Terrier irlandês do Glen do Imaal
Irlanda FCI 302 . Terriers de médio e grande porte

Glen of Imaal Terrier

Acredita-se que este Terrier seja menos excitável que os outros, embora tome medidas imediatamente quando solicitado.

conteúdo

História

O Terrier irlandês do Glen do Imaal é originário da costa leste da Irlanda, no condado de wicklow, que está na ravina (= Valle) o Imaal. Deste vale áspero e selvagem, essa raça muito antiga ganhou seu nome. Foi mencionado pela primeira vez 1575.

Como um velho cachorro de fazenda, o Terrier irlandês do Glen do Imaal ele teve uma vida muito ocupada e trabalhou duro por seu mestre. Seu trabalho era pegar ratos e camundongos em fazendas e operar máquinas de trabalho menores, como batedeiras e trituradoras., onde eu tive que correr com tiras de couro. Ele também acompanhou seu mestre na caça à raposa, o texugo e a lontra. Ele trabalhou em silêncio e, se necessário, lutou até a morte. Antes de ser banido na Irlanda, o Terrier irlandês do Glen do Imaal também usado em brigas de cães questionáveis. É claro, ele também era o amigo mais leal e vigiava a casa e o quintal, nunca evitou enfrentar um oponente muito maior e mais forte.

Para seu dono, o Terrier irlandês do Glen do Imaal era tão importante quanto seu pão diário, embora pouco exigente, frugal e resistente o suficiente para compartilhar a vida árida dos agricultores. Essa vida dura trouxe uma seleção implacável. Somente os terriers mais difíceis e mais frugais sobreviveram, o que caracteriza a raça até hoje.

O pedigree de Terrier irlandês do Glen do Imaal é um segredo irlandês até hoje. Na própria Irlanda, este Terrier nunca foi numeroso e não deixou sua casa ancestral até 1980, quando os proprietários o preservaram como um verdadeiro filho da natureza, marcado por grande coragem, habilidade e resistência. Em 1933 a raça foi oficialmente reconhecida pelo Irish Kennel Club ( I.K.C.). O reconhecimento internacional do F.C.I. continuou em 1981.

Características físicas

O Terrier irlandês do Glen do Imaal é pequeno, mas forte e robusto e pesa até 16 quilogramas com uma altura máxima na cernelha de 36 centímetros. Suas orelhas relativamente pequenas e inclinadas para a frente são notáveis.. Sua pelagem é de comprimento médio e consiste em uma camada superior áspera e uma camada inferior lisa. Pode ser cor de trigo, tabby azul ou em diferentes tons de vermelho e dourado. No caso de uma pelagem escura, é comum uma máscara azul-preta, que também pode aparecer como listras nas orelhas, ao longo das costas e cauda, então essas marcas se tornam claramente mais claras com o aumento da idade.

Caráter e habilidades

Hoje, os Terrier irlandês do Glen do Imaal é um cão da família gentil e dócil. Sua natureza equilibrada e fiel, assim como seu temperamento médio tornam a vida com ele muito agradável. O Terrier irlandês do Glen do Imaal é muito carinhoso, sempre feliz e de bom humor e de preferência “No meio”. Desfrute de toda a atenção e cuidado, mas sem exigir nada. Mais bem, segue-a com seu olhar alerta e uma vez que ela ganhou atenção, mostra sua alegria por isso com fortes golpes na cauda. Se a alegria é particularmente grande, seu temperamento também pode fugir com ele.

As crianças são bem-vindas como companheiros de brincadeira, se eles lhe mostrarem o respeito que ele mostra. Animais de estimação são aceitos por ele sem problemas quando se acostumam. O Terrier irlandês do Glen do Imaal ela é sempre amiga de estranhos, e com sua alegria contagiosa, seu charme e seu olhar irresistível rapidamente têm todas as simpatias do seu lado. Depois de tudo, é um terrier que irradia muita personalidade. Ele é de mente aberta e não tem medo de aprender coisas novas. Ele gosta de estar em todo lugar com o nariz. Em geral, tudo o que é novo – gente estranha, novos ambientes, um objeto que não existia antes – é muito interessante e deve ser examinado com muito cuidado. O vale irlandês de Imaal Terrier é um observador particularmente atento. Junto com sua natureza encantadora e seu desejo de fazer tudo certo, é muito adaptável e desenvolve um relacionamento muito próximo com sua família. Ele gosta de acompanhá-los sempre que possível. Como um terrier muito orientado para as pessoas, Eu os defenderia em caso de emergência, até a morte. Sinta-se mais confortável na sua proximidade.

O que o caracteriza Terrier irlandês do Glen do Imaal é sua grande coragem, sua autoconfiança e inteligência acima da média. Carga de trabalho e trabalho intelectual suficientes são importantes para o amigo inteligente de quatro patas. Aproveite quase todas as atividades, seja esportes com cães, pesquisar jogos ou aprender truques – está disponível para todos os tipos de diversão.

Apesar das pernas curtas, é muito ágil, devido ao seu físico musculoso, um pequeno poder. Suas características especiais são as pernas dianteiras levemente curvas, com as pernas viradas para fora, a cabeça grande e o peito pronunciado. O Terrier irlandês do Glen do Imaal é um cachorro muito equilibrado, que irradia muita calma, por um lado, mas, por outro lado, você está imediatamente pronto para a ação e, Sim é necessário, vigia vigorosamente e defende sua casa e família.

O Terrier irlandês do Glen do Imaal – o pequeno irlandês com um grande coração

Como um terrier silencioso, quase não late. Também é menos excitável do que outros terriers. Às vezes você pode ver a teimosia irlandesa, Mas o Terrier irlandês do Glen do Imaal não ressentido. Devido à sua origem, não tolera muito bem o calor, ele gosta de clima severo e quando o vento sopra no nariz. Mas se a química não estiver correta, ou se o outro cão se aproxima descaradamente dele, você receberá a mensagem – “Glen não gosta da sua atitude”. Por conseguinte, é importante socializar com outros cães desde o início e ter contato com muitos cães de diferentes idades.

Cuidado com Terrier irlandês do Glen do Imaal

Porque o Terrier irlandês do Glen do Imaal ainda muito original e não educado, ainda uma raça muito saudável e robusta. Sua pelagem possui uma camada superior áspera, com uma suave camada inferior que precisa ser aparada. Em todos os outros aspectos, seu casaco de limpeza automática é muito fácil de cuidar. A cor da pelagem é trigo ou tigrado (Azul distribuído).

Uma educação consistente mas amorosa faz com que Terrier irlandês do Glen do Imaal um companheiro fiel, agradável e gentil, que é fácil de manusear.

Expectativa de vida em Terrier irlandês do Glen do Imaal

O Terrier irlandês do Glen do Imaal é considerada uma raça original de cachorro, com boa saúde e robustez devido à ausência de doenças hereditárias causadas pela reprodução. Se mantida de maneira apropriada à espécie, vai viver uma média de doze anos.

Imagens do Terrier irlandês do Glen do Imaal

Fotos:

1 – Glen irlandês de Imaal Terrier durante exposição internacional de cães em Katowice – pires, Polônia. Criador – Piotr Kuźnik, http://www.irishglen.pl/ by Pleple2000 / CC BY-SA
2 – Glen irlandês de Imaal Terrier durante exposição internacional de cães em Katowice – pires, Polônia. Criador – Piotr Kuźnik, http://www.irishglen.pl/ by Pleple2000 / CC BY-SA
3 – Adulto w:Glen of Imaal Terrier por foto de Scoo / CC BY-SA
4 – Glen irlandês de Imaal Terrier durante exposição internacional de cães em Katowice – pires, Polônia. Criador – Piotr Kuźnik, http://www.irishglen.pl/ by Pleple2000 / CC BY-SA
5 – Glen irlandês de Imaal Terrier durante exposição internacional de cães em Katowice – pires, Polônia. Criador – Piotr Kuźnik, http://www.irishglen.pl/ by Pleple2000 / CC BY-SA
6 – Glen of Imaalinterrieri por Sami Kronqvist / CC BY-SA

Vídeos do Terrier irlandês do Glen do Imaal

Tipo e reconhecimentos:

  • CLASSIFICAÇÃO FCI: 302
  • Grupo 3: – Terriers
  • Seção 1: – Terriers de médio e grande porte. Sem prova de trabalho.
  • Federações:
    • FCI – Terriers 1 Terriers de médio e grande porte.
    • AKC – Terriers
    • ANKC – Terriers
    • CKC – Terriers
    • KC – Terriers
    • NZKC – Terriers
    • UKC – Terriers

    Padrão FCI da raça Terrier irlandês do Glen do Imaal

    Padrão FCI da raça Terrier irlandês do Glen do Imaal
    ASPECTO GERAL: É um cão de porte médio, com um casaco de comprimento médio, muito forte e dá a impressão de substância máxima por seu tamanho.

    PROPORÇÕES IMPORTANTES:

    . O corpo é mais comprido do que alto, perto do chão.

    TEMPERAMENTO / COMPORTAMENTO: É um cachorro ativo, ágil e silencioso ao trabalhar. Corajoso e dotado de coragem quando você precisar, caso contrário, é gentil e dócil, a partir do qual a personalidade flui, sua natureza leal e afetiva, torna um cão muito aceitável para casa e empresa. Diz-se que o irlandês Glen de Imaal é menos facilmente excitável do que outros terriers, embora ele esteja sempre pronto para reagir se solicitado.

    CABEÇA:

    REGIÃO CRANIANA:

    • Crânio: Boa largura e comprimento razoável.
    • Links de depressão (Parar): Pronuncia-se.

    REGIÃO FACIAL:

    • Trufa: Preto.
    • Focinho: Dando a impressão de força; estreitando em direção à trufa.
    • Mandíbulas: Strong.
    • Dentes: Dentes saudáveis, regular, tamanho forte e bom. Bite em tesoura.
    • Olhos: Brown, médias, redondo e bem separado. Olhos claros devem ser penalizados.
    • Orelhas: Pequeno, Quando o cão está alerta, deve ser rosa ou semi-vertical; quando em repouso são transportados para trás. Orelhas totalmente inclinadas ou eretas são indesejáveis.

    PESCOÇO: Muito musculoso e de comprimento moderado.

    CORPO: Profundo e longo, mais do que alta. Top de linha: Ao nível.

    • Lombo de porco: Strong.
    • No peito: Largo e forte, costelas bem arqueadas.

    CAUDA: Cortar. Empresa na raiz, bem estabelecido e realizado feliz. As caudas dos filhotes devem ser cortadas ao meio. Uma cola natural (não cortar) é permitido para países onde cortá-los é proibido por lei.

    MEMBROS

    MEMBROS ANTERIORES: Curto, curvado e com bons ossos.

    • Lâminas: Espaçoso, musculoso e bem inclinado.
    • Pernas anteriores: Curto, arqueamento e bom osso.
    • Pés: Compacto e forte, com almofadas redondas. Os pés da frente são levemente girados para fora em relação ao metacarpo.

    MEMBROS POSTERIORES: Forte e bem musculoso.

    • Coxas: Bem musculado.
    • Joelho: Bem angulado.
    • Jarretes: Sem entrar ou sair.
    • Pés: Compacto e robusto com apoios de pés redondos.

    MOVIMENTO: Livre e sem levantar muito os membros anteriores. Cobrir sem esforço o solo com um bom momento vindo dos quartos traseiros.

    MANTO

    Cabelo: O cabelo é de comprimento médio e textura grossa, com um subpêlo macio. O cabelo pode ser arrumado para deixar sua figura arrumada.

    Cor:

    • Gato malhado azul sem a tonalidade ficando preta.
    • Trigo, de trigo leve a um tom avermelhado dourado
    • Filhotes podem nascer azuis, Filhotes de trigo ou avermelhado de cor mais clara geralmente têm uma máscara de cor azulada, pode ter uma faixa azul na parte de trás, na cauda e nos ouvidos. Marcas mais escuras vão clarear com a idade.

    ALTURA E PESO

    Altura à Cruz:

    Machos: 35,5 cm (14 polegadas) é o máximo. Fêmeas: proporcionalmente menos.

    Peso:

    Machos : 16 kg (35 Português libras).

    Fêmeas : proporcionalmente menos.

    FALHAS: Qualquer desvio dos critérios acima é considerado faltando e a gravidade é considerada o grau de desvio do padrão e seu impacto sobre a saúde e o bem-estar do cão.

    • Orelhas de cão.
    • Com prognatismo inferior ou superior.
    • Corpo muito curto.
    • Frente reta.

    FALHAS DE DESCALIFICANTES:

    • Agressividade ou extrema timidez.
    • Qualquer cão mostrando sinais comportamentais ou anormalidades físicas claras será desclassificado.
    • Cor preta e fogo.
    • Focinho estreito.

    OBS..:

    Os machos devem ter no testículo dois testículos totalmente descendentes de aparência normal, apenas cães funcionalmente saudáveis ​​e clinicamente saudáveis., com a conformação típica da raça, deve ser usado para parentalidade.

    TRADUCCION: Lic. O. Valverde, revisado por Dr. F. del Valle e atualizado por J. Nallem, Uruguaio Kennel Clube.

    Nomes alternativos:

      1. Irish Glenn of Imaal Terrier, Wicklow Terrier, Glen, Glennie (Inglês).
      2. Irish Glen of Imaal Terrier (Francês).
      3. Irish Glen of Imaal Terrier (Alemão).
      4. Glen of imaal terrier (Português).
      5. Glen, Wicklow Terrier, Glen of Imaal Terrier, Irish Glen of Imaal Terrier (español).

    Terrier brasileiro
    Brasil FCI 341 - Terriers de médio e grande porte.

