Parson Russell Terrier
Inglaterra FCI 339 . Terriers de médio e grande porte

Parson Russell Terrier

O Parson Russell Terrier é um cão destemido, muito feliz, energético e amigável.

conteúdo

História

O Parson Russell Terrier é um terrier pequeno a médio porte. É um cachorro de caça.

Embora esta raça de cão seja muito jovem na criação moderna de cães, o Parson Russell Terrier está muito próximo do tipo antigo e clássico de um terrier em caráter e aparência. Terriers formam um grande grupo dentro de cães. Seu nome é derivado do latim “Terra” para a terra. Então eles eram cães para trabalhar em terra. A primeira evidência é dada pelos romanos antigos. Já na Idade Média, os terriers são descritos em detalhes. Sua terra natal é nas Ilhas Britânicas. Terriers existiam em todo o país. Nos estábulos, eles mantinham os pequenos vermes afastados. Mesmo os grandes ratos não eram um problema para eles. As galinhas, pombos e coelhos os protegiam de marta e raposas. Para continuar perseguindo raposas, os terriers foram enviados para a trincheira.

O Parson Russell Terrier hoje eles são feitos exatamente para esse fim. Eles deveriam e poderiam tirar a raposa do esconderijo. Ao mesmo tempo, eles tiveram que correr com as caçadas de raposas no rebanho, i.e., eles tinham que ser capazes de seguir o galope da caça. Todas essas tarefas exigem comprometimento entusiástico, coragem especial, pensamento independente e a chamada nitidez dos predadores.

O Parson Russell Terrier se transformou em um cão de caça versátil, não é apenas adequado para trabalhos subterrâneos. No século 19, o pastor inglês Jack Russell ele era um caçador de sucesso, piloto e acima de tudo criador de Fox Terriers. Em sua longa vida como criador, ele aumentou bastante o desempenho do Fox Terrier. Eles estavam agora aptos para todas as tarefas individuais de caça, eles poderiam trabalhar no rebanho e na toca ao mesmo tempo.

Na Austrália, somente com a ajuda de seus cães uma peste de raposas poderia ser contida. Para agradecer a isso, estes cães foram finalmente nomeados após seu criador, o Parson “Jack Russell” Terrier. Eles foram e são física e mentalmente criados para trabalhar, cães no show. Por isso, criadores e amantes deste terrier se recusaram a aderir ao moderno sistema de criação de cães com pedigree, porque eles não queriam ver os cães avaliados principalmente por sua aparência e temiam as consequências negativas do show business sobre a aptidão e a saúde dos cães. Isso fez essa raça de cachorro muito bem..

Seriamente criado, estes são cães que foram amplamente salvos de doenças hereditárias e extremos na criação. O “Jack Russell Terrier” teve desde o início uma grande variedade de tamanhos, de pernas curtas e alto. Desde que o desempenho foi decisivo, esses refinamentos não tiveram nenhum papel. Agora, duas raças de cães foram feitas a partir de “Jack Russell Terrier” e as duas linhas foram separadas na ninhada. O pequeno ainda é chamado Jack Russell Terrier, Tem uma altura na cernelha de até 30 cm e é fornecido um pouco mais. O Parson é um pouco mais alto e com mais pernas e na sua forma quadrada. O pároco está em inglês outra palavra para “Pastor”. Então, duas raças de cães são chamadas como uma pessoa, o pastor Jack Russell. Ambos os cães são um crédito para o pastor. Em 2001 a nova corrida Parson Russell Terrier foi oficialmente reconhecido.

Características físicas

O Parson Russell Terrier É apropriado para o cão de trabalho, Ativo, Agile, construído para velocidade e resistência. Ele dá a impressão de equilíbrio e flexibilidade como um todo..

Você pode ter cabelo liso ou duro, se ele é grosso e denso para protegê-lo contra as intempéries, como o frio e molhado. Sua Cor Ele pode ser totalmente brancos ou predominantemente branca com manchas marrons, limão ou preto ou qualquer combinação desses cores, preferência manchas devem ser limitadas a cabeça ou o nascimento da cauda.

