Maitaca-roxa
Pionus fuscus

Maitaca-roxa

Conteúdo


Anatomia-papagaios-pt

Descrição:

24 - 26 cm. altura e entre 179 e 222g. peso.

A cor geral do Maitaca-roxa (Pionus fuscus) É violeta azul escuro. Pequena mancha de penas na frente do lordes; com base na Cere, Rosa; para o resto., lordes, bochechas, frente e coroa, bases de azul lavanda pálida com pena branca na coroa, O que dá uma aparência de mosqueado fraca em algumas aves; abrigos de fones de ouvido mais escuro e mais cinza, formando um distintivo patch; Penas na garganta e os lados da pescoço de cor branca com listra estreito marrom no centro e pontas de cor azul pálido, formando o conjunto uma Colar incompleto.

Penas na manto e o de volta, de cor marrom, cor de chumbo com essas margens pálidas, dando o efeito escalopado; Escapulários, alcatra e abrigos de supracaudales, castanha escura cinza, com margens pálidas muito fracas (ou ausente).

Abrigos de pequenos e médias empresas, de cor marrom, cor de chumbo com margens pálidas; Coverts primárias e superiores, assim como o penas de voo, de cobalto de cor azul; na parte inferior, o asas azul profundo. Penas em cima do peito, da rosa de cor pálida com dicas de cor lavanda pálida; zona baixa do peito com menos corante lavanda, chegando a ser mais escura e mais cor entrou a barriga, atingindo, algunos pájaros, o centro de uma barriga ricamente colorida veio; coberteras infracaudales de color carmesí.

Cola Azul com vermelho na base. maxilar superior Enegrecido na ponta com patch de cor chifre na base, maxilar inferior Enegrecido com base mais pálida e mais clara visà­vel em algumas aves; àris castanho escuro; Pernas cinza.

Ambos os sexos semelhantes.

No imaturo a coloração é igual do adulto, Mas com algumas telhados nas asas superiores com borda verde; penas secundárias tingidos de verde e a anel de olho nua e branca.

Habitat:

Maitaca-roxa

Eles habitam principalmente en bosques lluviosos de tierras bajas y bosques húmedos en las colinas, onde as aves passam a maior parte do tempo na Copa; Principalmente na terra de floresta, ocasionalmente em florestas e pântanos e menos frequentemente em igapó (florestas inundadas permanentemente), Apesar de relatos de aves na savana (Suriname), bosque costeros de galería (Guiana Francesa) e áreas cultivadas (Embora evitando habitats mais abertos e menos vistos em clareiras ou bordas de floresta para alguns parentes próximos, tais como o Maitaca-de-cabeça-azul (Pionus menstruus).

Especie poco común, voando sozinho ou em pequenos grupos sobre o dossel da floresta,

Você pode vê-los em Venezuela do nà­vel do mar para fechá-las 1.000 m, e em sobre 1.200-1.800 metros no lado colombiano da Sierra de Perijá.

gregário, especialmente fuera de la temporada de cría.

Reprodução:

Ninhos em ocos de árvores velhas, provavelmente durante o segundo trimestre do ano, aunque un ninho observou-se no mês de novembro no Para, Brasil. O Pà´r do sol é de 3-4 ovos.

Alimentos:

Se alimenta principalmente en el dosel aunque también en las ramas de los árboles fructíferos en zonas claras.

La dieta incluye sementes do sexo Eschweilera e Micropholis.

Distribuição:

distribuição de tamanho (reprodução / residente): 1.870.000 km2

Sua população está quebrada. Há uma população isolada na Sierra de Perijá (fronteira entre Colômbia e Venezuela); independentemente da população, A espécie é encontrada em Venezuela, ao sul da Orinoco em Bolívar, desde o Río Caura, no noroeste, até o Nuria upland, a área superior da río Cuyuni e o Serra de Lema na borda de áreas com Guiana, no Oriente, estendendo-se através das partes florestadas do Guiana, Suriname e, presumivelmente, o Guiana Francesa (Não existem registros conhecidos) até Amapá, o nordeste da Brasil, e espalhar-se mais amplamente a leste do Amazônia brasileira, a partir de Rio Preto de norte a sul, desde o río Madeira a leste do Para e Maranhão.

Movimentos sazonais regulares ocorrem em Suriname, com as aves presentes na região costeira nos meses de julho e agosto.

Em geral bastante comum, Embora distribuà­do localmente; relatos de uma presença moderada e generalizada em Guiana (aunque poco común en las Montanhas Kanuku no sudoeste); Común en los bosques de los litorales costeros, as savanas e florestas dentro de Suriname.

Desmatamento, severo e rápido em partes de sua escala (por exemplo, Para e Maranhão, Brasil) é, presumivelmente, causando uma diminuição na população do Maitaca-roxa.

Bastante escassos em cativeiro.

Conservação:


estado


• No considerada bajo N categoría de ameaça.

• No es conocida como ave de jaula, mas A perda de habitat Isso pode estar afetando suas populações.

Justificação da população:

O tamanho da população do mundo da Maitaca-roxa Ele não quantificou, mas esta espécie é descrita como “Raro” (Stotz et ao., 1996).

Justificação da tendência:

Eles suspeitam que esta espécie tem perdido a 1,1% de habitat dentro de sua distribuição mais de três gerações (20 anos) com base em um modelo de desmatamento Amazà´nia (Soares-Filho et ao., 2006, Pássaros, et ao., 2011).

Dada a susceptibilidade das espécies para a caça ou captura, Suspeita-se que ele vai cair <25% durante tres generaciones.

"Maitaca-roxa" em cativeiro:

Inteligente, curioso, um pouco barulhento, brincalhão quando acclimatizes para o proprietário.
Raro em cativeiro até a década de 1970 Quando em pequenas quantidades foram importados da Guiana.

Sua longevidade é de alguns 25 anos.

Nomes alternativos:

Dusky Parrot, Little Dusky Parrot, Violaceous Parrot, Violet Parrot (inglês).
Pione violette, Pionus violet (Francês).
Veilchenpapagei, Veilchen-Papagei (alemão).
maitaca-roxa, curica, papagainho-roxo, paraná-i (português).
Cotorra de Perijá, Loro Morado (espanhol).
Cotorra de Perijá (Colômbia).
Cotorra Morada (Venezuela).

Classificação científica:

Ordem: Psittaciformes
Famà­lia: Psittacidae
Gênero: Pionus
Nome científico: Pionus fuscus
Citação: (Estácio Muller, 1776)
Protonimo: Psittacus fuscus

Imagens do "Maitaca-roxa"

Và­deos do "Maitaca-roxa"

———————————————————————————————–

“Maitaca-roxa” (Pionus fuscus)


Fontes:

Avibase
– Papagaios do Mundo - Forshaw Joseph M
– Papagaios um guia para os papagaios do mundo – Tony Juniper & Mike Par
Birdlife

Fotos:

(1) – Veldhoven
(2) – Maitaca-roxa (Pionus fuscus) ou sombrio Pionus por Jacques Barraband [Domínio público], via Wikimedia Commons

5/5 (1 Voto)
Compartilhe com os seus amigos !!

Deixar um comentário