    Terrier brasileiro

    Devido ao seu fácil treinamento e habilidades físicas, no Brasil é usado como cachorro de circo.

    conteúdo

    História

    Embora o Terrier brasileiro era originalmente do brasil, seus antepassados ​​não vieram da América do Sul, mas principalmente da Europa. No final do século XIX e início do século XX, muitos jovens brasileiros estudaram em universidades europeias, especialmente na Inglaterra e França. Não era incomum eles voltarem para casa casados ​​e suas esposas às vezes traziam pequenos cães terrier com eles. Estes foram misturados com os machos e fêmeas nativos, então uma raça de cachorro se desenvolveu, cujos membros pareciam diferentes e literalmente estranhos.

    Mas em algumas gerações o fenótipo do Terrier brasileiro. Acredita-se que seja o resultado do cruzamento Pinscher, Chihuahua e Jack Russel Terrier.

    Por certo, o Terrier brasileiro familiarizou-se com as diferentes condições de vida no Brasil: Inicialmente, as famílias com seus cães viviam no campo antes de serem atraídas pelos grandes centros urbanos, que se desenvolveu gradualmente. O Terrier brasileiro costumava servir principalmente como caçador de ratos. Entretanto, No entanto, seu campo de aplicação foi ampliado: eles são excelentes cães de guarda e família.

    Criação seletiva desta raça de cão, muito apreciado no Brasil, mas quase desconhecido na Europa, começou por aí 1970. O Terrier brasileiro foi provisoriamente reconhecido pela FCI (Fédération Cynologique Internationale) em 1995 e de 2007 está completamente incluído como uma raça no catálogo da maior organização cinológica do mundo. Leva o número padrão 341 e está no grupo 3 (terriers), seção 1 (Terriers de médio e grande porte).

    Características físicas

    O Terrier brasileiro é meio do tamanho de um cão, construção fina e harmoniosa. Seu corpo quadrado com linhas externas arredondadas é firme, mas não muito pesado. O peso de um animal adulto é de no máximo oito a dez kg. Isso se aplica a homens e mulheres, embora a altura na cernelha seja diferente nos dois: Ao alcançar 35 a 40 centímetros em machos, é apenas 33 a 38 centímetros nas fêmeas.

    Interessante e incomum é que Terrier brasileiro tem diferentes comprimentos de cauda desde o nascimento: De um toco rudimentar em uma cauda longa média a uma cauda cheia, você pode encontrar as expressões mais variadas. Esta característica característica da raça fornece Terrier brasileiro uma aparência individual e não diminui seu charme, pelo contrário.

    O cão também deve seu carisma especial às pequenas orelhas dobradas, bem como os grandes olhos azuis redondos, Green, Brown, Cinza azulado ou marrom avermelhado com uma aparência aberta e animada. A cabeça parece muito expressiva. Tem uma forma triangular e é largo na base. O rosto se estreita visivelmente desde as orelhas amplamente espaçadas até a ponta do nariz. Devido ao sulco relativamente distinto na testa, parece pensativo.

    O pêlo curto, suave, cão fino e apertado se sente muito bem, um pouco como o cabelo de um rato. Sem roupa interior. Áreas especialmente macias são encontradas na cabeça, as orelhas, a parte inferior do pescoço e a parte interna das pernas dianteiras. Como uma regra, um Terrier brasileiro é tricolor. A cor básica é sempre branca. É ladeado por marcas negras, vermelho azul e / ou marrom, eles fornecem um padrão distinto. Repetidas vezes, você ouve e lê que o Terrier brasileiro tem fortes semelhanças com Fox Terrier. Isso é inegável, mas existem diferenças visíveis: o focinho do brasileiro é muito mais curto e os contornos do corpo parecem mais arredondados, enquanto o corpo do Fox Terrier é mais angular.

    Caráter e habilidades

    O caráter de Terrier brasileiro pode ser descrito, acertadamente, tão pouco complicado. Seu comportamento social é mais uma vez muito melhor do que o de outros tipos de terrier. Por exemplo, a teimosia de Russel e eu sacudo Fox Terrier estão muito menos presentes na América do Sul. Ele é muito amigável com as pessoas que conhece e em relação ao contato com seus proprietários, pode-se usar termos como “amando” e “Concurso”. Também com outros cães, o Terrier brasileiro geralmente se dá bem.

    Como seus parentes na família terrier, o Terrier brasileiro é extremamente espirituoso, e, portanto, ativo e animado. Você também poderia dizer: um verdadeiro brasileiro. Como um resultado., precisa de muito exercício. Ele gosta de acompanhar corredores e caminhantes e se divertir com as crianças., mas se contenta com aventuras divertidas no parque sem reclamar. Mas por favor, preste atenção na variedade: O cão encontra prazer em jogos de bola e recuperação. Move-se livremente e com elegância. Típicos são os passos curtos e rápidos.

    O Terrier brasileiro é considerado um cachorro inteligente – mas é claro que isso requer uma certa quantidade de atividade, não apenas do lado de fora, mas também dentro de casa ou apartamento. Seu alto nível de atenção e o fato de ser inicialmente reservado a estranhos, seu latido acima da média geralmente o qualifica como um cão de guarda. Também vale a pena mencionar a capacidade do cão de ter empatia em quase todas as situações..

    Em breve, É um excelente cão para uso doméstico e familiar ou social, que pode ser facilmente treinado com uma combinação bem-sucedida de orientação gentil e paciente. Entusiasta de esportes caninos (agilidade, Bola aérea). Além disso, se dá muito bem com cavalos, tornando-o um excelente companheiro para os donos de cavalos. Graças ao seu caráter agradável, o Terrier brasileiro também é adequado como um cão iniciante para pessoas que tiveram pouca ou nenhuma experiência de posse ativa de cães até o momento.

    Considerando sua origem, o Terrier brasileiro é naturalmente usado para temperaturas tropicais. Por esse motivo, é recomendável desistir da raça se você vive em climas muito frios e chuvosos.

    Cuidado e saúde do Terrier Brasileiro

    A manutenção de Terrier brasileiro é relativamente fácil. Isto se deve principalmente à pelagem curta e lisa, sem subpêlo. O cachorro quase não perde pêlos, por isso, também é adequado para quem sofre de alergias que têm de passar sem os amigos de quatro patas de outras raças por motivos de saúde.

    Falando sobre saúde:

    Outro aspecto positivo é que o Terrier brasileiro eles são particularmente resistentes a doenças e têm uma alta expectativa de vida. Em média, eles vivem em 12 a 15 anos. Somente em relação aos ouvidos é necessário cuidado: Os cães têm o que é conhecido como orelhas inclinadas, o que significa que o canal auditivo está angulado. Isso torna a ventilação do ouvido interno um pouco mais difícil., que promove o estabelecimento de bactérias e fungos e aumenta significativamente a probabilidade de uma infecção no ouvido perigosa. Por esta razão, os ouvidos do Terrier brasileiro deve ser limpo regularmente e cuidadosamente. Para fazer isso, lóbulos das orelhas e limpadores de ouvido especiais são usados. Esses agentes ajudam a soltar a sujeira e a cera do ouvido e, por consequência, mantenha o quadrúpede saudável. Importante: Nunca use cotonetes. Eles teriam um efeito contraproducente.

    Imagens do Terrier brasileiro

    Fotos:

    1 – Terrier brasileiro – Cão 2013 Helsinque 13-15/12/2013 por Tomasyna / CC BY-SA
    2 – Juliana Lopes / CC POR por Brazilian Terrier, enviado do Flickr
    3 – Mateus Hidalgo / CC BY-SA by Filomena e mais uma de suas caretas =) (Terrier brasileiro)
    4 – Terrier brasileño por Sini Merikallio / CC BY-SA
    5 – o 4 cores geneticamente possíveis do Terrier Brasileiro. Da esquerda para a direita: Preto tricolor, marrom tricolor, azul tricolor, isabela tricolor por TerrierBrasileiroDaPedraFilosofal / CC BY-SA
    6 – Terrier brasileño por https://pxhere.com/en/photo/548786
    7 – Terrier brasileño por https://pxhere.com/en/photo/1188027

    Vídeos do Terrier Brasileiro

    Tipo e reconhecimentos:

    • CLASSIFICAÇÃO FCI: 341
    • Grupo 3: – Terriers
    • Seção 1: – Terriers de médio e grande porte. Sem prova de trabalho.
  • Federações:
    • FCI – Terriers. Seção 1 Terriers de médio e grande porte.
    • CBKC

    Padrão FCI da raça Terrier Brasileiro

    Padrão FCI da raça Terrier Brasileiro
    APARSEGURO GERAL: É de tamanho médio, delgado, bem equilibrado, da estrutura firme, mas não também pesado. O corpo é de aparência Praça, com linhas curvas.

    PROPÇÕES IMPORTANTES: Cão em forma de quadrado: o comprimento do seu corpo, do ombro à ponta da crista ilíaca, é aproximadamente igual à sua altura na cernelha.

    CTEMPORAMENTO / TEMPORÁRIO: Este é um cachorro sempre em movimento, alerta, ativo e perspicaz. Ele é amigável e gentil com conhecidos, mas desconfiado com estranhos.

    CASEMA

    Ver os de cima, É de forma triangular, largo na base; orelhas são bem afastadas. A cabeça diminui visivelmente dos olhos até a ponta do nariz. Ver Perfil, a linha superior se eleva levemente da ponta do nariz até a depressão naso-frontal, principalmente entre os olhos, e continua em direção ao osso occipital com ligeira convexidade.

    VENTON CRANIANA:

    Cenfurecido: É arredondado com uma testa moderadamente plana. Vistas de cima, as linhas laterais convergem para os olhos. A distância do ângulo externo do olho até a inserção das orelhas é igual à distância entre os dois ângulos externos dos olhos. O sulco frontal médio está bem desenvolvido.

    Ddepressão naso-frontal (Parar): Pronuncia-se.

    VENTON FACIAL:

    • Trufa: Moderadamente desenvolvido. É de cor escura, de acordo com a cor do casaco, com narinas bem abertas.
    • Hocico: Visto de cima, tem a forma de um triângulo isósceles de ambos os cantos externos do olho até a ponta do nariz. É forte e bem moldado sob os olhos, com uma base inclinada que acentua a depressão frontal-nasal.
    • Labios: Seco e empresa. O lábio superior une exatamente o lábio inferior, cobrindo os dentes e permitindo que a boca seja completamente fechada.
    • Bochechas: Seco, bem desenvolvido.
    • Mandíbulas / Dentes: 42 dentes, regularmente implantados, bem desenvolvido. A mordida é em forma de tesoura.

    OLHOS: Equidistantes De a protuberância occipital até a ponta do nariz. Eles parecem bem separados. A distância entre os cantos externos dos olhos é igual à distância do canto externo dos olhos até a ponta do nariz. Olhando para a frente, são um pouco proeminentes, grande e sobrancelhas são levemente acentuados. Eles têm forma arredondado e eles estão bem abertos. Sua expressão é alerta e perspicaz. A cor deve ser o mais escura possível e de acordo com a cor do casaco.

    Variedade azul tem olhos cinza azulados, a variedade de cor marrom tem Olhos castanhos, verde ou azul e a variedade emsabela, além das cores da variedade marrom, também pode ter olhos âmbar, tanto claros como osCÛr.

    ORELHAS: Implantadas lateralmente, de acordo com os olhos, bem separados um do outro. São de forma triangular e a ponta é pontiaguda. Eles parecem semi-eretos com a ponta dobrada para baixo em direção ao canto externo do olho.

    COMELLO: É de comprimento moderado, equilibrado em relação com o chefe. Se une harmoniosamente a cabeça e o tronco. Bem definido, limpo e seco. A linha superior é ligeiramente arqueada.

    COMERPO: Bem equilibrado. Não é muito pesado e tem uma forma quadrada, com linhas curvas Nada mau definidas.

    • Línea superior: É firme e reto, subindo ligeiramente da cruz para a garupa.
    • Cruz: Bem pronunciado, junta-se harmoniosamente aos membros anteriores.
    • Espalda: Relativamente curto e bem musculoso.
    • Elemo: Curto e firme. Armoniosamente à la grupa.
    • Gsemelhança: Ligeiramente inclinado, o implante da cauda é baixo. Bem desenvolvido e musculoso.
    • Peco: Longo, profundidade, atinge o nível do cotovelo. Costelas bem arqueadas. O esterno é moderadamente curvado. O peitoril não é muito pronunciado e é moderadamente largo, permitindo a livre circulação dos membros da frente.
    • Línmenor ea e barriga: Ligeiramente curvado, que sobe para trás, mas não é extremamente retraído.

    COLA: Nnaturalmente curto ou longo; neste último caso, não pode exceder o jarrete. Conjunto forte e baixo, Felizmente realizada, formando uma curva suave quando é longo, não enrolado nas costas.

    EXTREMIDADES

    MEMBROS ANTERIORES:

    • Apariência geral: Visto de frente, são retas, moderadamente separado, na mesma linha dos membros posteriores, que também são retas, embora mais separado.
    • Hombros (Lâminas): Eles são longos.
    • Brazos (Úmero): Eles têm aproximadamente o mesmo comprimento que a escápula, formando com ele um ângulo de aproximadamente 110 °.
    • Cotovelos: Eles estão bem ligados ao corpo, no mesmo nível da linha inferior do tórax.
    • Antbraços: Em linha reta, magro, seca.
    • Metacarpo: Muito moderado, reto e magro, quase perpendicular ao chão.
    • Pemé anterior: Compacto. Eles não se desviam ou interiormente, nem fora. Os dois dedos do meio são mais longos que os outros.

