crânio, bem curto, é ligeiramente abobadado com uma parada bem marcada. Olhos são castanhos escuros. Os flexíveis, orelhas estreitas e finas são de comprimento médio e voltadas para dentro. A cauda curta é grossa no nascimento e gradualmente afila em direção à ponta. Carrega como uma lâmina de sabre.

O casaco é bem proporcionado, duro e áspero sem nunca ser lanoso. A pelagem mais comum é branca e laranja. Outros casacos são preto e branco, preto e marrom, preto e areia, tricolor, carvão cor de areia com ou sem branco.

TAMANHO:
Altura à Cruz: Nos machos: de 50 a 55 cm, nas fêmeas: de 48 a 53 cm.

Caráter e habilidades “Braco griffon da Vendeia”

De longa duração, rápido e robusto, o Braco griffon da Vendeia é um caçador apaixonado com instintos extraordinários. Eles são teimosos, empreendedor e capaz de tomar iniciativas. Por conseguinte, o professor deve ser obedecido.

Empreendedores e determinados, eles também são resistentes e robustos. No entanto, ele não é muito paciente e pode ser mordido.

É um cão de caça, usado para caça grande, a lebre e a raposa. Adapta-se à vida da cidade e é um cão de guarda adequado.

Classificações do “Braco griffon da Vendeia”

Coexistência é importante que você tem com seu novo amigo. Plantearte antes de adquirir uma raça de cão “Braco griffon da Vendeia” você sabe alguns fatores. Nem todas as raças de cães são capazes de viver em um apartamento, Você deve levar em conta a sua qualidade, sua necessidade de exercício, sua interação com outros animais de estimação, seu cuidado e se você tiver crianças pequenas, o seu nível de tolerância para com eles.

adaptação ⓘ

2.0 Avaliação
2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Ⓘ cão amigável

3.0 Avaliação
3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

A perda de cabelo ⓘ

3.0 Avaliação
3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Nível de afeto ⓘ

4.0 Avaliação
4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Necessidade de exercício ⓘ

5.0 Avaliação
5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

necessidade social ⓘ

4.0 Avaliação
4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

casa ⓘ

3.0 Avaliação
3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

sanita ⓘ

2.0 Avaliação
2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Amigável com estranhos ⓘ

4.0 Avaliação
4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

cascas ⓘ

3.0 Avaliação
3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

saúde ⓘ

2.0 Avaliação
2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

ⓘ territorial

3.0 Avaliação
3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Amigável com gatos ⓘ

3.0 Avaliação
3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

inteligência ⓘ

4.0 Avaliação
4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

versatilidade ⓘ

4.0 Avaliação
4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Crianças amigável ⓘ

4.0 Avaliação
4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

vigilância ⓘ

4.0 Avaliação
4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

alegria ⓘ

4.0 Avaliação
4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Imagens do “Braco griffon da Vendeia”

Fotos:

1 – A Medium Griffon Vendéen. Cor: branco por Canárias, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons
2 – Medium Vendéen Griffon, Griffon Vendéen isqueiro por Canárias, CC BY-SA 3.0, via Wikimedia Commons
3 – Briquet Grifón Vendeano por https://pin.it/1GsizhZ
4 – Briquet Grifón Vendeano por http://www.adopt-a-griffon.eu/en/breeds/briquet-griffon-vendeen-2/

Vídeos do “Braco griffon da Vendeia”

Briquet Griffon Vendéen 🐶🐾 Everything Dog Breeds 🐾🐶
Briquet Griffon Vendeen

Tipo e reconhecimentos:

  • CLASSIFICAÇÃO FCI: 19
  • Grupo 6: – Sabujos Farejadores e Raças Assemelhadas.
  • Seção 1.2: Farejadores de médio porte. Com prova de trabalho.

Federações:

  • FCI – Grupo 6: Sabujos, farejadores e raças assemelhadas. – Seção 1.2: Farejadores de médio porte.
  • UKCScenthounds
  • Sociedade Canina Central

Padrão da raça FCI “Braco griffon da Vendeia”

FCI Padrão No. 19 / 15.10.1999 / E
BRIQUET GRIFON VENDEANO(Isqueiro Griffon Vendéen)
TRADUCCION : IRIS Carrillo (Federação de canil de Porto Rico).
ORIGEM : França.
DATA DE PUBLICAÇÃO DO PADRÃO VÁLIDO ORIGINAL : 09.01.1999.

UTILIZAÇÃO : Cão de caça usado para caça de espingarda, ambos do grande jogo, como a lebre e a raposa.

CLASSIFICAÇÃO FCI :

  • Grupo 6 Sabujos, cães rastreadores (exceto sighthounds) e raças afins.
  • Seção 1.2 Cães de caça de médio porte com prova de trabalho.

BREVE RESUMO HISTÓRICO : Esta é a única raça que mantém o nome de “ISQUEIRO”, o que significa cachorro de tamanho médio. A seleção estabelecida pelo Conde de Elva data de antes da Primeira Guerra Mundial. É uma redução harmoniosa e melhorada da Grande Vendéia, distinto, corpo bastante recolhido. Diminuiu várias vezes durante as guerras, mas reapareceu em Fontenay le Comte em 1946. Na notícia, existem numerosos espécimes de qualidade; um grupo de Briquets ganhou a Copa da França na caça ao veado em 1995, e vários cães trabalham a pé do javali.

OLHAR GERAL :

É um grifo de tamanho médio, responsivo e muito determinado. Seu corpo é bem proporcionado e bastante controlado.

TEMPERAMENTO / COMPORTAMENTO : Comportamento : Tem um bom olfato, ele é rápido e seu latido é bom. Não se importa em se mover no mato. Ele é muito hábil em terrenos acidentados e caça com o nariz assoando.

Personagem : Tem grande iniciativa, é resistente e robusto. Deve ser capaz de levantar o jogo e levá-lo para perto do caçador. Ele é um caçador apaixonado; seu mestre deve fazê-lo obedecer.

CABEÇA

REGIÃO CRANIANA : É bastante leve; as linhas superiores do crânio e do focinho devem ser paralelas. : Ligeiramente volumoso, bem curto, não muito largo.

  • Links de depressão (Stop) : Marcado.

REGIÃO FACIAL :

  • Trufa : Grande, preto, exceto para cães com pêlo branco e laranja, em que a cor castanha é aceita. As narinas estão bem abertas.
  • Focinho : Em linha reta, bastante curto. Seu comprimento é quase igual ao do crânio. Não é muito largo na ponta.
  • Lábios : Mal desenvolvido, embora cubram bem a mandíbula. Eles são cobertos por grandes bigodes.
  • MANDÍBULAS/dentes : A articulação é em forma de tesoura. Os incisivos são colocados em ângulos retos com as mandíbulas.
  • Olhos : Grande, Escuro, e expressão viva. As sobrancelhas são bem pronunciadas, mas eles não cobrem os olhos. A conjuntiva não deve ser aparente.
  • Orelhas : Flexível, estreito e fino. Eles são cobertos com cabelos longos e sua ponta é pontiaguda. Eles se voltam bem para dentro e não alcançam a ponta da ponte nasal. Baixo, abaixo da linha dos olhos.

PESCOÇO :

São linhas longas e elegantes. Não há nenhum barbela.

CORPO

  • Voltar : Sólido, curto. É reto ou ligeiramente levantado.
  • Lombo de porco : Em linha reta, musculoso e bem acentuado.
  • No peito : É bastante alto, não muito largo. Alcança até o cotovelo.
  • Costelas : Médio arredondado.
  • flancos : Cheio. Resultado se eleva ligeiramente para trás.