Ele mede a Cruz entre 33 e 36 cm, seu Peso é aproximada de 8 a 10 quilos para ser um pouco maior em proporções que a versão do Jack Russell Terrier, Embora ele deve ser especificado superior existem cópias como “Jack Russell” em alguns clubes trabalhando no Reino Unido e Estados Unidos, devido a esses clubes que não fazem parte da FCI e, por conseguinte,, identificador diferente aos registos padrão reconhecidos e aceite em todo o mundo pelo 84 Países membros.

Caráter e habilidades

Parson Russell Terrier um destemido e amigável.

Esta raça foi criada para caçar, Raposas Chase e canto em sua toca., Por conseguinte, eles carregam em seus genes., e se esta atividade faz não fazem parte da vida de seu cachorro, Recomendamos que, ele exercida diariamente intenso são cães com uma enorme dose de energia contida.

Talvez seu caráter animada e amigável causou uma das raças de cães preferidas por muitas pessoas como um animal de estimação.

Mas na realidade ele é um verdadeiro cão de trabalho e que não devemos esquecer que, se um exemplar até... torna-se parte da nossa família.

Deixe executando, andar de bicicleta, lançamento de frisbee ou bola - e ensiná-lo a trazê-los voltar-, Vai ajudar a fortalecer o vínculo entre o Parson e seu proprietário, enquanto ele educa, gosta e é exercido.

Fotos de Parson Russell Terrier

Vídeos do pastor Russell Terrier

Tipo e reconhecimentos:

  • CLASSIFICAÇÃO FCI: 339
  • Grupo 3: – Terriers
  • Seção 1: – Terriers de médio e grande porte. Sem prova de trabalho.
  • Federações:
    • FCI – Terriers 1 Terriers de médio e grande porte.
    • AKC – Terriers
    • ANKC – Terriers (cães utilitários)
    • CKC – Terriers
    • KC – Terriers
    • NZKC – Terriers
    • UKC – Terriers

    Padrão FCI da raça Parson Russell Terrier

    Padrão FCI da raça Parson Russell Terrier
    APARSEGURO GERAL: Eficiente, ativo e ágil, sem exageros. Construído para resistência e energia com uma aparência geral de equilíbrio e flexibilidade. São permitidas cicatrizes honradas.

    PROPORÇÕES IMPORTANTES: Bem equilibrado. O comprimento total da ponta dos ombros até a ponta do ísquio ligeiramente maior que a altura da cernelha ao chão. O comprimento do nariz até a parada é um pouco menor do que da parada até a protuberância occipital.

    TOMPERAMENTO / COMPORTAMENTO: Originalmente, um terrier criado para trabalhar com a raposa. Um cão confiante, enérgico e alegre, que tem a capacidade e a conformação de trabalhar no chão. Negrito e amigável.

    CABEZA

    Cunha.

    GIOhN CRANIANA:

    • Cenfurecido: Plano, moderadamente largo, afilando-se gradualmente aos olhos.
    • Ddepressão naso-frontal (Parar): Pouco forte.

    GIOhN FACIAL:

    • Trufa: Preto.
    • Mandíbulas / Dentes: Maxilares poderosos e bem musculosos. Dentes de bom tamanho, com uma perfeita, mordida em tesoura regular e completo. I.e., os incisivos superiores cobrem os incisivos inferiores em contato próximo e são implantados diretamente nas mandíbulas.
    • Bochechas: Não proeminente.
    • Ojos: Escuro, forma de amêndoa, nunca proeminente. Expressão viva e inteligente.
    • Obares: Tamanho proporcional à cabeça. V em forma de queda para a frente. As pontas das orelhas devem atingir o nível do canto externo dos olhos. A dobra não deve estar acima do nível do crânio. Dossel de espessura moderada.

    COMELLO: Limpo, músculo, bom comprimento, aumentando gradualmente e bem colocado sobre os ombros.

    COMERPO

    • Dorso: Strong, reto e flexível. Lombo de porco: Forte e ligeiramente arqueado.
    • Peco: Moderadamente reduzido, sem se estender além dos cotovelos. Atrás dos ombros deve abranger a palma de uma mão comum. Costelas bem usadas nas costas, não muito arqueado ou muito plano.

    COLA: Anteriormente, o costume era amputar a cauda.

    • A(m)poderiatHá sim: Longo complementando o corpo, mas mantendo uma boa aderência. Strong, reta, inserção moderadamente alta, muito alto em movimento.
    • Semn amputação: Moderadamente longo e o mais reto possível, dando um bom equilíbrio para o cachorro, grosso na base afinando em direção à ponta. Inserção moderadamente alta, muito alto em movimento.