    MEMBROS POSTERIORES:

    • Apariência geral: Notavelmente muscular, coxas bem desenvolvidas, mais separados que os membros anteriores.
    • Coxa (Fêmur): Bem desenvolvido e musculoso. Joelho: Moderadamente angulado.
    • PemEsquema (tíbia): É proporcional ao tamanho da coxa.
    • Corvejón: Relativamente curto e perpendicular ao chão quando o cão está de pé.
    • Metatarso: Em linha reta.
    • Pemé mais tarde: Compacto; com dedos mais longos que nos pés da frente.

    MOVIMENTO: Elegante, solto, passos curtos e rápidos.

    PIEL: Bem ajustado, sem folga. Seca.

    MANTO

    Pelo: É curto, suave, fina, mas não macio. É colado à pele; você não pode ver a pele através dela. É mais fino na cabeça, as orelhas, abaixo do pescoço, na parte interior e a parte inferior dos membros anteriores e atrás de coxas.

    Color: Cor de fundo branco predominante com marcações Black, Azul, marrom ou isabela. As seguintes marcas características sempre devem estar presentes: cor de fogo sobre os olhos, nos dois lados do focinho, bem como dentro dos ouvidos e na borda destes. Essas marcas podem existir em outras partes do corpo na borda das marcas.

    A cabeça deve sempre ter marcas Black, Azul, marrons ou isabela na testa e orelhas. lata uma estrela e marcas brancas aparecem preferencialmente na ranhura da frente e nas partes

    laterales do focinho, distribuído o mais harmoniosamente possível.

    TAMÃO E PESO:

    Alturpara a cruz:

    Machos: entre 35 e 40 cm,

    Fêmeas: entre 33 e 38 cm.

    Peso: 10 kg aproximadamente.

    FALTAS: Qualquer desvio dos critérios acima é considerado faltando e a gravidade é considerada o grau de desvio do padrão e seu impacto sobre a saúde e o bem-estar do cão.

    • Manto escasso que revela a pele, pelo largo o atípico.
    • Defeitos nas marcas características
    • Ombros muito pesados ​​ou soltos
    • Bemta arqueada traseira
    • Falde harmonia, pele atípica.

    FALTAS GRAVES:

    • Línsuperior e descendente da cruz à garupa.

    FALTAS DESQUALIFICANDO:

    • Tímido agressivo ou extremo
    • Qualquer cão mostrando sinais claros de anormalidades físicas ou comportamentais.
    • Plano de grupo.
    • Prognatismo superior o inferio
    • Orelha totalmente ereta.

    N.B.:

    • Machos devem apresentar dois testículos de aparência normais, bem desenvolvidos e acomodados a bolsa escrotal.
    • Apenas cães funcional e clinicamente saudáveis, com a conformação típica da raça, deve ser usado para parentalidade.

    EleAs últimas alterações estão em negrito.

    TRADUCCION: IRIS Carrillo; Serviços de tradução Skrivanek. Idioma oficial: IN.

    revisão: SR. Jorge Nallem.

    Nomes alternativos:

      1. Fox Paulistinha (Inglês).
      2. terrier brasileiro (Francês).
      3. Terrier Brasileiro (Alemão).
      4. Fox paulistinha, Foquinho (Português).
      5. Fox Paulistinha, Terrier Brasileiro (español).

    Border Terrier
    Gran Bretaña FCI 10 -Terriers de médio e grande porte

    Border Terrier

    O Border Terrier eles são inteligentes, amando, completamente independente e.

    conteúdo

    História

    Border Terrier É uma raça de cão do Terrier desse grupo, Leva o nome de seu lugar de origem, Scottish borders. Compartilha ancestrais com os Dandie Dinmont Terrier e Bedlington Terrier.

    Originalmente criados como um caçador de raposas e pequenas patifes, eles foram usados para caçar lontras e texugos, também.
    Embora a raça é muito antiga, o Border Terrier foi oficialmente reconhecido pelo Kennel Club da Grã-Bretanha em 1920, e pelo American Kennel Club (AKC) em 1930.

    Em 2006, o Border Terrier classificado 81, número de registros por AKC e o post 10 no Reino Unido (no 2088, número de classificados 8).

    Ler maisBorder Terrier

    Welsh Terrier
    Gran Bretañaa FCI 78 - Terriers de médio e grande porte

    Welsh Terrier

    O padrão oficial descreve a natureza do Welsh Terrier como: “Afetuoso, obediente e fácil de manusear; feliz e mal-humorado, raramente tímido na natureza”

    conteúdo

    História

    O Welsh Terrier é um terrier de tamanho médio e alto desempenho. Também chamado frequentemente de “pequeno Airedale Terrier“, porque é muito parecido. Mas é um terrier independente e não uma versão em miniatura do Airedale Terrier. No entanto, ambos não são apenas externamente, mas também em sua natureza bastante semelhante. O nome Terrier é derivado do latim “Terra” para a terra. Então, originalmente eles estavam trabalhando cães na terra. A primeira evidência é dada pelos romanos antigos, na Idade Média, os terriers já foram descritos em detalhes. A casa deles fica nas Ilhas Britânicas, onde você pode encontrá-los em todo o país. Nos estábulos eles mantinham vermes pequenos. Mesmo os grandes ratos não eram um problema para eles. As galinhas, pombos e coelhos os protegiam de marta e raposas.

    Diz-se que o Welsh Terrier evoluiu de Terrier preto e marrom, que foram disseminadas por séculos, mas agora estão extintas. Apesar desta história antiga, entrou no estágio da criação moderna de cães com pedigree relativamente tarde. Os ancestrais da Welsh Terrier espalhado por todas as ilhas britânicas. No entanto, Foi no País de Gales que os primeiros criadores começaram a estabelecer esse tipo original de terrier como uma raça independente nos tempos modernos.. Em 1886 o primeiro Club de Welsh Terrier. Desde então, a raça foi criada essencialmente de acordo com os mesmos critérios que ainda são dados no padrão atual. Em 1954 a raça foi oficialmente reconhecida pela FCI (Fédération Cynologique Internationale).

    Características físicas

    O Welsh Terrier é um dos terriers com melhor desempenho. Sua aparência é rápida, Inteligente, equilibrado e compacto. É sua aparência externa que o torna inconfundível. Sua altura transmite exatamente seu caráter: Ele é muito atencioso, pronto para todas as ações como um pacote de energia carregado, mas ao mesmo tempo calmo e sem agressão. Isso é sublinhado pela expressão em seus olhos, pela maneira como ele usa seus ouvidos e por último mas não menos importante, para autoconfiança, a cauda que fica ereta. A cabeça da Welsh Terrier é alongado e termina em uma barba exuberante na frente. Orelhas dobradas para a frente. O casaco também é de um tipo especial. É duro, muito denso e abundante. As cores são preferidas em preto e marrom, ou preto cinza escuro com reflexos ardentes, sem pinceladas de cor orto nos dedos. Os machos têm uma altura na cernelha de cerca de 40 centímetros, o peso é sobre 9 a 10 kg.

    Caráter e habilidades

    O Welsh Terrier tem antes de tudo um personagem que distingue praticamente todos os terriers. Welsh Terriers são cães temperamentais que nunca dizem não a nenhuma aventura. Eles são animados, brilhante, conciso, rápido. Eles estão sempre alertas, eles não são agressivos, mas eles não têm medo e, em caso de emergência, estão prontos para lutar. Eles também são extremamente cooperativos e dóceis.. O padrão oficial descreve a natureza do Welsh Terrier como: “Afetuoso, obediente e fácil de manusear; feliz e mal-humorado, raramente tímido na natureza”. Ousado e destemido, mas de forma alguma agressivo; embora possa ser sustentado a qualquer momento, Sim é necessário”.

    É um grande prazer trabalhar com esses cães. Welsh Terriers são abertos e confiantes, amigável, corajoso e inteligente. Eles são fiéis aos humanos e se adaptam bem aos cães da família, se sua personalidade forte não é apenas respeitada., mas também apreciado e gerenciado. Sua aptidão como cão de família também exige que o Welsh Terrier receba a ocupação adequada, ou melhor ainda, os desafios. Apenas dar um passeio não é suficiente para um Welsh Terrier, especialmente como um cão jovem.

    Atitude

    A manutenção de um Welsh Terrier não apresenta problemas. Eles não têm exigências em relação ao tamanho do piso. Se acaso, o maior desafio está no seu temperamento. Para um Welsh Terrier, não há nada pior do que o tédio. Então você precisa de desafios de natureza física e mental. Trabalho de caça ou esportes e jogos devem estar na agenda todos os dias. Welsh Terriers são bons companheiros para pessoas ativas e esportivas. No entanto, quando se move na natureza, tenha em mente que o cão de caça ainda dorme no terrier.

    Os Welsh Terriers são muito adequados para vários esportes com cães. Eles estão bem posicionados como companheiros de um corredor, mas também de um corredor ou ciclista, desde que esses desafios esportivos sejam mantidos com moderação. O galês deve estar acostumado a outros animais de estimação de filhotes. Welsh Terriers são muito adequados como companheiros de brincadeira para crianças, eles estão sempre de bom humor para se divertir e resistentes o suficiente para brincar com crianças. No entanto, as regras da casa devem estar corretas e o terrier deve conhecer seu papel na família. Você pode fazer qualquer coisa com um Welsh Terrier; ele saberá como se comportar mesmo no melhor restaurante. Devido às suas dimensões gerenciáveis, também é muito prático. É sempre robusto.

    Welsh Terriers Educação

    A raça pode ser treinada muito bem e, se você quiser, mesmo educado. O anúncio claro e a conseqüência são as palavras milagrosas aqui baseadas em um relacionamento respeitoso e amoroso com o mestre ou cuidador. O Terrier galês eles precisam de uma educação consistente a partir da idade do filhote. Nesta base, eles podem ser treinados para uma ampla variedade de tarefas. Devido à sua alta disposição para aprender e às medidas corporais, também é adequado para iniciantes comprometidos.

    Welsh Terriers Cuidados e Saúde

    O Welsh Terrier tem uma natureza robusta. O Terrier Club recomenda que seu casaco duro e magro, que, juntamente com o subpêlo denso e macio, forma a chamada “jaqueta inglesa”, ser aparado profissionalmente três ou quatro vezes por ano. Além disso, escovar e pentear regularmente é cuidado suficiente.

    O Terrier galês eles são uma raça muito saudável, mas eles podem ter alguns problemas genéticos de saúde. Por exemplo, a raça pode ter glaucoma, catarata, olho seco e deslocamento da lente. Hipotireoidismo também foi relatado..

    A raça também tem problemas com alergias e deslocamento da patela. (uma condição em que os joelhos saem de sua posição normal). Embora não haja testes de triagem para aquelas e outras condições que podem afetar o Welsh Terrier, o criador do seu filhote deve estar disposto – Na verdade, ansioso – revisar os registros de saúde de seus pais e parentes próximos, e discutir a incidência dessas preocupações específicas de saúde em suas linhas.

    Lembre-se que depois de receber um novo filhote em sua casa, Ele tem o poder de proteger um dos problemas mais comuns de saúde: a obesidade. Manter um Welsh Terrier com um peso adequado é uma das maneiras mais fáceis para a vida prolongar. Para tirar o máximo partido das habilidades preventivas para ajudar a garantir um cão saudável para a vida.

    Nutrição / Alimentação

    O poder do Welsh Terrier não tem problemas.

    Expectativa de vida nos terrieres galeses

    O Welsh Terrier tem uma expectativa de vida média de boa 12 anos.

    Comprar Welsh Terrier

    A melhor coisa a fazer é comprar o seu cachorro de Welsh Terrier localmente a um membro criador do Terrier Club, ou você pode procurar no abrigo um terrier galês ou similar. Um filhote dessa raça de cachorro custa 1200 euros e mais.

    Comentários de Welsh Terrier

    Coexistência é importante que você tem com seu novo amigo. Plantearte antes de adquirir uma raça de cão “Welsh Terrier” você sabe alguns fatores. Nem todas as raças de cães são capazes de viver em um apartamento, Você deve levar em conta a sua qualidade, sua necessidade de exercício, sua interação com outros animais de estimação, seu cuidado e se você tiver crianças pequenas, o seu nível de tolerância para com eles.

    adaptação ⓘ

    5.0 Avaliação
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Ⓘ cão amigável

    2.0 Avaliação
    2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    A perda de cabelo ⓘ

    1.0 Avaliação
    1 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Nível de afeto ⓘ

    4.0 Avaliação
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Necessidade de exercício ⓘ

    4.0 Avaliação
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    necessidade social ⓘ

    3.0 Avaliação
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    casa ⓘ

    4.0 Avaliação
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    sanita ⓘ

    4.0 Avaliação
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Amigável com estranhos ⓘ

    3.0 Avaliação
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    cascas ⓘ

    4.0 Avaliação
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    saúde ⓘ

    2.0 Avaliação
    2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    ⓘ territorial

    5.0 Avaliação
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Amigável com gatos ⓘ

    1.0 Avaliação
    1 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    inteligência ⓘ

    4.0 Avaliação
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    versatilidade ⓘ

    3.0 Avaliação
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Crianças amigável ⓘ

    4.0 Avaliação
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    vigilância ⓘ

    4.0 Avaliação
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    alegria ⓘ

    5.0 Avaliação
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Imagens do Welsh Terrier

    Fotos:

    1 – Welsh Terrier por publicdomainpictures.net
    2 – Welsh Terrier durante a exposição internacional de cães em Katowice, Poland por https://es.m.wikipedia.org/wiki/Archivo:Terier_walijski_suka_2009_pl.jpg
    3 – Welsh Terrier por Shleiderbmx / CC POR
    4 – Tallinn, Estônia, Dupla CACIB 2013, Agosto 17-18 por Tomasyna / CC BY-SA
    5 – Um galês Terrier por Brian chee / CC POR
    6 – Welsh Terrier por https://pxhere.com/es/photo/847899

    Vídeos do Welsh Terrier

    Tipo e reconhecimentos:

    • CLASSIFICAÇÃO FCI: 78
    • Grupo 3: – Terriers
    • Seção 1: – Terriers de médio e grande porte. Sem prova de trabalho.
  • Federações:
    • FCI – Terriers 1 Terriers de médio e grande porte.
    • AKC – Terriers
    • ANKC – Terriers
    • CKC – Terriers
    • KC – Terriers
    • NZKC – Terriers
    • UKC – Terriers

    Welsh Terrier raça FCI padrão

    Welsh Terrier raça FCI padrão
    APARSEGURO GERAL: Animada, apaixonado por trabalho, bem equilibrado e compacto.