CAUDA :

É espesso na base e diminui gradualmente. Implementação de alta, É carregada na forma de um sabre, nunca foice. É bastante curto.

MEMBROS

MEMBROS ANTERIORES

  • Como um todo. : Bastante robustos, mas sem a aparência de peso. Eles estão bem posicionados.
  • Ombro : Longo, fino e oblíquo.
  • Cotovelo : Para baixo e perto do corpo.
  • Antebraço : Em linha reta, para ossos fortes.

MEMBROS POSTERIORES

  • Como um todo. : bem desenvolvido; os membros são regulares.
  • Coxa : Longo e musculoso.
  • Hock : Largo e bem rebaixado. Visto de trás, nunca é fechado, nem aberto. No perfil, seu ângulo é médio.

PÉS : Eles não são muito grandes. As almofadas são duras; dedos são bem arqueados e juntos. Unhas são sólidas. A pigmentação adequada de almofadas e unhas é procurada.

MOVIMENTO :

Ativo, elástico, nunca irregular, nem em saltos.

PELE : É um pouco grosso, embora elástico; frequentemente raiado em cães com pêlo tricolor. Não há nenhum barbela.

PELES

CABELO : É muito tempo, embora não muito. Às vezes emaranhado, áspero ao toque; a camada interna dos cabelos é abundante. A barriga e a parte interna das coxas não devem ser sem pelos. As sobrancelhas são bem pronunciadas, mas eles não cobrem os olhos.

COR :

Preto com manchas brancas (preto e branco). Preto com manchas avermelhadas (English Toy Terrier). Preto com marcações cor de areia. Leonado com manchas brancas (Laranja e branco). Fulvo com manta preta e manchas brancas (tricolor). Leão carbonatado. Cor de areia carvão com manchas brancas. Color arena carbonado. Denominações tradicionais : cabelo de lebre, cabelo de lobo, cabelo de texugo, cabelo de javali.

TAMANHO Altura na cernelha :

  • Nos machos : de 50 a 55 cm.
  • Em fêmeas : de 48 a 53 cm.

Com uma tolerância de 1 cm mais ou menos.

FALHAS :

Qualquer desvio dos critérios acima mencionados é considerado uma falta e a sua gravidade é considerada com o grau de desvio do padrão e suas consequências para a saúde e bem-estar do cão..

Cabeça :
• Demasiado grande, semelhante ao da Grande Vendéia.
• Despigmentação do nariz, lábios e pálpebras.
• Focinho muito longo.
• Junta em forma de pino.
• Olhos claros.
• orelhas muito longas, chatas, com cabelo acetinado, implantação elevada. :
• Cilíndrico o agalgado.
• Relaxar.
• Garupa afundada.

Cauda :
• Muito longo ou desviado.

Dicas :
• Ossos fracos.
• Angulações muito retas.
• Carpo esmagado.
• Dedos não fechados.

Cabelo :
• Escasso, fina.

Comportamento :
• cachorro tímido.

FALHAS ELIMINATÓRIAS

• Cão temeroso ou agressivo.
• Falta de tipo.
• Prognatismo.
• Olhar fixamente. Heterocromia.
• Região estreita do esterno. Costelas estreitas na parte inferior.
• cauda atada.
• Pelo lanudo.
• Pelagem preta ou branca sólida.
• Despigmentação significativa.
• Tamanho diferente do estipulado pela norma.
• deficiência visível. Deformação anatômica.

Qualquer cão apresentando sinais claros de anormalidades físicas ou de comportamento deve ser desqualificado.
OBS.. : Os machos devem ter dois testículos de aparência normal totalmente descidos para o escroto.

Nomes alternativos:

    1. Medium Vendéen Griffon (Inglês).
    2. Briquet griffon vendéen (Francês).
    3. Briquet griffon vendéen (Alemão).
    4. Briquet griffon vendéen (Português).
    5. Briquet griffon vendéen (español).

Pastor-finlandês-da-lapônia
Finlandia FCI 284 - Cães nórdicos de guarda e pastoreio

Pastor-finlandês-da-lapônia

Late muito, especialmente quando ele está trabalhando.

conteúdo

História

As semelhanças de Pastor-finlandês-da-lapônia com o Cão-finlandês-da-lapônia são grandes: Os ancestrais de ambas as raças serviram ao Sami, que também foram chamados “Lapões” em homenagem a sua Lapônia natal no passado, como caçadores e cães de guarda.

Como o pastoreio de renas era particularmente importante para muitos Sami, esta raça próxima a esta cidade e com a domesticação crescente de renas, desenvolvido mais e mais em cães pastores. Os ancestrais ágeis e inteligentes do Pastor-finlandês-da-lapônia eles dominaram esta tarefa brilhantemente. Na criação ainda não coordenada, não era tanto a aparência que importava, mas sim o caráter e as habilidades de pastoreio dos cães. Como um resultado., não houve aparência uniforme por muito tempo. Em meados do século 20, os primeiros padrões foram desenvolvidos. Mas naquele momento, o Pastor-finlandês-da-lapônia e o Cão-finlandês-da-lapônia eles ainda eram considerados como uma raça.

Só em dezembro 1966 o Pastor-finlandês-da-lapônia foi reconhecida como uma raça independente. No entanto, sua importância como cão pastor de renas diminuiu cada vez mais com o tempo e com o advento dos veículos para neve. Hoje, a raça é amplamente desconhecida fora da Escandinávia. Em sua terra natal., No entanto, existem alguns amigos desses cachorros, que apreciam esta raça como um membro da família. Esses cães são mantidos principalmente como cães de companhia., mas alguns deles ainda realizam serviços de pastor fiel.

Características físicas

“Como uma mistura de Border Collie e Pastor alemão” – esta é a aparência de um Pastor-finlandês-da-lapônia. No entanto, o olho treinado reconhece acima de tudo a semelhança com outras raças nórdicas, como a Malamute-do-alasca.

O Pastor-finlandês-da-lapônia é um cão magro e atlético do tipo Spitz com uma altura de cerca de 51 cm na cernelha em machos e cerca de 46 cm nas fêmeas. Ele pesa algumas 25 kg, o peso não é fixado no padrão. Esta raça é mais longa do que alta, o que significa que o comprimento do corpo excede a altura na cernelha em um 10 por cento. O pastor finlandês da Lapônia tem as orelhas em pé, a cauda longa e peluda pendurada em repouso, ligeiramente curvado ao se mover. A cor da pelagem varia entre o preto e vários tons de cinza e marrom. Marcas brancas no pescoço são permitidas, peito e pernas. A pelagem da raça consiste em duas camadas: um subpêlo denso e fino e uma pelagem externa mais dura e mais longa.

Caráter e habilidades

O Pastor-finlandês-da-lapônia eles são excelentes para trabalhos pesados ​​como cães pastores. Eles rastreiam infalivelmente o gado perdido e têm repetidamente provado serem assistentes perfeitos para pastores e pastores.. Os animais são considerados muito ansiosos por aprender, eles são espertos e latem. Devido à sua atenção pronunciada, eles também são excelentes cães de guarda.. Além da coragem atribuída a ele, esses cães também são ágeis e fortes. Eles são considerados bons cães de adestramento e também podem ser mantidos em famílias. Deve ser observado, No entanto, que o Pastor-finlandês-da-lapônia requer um alto grau de exercício e esforço.