    EXTREMIDADES

    MEMBROS ANTERIORES:

    • ApArience geral: Largura moderada entre os membros anteriores, bem colocado sob o corpo.
    • Ho(m)bros: Largos e inclinados, bem definido na cruz.
    • Brazo: Contanto que os ombros e com tal angulação que as extremidades estejam bem embaixo do corpo, abaixo da ponta da cruz.
    • Antbraço: Forte e reto, sem inclinar-se para dentro ou para fora. O comprimento do braço deve ser ligeiramente maior que a profundidade do corpo.
    • Cotovelos: Colado ao corpo trabalhando livremente nas laterais.
    • Metacarpo: Forte e flexível.
    • Pemé anterior: Compacto com almofadas firmes, dedos moderadamente arqueados, nunca aberto, sem se inclinar para dentro ou para fora.

    MEMBROS POSTERIORES:

    • ApArience geral: Strong, músculo com boas angulações.
    • Joelho: Boa angulação sem exagero.
    • PemEsquema: Bem desenvolvido.
    • Ajarretes: Baixa colocação.
    • Metatarsos: Paralelos, dando muita propulsão.
    • Pés de volta: Como os anteriores.

    MOVIMENTO: Livre, movimento cobrindo a superfície, sem exagero. As etapas devem ser de bom comprimento, passos nunca forçados ou altos. Posterior fornece um forte impulso. Bem coordenado, movimento certo para frente e para trás.

    PIEL: Deve ser grosso e solto.

    MANTO

    • Pelo: Rude, quebrado o liso naturalmente áspero, em linha reta, suave, apertado e espesso com bom subpêlo. Resistente ao tempo. Abdômen e linha inferior cobertos de pêlos. A capa preparada (Aparar) deve parecer natural, nunca corte.
    • Color: Branco ou predominantemente branco com marcas de fogo, limão ou preto ou qualquer combinação dessas cores. Cor preferencialmente limitada na cabeça e / ou na base da cauda, ​​mas pequenas marcas no corpo são aceitas.

    TAMÃO:

    Alturpara a cruz: I

    lidar com homens: 36 cm

    Ideal para mulheres: 33 cm

    É de maior importância manter a correção e o equilíbrio, tendo em mente que, criado para trabalhar com a raposa, atrás dos ombros deve abranger a palma de uma mão comum.

    FALTAS: Qualquer desvio dos critérios mencionados acima é considerado uma falha e sua gravidade é considerada no grau de desvio do padrão e suas conseqüências na saúde e bem-estar do cão e na capacidade do cão de executar sua tarefa tradicional..

    FALTAS DESQUALIFICANDO:

    • Agressividade ou extrema timidez.
    • Qualquer cão mostrando sinais comportamentais ou anormalidades físicas claras será desclassificado.

    N.B.:

    • Machos devem apresentar dois testículos de aparência normais, bem desenvolvidos e acomodados a bolsa escrotal.
    • Apenas cães funcional e clinicamente saudáveis, com a conformação típica da raça, deve ser usado para parentalidade.

    TRADUCCION: Brigida Nestler / Versão original: IN.

    Supervisão técnica: Miguel Angel Martinez.

    Nomes alternativos:

      1. Parson, Parson Jack Russell Terrier (Inglês).
      2. Parson Russell terrier (Francês).
      3. Parson (Alemão).
      4. Parson (Português).
      5. Parson, Parson Jack Russell (español).

    Partilhar é preocupar-se!!

    0 0 voto
    Classificação do artigo
    Inscrever-se
    Notificar de
    hóspede

    Este site usa Akismet para reduzir o spam. Saiba como seus dados comentário é processado.

    2 Comentários
    O mais novo
    Mais antigas Mais Votados
    Comentários em linha
    Exibir todos os comentários

    Utilização de cookies

    Este web site utiliza cookies para que você tenha a melhor experiência de usuário. Se você continuar navegando você está dando seu consentimento para a aceitação dos cookies acima mencionados e a aceitação de nosso política de cookies, Clique no link para obter mais informações.cookies de plugin

    ACEITAR
    Aviso de cookies
    ações
    2
    0
    Amaria seus pensamentos, por favor comente.x