    TODESEMPENHO E DESEMPENHO: Fiéis, obediente, fácil de educar. Alegre e inconstante, raramente tímido. Intrépido, mas definitivamente sem agressividade, mesmo que ele seja sempre capaz de se colocar diante de qualquer situação.

    CABEZA

    GIOhN CRANIANA:

    Cenfurecido: Plano, de largura moderada entre as orelhas. Links de depressão (Parar) : Não muito definido.

    GIOhN FACIAL:

    • Trufa: Preto.
    • Hocico: Comprimento médio da parada até a ponta do nariz.
    • Mandíbulas / Dentes: Mandíbulas poderosas, corte limpo, bastante profundo e tremendo. MANDÍBULAS fortes, com uma mordedura em tesoura perfeita e uniforme, de modo que os incisivos superiores caiam exatamente na frente dos inferiores, dentes sendo colocados perpendicularmente nas mandíbulas.
    • Ojos: Relativamente pequeno, bem implantado, Escuro, com expressão indicativa de seu temperamento. Olhos redondos e cheios não são desejáveis.
    • Obares: Forma triangular, pequeno, com pavilhões não muito finos. Implantação relativamente alta, posicionado para a frente e perto das bochechas.

    COMELLO: De comprimento e largura moderados, ligeiramente arqueado, caindo graciosamente em seus ombros.

    COMERPO

    • Espalda: Curto.
    • Ele(m)o: Strong.
    • Peco: Boa profundidade e largura moderada. Costelas bem desenvolvidas de volta.

    COLA: Anteriormente, o costume era amputar a cauda.

    Amputada: Inserido corretamente. Com rolamento ereto.

    Semn amputação: Inserido corretamente. Com rolamento ereto. Estar em bom equilíbrio com o resto do cão.

    EXTREMIDADES

    MEMBROS ANTERIORES:

    • Ho(m)bros: Longo, inclinado e bem posicionado para trás. Cotovelos: Perpendicular ao corpo.
    • Antbraço: Membros retos e musculares, com ossos fortes. Metacarpo: Perpendicular e poderoso.
    • Pemé anterior: Pequeno, rodada, «sapato».

    MEMBROS POSTERIORES:

    • ApArience geral: Strong.
    • Coxas: Muscular, bom comprimento.
    • Metatarsos: Cornoejones bem angulado, baixo e de ossos largos.
    • Pemé mais tarde: Pequeno, rodada, «sapato».

    MOVIMENTO: As extremidades anterior e posterior são transportadas retas e paralelas. Os cotovelos se movem perpendicularmente ao corpo, com um movimento livre para os lados. Os joelhos não torcem para dentro ou para fora.

    MANTO

    • Pelo: Cabelo fio, disco rígido, muito denso e abundante. É indesejável que você tenha apenas uma camada de cabelo (nenhuma camada interna).
    • Color: De preferência preto e marrom ou preto-cinza e marrom. Sem pinceladas pretas nos dedos. É indesejável que eles tenham cor preta sob os jarretes.

    TAMÃO E PESO:

    Alturpara a cruz: Sem exceder 39 cm.

    Peso: De 9 a 9,5 kg.

    FALTAS: Qualquer desvio dos critérios mencionados acima é considerado uma falha e sua gravidade é considerada no grau de desvio do padrão e suas conseqüências na saúde e bem-estar do cão e na capacidade do cão de executar sua tarefa tradicional..

    FALTAS DESQUALIFICANDO:

    • Agressividade ou extrema timidez.
    • Qualquer cão mostrando sinais comportamentais ou anormalidades físicas claras será desclassificado.

    N.B.:

    • Machos devem apresentar dois testículos de aparência normais, bem desenvolvidos e acomodados a bolsa escrotal.
    • Apenas cães funcional e clinicamente saudáveis, com a conformação típica da raça, deve ser usado para parentalidade.

    EleAs últimas alterações estão em negrito.

    TRADUCCÍON: Brigida Nestler / Versão original: (IN)

    SupErvision técnico: Miguel Angel Martinez

    Nomes alternativos:

      1. Welshie, WT (Inglês).
      2. Terrier gallois (Francês).
      3. Welsh (Alemão).
      4. Welsh (Português).
      5. Terrier galés (español).

    Terrier irlandês
    Irlanda FCI 139 . Terriers de médio e grande porte

    Terrier Irlandés

    É um cão de aparência agradável e dotado de um caráter excepcional.

    conteúdo

    História

    De onde veio o Terrier Irlandês??

    O Terrier irlandês, ele é um terrier de alto escalão. É freqüentemente chamado de “Irish Red” pelo seu distinto pêlo avermelhado. Suas raízes são, como em todos os terriers, um pouco no chão. O nome Terrier é derivado do latim “Terra” para a terra. Então eles eram cães para movimento em terra e no subterrâneo.

    Terriers de alto escalão deveriam correr com o rebanho na caça à raposa. Quando uma raposa se refugiou em sua toca, terriers tiveram que persegui-lo no subsolo e tirá-lo da toca, como é chamado na linguagem dos caçadores. Pode-se imaginar que a raposa, afinal um predador bem fortificado, não abandona voluntariamente sua toca. Então um terrier irlandês Eu tive que ser muito corajoso, destemido e defensivo. Ainda hoje “Irish Reds” eles estão caçando cães em seus corações. Eles não têm medo e, com todas as fibras, se esforçam para fazer seu trabalho da melhor maneira possível. Ainda podemos experimentar todas essas qualidades no Terrier irlandês como um cão de companhia.

    Eles têm um charme especial, mas também o desafio desses ancestrais. Mas o irlandês vermelho também foi usado de muitas maneiras diferentes em casa e na fazenda.. Deve manter o quintal livre de ratos e ratos, proteger galinhas, pombos e coelhos para a noite das martas e raposas. Enfim, teve que vigiar a fazenda e seus habitantes e, se necessário, proteja-os.

    Ludwig Beckmann relatado em 1895, em seu trabalho de dois volumes sobre “Raças de cães”, que já está 1847 na Irlanda, eles começaram a criar um terrier independente, o ancestral do atual terrier irlandês. Pelo menos é o que os irlandeses alegaram, enquanto os ingleses por muito tempo demitiram esse cachorro como uma variedade.

    Até 1880 a cor do Terrier irlandês época, Na verdade, ainda bastante desigual. Pouco a pouco, os criadores irlandeses marcaram seu cão com a cor do pelo vermelho como algo especial. Mas então se tornou muito popular, mesmo na Inglaterra e especialmente nos EUA, onde muitos irlandeses haviam migrado. O primeiro clube de raças especiais para Irish Terriers foi fundado muito em breve, o 31 em Março de 1879 em Dublin. Foi então a primeira corrida de terrier irlandês em ser oficialmente reconhecido pelo Clube britânico do Kennel com a Irlanda como país de origem.

    Características físicas

    Como é um Terrier Irlandês?

    O Terrier irlandês é um terrier de tamanho médio, alto nível e aparência distinta. Isso começa com seu pêlo avermelhado. É construído quase quadrado. As pernas abaixam verticalmente, a cauda longa fica alta, o pescoço se estica. O chefe, olhos e ouvidos sublinham sua aparência alerta. Você pode sentir que cada fibra do seu corpo muscular está sob tensão. O padrão nos diz…

    …parece ativo, animada, ágil e enérgico e tem muita substância sem mostrar qualquer falta de jeito, porque velocidade e resistência, além de força, são essenciais para a raça. O terrier irlandês não deve parecer desajeitado ou amorfo; o contorno de seu corpo e figura deve demonstrar velocidade, graça e fugacidade.

    Sua pelagem deve ser grossa e magra em textura. Deve ser, de acordo com o jargão técnico, quebrado ou quebrado, i.e., deve parecer difícil e resistente e, No entanto, ser estendido. A cabeça também é cabeluda, dando a impressão de uma barba. O “vermelho irlandês” deve ser uniformemente vermelho, vermelho-trigo ou vermelho-amarelo. Além da cor, o terrier irlandês lembra um pouco de um pequeno e elegante Airedale Terrier, que também é bem parecido com ele no personagem.

    Qual a altura de um Terrier Irlandês?

    A terrier irlandês Tem uma altura na cernelha de cerca de 45 centímetros pesando cerca de 12 kg. Os machos são ligeiramente maiores e mais pesados ​​que as fêmeas.

    Que longevidade tem um Terrier Irlandês?

    Como uma regra, o Terriers Irlandeses eles desfrutam de uma longa vida canina de mais de 12 anos em excelente condição física.

    Caráter e habilidades

    O Terrier irlandês é um pacote de energia. É animada, alerta, conciso. Sempre atento, vigilante, não-agressivo, mas sem medo e em caso de emergência você também está pronto para lutar. Diz-se que o terrier irlandês ele é muito duro consigo mesmo e enfrentaria perigos e até suas próprias feridas com extremo desprezo. Ainda é usado como cão de trabalho em seu país de origem. Lá ele faz um bom trabalho como um cão no quintal, guarda e caça. Na caça de hoje, é usado principalmente para trabalhos pós-tiro. O padrão oficial descreve seu caráter com muita precisão:

    O irlandês Terrier, embora determinado e capaz de enfrentar outros cães, é notavelmente leal, gentil e carinhoso com as pessoas; No entanto, quando ele é atacado, mostre a coragem de um leão e lute até o fim. Dizem erroneamente que o Terrier irlandês ele briga com outros cães facilmente, às vezes até no ringue de exibição. Embora não evite qualquer disputa quando as circunstâncias o exigirem, o terrier irlandês é fácil treinar e é um cão doméstico sociável; ainda incorpora as qualidades que, de acordo com descrições anteriores, eles fizeram dele o “guardião dos pobres, amigo dos agricultores e amado de ilustres cavalheiros”.

    O terrier irlandês ele é essencialmente um imprudente e não um cãozinho. No entanto, hoje está indo muito bem como animal de estimação e cão de família. Ele é um companheiro fiel, vigilante, quente e amoroso para jovens e idosos, contanto que você permita que ele e ele se movam. Tem um grande personagem, seguro de si e nunca submisso, que se deve respeitar e apreciar. Em seu livro sobre irlandês “Jerry, o ilhéu”, o grande escritor Jack London expressa seu respeito por esse grande personagem nas seguintes palavras: “Jerry, você é ouro, ouro puro, dentro e fora, e nenhum cão no mundo inteiro pode competir com você. Você tem um coração de ouro, cachorro dourado; seja bom comigo e me ame, e eu serei bom para você e eu vou te amar agora e sempre”.

    Cuidados e saúde do Terrier irlandês

    O Terriers irlandeses eles são muito fáceis de cuidar. No entanto, seu casaco deve ser aparado profissionalmente e nunca deve ser cortado. Durante o recorte, três a quatro vezes por ano, cabelo morto é arrancado profissionalmente.

    A maioria dos terrier irlandeses tem saúde robusta. Aqui e ali ocorrem doenças de pele (hiperqueratose) ou doenças metabólicas (cistinúria). Às vezes, a consanguinidade é um problema.

    Que comida é melhor para um Terrier Irlandês?

    O terrier irlandês não tem necessidades alimentares especiais. Alimentos de alta qualidade, obviamente, são bons para sua saúde. Como a maioria dos cães, às vezes ele gosta de um osso de carne.

    Onde você pode comprar um Terrier Irlandês?

    A melhor maneira de comprar seu cachorro terrier irlandês é comprá-lo localmente de um criador registrado no FCI. Você deve ter testado seus cães quanto aos riscos especiais de doenças herdadas. Também não deve haver consanguinidade, que pode ser estimado a partir do pedigree, se nenhum nome aparecer lá duas vezes. O criador deve ter sua ninhada bem documentada por foto. Você deve poder ver a ninhada junto com a mãe cadela, após a correção, no lugar. Por favor, não compre um terrier irlandês pela Internet, porque existe um alto risco de o filhote vir de um vendedor ou criador de cães, normalmente bem camuflado.

    A educação e manutenção de um Terrier Irlandês

    Manter uma Terrier irlandês não é um problema. Não há exigências quanto ao tamanho do apartamento. O maior desafio é o seu temperamento. O Terriers irlandeses eles precisam de desafios de natureza física e mental.

    Como cão de companhia, eles são adequados para uma ampla variedade de tarefas. Eles são muito adequados para vários esportes caninos. O Terriers irlandeses estão bem posicionados como corredores ou com moderação, companheiros de um ciclista. Sua aptidão e vontade de trabalhar representam um desafio e uma obrigação para seus senhores, e que em qualquer clima.