Saúde do Pastor-finlandês-da-lapônia

Esta raça parental é considerada robusta e resistente e quase nunca causa doenças hereditárias.. Se você está procurando por um cachorro assim, você definitivamente deve apoiar os esforços de criadores sérios e apenas comprar um filhote de um deles. Porque criadores responsáveis ​​dão importância ao cuidado com a saúde dos pais, bem como tipo e caráter. Porque o casaco é adaptado ao clima nórdico, o cão nunca deve ser solicitado a ter o melhor desempenho em temperaturas acima 15 graus. Basicamente, no verão, é aconselhável mudar as unidades de exercício mais longas para as horas da manhã e da tarde. Os representantes desta raça atingem uma idade de doze a quatorze anos.

Nutrição do Pastor-finlandês-da-lapônia

O Pastor-finlandês-da-lapônia é um animal musculoso que gosta de se mover. Portanto, ajuste a quantidade de comida à sua constituição e à sua carga real. As informações na embalagem são apenas um guia.. Fique de olho na cintura fina para que você possa fazer as medições a tempo se você Pastor finlandês comece a comer bacon. Dê ao cachorro até quatro porções por dia. A Pastor-finlandês-da-lapônia adulto pode sobreviver com duas refeições.

Importante:

Dê um tempo ao seu cão após a ração, então sempre o alimente após o exercício. Não é apenas a quantidade que conta: Certifique-se de usar uma ração de alta qualidade, onde a carne é o ingrediente principal. Você pode reconhecer isso pelo fato de que a carne está no topo da sua dieta e os enchimentos baratos como grãos foram evitados.. Isso se aplica tanto a alimentos secos quanto molhados.

Para atender às necessidades de mastigação do seu cão, pode oferecer-lhe mastigações regulares para cães secos, como orelhas de vaca. Como guloseimas ou outros petiscos, lembre-se de incluí-los na ração diária do seu cão para evitar excesso de peso. Quando se trata de lanches, opte por guloseimas sem açúcar, como porções de carne seca ou recompensas com vantagens, como lanches de cuidados dentários. Seu animal de estimação deve sempre ter acesso a bebidas geladas.

Cuidados do Pastor-finlandês-da-lapônia

O Pastor-finlandês-da-lapônia tem muitos cabelos grossos, que compartilha de forma relativamente generosa com seus arredores, i.e.: sente falta. No entanto, quanto mais você usa um pincel, menos cabelo vai acabar nas suas quatro paredes. Durante a troca de casaco duas vezes por ano ela perde muito cabelo, mas escovar encurta o “período peludo”. Melhor pentear a sujeira do casaco quando está seco. Você só deve dar banho em seu cão rena quando for absolutamente necessário. Em seguida, use um shampoo suave para cães. Verifique regularmente o comprimento dos pelos dos olhos, as orelhas e o comprimento das garras e, Sim é necessário, use produtos de limpeza para olhos e ouvidos ou tesouras de garra. Especialmente os cães que andam muito em solo macio podem tender a ter garras longas, o que pode fazer com que eles fiquem dolorosamente presos.

Atividades com o Pastor-finlandês-da-lapônia

É claro: todos os cães amam estar na natureza. O Pastor-finlandês-da-lapônia é um verdadeiro polivalente neste sentido. Quando você crescer e tiver um treinamento adequado, faz um maravilhoso companheiro de corrida, andar de bicicleta ou a cavalo – e, claro, em caminhadas longas e extensas. Esportes caninos em um clube também podem ser muito divertidos com ele Pastor-finlandês-da-lapônia: Agilidade, obediência, trabalho olfativo ou uso como cão de resgate costuma ser adequado para ele. Experimente o que você e seu Pastor-finlandês-da-lapônia aproveite mais. É claro, a raça também está predestinada para as tarefas de cães pastores. É importante acostumar o amigo de quatro patas a períodos regulares de descanso., apesar do uso adequado das espécies, para que você não se esforce demais e fique equilibrado.

Onde posso comprar meu Pastor-finlandês-da-lapônia?

Você está determinado a deixá-lo morar com você Pastor-finlandês-da-lapônia e você pode oferecer a ele tudo que ele precisa para uma vida canina feliz e completa? Parabéns! No entanto, você ainda pode ter um obstáculo a superar, porque: O Pastor-finlandês-da-lapônia são muito raros fora da Finlândia e da Escandinávia. Descubra mais sobre potenciais criadores de um clube de cães nórdicos para fazer seus primeiros contatos. Se apenas criadores estrangeiros forem considerados, leia primeiro as noções básicas de adoção de um cachorro do exterior e as condições de entrada. Embora possa ser um longo caminho, você definitivamente deve escolher um cão de um criador respeitável para apoiar a criação saudável e responsável da raça. Se a busca por um cachorro desta raça parece muito complicada, Você também deve procurar outras raças ou cães nos abrigos de animais. Semelhantes para o Pastor-finlandês-da-lapônia isto é, É claro, o Cão-finlandês-da-lapônia, o que também não é comum fora da Escandinávia, mas pelo menos não tão raro quanto seu parente próximo.

Avaliações do Pastor-finlandês-da-lapônia

Coexistência é importante que você tem com seu novo amigo. Plantearte antes de adquirir uma raça de cão “Pastor-finlandês-da-lapônia” você sabe alguns fatores. Nem todas as raças de cães são capazes de viver em um apartamento, Você deve levar em conta a sua qualidade, sua necessidade de exercício, sua interação com outros animais de estimação, seu cuidado e se você tiver crianças pequenas, o seu nível de tolerância para com eles.

Treinamento ?

4.0 Avaliação
4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Adequação do apartamento ?

2.0 Avaliação
2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Pode ficar sozinho o dia todo ?

1.0 Avaliação
1 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Adequado como primeiro cão ?

3.0 Avaliação
3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Aumento de peso ?

3.0 Avaliação
3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Deus o abençoe ?

5.0 Avaliação
5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

inteligência ?

4.0 Avaliação
4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Bondade com criança ?

5.0 Avaliação
5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Tendência a morder ?

1.0 Avaliação
1 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Tendência a latir ?

4.0 Avaliação
4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Tendência para fugir ?

2.0 Avaliação
2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Força de queda de cabelo ?

4.0 Avaliação
4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Adequado como cão de guarda ?

4.0 Avaliação
4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

alegria ?

3.0 Avaliação
3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Simpatia do gato ?

4.0 Avaliação
4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Nível de poder ?

4.0 Avaliação
4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Tipo e reconhecimentos:

  • CLASSIFICAÇÃO FCI: 284
  • Grupo 5: – Cães de tipo spitz e de tipo primitivo.
  • Seção 3: – Cote da Guarda Nórdica e de Pastoreio. Sem prova de trabalho.

Federações:

  • FCI – Grupo 5 – Seção 3 Cães nórdicos de guarda e pastoreio.

Padrão FCI da raça Pastor-finlandês-da-lapônia

Padrão FCI da raça Pastor-finlandês-da-lapônia
FCI Padrão No. 284 / 24.11.1999 / E

PASTOR FINLANDÊS DA LAPONIA
(Lapinporokoira)

TRADUCCION : Federação Mexicana de Canófila, A.C..
(Mvz. Mauricio Martínez).

ORIGEM : Finlândia.

DATA DE PUBLICAÇÃO DO PADRÃO ORIGINAL VÁLIDO : 12.03.1999.

UTILIZAÇÃO : Pastor de renas.

CLASSIFICAÇÃO FCI : Grupo 5 Tipo e tipo de Spitz cães
primitivo.
Seção 3 Cães de guarda nórdicos e
pastoreio.
Sem prova de trabalho.

BREVE RESUMO HISTÓRICO : Por centenas de anos, os lapões usaram cães do mesmo tipo do pastor finlandês da Lapônia como pastores de renas.. A inscrição no registro da raça começou na década de 1950. Naquela época, o moderno cão finlandês da Lapônia e o pastor finlandês da Lapônia ainda eram reconhecidos como a mesma raça.. O cão pastor finlandês da Lapônia foi separado e reconhecido como uma raça independente em 10 em Dezembro de 1966, assim que a existência de 2 diferentes raças de pastores de renas.

OLHAR GERAL : Um Spitz pastor, médias, claramente mais longo do que a altura na cernelha. Ossos e músculos são fortes. O cachorro é musculoso, mas não deve dar a impressão de ser pesado. O sexo deve ser claramente definido. A pelagem deve ser bem adaptada aos climas árticos.

PROPORÇÕES IMPORTANTES : O comprimento do corpo é de aproximadamente 10% mais longo que a altura na cernelha. A profundidade do corpo mede cerca de metade da altura na cernelha.

TEMPERAMENTO / COMPORTAMENTO : Dócil, calma, amigável, enérgico e ansioso para servir. Ele late de prazer quando está trabalhando.

CABEÇA : Elongada; o focinho é ligeiramente mais curto que o crânio.

REGIÃO CRANIANA
Crânio : Só ligeiramente convexo. O sulco frontal é marcado e os arcos superciliares são claramente definidos.
Links de depressão (Stop) : Na forma de um declive suave.

REGIÃO FACIAL :
Trufa : De preferência preto, mas harmonizando com a cor da pelagem.
Focinho : Leme nasal é reto. Visto de cima e de perfil, o focinho afunila uniformemente em direção ao nariz.
Belfos : Apertado.
Mandíbulas / Dentes : As garras e os dentes são fortes. Mordedura em tesoura. Dentadura normal.
Bochechas : Os arcos zigomáticos são claramente marcados.
Olhos : De preferência na cor escura, mas harmonizando com a cor da pelagem. Vivo e em vez de implantação separada. Em formato oval. Expressão inteligente, nas mulheres também é dedicado.
Orelhas : Erigir, duração média, implantação preferencialmente separada, bastante largo na inserção. A parte interna das orelhas é coberta por pêlos abundantes, particularmente na base.

PESCOÇO : Comprimento forte e médio; implantação suave nos ombros. Sem queixo duplo.

CORPO :
Cruz : Marcado.
Voltar : Forte e musculoso.
Lombo de porco : Curto e musculoso.
Alcatra : Bastante longo e ligeiramente oblíquo.
No peito : Profundo, longo e espaçoso, não muito largo. As costelas são claramente arqueadas.
Linha inferior : Ligeiramente coletado.

CAUDA : Médio em comprimento, inserida baixa e coberta com cabelo abundante. Em repouso a cauda pende; em movimento é realizado na forma de uma curva solta, mas não deve ser levantado nas costas. O movimento da cauda também pode ser circular.

MEMBROS

MEMBROS ANTERIORES :
Como um todo. : Poderoso, preso ao corpo com músculos fortes, mas livres em seus movimentos. Muscular e bem angulado. Vistos de frente, eles são retos e paralelos.
Ombro : Oblíquo e musculoso.
Cotovelos : Não entrou nem saiu, perto do corpo. Apontando para trás.
Antebraço : Vertical.
Carpi : Flexível e tendinoso.
Metacarpo : Vistos de perfil, são ligeiramente oblíquos, permitindo assim um movimento flexível.
Pés anteriores : Bastante oval em todos os lados, mesmo abaixo; coberto com cabelo abundante. Os dedos são bem arqueados, as almofadas são elásticas e grossas.

MEMBROS POSTERIORES :
Como um todo. : Bem angulado. Vistos por trás, eles são retos e paralelos.
Coxa : Bastante longo e largo com músculos bem desenvolvidos.
Joelho : Apontando para a frente, angulação é claramente marcada.
Hock : Bastante baixo, angulação é claramente marcada.
Metatarso : Bastante curto, vertical e paralela.
Pés de volta : Mesmo o anterior. De preferência sem ergôs.

MOVIMENTO : Livre, elástico, sem esforço e sem falhas. O trote é infatigável. No trote rápido, membros tendem a se mover mais perto do centro de gravidade (pista única).

PELE : Apertado em todo o corpo e sem rugas.

PELES

CABELO : A pelagem externa é longa ou meio longa, reta, bastante separado e áspero. A camada interna dos cabelos é fina e densa. O cabelo é geralmente mais grosso e mais longo no pescoço, peito e parte de trás das coxas.

COR : Preto em tons diferentes, até mesmo marrom acinzentado ou escuro com um matiz mais claro que a cor básica; manchas acinzentadas ou acastanhadas geralmente na cabeça, as partes inferiores do corpo e membros. Manchas brancas no pescoço, tórax e membros são permitidos. A camada interna dos cabelos deve ser preta, acinzentado ou acastanhado.

TAMANHO :
Altura à Cruz : Tamanho ideal : Machos : 51 cm,
fêmeas : 46 cm.
Com uma tolerância de +/- 3 cm.

FALHAS : Qualquer desvio dos critérios acima é considerado faltando e a gravidade é considerada o grau de desvio do padrão e seu impacto sobre a saúde e o bem-estar do cão.
• Homens não masculinos, hembras no femininas.
• Olhos muito claros em cães pretos.
• Orelhas com pontas caídas (semi-erguidas).
• Cauda enrolada ou enrolada nas costas.
• Pelagem macia, ondulado o liso.
• Falta de capa interna de pelos.

FALHAS ELIMINATÓRIAS
• cão agressivo ou medroso.
• Progantismo superior o inferior.
• Orelhas de abano.

Qualquer cão mostrando sinais comportamentais ou anormalidades físicas claras será desclassificado.

OBS.. : Machos devem apresentar dois testículos de aparência normais, bem desenvolvidos e acomodados a bolsa escrotal.

Nomes alternativos:

    1. Lapland Reindeer-Dog, Reindeer Herder, lapinporokoira (Finnish), lapsk vallhund (Swedish) (Inglês).
    2. Lapinporokoira (Francês).
    3. Finnischer Lapplandhirtenhund, Lapinporokoira (Alemão).
    4. Lapinporokoïra, Pastor de renas da Lapônia (Português).
    5. Lapland, Perro pastor finlandés, Pastor lapón (español).

Pastor-de-kraski
Eslovenia FCI 278 - Molossóides . Montanha

Pastor-de-kraski

Karst Shepherd, um cão de guarda típico. Atua em grande parte de forma independente, que também é essencial para a proteção do rebanho.

conteúdo

História

O Pastor-de-kraski É uma raça que existe há vários séculos e pertence ao grupo dos molossóides. Provavelmente, Este cão seguiu a tribo da Ilíria em sua migração através da Estíria e das ilhas da Dalmácia e se estabeleceu na região eslovena do maciço cársico.. A primeira vez que a raça é referida por escrito é em 1689, no livro do barão Janez Vajkart Valvasor, intitulado «A glória do ducado de Carniole». A raça e seu padrão foram reconhecidos oficialmente em 2 em Junho de 1939 com o nome de " Pastor de Iliria »Durante a assembléia geral do F.C.I. em estocolmo. Durante a assembléia geral de F.C.I. na Bled-Eslovênia em 1948, o padrão foi concluído e a raça reconhecida novamente. No entanto, até o 16 em Março de 1968, o Pastor de Iliria do maciço Karst, tinha o mesmo nome do maciço do pastor Sarplanina. Na frente de dois cães pastor com o mesmo nome, A Sociedade Central Iugoslava decidiu nomear um da região Karst "Pastor do Maciço Karst" e o outro " Sarplaninac ». Desde então, essas duas raças são totalmente independentes.