    Eles devem ser usados ​​para outros animais de estimação desde o nascimento, caso contrário, eles serão vistos como presas. O Terriers Irlandeses eles são muito adequados como companheiros de brincadeira para crianças, pois estão preparados para qualquer aventura e são robustos o suficiente para brincar com crianças. No entanto, as regras da casa devem estar corretas e o terrier deve conhecer seu papel na família. Na rua, ele tende a brigar com outros cães. Devido ao seu tamanho moderado, seu baixo peso e sua boa obediência – devidamente treinado – é um companheiro sem problemas em todas as situações da vida.

    Pode ser transportado muito bem na caixa de transporte, se você se acostumou desde tenra idade. O típico terrier irlandês pode ser treinado e educado muito bem. O anúncio claro e a conseqüência são as palavras mágicas aqui baseadas em um relacionamento respeitoso e amoroso com o mestre. Seu indiscutível papel de liderança deve estar sempre presente, caso contrário, o irlandês pensa que tem que lidar com as coisas por si mesmo.

    Classificações do Terrier irlandês

    Coexistência é importante que você tem com seu novo amigo. Plantearte antes de adquirir uma raça de cão “Terrier irlandês” você sabe alguns fatores. Nem todas as raças de cães são capazes de viver em um apartamento, Você deve levar em conta a sua qualidade, sua necessidade de exercício, sua interação com outros animais de estimação, seu cuidado e se você tiver crianças pequenas, o seu nível de tolerância para com eles.

    adaptação ⓘ

    5.0 Avaliação
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Ⓘ cão amigável

    2.0 Avaliação
    2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    A perda de cabelo ⓘ

    2.0 Avaliação
    2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Nível de afeto ⓘ

    5.0 Avaliação
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Necessidade de exercício ⓘ

    4.0 Avaliação
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    necessidade social ⓘ

    4.0 Avaliação
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    casa ⓘ

    3.0 Avaliação
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    sanita ⓘ

    3.0 Avaliação
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Amigável com estranhos ⓘ

    2.0 Avaliação
    2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    cascas ⓘ

    4.0 Avaliação
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    saúde ⓘ

    4.0 Avaliação
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    ⓘ territorial

    5.0 Avaliação
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Amigável com gatos ⓘ

    2.0 Avaliação
    2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    inteligência ⓘ

    4.0 Avaliação
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    versatilidade ⓘ

    2.0 Avaliação
    2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Crianças amigável ⓘ

    4.0 Avaliação
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    vigilância ⓘ

    4.0 Avaliação
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    alegria ⓘ

    5.0 Avaliação
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Imagens do Terrier Irlandês

    Fotos:

    1 – Irish Red Terrier durante a exposição de cães em Racibórz, Poland por https://commons.wikimedia.org/wiki/User:Pleple2000
    2 – Terrier irlandês por Batman1000 / CC BY-SA
    3 – Terrier irlandês por Anne Sollerud / CC POR
    4 – Filhote de cachorro Terrier irlandês por https://www.flickr.com/people/[email protected]
    5 – Irish Red Terrier durante a exposição de cães em Racibórz, Poland por https://commons.wikimedia.org/wiki/User:Pleple2000
    6 – Irish Red Terrier durante a exposição de cães em Racibórz, Poland por Pleple2000 / CC BY-SA

    Terrier irlandês Vídeos

    Tipo e reconhecimentos:

    • CLASSIFICAÇÃO FCI:
    • Grupo 3: – Terriers
    • Seção 1: – Terriers de médio e grande porte. Sem prova de trabalho.
  • Federações:
    • FCI – Terriers 1 Terriers de médio e grande porte.
    • AKC – Terrier
    • ANKC – Terrier
    • CKC – Terrier
    • KC – Terrier
    • NZKC – Terrier
    • UKC – Terrier

    Padrão FCI da raça Terrier irlandês

    Padrão FCI da raça Terrier irlandês
    APARSEGURO GERAL: O cão deve ter uma aparência ativa, animada, ágil e em corda, muita substância, e ao mesmo tempo livre de falta de jeito, desde velocidade e resistência, bem como força são muito essenciais. Não deve ser grosso ou robusto, mas para ser bem construído dentro de linhas que denotem velocidade e apresentem um elegante aspecto de corredor.

    TOMPERAMENTO / COMPORTAMENTO: O irlandês Terrier, embora seja um cão de caça e capaz de enfrentar outros cães, é extremamente leal, de bom temperamento e amor com o homem, mas quando atacado ele tem a coragem de um leão e vai lutar até o fim. Sua reputação de brincar com outros cães, às vezes até no salão do show, não merece isso. Embora seja verdade que você pode ser feroz quando as circunstâncias justificam, o Irish Terrier pode ser facilmente treinado e é um animal de estimação delicado, permanecendo fiel à sua antiga descrição de ser "a sentinela do homem carente, amigo de fazendeiro e favorito de cavalheiro ».

    CABEZA: Longo, livre de rugas.

    GIOhN CRANIANA:

    • Cenfurecido: Achatada e bastante estreita entre as orelhas; estreita um pouco em direção aos olhos.
    • Ddepressão naso-frontal (Parar): Pouco visível, exceto no perfil.

    GIOhN FACIAL:

    • Trufa: Deve ser preto.
    • Labios: Eles devem ser muito aderentes, e por fora eles devem ser quase pretos.
    • Maxilares: Eles devem ser fortes, muscular, de bom comprimento e temível.
    • Dementidades: Eles devem ser fortes, nivelados, sem cáries, os incisivos superiores se sobrepõem levemente aos incisivos inferiores.
    • Bochechas: Não muito proeminente. Eles devem ter um ligeiro declínio sob os olhos, de modo que eles não apresentem uma aparência de galgo.
    • Ojos: Eles devem ser de cor escura, pequeno, não proeminente e cheio de vida, fogo e inteligência. Olhos de cor clara ou amarela são muito desagradáveis.
    • Obares: Pequeno e em forma de V, de espessura moderada, bem implantado no crânio e cair para a frente ao lado das bochechas. A linha superior da dobra da orelha deve estar bem acima do nível do crânio. Orelhas penduradas ao lado do crânio, como os de um cão, eles não são uma característica do terrier, enquanto orelhas semi-eretas são ainda mais indesejáveis. Os pêlos da orelha devem ser mais curtos e mais escuros do que os pêlos do corpo.

    COMELLO: De comprimento moderado e alarga-se gradualmente em direção às escápulas, com bom rolamento e sem barbelas. Geralmente tem um pequeno turbilhão de cabelos, visível em cada lado do pescoço, que vai quase até o ângulo da orelha.

    COMERPO: Deve ser simétrico, nem muito longo nem muito curto.

    • Espalda: Deve ser forte e reto, sem nenhuma aparência de folga atrás dos ombros.
    • Ele(m)o: Muscular e ligeiramente arqueado; a parte de trás das fêmeas pode ser ligeiramente mais longa que a dos machos.
    • Peco: Profundo e musculoso, sem ser proeminente ou largo. As costelas devem estar bem arqueadas, profundo e levado bem de volta.

    COLA: Inserção muito alta, Felizmente realizada, mas não nas costas ou enrolado; boa firmeza e substância e bom comprimento. Por costume, um terço de seu comprimento original é amputado; deve ser bem coberto com cabelos grosseiros, disco rígido, e não deve ter franjas nem penas. Cola natural (sem amputação) só é permitido em países onde as amputações são proibidas por lei.

    EXTREMIDADES: Os membros anteriores e posteriores devem seguir em frente.

    MEMBROS ANTERIORES:

    • Ho(m)bros: Eles devem ser afiados, longo e bem inclinado para trás.
    • Cotovelos: Eles devem se mover livremente sem nenhum obstáculo para os lados.
    • Antbraços: Moderadamente longa, perfeitamente reto com bons ossos e músculos.
    • Metacarpo: Curto e reto, quase imperceptível.

    MEMBROS POSTERIORES: Eles devem ser fortes e musculosos.

    • Coxas: Poderoso.
    • Cajadoemllcomo: Moderadamente angulado.
    • Corvejones: Bem descido.
    • Pemisto é: Pés devem ser fortes, moderadamente redondo e moderadamente pequeno; os dedos dos pés arqueados, sem entrar ou sair; unhas pretas são muito desejáveis. Almofadas saudáveis ​​sem rachaduras ou excreções na córnea.

    MOVIMENTO: Os membros anteriores e posteriores devem ser trazidos para a frente e paralelos; os cotovelos se movem paralelos ao eixo do corpo, sem nenhum obstáculo nas laterais; articulações femoro-tíbio-patelares (joelhos) eles não devem ser entregues ou retirados.

    MANTO

    • Pelo: O cabelo deve ser denso e com textura de fio, e apresentar uma aparência quebradiça, resistente, mas ainda plano. O cabelo cresce tão perto e denso que quando você o separa com os dedos, não consegue ver a pele; não deve ser suave ou sedoso, não tanto tempo que esconde a figura do corpo, particularmente nos membros posteriores, e não deve ter loops ou cachos. Os pêlos do rosto devem ter a mesma textura que a do corpo, mas deve ser curto (0,75 cms long), quase liso e esmagado; uma barba esparsa é o único cabelo comprido (e é só longo comparado com o resto do cabelo), que é uma característica. A barba de "cabra" sugere pêlos ruins e cabelos sedosos em todo o pêlo..
    • Membros: Eles não devem ter franjas e devem estar cobertos, assim como a cabeça, cabelos com uma textura dura como a que cobre o corpo, mas não tanto tempo.
    • Color: Deve ser de cor uniforme, vermelho brilhante é mais preferido, leonado rojizo, ou amarelo avermelhado. Às vezes, a cor branca aparece no peito, uma pequena quantidade de branco é freqüentemente vista nessas raças de cor única.

    TAMÃO E PESO:

    Alturpara a cruz: Aproximadamente 45,5 cm (18 polegadas).

    Pisso: Sexo masculino 12,25 kg (27 Português libras, As fêmeas 11,4 kg (25 Português libras).

    FALTAS: Qualquer desvio dos critérios acima mencionados é considerado como falta, e a gravidade desta refere-se ao grau de desvio do padrão e seu impacto sobre a saúde e o bem-estar do cão.

    FALTAS DESQUALIFICANDO:

    • Agressividade ou extrema timidez.
    • Qualquer cão mostrando sinais comportamentais ou anormalidades físicas claras será desclassificado.
    • Trufa: Qualquer cor que não seja preto.
    • Maxilar: Prognatismo ou enognatismo evidente
    • Color: Qualquer cor que não seja vermelho, jovem corça amarelada ou avermelhada. É permitida uma pequena mancha branca no peito, como em outras raças de cores uniformes
    • Pemisto é: Consequências ou rachaduras na córnea na almofada

    N.B.:

    • Machos devem apresentar dois testículos de aparência normais, bem desenvolvidos e acomodados a bolsa escrotal.
    • Apenas cães funcional e clinicamente saudáveis, com a conformação típica da raça, deve ser usado para parentalidade.

    TRADUCCION: Lic. Oscar Valverde (Costa Rica). Atualizado por J. Nallem (Uruguaio Kennel Clube).

    Nomes alternativos:

      1. Irish Red Terrier (Inglês).
      2. Irish Terrier (Francês).
      3. Irischer Terrier (Alemão).
      4. Brocaire rua, rish red terrier, Irish terrier (Português).
      5. Irish Red Terrier, Irish terrier (español).

    Terrier alemão de caça
    Alemania FCI 103 - Terriers de médio e grande porte

    Jagdterrier

    O Terrier alemão de caça não é de forma alguma adequado exclusivamente como animal de estimação ou cão de família.

    conteúdo

    O Terrier alemão de caça ele é um terrier de alto desempenho. Existem duas variedades dele, o de cabelo fio e o de pelo liso. Ele é essencialmente um descendente de Fox Terrier. Após a primeira Guerra Mundial, alguns caçadores ativos se separaram do Club de Fox Terrier criar uma raça que visaria exclusivamente o desempenho de caça. Isso foi bem sucedido e, portanto, o Clube alemão do Terrier de caça em 1926. Sob a liderança de Dr. Herbert Lackner a nova corrida, o Terrier alemão de caça, foi estabelecido sistematicamente e finalmente com muito sucesso.

    Após uma separação da criação de quase 100 anos, certamente você pode falar sobre uma nova raça hoje. Além disso, você pode vê-lo claramente em sua aparência e também na natureza deste cão de caça profissional. No entanto, permaneceu um terrier. A Terrier alemão de caça você deve ser muito corajoso, destemido e defensivo. Deve ser capaz de trabalhar na caça de javalis sem problemas, que é uma das tarefas mais difíceis e perigosas que um cão de caça pode dominar. Ainda hoje o Terrier alemão de caça ainda é um cão de caça muito apreciado. Tornou-se um assistente de caça versátil. Entre outras coisas, é usado com grande sucesso em caçadas de javalis, onde se destaca com performances incríveis. Sua incansável ansiedade e liderança no trabalho são especialmente apreciadas durante a caça..

    O Terrier alemão de caça ele é destemido e com todas as fibras de seu ser, ele se esforça para fazer seu trabalho da melhor maneira possível. O Terrier alemão de caça foi concebido como uma raça desde o nascimento por caçadores para caçadores. Como um resultado., dada exclusivamente a caçadores. Ainda hoje é atendido com sucesso pela “Clube alemão do Terrier de caça” no VDH (Federação Canina Alemã). É cuidada exclusivamente por criadores afiliados a este clube. A raça é altamente valorizada e popular entre os caçadores alemães.