Características físicas

Externamente, o Pastor-de-kraski eles dificilmente se distinguem dos de Pastor-jugoslavo. Eles são em média um pouco menores do que seus parentes que vivem mais ao sul, mas a altura na cruz aceita para reprodução é a mesma para ambas as raças.

É meio do tamanho de um cão, harmoniosamente construído, robusto, com músculos bem desenvolvidos e uma constituição forte.

A cabeça é grande, com dentes poderosos. Os olhos são almendrados, marrom ou quase preto. As orelhas são inseridas moderadamente altas e caem achatadas na forma de “V”. A cauda, largo na base, assume a forma de um sabre, puxar um gancho leve com a ponta deve atingir o jarrete.
Cabelo: bastante longo, atinge o 14 cm; o subpêlo está bem desenvolvido.

  • Cor: ferro cinzento. Uma sombra escura é preferível na cruz; em direção ao abdômen e aos pés, a cor muda sem transição visível para cinza claro ou mesmo areia, com uma faixa cinza escura nas extremidades inferiores. A máscara escura na cabeça, cercada por cabelos grisalhos bege.
  • Tamanho: machos, de 57 a 63 cm (ideal 60 cm); fêmeas, de 54 a 60 cm (ideal 57 cm).

Caráter e habilidades

O Pastor-de-kraski é um cão de guarda típico. Atua em grande parte de forma independente, que também é essencial para a proteção do rebanho. É muito territorial, corajoso e vigilante, mas sem morder. Ele é desconfiado e até hostil a estranhos, mas um companheiro leal e dedicado de seu mestre e sua família.

O Guardião nascido precisa de uma socialização precoce e cuidadosa e de uma educação amorosa, mas consistente. Ele apenas se submete a uma liderança clara.
Como todos os cães de guarda, o Pastor-de-kraski está atrasado em desenvolvimento, atinge maturidade mental apenas em 3-4 anos.

Ele ama a vida no campo e estar ao ar livre. Seu habitat ideal é uma casa com uma grande parcela de terra que pode monitorar. Com um relacionamento familiar próximo e uma tarefa que se adapta ao seu instinto natural de vigília. O Pastor-de-kraski ele é um bom cão de companhia, gentil e também obediente, mas ele nunca se separará completamente de sua forte independência.

global Pastor-de-kraski isto é:

  • Guarda incorruptível na casa
  • Não se dá bem com outros cães.
  • Paciente, mas ainda carinhoso
  • Perdoar com crianças

Pastor-de-kraski Educação e Manutenção

Apenas condicionalmente adequado para a cidade.
Fora das regiões montanhosas da Eslovênia, esses cães são muito raramente encontrados. Isto se deve, por um lado, a sua grande necessidade de se mover e, por outro lado, às altas demandas de sua educação. O Pastor-de-kraski são mais individuais do que outras raças de cães pastores, já que muitas vezes são deixados à própria sorte em seus próprios dispositivos. “habitat natural” e proteger os rebanhos de forma independente. Um proprietário experiente, com muita paciência e senso de espírito para o seu cão, terá poucos problemas para educá-lo. Pastor-de-kraski para um companheiro obediente e calmo.

Saúde do Pastor-de-kraski

O Pastor-de-kraski é bastante saudável para um cão pastor, mas sofre de alguns problemas típicos da raça. Em média, eles atingem uma idade de 10 a 12 anos e, portanto, tornam-se significativamente mais velhos que a maioria Pastores alemães. O Pastor-de-kraski, vivendo em um ambiente familiar, são menos suscetíveis a doenças do que os animais que precisam dormir em canis e ficam permanentemente expostos ao clima. O tédio também é estressor e afeta a mente e a saúde dos cães..

Suas garras devem ser encurtadas regularmente.
Eles têm ouvidos sensíveis que incham rapidamente.
Cães em crescimento muito longo sofrem mais frequentemente da chamada paralisia do dachshund (distúrbios do disco intervertebral).
Displasia das articulações do cotovelo e quadril também são mais comuns nesses cães..

Compre um Pastor-de-kraski

Vários criadores do Pastor-de-kraski eles são membros do Dog Club da Europa Meridional e Oriental.
Alguns criadores eslovenos oferecem seus cães para exportação.
Preste atenção às boas condições de reprodução!
Como o Pastor-de-kraski eles são muito raros fora da Eslovênia, você dificilmente poderá visitar o criador antes de comprar. Se você tem a possibilidade, Combine a compra de um filhote de cachorro com férias de várias semanas na Eslovênia. Se o seu cachorro já conhece você, você sentirá muito menos estresse durante a transferência e durante a primeira fase de adaptação. Você também pode verificar as condições de conservação durante uma visita ao criador.

Imagens do Pastor-de-kraski

Fotos:

1 – Owczarek_kraski no World Dog Show em Poznan por Wikipédia
2 – Owczarek_kraski no World Dog Show em Poznan por Pleple2000 / CC BY-SA
3 – Owczarek_kraski no World Dog Show em Poznan por Pleple2000 / CC BY-SA
4 – Owczarek_kraski no World Dog Show em Poznan por Wikipédia
5 – Owczarek_kraski no World Dog Show em Poznan por Pleple2000 / CC BY-SA

Pastor-de-kraski - Vídeos

Tipo e reconhecimentos:

  • CLASSIFICAÇÃO FCI: 278
  • Grupo 2: – Cães de tipo Pinscher e Schnauzer, Molossóides e Cães de Montanha, e Boieiros Suiços.
  • Seção 2.2: – Molossóides, Tipo de montanha.
  • Federações:
    • FCI – Cães do tipo Pinscher e Schnauzer-Molossoide – Cães de Montanha e Boieiros Suiços. Seção 2.2 Molossóides, tipo de montanha.
    • UKC – Cão de guarda

    Pastor-de-kraski padrão FCI de raça

    Padrão da raça Shepherd-de-Kraski
    OLHAR GERAL: Este é um cão de tamanho médio, harmonioso, robusto, dotado de músculos bem desenvolvidos e uma constituição forte. A cauda e as orelhas estão caídas. O cabelo, aço cinza, é longo e abundante.

    PROPORÇÕES IMPORTANTES:

    Comprimento do tronco: altura na cernelha = 9 : 8 pelo menos. Um pouco mais em mulheres.

    Crânio um pouco mais (13 a 14 cm) que o focinho (11 a 12 cm).

    Largura do crânio (13 a 14 cm) igual ao seu comprimento.

    TEMPERAMENTO / COMPORTAMENTO: De bom caráter, é corajoso e corajoso sem ser muito agressivo. É dedicado ao seu mestre e temperamento moderadamente energético. Bom guardião incorruptível, desconfiar de estranhos. É um cão de companhia agradável e obediente, embora sempre mantenha uma forte individualidade.

    CABEÇA: Nice looking, embora proporcionalmente grande em relação ao corpo; não deveria estar bem, em tosca. Os perfis superiores do crânio e do canal nasal são ligeiramente convergentes.. Ver os de cima, é largo na região das orelhas e diminui em direção à região do nariz. Ver Perfil, é alto e arredondado. Comprimento da cabeça, da protuberância occipital à ponta do nariz, é de 24 a 26 cm. O crânio é ligeiramente mais longo do que o focinho.