    Características físicas

    O Terrier alemão de caça é um cão de pequeno a médio porte com aparência distinta. Ele é um terrier de alta velocidade. Tem uma expressão acordada, bem treinado e cheio de tensão, o que não deixa dúvidas de que você está sempre pronto para uma aventura. Isso é sublinhado por seu crânio em forma de cunha, mas não pontudo, seus olhos profundos e determinados e seus ouvidos inclinados para a frente.

    O padrão descreve brevemente:

    O Terrier alemão de caça é um pequeno, geralmente preto e vermelho, cão utilitário de caça compacto e bem torneado.

    O cão pequeno tem uma altura na cruz de 33 a 40 centímetros em cães machos e fêmeas. No entanto, cadelas deve ser um pouco mais leve. Nos machos, o peso, é de alguns 9 a 10 kg, nas fêmeas 7,5 a 8,5. No padrão, diz brevemente, de acordo com as proporções, nem muito leve nem muito pesado. O Terrier alemão de caçasempre esteve disponível em dois tipos de peles: pelo liso, densa, cabelos lisos duros e ásperos ou grossos. Sua cor é preta, marrom escuro ou preto-cinza manchado com manchas vermelho-amarelas, marcas limpas muito bem definidas.

    Caráter e habilidades

    O Terrier alemão de caça é um cão de caça puro-sangue para o caçador praticante. O Hunter Terrier é um pacote de energia. Não é para pessoas que imaginam um treinador de batatas. Não é de forma alguma adequado exclusivamente como animal de estimação ou cão de família. Sua história e habilidades de caça altamente desenvolvidas também devem estar na mente dos não caçadores., quando você pensa em manter Terrier alemão de caça como um cão de companhia. Pode ser um cão encantador de companhia e família que gosta de crianças, mas apenas com base em seu uso adequado à espécie como cão de caça. Mostrado aqui como um assistente de caça de primeira classe, que convence repetidamente por seu desempenho.

    O Terrier alemão de caça é difícil e persistente, fácil de manusear e calmo e especialmente para um Terrier bastante compatível com outros cães. O padrão oficial da FCI descreve seu caráter dessa maneira:

    O Terrier alemão de caça é corajoso e duro, ansioso para trabalhar e perseverar, vital e enérgico, confiável, sociável e gerenciável, Nem tímido nem agressivo.

    A raça atribui grande importância à aptidão para a caça, firmeza de caráter, inteligência de caça, destemor e baixa sensibilidade. Deve ser um cão versátil, disco rígido, barulhento e apaixonado pela água, com um instinto de caça pronunciado e excelente capacidade de treinamento. Sua determinação, vitalidade, alta inteligência e relacionamento próximo com seu mestre e zelador fazem dele um companheiro muito interessante, mas também exigente.

    Educação Terrier alemão de caça

    Esta raça de cão pode ser muito bem educada e treinada.. O anúncio claro e a conseqüência são as palavras milagrosas aqui baseadas em um relacionamento respeitoso e amoroso com o mestre ou cuidador. Este terrier foi criado por muitas gerações por seu desempenho e boa capacidade de treinamento. Apenas os cães que se destacam aqui são usados ​​para criação. Para você, como seu cuidador, isso é uma oportunidade e uma obrigação. Com experiência, consistência e uma declaração clara baseada em um vínculo de confiança e emocionalmente positivo, você pode conseguir tudo com isso.

    Saúde e cuidados com o Terrier alemão de caça

    Estes terrier de caça alemães são extremamente fáceis de cuidar. Escovar aqui e ali é suficiente. Sua saúde é muito robusta.

    Nutrição / Alimentação

    Alimentar um Hunter Terrier alemão não tem problemas.

    A expectativa de vida do Terrier alemão de caça

    Como uma regra, o Terrier alemão de caça desfruta de uma vida canina longa e vital, frequentemente acabado 12 anos.

    Compre o Terrier alemão de caça

    Se você está procurando um Hunter Terrier alemão, deve entrar em contato com um caçador, Ranger ou criador que é membro do Clube Terrier alemão de caça muito antes de eu comprar um. Os cães normalmente são dados apenas para caçadores. Aqui e ali, pode acontecer que um cachorro procure outro lugar. Mas então você deve estar apto e disposto a dar a ele condições de vida adequadas à espécie. Um filhote dessa raça de cachorro custa em torno de 1.000 EUR.

    Imagens do Terrier alemão de caça

    Fotos:

    1 – Jagdterrier by Nenhum autor legível por máquina fornecido. Richard Huber assumiu (com base em reivindicações de direitos autorais). / Domínio público
    2 – Jagdterrier alemão por Tux-Man / CC BY-SA
    3 – Jagdterrier durante exposição de cães em Katowice, Poland por Lilly M / CC BY-SA
    4 – Terrier alemão de caça durante exposição de cães em Katowice, Poland por Pleple2000 / CC BY-SA
    5 – Jagdterrier durante exposição de cães em Katowice, Poland por Lilly M / CC BY-SA
    6 – Jagdterrier by Pleple2000 / CC BY-SA

    Vídeos do Terrier alemão de caça

    Tipo e reconhecimentos:

    • CLASSIFICAÇÃO FCI: 103
    • Grupo 3: – Terriers
    • Seção 1: – Terriers de médio e grande porte. Sem prova de trabalho.
  • Federações:
    • FCI – Terriers 1 Terriers de médio e grande porte.
    • UKC

    Padrão FCI da raça Hunter Terrier alemão

    Padrão FCI da raça Hunter Terrier alemão
    APARSEGURO GERAL: É um cão utilitário para a caça, pequeno, preto avermelhado, compacto e bem proporcionado.

    PROPORÇÕES IMPORTANTES:

    Relação entre circunferência do peito / altura da cruz: circunferência do peito é 10 a 12 cm maior que a altura da cruz.

    Comprimento do corpo / altura cruzada: o corpo é um pouco maior que a altura da cruz.

    Profundidade do peito / altura cruzada: é aproximadamente o 55-60% a altura da Cruz.

    TODESEMPENHO E DESEMPENHO: É espirituoso e forte, gosta de trabalhar e é constante, cheio de vitalidade e temperamento, confiável, dócil e afável, não é tímido ou agressivo.

    CABEZA

    REGÍCONE CRANIANO: Alongada, um pouco em forma de cunha, mas não pontudo. Focinho um pouco mais curto que o crânio, desde a protuberância occipital até a depressão frontal-nasal.

    • Cenfurecido: Crânio plano e largo entre as orelhas. Um pouco mais estreito entre os olhos.
    • Stem: Mal desenvolvido.

    REGÍON FACIAL:

    • Trufa: Em relação ao focinho, ele não deve ser muito estreito nem muito pequeno; não deve ser dividido; sempre preto; se a cor primária da pelagem for marrom, a trufa também pode ser dessa cor.
    • Hocico: Poderoso, bochechas bem desenvolvidas, maxilar inferior profundo e forte, queixo bem delineado.
    • Labios: Bem aderente e com boa pigmentação.
    • Maxilar / Mordida / Dentes: Dentes são grandes. A mandíbula é poderosa e apresenta uma mordida em tesoura perfeita, regular e completa, em que os incisivos superiores se sobrepõem aos incisivos inferiores sem deixar espaço, e os dentes estão na vertical na maxila. Deve ter 42 dentes de acordo com a fórmula dental.
    • Ojos: Escuro, pequeno, oval, afundado; com pálpebras aderidas e expressão determinada.
    • Obares: Semi-vertical para que as pontas adiram levemente à cabeça, inserção alta, não muito pequeno, sob a forma de “V”.

    COMELLO: Strong, não muito longo, bem ao lado do corpo; alarga em direção à inserção com ombros.

    COMERPO

    • Línea superior: Em linha reta.
    • Cruz: Marcado.
    • Espalda: Strong, reta, Não tão curto. Lombo de porco: Tem uma musculatura forte. Alcatra: Muito musculoso, Flat.
    • Tourax: Profundo, costelas bem arqueadas, não muito largo; esterno longo; As costelas, bem curvado, dirigido de volta.
    • Línea inferior: Forma um elegante arco para trás, flancos curtos e firmes, barriga ligeiramente retraída.

    COLA: Com boa inserção na garupa longa, encurtado em cerca de um terço do seu comprimento. Pode ser transportado um pouco menos na vertical do que na vertical, não deve estar encostado nas costas. (Em países onde as leis proíbem amputar a cauda, pode permanecer natural e, nesse caso, deve ser transportado horizontalmente ou na forma de um sabre).

    EXTREMIDADES

    MEMBROS ANTERIORES

    • Apariência geral: Os membros anteriores, vistas frontais, retas e paralelas são observadas; dos lados eles parecem preguiçosos sob o corpo. A distância do chão ao cotovelo é quase a mesma que do cotovelo à cernelha.
    • Ho(m)bros: Escápula longa, bem oblíquo e direcionado para trás; ombros musculosos. Boa angulação entre a escápula e o braço.
    • Brazo: É o maior tempo possível, magro com boa musculatura. Cotovelos: Colado ao corpo, sem desvios para fora ou para dentro. Boa angulação entre braço e antebraço.
    • Antbraço: Delgado, vertical, com ossos robustos.
    • Articulação do carpo: Strong.
    • Metacarpo: Inclinando-se ligeiramente para a frente, esqueleto bastante robusto do que frágil.
    • Pemé anterior: Freqüentemente mais amplo que os posteriores, com os dedos juntos, e almofadas grossas o suficiente, Difícil, forte e bem pigmentado. Os pés são colocados no chão em paralelo; não há desvios externos ou internos, tanto em pé como durante o movimento.

    MEMBROS POSTERIORES:

    • Apariência geral: Vistos por trás, são retos e paralelos. Eles têm boas angulações entre a coxa e a perna, bem como entre a perna e o metatarso. Ossos fortes.
    • Coxa: Longo, largo e musculoso.
    • Cajadoemlla: Strong, com boa angulação entre coxa e perna. Perna: Longo, muscular e tendão.
    • Aarticulação tíbio-tarso: Forte e profundo.
    • Metatarso: Curto e vertical.
    • Pemé mais tarde: Oval, quase redonda, com os dedos juntos e as almofadas grossas o suficiente, Difícil, forte e bem pigmentado. Eles andam em paralelo, de pé e em movimento, e não mostram desvios em direção ao interior ou ao exterior..

    MOVIMENTO: Ele cobre o chão, com bom progresso e impulso; é fluido; membros anteriores e posteriores são mantidos retos e paralelos, sem avanços.

    PIEL: Espessura, muito apegado, sem formação de dobras.

    MANTO

    Pelo: Pelo áspero, disco rígido, cabelo denso e liso ou liso e liso.

    Color: A cor é preta, marrom escuro ou preto acinzentado misturado com marcações limpas, bem delineado amarelo avermelhado sobre os olhos (sobrancelhas), focinho, peito, membros e ao redor do ânus. Uma máscara clara ou escura também é permitida; uma pequena marca branca é tolerada no peito e nos dedos.

    TAPESO / PESO:

    Altura da Cruz:

    Machos: 33 a 40 cm

    Fêmeas: 33 a 40 cm

    Peso: Acorresponde à relação com a altura, nem muito leve nem muito pesado.

    FALTAS: Qualquer desvio dos critérios acima é considerado faltando e a gravidade é considerada o grau de desvio do padrão e seu impacto sobre a saúde e o bem-estar do cão e a capacidade do cão de realizar sua tarefa tradicional.

    FALTAS GRAVES :

    • Crânio estreito; focinho estreito ou pontiagudo.
    • Mandíbula Fugitiva, estreitado
    • Dentes fracos, qualquer posição irregular do incisivo
    • Olhos claros, muito grande ou proeminente
    • Orelhas eretas, flutuando, muito grosso, inserção muito baixa
    • Membro anterior íngreme
    • Vencido ou carpa de volta, curto demais
    • Esterno curto.
    • Soleira vista de frente muito estreita ou larga.
    • Membro posterior íngreme, muito alto
    • Cotovelos fortemente virados para dentro ou para fora
    • Dedos muito próximos ou afastados; jarretes de vaca, sob a forma de “O” ou em uma posição estreita, de pé e em movimento.
    • Pés esmagados, pés de gato, pé de mentira
    • Cauda inclinada para frente, inserção muito baixa, cauda pendurada.
    • Cabelo curto, Kerivoula, fina, não aderiu à pele.
    • Barriga sem pêlos e parte interna das coxas

    FALTAS DESQUALIFICANDO:

    • Agressividade ou extrema timidez.
    • Qualquer cão mostrando sinais comportamentais ou anormalidades físicas claras será desclassificado.
    • Cães atípicos
    • Prognatismo superior ou inferior, mordida desviada, mordida parcial ou completa da pinça, mordida cruzada, dentes colocados irregularmente na linha superior e / ou inferior, ausência de dentes, exceto M3.
    • Falta de pigmentação.
    • Entrópio, ectrópio, olhos de cores diferentes (anisocromia), olhos azuis ou salpicados
    • Cores de revestimento não autorizadas
    • Altura na cernelha inferior a 33 cm e maior que 40 cm.

    N.B.:

    • Machos devem apresentar dois testículos de aparência normais, bem desenvolvidos e acomodados a bolsa escrotal.
    • Apenas cães funcional e clinicamente saudáveis, com a conformação típica da raça, deve ser usado para parentalidade.
    • EleAs últimas alterações estão em negrito.

    TRADUCCION: Brigida Nestler.
    Supervisão técnica: SR. Miguel A. Martínez.

    Nomes alternativos:

      1. Deutscher Jagdterrier, German Jagdterrier, German Hunting Terrier, German Hunt Terrier, Jagdterrier (Inglês).
      2. Jagdterrier (Francês).
      3. Jagdterrier (Alemão).
      4. Jagdterrier (Português).
      5. Terrier alemán de caza, Terrier alemán (español).

    Parson Russell Terrier
    Inglaterra FCI 339 . Terriers de médio e grande porte

    Parson Russell Terrier

    O Parson Russell Terrier é um cão destemido, muito feliz, energético e amigável.

    conteúdo

    História

    O Parson Russell Terrier é um terrier pequeno a médio porte. É um cachorro de caça.

    Embora esta raça de cão seja muito jovem na criação moderna de cães, o Parson Russell Terrier está muito próximo do tipo antigo e clássico de um terrier em caráter e aparência. Terriers formam um grande grupo dentro de cães. Seu nome é derivado do latim “Terra” para a terra. Então eles eram cães para trabalhar em terra. A primeira evidência é dada pelos romanos antigos. Já na Idade Média, os terriers são descritos em detalhes. Sua terra natal é nas Ilhas Britânicas. Terriers existiam em todo o país. Nos estábulos, eles mantinham os pequenos vermes afastados. Mesmo os grandes ratos não eram um problema para eles. As galinhas, pombos e coelhos os protegiam de marta e raposas. Para continuar perseguindo raposas, os terriers foram enviados para a trincheira.

    O Parson Russell Terrier hoje eles são feitos exatamente para esse fim. Eles deveriam e poderiam tirar a raposa do esconderijo. Ao mesmo tempo, eles tiveram que correr com as caçadas de raposas no rebanho, i.e., eles tinham que ser capazes de seguir o galope da caça. Todas essas tarefas exigem comprometimento entusiástico, coragem especial, pensamento independente e a chamada nitidez dos predadores.

    O Parson Russell Terrier se transformou em um cão de caça versátil, não é apenas adequado para trabalhos subterrâneos. No século 19, o pastor inglês Jack Russell ele era um caçador de sucesso, piloto e acima de tudo criador de Fox Terriers. Em sua longa vida como criador, ele aumentou bastante o desempenho do Fox Terrier. Eles estavam agora aptos para todas as tarefas individuais de caça, eles poderiam trabalhar no rebanho e na toca ao mesmo tempo.

    Na Austrália, somente com a ajuda de seus cães uma peste de raposas poderia ser contida. Para agradecer a isso, estes cães foram finalmente nomeados após seu criador, o Parson “Jack Russell” Terrier. Eles foram e são física e mentalmente criados para trabalhar, cães no show. Por isso, criadores e amantes deste terrier se recusaram a aderir ao moderno sistema de criação de cães com pedigree, porque eles não queriam ver os cães avaliados principalmente por sua aparência e temiam as consequências negativas do show business sobre a aptidão e a saúde dos cães. Isso fez essa raça de cachorro muito bem..

    Seriamente criado, estes são cães que foram amplamente salvos de doenças hereditárias e extremos na criação. O “Jack Russell Terrier” teve desde o início uma grande variedade de tamanhos, de pernas curtas e alto. Desde que o desempenho foi decisivo, esses refinamentos não tiveram nenhum papel. Agora, duas raças de cães foram feitas a partir de “Jack Russell Terrier” e as duas linhas foram separadas na ninhada. O pequeno ainda é chamado Jack Russell Terrier, Tem uma altura na cernelha de até 30 cm e é fornecido um pouco mais. O Parson é um pouco mais alto e com mais pernas e na sua forma quadrada. O pároco está em inglês outra palavra para “Pastor”. Então, duas raças de cães são chamadas como uma pessoa, o pastor Jack Russell. Ambos os cães são um crédito para o pastor. Em 2001 a nova corrida Parson Russell Terrier foi oficialmente reconhecido.

    Características físicas

    O Parson Russell Terrier É apropriado para o cão de trabalho, Ativo, Agile, construído para velocidade e resistência. Ele dá a impressão de equilíbrio e flexibilidade como um todo..

    Você pode ter cabelo liso ou duro, se ele é grosso e denso para protegê-lo contra as intempéries, como o frio e molhado. Sua Cor Ele pode ser totalmente brancos ou predominantemente branca com manchas marrons, limão ou preto ou qualquer combinação desses cores, preferência manchas devem ser limitadas a cabeça ou o nascimento da cauda.

    Ele mede a Cruz entre 33 e 36 cm, seu Peso é aproximada de 8 a 10 quilos para ser um pouco maior em proporções que a versão do Jack Russell Terrier, Embora ele deve ser especificado superior existem cópias como “Jack Russell” em alguns clubes trabalhando no Reino Unido e Estados Unidos, devido a esses clubes que não fazem parte da FCI e, por conseguinte,, identificador diferente aos registos padrão reconhecidos e aceite em todo o mundo pelo 84 Países membros.

    Caráter e habilidades

    Parson Russell Terrier um destemido e amigável.

    Esta raça foi criada para caçar, Raposas Chase e canto em sua toca., Por conseguinte, eles carregam em seus genes., e se esta atividade faz não fazem parte da vida de seu cachorro, Recomendamos que, ele exercida diariamente intenso são cães com uma enorme dose de energia contida.

    Talvez seu caráter animada e amigável causou uma das raças de cães preferidas por muitas pessoas como um animal de estimação.

    Mas na realidade ele é um verdadeiro cão de trabalho e que não devemos esquecer que, se um exemplar até... torna-se parte da nossa família.

    Deixe executando, andar de bicicleta, lançamento de frisbee ou bola - e ensiná-lo a trazê-los voltar-, Vai ajudar a fortalecer o vínculo entre o Parson e seu proprietário, enquanto ele educa, gosta e é exercido.

    Fotos de Parson Russell Terrier

    Vídeos do pastor Russell Terrier

    Tipo e reconhecimentos:

    • CLASSIFICAÇÃO FCI: 339
    • Grupo 3: – Terriers
    • Seção 1: – Terriers de médio e grande porte. Sem prova de trabalho.
  • Federações:
    • FCI – Terriers 1 Terriers de médio e grande porte.
    • AKC – Terriers
    • ANKC – Terriers (cães utilitários)
    • CKC – Terriers
    • KC – Terriers
    • NZKC – Terriers
    • UKC – Terriers

    Padrão FCI da raça Parson Russell Terrier

    Padrão FCI da raça Parson Russell Terrier
    APARSEGURO GERAL: Eficiente, ativo e ágil, sem exageros. Construído para resistência e energia com uma aparência geral de equilíbrio e flexibilidade. São permitidas cicatrizes honradas.

    PROPORÇÕES IMPORTANTES: Bem equilibrado. O comprimento total da ponta dos ombros até a ponta do ísquio ligeiramente maior que a altura da cernelha ao chão. O comprimento do nariz até a parada é um pouco menor do que da parada até a protuberância occipital.

    TOMPERAMENTO / COMPORTAMENTO: Originalmente, um terrier criado para trabalhar com a raposa. Um cão confiante, enérgico e alegre, que tem a capacidade e a conformação de trabalhar no chão. Negrito e amigável.

    CABEZA

    Cunha.

    GIOhN CRANIANA:

    • Cenfurecido: Plano, moderadamente largo, afilando-se gradualmente aos olhos.
    • Ddepressão naso-frontal (Parar): Pouco forte.

    GIOhN FACIAL:

    • Trufa: Preto.
    • Mandíbulas / Dentes: Maxilares poderosos e bem musculosos. Dentes de bom tamanho, com uma perfeita, mordida em tesoura regular e completo. I.e., os incisivos superiores cobrem os incisivos inferiores em contato próximo e são implantados diretamente nas mandíbulas.
    • Bochechas: Não proeminente.
    • Ojos: Escuro, forma de amêndoa, nunca proeminente. Expressão viva e inteligente.
    • Obares: Tamanho proporcional à cabeça. V em forma de queda para a frente. As pontas das orelhas devem atingir o nível do canto externo dos olhos. A dobra não deve estar acima do nível do crânio. Dossel de espessura moderada.

    COMELLO: Limpo, músculo, bom comprimento, aumentando gradualmente e bem colocado sobre os ombros.

    COMERPO

    • Dorso: Strong, reto e flexível. Lombo de porco: Forte e ligeiramente arqueado.
    • Peco: Moderadamente reduzido, sem se estender além dos cotovelos. Atrás dos ombros deve abranger a palma de uma mão comum. Costelas bem usadas nas costas, não muito arqueado ou muito plano.

    COLA: Anteriormente, o costume era amputar a cauda.

    • A(m)poderiatHá sim: Longo complementando o corpo, mas mantendo uma boa aderência. Strong, reta, inserção moderadamente alta, muito alto em movimento.
    • Semn amputação: Moderadamente longo e o mais reto possível, dando um bom equilíbrio para o cachorro, grosso na base afinando em direção à ponta. Inserção moderadamente alta, muito alto em movimento.

    EXTREMIDADES

    MEMBROS ANTERIORES:

    • ApArience geral: Largura moderada entre os membros anteriores, bem colocado sob o corpo.
    • Ho(m)bros: Largos e inclinados, bem definido na cruz.
    • Brazo: Contanto que os ombros e com tal angulação que as extremidades estejam bem embaixo do corpo, abaixo da ponta da cruz.
    • Antbraço: Forte e reto, sem inclinar-se para dentro ou para fora. O comprimento do braço deve ser ligeiramente maior que a profundidade do corpo.
    • Cotovelos: Colado ao corpo trabalhando livremente nas laterais.
    • Metacarpo: Forte e flexível.
    • Pemé anterior: Compacto com almofadas firmes, dedos moderadamente arqueados, nunca aberto, sem se inclinar para dentro ou para fora.

    MEMBROS POSTERIORES:

    • ApArience geral: Strong, músculo com boas angulações.
    • Joelho: Boa angulação sem exagero.
    • PemEsquema: Bem desenvolvido.
    • Ajarretes: Baixa colocação.
    • Metatarsos: Paralelos, dando muita propulsão.
    • Pés de volta: Como os anteriores.

    MOVIMENTO: Livre, movimento cobrindo a superfície, sem exagero. As etapas devem ser de bom comprimento, passos nunca forçados ou altos. Posterior fornece um forte impulso. Bem coordenado, movimento certo para frente e para trás.

    PIEL: Deve ser grosso e solto.

    MANTO

    • Pelo: Rude, quebrado o liso naturalmente áspero, em linha reta, suave, apertado e espesso com bom subpêlo. Resistente ao tempo. Abdômen e linha inferior cobertos de pêlos. A capa preparada (Aparar) deve parecer natural, nunca corte.
    • Color: Branco ou predominantemente branco com marcas de fogo, limão ou preto ou qualquer combinação dessas cores. Cor preferencialmente limitada na cabeça e / ou na base da cauda, ​​mas pequenas marcas no corpo são aceitas.

    TAMÃO:

    Alturpara a cruz: I

    lidar com homens: 36 cm

    Ideal para mulheres: 33 cm

    É de maior importância manter a correção e o equilíbrio, tendo em mente que, criado para trabalhar com a raposa, atrás dos ombros deve abranger a palma de uma mão comum.

    FALTAS: Qualquer desvio dos critérios mencionados acima é considerado uma falha e sua gravidade é considerada no grau de desvio do padrão e suas conseqüências na saúde e bem-estar do cão e na capacidade do cão de executar sua tarefa tradicional..

    FALTAS DESQUALIFICANDO:

    • Agressividade ou extrema timidez.
    • Qualquer cão mostrando sinais comportamentais ou anormalidades físicas claras será desclassificado.

    N.B.:

    • Machos devem apresentar dois testículos de aparência normais, bem desenvolvidos e acomodados a bolsa escrotal.
    • Apenas cães funcional e clinicamente saudáveis, com a conformação típica da raça, deve ser usado para parentalidade.

    TRADUCCION: Brigida Nestler / Versão original: IN.

    Supervisão técnica: Miguel Angel Martinez.

    Nomes alternativos:

      1. Parson, Parson Jack Russell Terrier (Inglês).
      2. Parson Russell terrier (Francês).
      3. Parson (Alemão).
      4. Parson (Português).
      5. Parson, Parson Jack Russell (español).

    Manchester Terrier
    Inglaterra FCI 71 . Terriers de médio e grande porte

    Manchester Terrier

    O Manchester Terrier é um cão esguio, luz, atléticas e muito refinadas linhas.

    conteúdo

    História

    O Manchester Terrier é um cão de origem inglesa, parece uma forma reduzida da Doberman Pinscher Apesar de não ter qualquer ligação de sangue com esta raça.

    O Terrier de Manchester poderia ser definido como a versão moderna de um cão caçador chamado de ratos ‘Old Black and Tan Terrier‘, Foi muito popular durante o século XIX, nas cidades do noroeste da Inglaterra, onde - aparentemente- viveu durante vários séculos.

    Outros fluxos dizem também tem sangue da Whippet O que dá sua aparência aerodinâmica com linhas refinadas e muita agilidade.

    No início, o Terrier de Manchester foi um cão especializado na caça de ratos e coelhos em concursos urbanos, mas com a proibição destas competições, o Terrier de Manchester passou a tornar-se um driver utilizável de patifes que vivia no campo e, mais tarde, Sociedade animal de estimação.

    Mas Manchester Terrier desde a sua criação tem sido citadino, não desceu – como outro Terrier- cães de campo, mas que vem de cães urbanos cuja função era a de acabar com os vermes própria cidade: o rato.

    Enquanto sua presença no mundo das competições caninas não é o mesmo que velho, Agora você pode apreciar estes cães em determinadas competições.

    Os vídeos de Manchester Terrier
    Manchester Terrier - Bling
    3 vs 1(Min Pin, Manchester, Rat Terrier)

    Manchester Terrier começou a ser chamado como tal no ano 1897 (20 anos depois de sua criação.).