    REGIÃO CRANIANA:

    Crânio: Muito desenvolvido, muscular, Delgado. Como seu perfil é levemente convexo, visto de todos os lados é arredondado. A amplitude do crânio na região das orelhas é igual ao seu comprimento. As arcadas zigomáticas não são acentuadas, o sulco frontal é moderado, a crista mediana é ligeiramente convexa, sem acentuar o occipital.

    Links de depressão (Stop): Está um pouco marcado, nenhuma transição acentuada.

    REGIÃO FACIAL:

    • Trufa: Black. Ampla, bem desenvolvido, ligeiramente acima da linha da frente.
    • Focinho: Comprimento médio. Largura e altura em sua base, diminui progressivamente em direção à área do nariz. Leme nasal é reta e larga.
    • Lábios: Eles são grossos, esticado, justa, sem formar sacos. Eles estão de volta.
    • Mandíbulas / Dentes: A dentição está completa. Dentes são fortes, especialmente os incisivos. A mordida é em forma de tesoura.
    • Bochechas: lateralmente, eles são um pouco volumosos; eles são gordos, mas não muito desenvolvido, moldando uma face bastante plana.
    • Olhos: Eles são apresentados um pouco separados, sem solavancos, nem afundado nas órbitas. Em forma de amêndoa. Sua cor varia de marrom claro a marrom escuro. Eles são francos na expressão, calmo e firme, quase melancólico, por causa da cor preta das pálpebras.
    • Orelhas: Implantação moderadamente alta, seu comprimento é médio e sua extremidade se estende até o canto externo do olho. Caem ao longo do comprimento das bochechas em forma de "V" e as bordas da frente são dobradas para o exterior.

    PESCOÇO: Largura, espessura, bom muscular, seção transversal oval. O perfil superior é retilíneo ou ligeiramente arqueado; o perfil inferior é retilíneo. Comprimento médio (Uns poucos 25 cm), está profundamente enraizado entre os ombros e preso à cabeça por forte musculatura. A pele é grossa, bem preso ao corpo, sem barbela. A pelagem é abundante com pêlos longos que formam uma gola e crina muito espessas, o que faz o pescoço parecer mais musculoso e mais curto do que realmente é. O rolamento é altivo e ligeiramente elevado.

    CORPO

    • Aparência geral: Está bem desenvolvido, comprimento médio. A cavidade torácica é longa.
    • Top de linha: É em linha reta, horizontal ou ligeiramente oblíquo.
    • Cruz: Longo, não muito alto, de largura adequada e bem aplicada ao corpo.
    • Voltar: Em linha reta, musculoso e amplo. Comprimento médio.
    • Lombo de porco: A região lombar é um pouco curta, muito musculoso e amplo. Alcatra: Comprimento médio, amplo e bem musculoso. A cauda é levemente inclinada no nascimento.
    • No peito: Está bem desenvolvido, volumoso em comprimento e largura; as costelas são largas, plano e moderadamente arqueado. A frente do peito é bem desenvolvida e a ponta do esterno é bastante arredondada. Com um comprimento de 25 a 28 cm, sua circunferência é 70 a 78 cm.
    • Linha inferior e barriga: A barriga está levemente elevada e dobrada, rígida. Os flancos são curtos, moderadamente encurtado.

    CAUDA: Está solidamente preso ao corpo; é largo em sua base. Na sua posição normal, tem a forma de um sabre e a extremidade geralmente traça um gancho de luz. Comprimento médio, deve chegar pelo menos ao jarrete. Tem pele abundante, com cabelos compridos, mas sem formar uma pluma. Quando o cão está alerta ou em movimento, a cauda sobe para ou ligeiramente acima da região posterior. Quando o cachorro está em repouso, a cauda desce.

    MEMBROS

    MEMBROS ANTERIORES:

    • Aparência geral: Eles são retos quando vistos de frente ou de perfil. Em todas as suas partes, eles se unem muito harmoniosamente entre si.
    • Ombro: A escápula é de comprimento médio, Largura, oblíqua, bem musculoso e firmemente preso ao corpo. O ângulo escapular- umeral está perto do ângulo reto.
    • Braços: Relativamente longo, mais oblíqua que a escápula, dotado de forte musculatura. Eles são bem aplicados ao corpo.
    • Cotovelos: O ângulo úmero-radial não é muito aberto. Bem aplicado ao corpo, os cotovelos devem estar pelo menos no nível do esterno.
    • Antebraços: De comprimento adequado, em linha reta. Ossos e músculos são fortes.
    • Carpi: Strong, bem aplicado no antebraço e no metacarpo. Metacarpo: Larguras, comprimento médio, ligeiramente oblíqua.
    • Pés anteriores: De dimensões bem proporcionadas ao tronco, sua forma vai do oval ao redondo. Os dedos estão bem juntos e arqueados, as unhas são pigmentadas. Rolamentos centrais e tubérculos digitais são fortes, preto ou pigmentado escuro.

    MEMBROS POSTERIORES:

    • Aparência geral: Na parte de trás, eles são bem proporcionados e se harmonizam com as outras partes do corpo. Visualizacões de perfil, as angulações estão fechadas o suficiente.
    • Coxas: No ângulo coxofemoral é fechado; coxas são longas, larguras, bem musculoso e sólido.
    • Joelho: Ângulo femoro-tibial ligeiramente aberto, joelhos bem torneados. A rótula é sólida.
    • Pernas: Eles são moderadamente longos, inclinado, robusto. Jarretes: Sólido e moderadamente aberto.
    • Metatarsos: Maciços, curto e reto. No caso de aparecer esporas, estes devem ser removidos.
    • Pés de volta: Com as mesmas características dos pés da frente.

    MOVIMENTO: Harmonioso, elástico, etapas bem coordenadas. O movimento favorito e mais elegante é o trote. Galopar com passos largos é menos elegante

    PELE: É grosso, compactar, elástico, adere bem ao corpo e não tem rugas; pigmentação escura; lábio pigmentado preto e borda da pálpebra.

    MANTO

    • Cabelo: Bem espessa, longo, suave; a camada interna dos cabelos é abundante. O chefe, a borda frontal das orelhas e a frente dos membros são cobertas por cabelos curtos. A borda traseira das orelhas apresenta cabelos mais longos e macios. A parte superior do pescoço é coberta por cabelos longos, esticada e abundante que forma uma juba. Na parte inferior, o cabelo é mais longo e mais macio, formando um colar que se alarga no ligamento do pescoço. O tronco e a barriga têm cabelos mais compridos que ficam menos duros na barriga. A cauda, geralmente é espesso, mas não forma uma pluma. No aspecto posterior dos membros anteriores, cabelo macio e longo forma franja. No aspecto posterior das extremidades posteriores, o cabelo ainda é longo e espesso e parecido com uma calça. O comprimento da camada externa dos cabelos é de cerca de 10 cm.
    • Cor: Aço cinza. Especialmente na cruz, é preferida uma sombra escura. Em direção à região da barriga e pés, a cor muda sem transição visível para cinza claro ou areia, com manchas cinzas escuras na frente dos membros. A máscara escura da cabeça é cercada por cabelos castanho-acinzentados claros.