    Ele foi criado no auge das competições que consistia em matar o maior número de ratos, e a corrida tornou-se conhecido como um campeão nesta disciplina. Com a proibição desta prática, o Manchester Terrier está sofrendo um primeiro golpe faz com que o número de cópias e a popularidade da raça.

    Mais tarde ele sofreu outra colisão com a proibição de amputar as orelhas de cães (1898). Manchester Terrier com orelhas sem amputação foi um aspecto que, De acordo com os seus proprietários não era consistentes com seu comportamento e poder físico. Este Manchester Terrier começaram a ser cada vez menos popularidade.

    O golpe de Estado terceiro levou na Segunda Guerra Mundial, durante a corrida quase extinto, deixando apenas 11 cópias em toda a Inglaterra.

    A corrida começa a se recuperar quando um grupo de entusiastas decidiu formar um clube para promover a popularidade do Manchester Terrier, Embora apenas utilizado em exposições ou como animal de estimação.

    Características físicas

    O Manchester Terrier é um cão de aparência compacta, elegante, sólido e bem estruturado.

    O altura no machos é de aproximadamente, 41 cm e no fêmeas de 38 cm. O peso é proporcional à altura.
    Seu crânio é longo, plana e estreita, com uma forma cónica.

    Ele tem oval-shaped olhos são muito brilhantes, pequeno e escuro. Ele tem as orelhas de inserção alta, pequeno e em forma de "V" à esquerda de baixo para cima e dobrado o termina na frente.

    Tem modificação curta e lomo compact, arredondado. As pernas são retas e proporcionais ao tamanho do corpo.

    A cauda não é muito longa, Ela é grossa na inclusão e é ajustada em direção a ponta, Ele nunca deve ultrapassar a linha dorsal.

    Ele tem uma camada de cabelo brilhante, brilhante, bem espesso, suave, curto e muito suave ao toque. A cor é preto sólido com manchas bronze (Mogno escuro).

    Observações

    Nos Estados-Membros estão mutilando orelhas. Esta prática era comum na Inglaterra antes do Decreto de Príncipe de Gales, para, no ano 1898 proibiu todas as amputações.

    Devido à entrada em vigor do presente decreto, a raça Terrier de Manchester perdeu popularidade tanto que estava à beira da extinção.

    Infelizmente, apesar dos esforços de criadores da raça de amar, Daí em seguida diante, a recuperação da raça… foi apenas parcial.

    Caráter e habilidades

    Por ter uma origem urbana, o Manchester Terrier É um cão ideal para a vida em um pequeno apartamento na cidade de. É um cão muito agradável que se adapta facilmente a vida doméstica, sobre tudo se você deixar um buraco na cama ou sofá.

    Vai ser totalmente feliz, Se além do tomar de sofá estofada para dar passeios para abrir campo, porque vai dar curso a seus instintos de Hunter e tornar-se louco com alegria perseguindo ratos, Grilos, lagartos…, e tudo pequena gasto passagem em seu caminho.

    O Terrier, É a mais adequada viver em um apartamento, não percam o cabelo praticamente, e por instinto é um cão limpo. Aprenda rápido, e além disso apaixonado por crianças.

    Manchester Terrier Educação

    Criar um Manchester Terrier não é fácil. Sua natureza multifacetada requer muita empatia da mente e do cão. Ele também é muito sensível e não perdoa facilmente injustiças e punições desproporcionais.. Por conseguinte, não é fácil recomendar como um cão iniciante. No entanto, se você conseguir sentir e pensar em seu caminho para Manchester e, assim, construir um relacionamento íntimo de confiança, um tesouro escondido está à sua disposição. Especialmente por sua natureza multifacetada, combinada com sua inteligência e docilidade, você pode facilmente dominar qualquer desafio com ele, que poderia ser desejado em total cooperação entre cão e homem. Você precisa de um anúncio e conseqüências claras, com base em um relacionamento respeitoso e amoroso com seu mestre e amante. Um Manchester Terrier gosta de ser criado e busca cooperação com humanos.. Por conseguinte, especialmente com ele, muito mais do que com outros cães em geral, comando e broca estão completamente fora de lugar e contraproducentes.

    Saúde do Manchester Terrier

    Manchester Terriers tem algumas condições de saúde que podem ser preocupantes. Eles incluem um distúrbio hemorrágico hereditário chamado doença de von Willebrand, Hipotireoidismo, luxação patelar, Doença de Legg-Calve-Perthes (Manchesters de brinquedo), e problemas oculares como glaucoma e catarata.

    Não compre um filhote de cachorro de um criador que não possa fornecer documentação escrita mostrando que os pais foram isentos de problemas de saúde que afetam a raça. Os cães passam por uma “exame veterinário” Não é um substituto para testar a saúde genética.

    Lembre-se que depois de levar um cachorro para casa nova, Ele tem o poder de proteger um dos problemas mais comuns de saúde: a obesidade. Manter Manchester com o peso certo é uma das maneiras mais fáceis de prolongar sua vida.. Para tirar o máximo partido das habilidades preventivas para ajudar a garantir um cão saudável para a vida.

    Cuidados com o Manchester Terrier

    Quando se trata de cuidar, Manchester Terrier é um guarda-redes fácil. Embora a raça seja naturalmente limpa com cheiro de cachorro, um banho a cada três meses (ou quando fica sujo) em um shampoo suave é uma boa ideia. Escove seu casaco elegante com uma escova de cerdas naturais ou uma luva. Use condicionador / polidor para clarear os cabelos.

    O resto são cuidados básicos. unhas cortadas conforme necessário, normalmente uma vez a cada poucas semanas. Escove os dentes frequentemente com uma pasta de dentes para animais aprovada pelo veterinário para uma boa saúde geral e um hálito fresco. Verifique as orelhas semanais para ver se há sujeira, vermelhidão ou odor que pode indicar uma infecção. Se as orelhas estão sujos, Limpe-os com um cotonete umedecido com um limpador de ouvido suave e com pH equilibrado, recomendado pelo seu veterinário.. Leve o ManchesterTerrier para o banheiro quando você for muito jovem para aprender a aceitá-lo, especialmente o corte de unha, pacientemente.

    Expectativa de vida de Manchester Terriers

    Como uma regra, Manchester Terriers desfruta de uma vida longa como cães, frequentemente mais do que 12, às vezes mais do que 15 anos. No entanto, um pré-requisito é que eles venham de uma educação saudável.

    Compre um Manchester Terrier

    Você deve dar uma olhada mais de perto na raça e visitar um criador muito antes de comprar.. A melhor maneira de comprar seu filhote de cachorro do Manchester Terrier é comprá-lo de um criador que seja membro de um clube FCI terrier ou que possa procurar abrigos. Às vezes, existem cães que se aproximam do Manchester Terrier em tipo e caráter. Os custos são sobre 1.200 EUR.

    Comentários de Manchester Terrier

    Coexistência é importante que você tem com seu novo amigo. Plantearte antes de adquirir uma raça de cão “Manchester Terrier” você sabe alguns fatores. Nem todas as raças de cães são capazes de viver em um apartamento, Você deve levar em conta a sua qualidade, sua necessidade de exercício, sua interação com outros animais de estimação, seu cuidado e se você tiver crianças pequenas, o seu nível de tolerância para com eles.

    adaptação ⓘ

    5.0 Avaliação
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Ⓘ cão amigável

    3.0 Avaliação
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    A perda de cabelo ⓘ

    3.0 Avaliação
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Nível de afeto ⓘ

    4.0 Avaliação
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Necessidade de exercício ⓘ

    4.0 Avaliação
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    necessidade social ⓘ

    5.0 Avaliação
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    casa ⓘ

    5.0 Avaliação
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    sanita ⓘ

    1.0 Avaliação
    1 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Amigável com estranhos ⓘ

    3.0 Avaliação
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    cascas ⓘ

    4.0 Avaliação
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    saúde ⓘ

    2.0 Avaliação
    2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    ⓘ territorial

    5.0 Avaliação
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Amigável com gatos ⓘ

    3.0 Avaliação
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    inteligência ⓘ

    4.0 Avaliação
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    versatilidade ⓘ

    3.0 Avaliação
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Crianças amigável ⓘ

    3.0 Avaliação
    3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    vigilância ⓘ

    4.0 Avaliação
    4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    alegria ⓘ

    5.0 Avaliação
    5 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Imagens do Manchester Terrier

    Os vídeos de Manchester Terrier

    Tipo e reconhecimentos:

    • CLASSIFICAÇÃO FCI: 71
    • Grupo 3: – Terriers
    • Seção 1: – Terriers de médio e grande porte. Sem prova de trabalho.
  • Federações:
    • FCI – Terriers 1 Terriers de médio e grande porte.
    • AKC – Terriers
    • ANKC – Terriers
    • CKC – Terriers
    • NZKC – Terriers
    • UKC – Terriers

    Padrão FCI da raça Manchester Terrier

    Padrão FCI da raça Manchester Terrier
    ASPECTO GERAL: É um cachorro compacto, elegante, robusto e de boa substância.

    TODESEMPENHO E DESEMPENHO: Animada, alerta, alegre e alegre. Perspicaz e fiel.

    CABEZA

    GIOhN CRANIANA:

    Cenfurecido: Longo, plano e estreito, nivelado e em forma de cunha, sem mostrar os músculos das bochechas.

    GIOhN FACIAL:

    • Trufa: Preto brilhante.
    • Hocico: Bem cheio sob os olhos, afina até a ponta. Mordida / Dentes: Maxilares simétricos, com mordida perfeita e completa, tesoura, i.e., que a face interior dos incisivos superiores é, em contacto estreito com a face exterior dos incisivos inferiores. Os dentes devem ser implantados perpendicularmente às mandíbulas.
    • Labios: Colado.
    • Ojos: Relativamente pequeno, escuro e brilhante. Amêndoa em forma e não deve ser proeminente.
    • Obares: As orelhas são pequenas e sob a forma de “V”, implantação bem acima do crânio e caindo perto da cabeça sobre os olhos.

    COMELLO: Bastante longo e fino da base do ombro à cabeça; linha superior ligeiramente arqueada, sem papada.

    COMERPO: Curta.

    • Ele(m)o: Levemente arqueado.
    • No peito: Costelas bem arqueadas.
    • Línmenor ea e barriga: Pegar atrás das costelas.

    COLA: Cortar e inserir onde termina o arco das costas; grosso na base e afunila na ponta. Você não deve usá-lo mais alto do que a linha na parte de trás.

    EXTREMIDADES

    MEMBROS ANTERIORES:

    • Ho(m)bros: Limpo e bem inclinado.
    • Antbraço: Antebraços bem eretos, e bem colocado abaixo do corpo. De comprimento proporcional ao corpo.
    • Pemé anterior: Pequeno, meia forma de lebre, forte e com dedos bem arqueados.

    MEMBROS POSTERIORES: Forte e musculoso. Os quartos traseiros não devem ter jarretes ou pés virados para dentro.

    Cajadoemlla: Bem angulado.

    Pemé mais tarde: Pequeno, meia forma de lebre, forte e com dedos bem arqueados.

    MOVIMENTO: Direito, livre e equilibrado. Os membros anteriores são transportados livremente e os posteriores dão um grande empurrão.

    MANTO

    Pelo: Justa, suave, curto e brilhante, texturizado.

    Color: Manchas brilhantes de mogno e preto também acenderam: na cabeça e do focinho ao nariz, eles têm tons de fogo, o nariz e a parte de trás do focinho são pretos brilhantes. Uma pequena mancha de fogo em cada bochecha e acima de cada olho, no maxilar inferior e na garganta formando um “V” bien delineada. No membro, a cor do fogo do joelho para baixo, exceto dedos com listras pretas e uma mancha preta distinta (como impressão digital) no pé. Nos membros posteriores, as marcas de fogo no interior, com uma fenda preta nos joelhos. Um ponto de incêndio sob a cauda e ao redor do ânus muito estreito, para que cubra. Uma leve mancha de fogo em cada lado do peito. Manchas externas de fogo nos membros posteriores, comumente chamado “calças”, eles são indesejáveis. Em todos os casos, a cor preta não deve se misturar ao fogo e vice-versa, mas deve haver uma divisão bem definida entre cores.

    TAMÃO E PESO:

    Altura ideal na cernelha:

    Machos: 41 cm.

    Fêmeas: 38 cm.

    FALTAS: Qualquer desvio dos critérios acima é considerado faltando e a gravidade é considerada o grau de desvio do padrão e seu impacto sobre a saúde e o bem-estar do cão.

    FALTAS DESQUALIFICANDO:

    • Agressividade ou extrema timidez.
    • Qualquer cão mostrando sinais comportamentais ou anormalidades físicas claras será desclassificado.

    N.B.:

    • Machos devem apresentar dois testículos de aparência normais, bem desenvolvidos e acomodados a bolsa escrotal.
    • Apenas cães funcional e clinicamente saudáveis, com a conformação típica da raça, deve ser usado para parentalidade.

    EleAs últimas alterações estão em negrito.

    TRADUCCION: Brigida Nestler / Versão original: (IN)

    Supervisão técnica: Miguel Angel Martinez

    Nomes alternativos:

      1. Manchester Terrier (Inglês).
      2. Manchester Terrier (Francês).
      3. Manchester Terrier (Alemão).
      4. Manchester Terrier (Português).
      5. Manchester Terrier (español).

    Utilização de cookies

    Este web site utiliza cookies para que você tenha a melhor experiência de usuário. Se você continuar navegando você está dando seu consentimento para a aceitação dos cookies acima mencionados e a aceitação de nosso política de cookies, Clique no link para obter mais informações.cookies de plugin

    ACEITAR
    Aviso de cookies