    TAMANHO E PESO:

    Altura à Cruz:

    • Nos machos, é de 57 a 63 (tamanho ideal, 60 cm),
    • Em fêmeas, é de 54 a 60 cm (tamanho ideal, 57 cm).
    • Uma tolerância de 2 cm outros, mas isso terá um efeito negativo na apreciação geral do cão.

    Peso: Nos machos de 30 a 42 kg, Nas fêmeas de 25 a 37 kg.

    FALHAS: Qualquer desvio dos critérios acima é considerado faltando e a gravidade é considerada o grau de desvio do padrão e seu impacto sobre a saúde e o bem-estar do cão.

    PEQUENAS FALTAS

    • Pequenas falhas na constituição geral.
    • Cabeça um pouco pequena, fechar, longo ou não alto o suficiente.
    • Depressão naso-frontal indefinida.
    • Arcos zigomáticos pronunciados.
    • Bochechas muito gordas ou muito gordas.
    • Mandíbulas pouco desenvolvidas.
    • Lábios caídos.
    • Orelhas de implantação muito alta ou muito baixa; não perto o suficiente para as bochechas.
    • Olhos muito arregalados, muito claro, pouco distante.
    • Presença de queixo.
    • Voltar ligeiramente afundado, garupa ligeiramente saliente ou caída.
    • Peito estreito, inclinação baixa ou em forma de barril.
    • Peito estreito.
    • Cauda muito curta.
    • Membros ligeiramente defeituosos, dedos separados, pé de lebre.
    • Pele enrugada ou levemente pigmentada. Ausência de rugas na testa.
    • Pigmentação insuficiente da borda labial, das pálpebras e nariz.
    • Cabelo que não é longo o suficiente.
    • Pequena marca branca na frente do peito, ausência de máscara.

    FALTAS GRAVES:

    • Ofensas graves na constituição geral.
    • Silhueta de corpo quadrado.
    • Cabeça estreita, muito leve ou muito grosseiro.
    • Depressão nasal-frontal muito acentuada.
    • Focinho muito pontudo ou muito longo.
    • Dentes: mordida em pinça, alinhamento irregular dos incisivos, caninos inferiores que aparecem na frente dos caninos superiores.
    • Olho claro.
    • Orelhas eretas.
    • Afundado volta, garupa visivelmente muito elevada.
    • Saca-rolhas ou cauda torcida.
    • Os membros posteriores são visivelmente separados quando o cão anda.
    • Movimento desajeitado, especialmente nos membros posteriores.
    • Cabelos macios e ondulados.
    • Pigmentação clara da mucosa, do nariz, e das pálpebras. Mancha branca na frente do baú maior de 2 cm de largura e 10 cm de comprimento.

    FALHAS DE DESCALIFICANTES:

    • Agressividade ou extrema timidez.
    • Qualquer cão mostrando sinais comportamentais ou anormalidades físicas claras será desclassificado.
    • Desproporção exagerada entre diferentes partes do corpo.
    • Tamanho abaixo do mínimo autorizado pela norma.
    • Cabeça muito grande em relação ao corpo.
    • Dentes incompletos. Prognatismo ou enognatismo.
    • Posição de pé visivelmente estreita ou larga (em forma de barril).
    • Cauda muito curta ou toco.
    • Despigmentação da mucosa, do nariz ou pálpebras.
    • Qualquer cor que não seja cinza, que deve ser pelo menos claro. Cópias coloridas ou multicoloridas.
    • Limite bem marcado entre tons de cinza. Marcas brancas no peito ou no pescoço maiores que 2 cm de largura ou 10 cm de comprimento.

    OBS..:

    Machos devem apresentar dois testículos de aparência normais, bem desenvolvidos e acomodados a bolsa escrotal.

    Apenas cães funcional e clinicamente saudáveis, com a conformação típica da raça, deve ser usado para parentalidade.

    TRADUCCION: IRIS Carrillo (Federação Canófila de Puerto).

    Nomes alternativos:

      1. KARST SHEPHERD DOG, kraški ovčar, kraševec (Inglês).
      2. Kraski Ovcar (Francês).
      3. Illyrischer Schäferhund (Alemão).
      4. Pastor da Ístria (Português).
      5. kraški ovčar (español).

    Pastor-da-rússia-meridional
    Rusia FCI 326

    Pastor-da-rússia-meridional

    É um cachorro que reage rápido, é forte, equilibrado e animado, com tendência a ser dominante e muito ativo na defesa.

    conteúdo

    História

    A ascendência do Pastor-da-rússia-meridional Ele vem dos cães barbudos de pêlo grosso que foram trazidos juntamente com ovelhas de lã fina para as regiões estepes do Sul da Espanha. Este fato é mencionado no volume XXVI (1830 e., São Petersburgo) da coleção completa das leis do Império Russo. Estes cães ágeis de tamanho médio, moderno Pastor-catalão, eles foram capazes de encurralar os rebanhos de ovelhas e protegê-los. Esses cães trazidos de Espanha espontaneamente acasalado com pastores locais e cães de caça, que foram criados lá como ovelhas desde os tempos antigos. Mais tarde, esses cruzamentos se espalham pelas regiões sul do Rússia e eles eram conhecidos no exterior, nos países ocidentais ou na Europa como “o pastor russo”. Em 1867, uma medalha de ouro foi concedida a Cão de pastor russo na Feira Mundial de Paris por sua beleza. No entanto, a seleção real começou em 1898, na Crimeia, en Askania – Nova, demesne do barão russo de origem alemã Sr.. Friedrich von Falz-Fein. Ele foi a pessoa que deu à raça traços típicos modernos e a chamou “Pastor-da-rússia-meridional“.

    Numerosos filhotes com cães de caça locais levaram ao aumento da altura e predominância da cor branca, adicionou uma certa leveza de confirmação e um achatamento no peito típico de cães de corrida rápida, bem como barriga dobrada e ângulos mais pronunciados dos quartos traseiros. As últimas características típicas da conformação e o nome “Pastor-da-rússia-meridional” eles foram finalmente designados para a raça no período da URSS, no início da década de 1930, quando o primeiro padrão oficial da raça foi aprovado. Os cães de Pastor-da-rússia-meridional eles são fáceis de manter e podem se adaptar facilmente a várias condições climáticas devido à sua resistência, e eles estão sempre prontos para proteger seus proprietários e suas propriedades. Estes cães são excepcionalmente leais e dedicados aos seus donos., mas, ao mesmo tempo, não se deve esperar que o Pastor-da-rússia-meridional seja amigável com estranhos.

    Características físicas

    O Pastor-da-rússia-meridional é um cão de tamanho médio a grande, corpo médio, não robusto, com ossos fortes e músculos secos poderosos. O dimorfismo sexual está bem definido, os machos são mais volumosos em comparação com as fêmeas e têm cabeças maiores. A linha superior é uma característica da raça; forma uma ligeira curva sobre a coluna. O corpo, o chefe, os membros e a cauda estão cobertos de pêlos grossos, longo e desgrenhado que dá uma impressão enganosa de falta de jeito e peso, mas na verdade o Pastor-da-rússia-meridional ele é um cachorro rápido e ágil. Os olhos, ligeiramente amendoado, deve estar escuro e arranjado horizontalmente. As orelhas são relativamente pequenas, triangular e pendurado.

    • Cabelo: a capa é composta de cabelos longos (10-15 cm), frequentemente denso e ligeiramente ondulado, duro com subpêlo abundante.
    • Cor: uniforme branco permitido, branco acinzentado (Cinzas), branco com traços cinza, manchado de cinza; mantos brancos castanhos são mais raros, palha e completamente cinza.
    • Tamanho: machos, mínimo 65 cm; fêmeas, mínimo 62 cm. Indivíduos de 75 cm ou mais.

    Observações e dicas

    Às vezes, os filhotes nascem de cor cinza claro e ficam brancos com o primeiro derramamento.

    Caráter e habilidades

    É um cachorro que reage rápido, é forte, equilibrado e animado, com tendência a ser dominante e muito ativo na defesa. Muito inteligente e responsivo, é muito equilibrado, mas facilmente age se a segurança de sua família estiver ameaçada. É muito bom com os donos, crianças incluídas.

    Imagens do Pastor-da-rússia-meridional

    Vídeos do Pastor-da-rússia-meridional

    Tipo e reconhecimentos:

    • CLASSIFICAÇÃO FCI:Grupo 1 –> Cães de Pastor e Boiadeiros (exceto cães de montanha e boiadeiros suíços). / Seção 1 –> de pastor. Sem prova de trabalho.
    • FCI 326
  • Federações:
    • FCI – Grupo 1 cães de pastoreio, Seção 1 Cães Pastores
    • UKC – cães de pastoreio

    Nomes alternativos:

      1. Yuzhnorússkaya Ovcharka, Ukrainian Ovcharka, Ukrainian Shepherd Dog, Yuzhak, South Ukrainian Ovcharka, South Russian Shepherd Dog, South Russian Sheepdog (Inglês).
      2. berger de l’Ukraine (Francês).
      3. Juschnorusskaja Owtscharka, Südrussischer Schäferhund, Ioujnorousskaïa Ovtcharka (Alemão).
      4. pastor-da-ucrânia (Português).
      5. Pastor Ucraniano, Pastor del sur de Rusia (español).

    Fotos:

    1 – Pastor do sul da Rússia por https://www.pexels.com/es-es/foto/perro-2042862/
    2 – Ovcharka do sul da Rússia durante a exposição de cães em Racibórz, Poland por usuário:acorrentado / CC BY-SA
    3 – Ovcharka do sul da Rússia durante a exposição de cães em Racibórz, Poland por usuário:acorrentado / CC BY-SA
    4 – Ovcharka do sul da Rússia durante a exposição de cães em Racibórz, Poland por usuário:acorrentado / CC BY-SA
    5 – Imagens da Wikimania por Sailesh by Sailesh Patnaik / CC BY-SA

    Pastor-holandês
    Holanda FCI 223 - Cães Pastores.

    Pastor-holandês

    A variedade mais difundida é a de cabelos compridos, mas a raça é quase desconhecida fora das fronteiras holandesas.

    conteúdo

    História

    O pastor holandês desce diretamente do pastores belgas, que é muito parecido (incluindo subdivisão em três variedades capilares).

    Originalmente, a principal função do pastor holandês era típico de um cão pastor do país. Desde os primeiros tempos, os holandeses tinham uma cultura agrícola, entre outros, composta de rebanhos de ovelhas. Os cães devem manter o rebanho longe do plantio, que eles patrulhavam os limites da estrada e dos campos. Eles também acompanharam a transferência do rebanho para os prados comuns, mercados e portos. Na Granja, galinhas mantidas fora do quintal da cozinha, vacas foram pastoreadas para ordenha e o carrinho de leite foi puxado. Eles também alertaram os agricultores se alguém entrou. Em torno de 1900, rebanhos quase desapareceram na Holanda. A versatilidade do pastor holandês o tornou adequado para o treinamento, que naquela época estava começando a se tornar popular. Assim começou uma nova carreira como cão policial, busca e salvamento e como cão-guia para cegos. Ainda capaz de pastorear bandos de qualquer maneira. O primeiro padrão da raça data de 12 em Junho de 1898.

    Características físicas

    É um cão de tamanho e peso médio, bastante musculoso, Poderosamente construído e bem proporcionado. Sua expressão é inteligente e temperamento, Live. Os olhos são de cor escura, médias, macarons, um pouco oblíqua e nunca redonda. As orelhas, menor que grande, eles são retos e voltados para a frente, e inserido alto. A cauda, que em repouso fica em linha reta ou forma uma ligeira curva, atinge a ponta do jarrete. Quando está ativo, o cão é elegantemente elevado, nunca enrolado; nunca cai nos lados.

    • Cabelo: a variedade de pêlo curto tem um casaco bem preso; o de cabelos compridos tem cabelos lisos, e a variedade de cabelos duros tem grossos e duros; na cabeça forma sobrancelhas proeminentes, bigodes e barba. Dependendo da capa, na raça existem três variedades: Pelo curto, longo e difícil.
    • Cor: estriado mas o menos intensamente, no fundo marrom (canelado dourado) ou cinza (cinza canelado). As listras são menos evidentes em espécimes com cabelos duros. Máscara preta é preferível.
    • Tamanho: machos, de 57 a 62 cm; fêmeas, de 55 a 60 cm.

    Caráter e habilidades

    Afetuoso, obediente, dócil, vigilante, digno de confiança, pouco exigente e muito resistente. Sempre atente, ativo e dotado da verdadeira natureza de um cão pastor. É um pouco menos reativo e menos nervoso do que Pastor belga, aquele que parece, No entanto, mesmo em caráter.

    O pastor holandês trabalha de bom grado com seu mestre e é capaz de lidar com qualquer tarefa que lhe seja atribuída.
    A criação de rebanhos maiores deve ter a capacidade de trabalhar em conjunto com vários outros cães..

    Imagens do Pastor Holandês

    Pastor-holandês Videos

    Tipo e reconhecimentos:

    • CLASSIFICAÇÃO FCI:Grupo 1 –> Cães de Pastor e Boiadeiros (excepto boieiros suíços) / Seção 1 –> de pastor. Com trabalho julgamento
    • FCI 223
  • Federações:
    • FCI – Grupo 1 cães de pastoreio, Seção 1 Cães Pastores
    • AKC – Pastoreio
    • ANKC – Grupo 5 (cães de trabalho)
    • KC – Pastoral
    • NZKC – Cão de trabalho
    • UKC – cães de pastoreio
  • Padrão FCI da raça Pastor Holandês
  • Nomes alternativos:

      1. Dutch Herder, Hollandse Herder (Inglês).
      2. Berger hollandais (Francês).
      3. Holländischer Schäferhund (Alemão).
      4. Pastor holandês (Português).
      5. Perro de pastor holandés (español).

    Fotos:

    1 – Pastor holandês de pêlo curto, empilhado por CaroleField / CC BY-SA
    2 – Silverbrindle e goldbrindle são as cores aprovadas da raça por Lissunmusta / CC BY-SA
    3 – Pastor holandês macho de cabelos curtos rajado chamado Black, 2 anos de idade, de propriedade de Jason Paluck por Wikipédia
    4 – Pastor holandês rajado adulto por https://www.pikrepo.com/fyvdb/adult-brindle-dutch-shepherd
    5 – pastor holandês por https://www.peakpx.com/504961/dutch-shepherd
    6 – Pastor holandês por https://pxhere.com/en/photo/1387398
    7 – Neros van Guard é um pastor holandês importado do Canadá para os EUA por Ulyseemuff / CC BY-SA

    Utilização de cookies

    Este web site utiliza cookies para que você tenha a melhor experiência de usuário. Se você continuar navegando você está dando seu consentimento para a aceitação dos cookies acima mencionados e a aceitação de nosso política de cookies, Clique no link para obter mais informações.cookies de plugin

    ACEITAR
    Aviso de cookies