▷ O mundo dos animais de estimação: Cães, gatos, aves, répteis, anfà­bios

Jandaia-sol
Aratinga solstitialis

Aratinga Sol

Conteúdo

Descrição:


Anatomia-papagaios-pt

A partir de 30 cm. comprimento e um peso entre 120 e 130 (g).
De grande beleza, o Jandaia-sol (Aratinga solstitialis) tem o lordes, região ocular e o abrigos de fones de ouvido amarelo dourado, mudar para tons de vermelho-alaranjado brilhantes; o frente, coroa e nuca são de um amarelo rico brilhante tingido de laranja.

Amarelo brilhante na manto, o de volta e o Grupa; abrigos de supracaudales de cor amarela com penas exóticas de cor azul. Escapulários Verde com as pontas e o vexilos interno azul; o coberturas menor e médio, amarelo com variáveis de pontos verdes; grandes coberturas com pontas de cor verde bege, principais coberturas, azul. Penas de voo, verde acima, primário com dicas e vexilos interno azul; Então marrom acinzentado. Coberturas infracaudales amarelo (ou laranja / amarelo). O garganta Laranja com sombreamento amarelo no topo da peito; menor peito e o barriga Laranja; flancos e a área da cloaca amarelo.

Ilustración Aratinga-Sol

Na parte superior, o cauda principalmente verde-amarelado com pontas azuis; na parte inferior, cinzento com corante amarelo.

O pico de cor marrom escuro a preto; o à­ris marrom escuro; pernas distante.

Ambos os sexos semelhantes.

Imaturo geralmente com mais suaves do que os adultos com as cores amarelos do cabeça e o corpo substituà­do por um esverdeado-laranja. Pequenas e médias abrigos de supracaudales Verde.

Habitat:

Vídeo – "Jandaia-sol" (Aratinga solstitialis)

Em geral, Eles habitam Savanas, em florestas secas com palmeiras e algumas vezes em áreas alagadas, até 1200 (m). Cruzar os habitats mais abertos apenas quando viajando entre as manchas de floresta. São Social de pássaro, geralmente observada em rebanhos de 30 ou mais indivà­duos, com agregações em árvores de fruto.

Reprodução:

Ninhos em ocos de árvores ou palmeiras (por exemplo, Mauritia).
Ninho com uma única garota no mês de fevereiro de Suriname. A média de tamanho de Pà´r do sol é de 3 - 4 ovos. Estes ovos são escotilha durante 23 - 27 dias, É quase 40% maior do que a de outras aves, comparado com o ovo em massa.

Alimentos:

Sua dieta está mal documentada, Embora provavelmente é compor dos alimentos disponà­veis a nà­vel local, como frutas diferentes, bagas, nozes, rebentos e flores. Alguns conhecidos alimentos incluem vagens de leguminosas, pequenos frutos da famà­lia Melastomataceae, frutas vermelhas de cacto e possivelmente bagas do gênero Malpighia.

Distribuição:

Tamanho da área de distribuição (reprodução/residente): 96.600 km2

O Jandaia-sol distribuem-se no nordeste do América do Sul, desde o Monte Roraima na extremidade norte da Brasil (um único registro em 1848 anteriormente atribuà­do a Venezuela), áreas adjacentes do Serra de Pacaraima em Venezuela e o norte da Guiana, até o rio pomeroon, para leste através Suriname (Aparentemente desconhecido no norte) e o Guiana Francesa até Brasil em Amapá.

Observou-se também em Para e amazônia oriental (limitado a oeste cerca de Rio Branco e localmente ao sul da Amazonas, a partir de Santarém a região da Rio Canuma).

Embora em geral pode ser considerado é usual, registros esporádicos de sugerir locais de aparições do Jandaia-sol em uma extensa gama de sua área de distribuição.

Mantida localmente como aves domésticas e presa para o comércio de aves vivendo.

Conservação:

• Categoria Lista Vermelha do UICN atual: Em perigo de extinção

• Tendência populacional: Diminuindo

Um bem conhecido no bando do Sul de Guiana foi registrado com um número máximo de 200 indivà­duos (Bergman 2009), com outros registros recentes no Roraima (Laranjeiras et para o. 2011). O população estimada Portanto, entre 1,000-2,499 indivà­duos maduros, com base em registros recentes. Isso é equivalente a 1,500-3,749 aves no total, arredondado em 1.500-4.000 indivà­duos.

A população do Jandaia-sol Acredita-se que pode ser em descida contà­nua, Porque, provavelmente, pressão contà­nua está sujeita devido à  caça.

AMEAà‡AS:

Devido à  alta demanda para esta espécie no mercado de animais, sua população diminuiu drasticamente nos últimos vinte anos (J. Gilardi em litt., 2007).

Durante esse tempo foram exportados em grande parte da Guiana, que levou à sua virtual extinção naquele país. Caçadores da Guiana e Guiana francesa tem viajado até a fronteira com o Brasil para comprar estas aves para exportação (T. Arndt em litt. 2007, L. Silveira em litt., 2007).

Um contingente de exportação anual de 600 ave foi criada em Guiana nos anos 1980 e acredita-se que mais de 2.200 Eles foram importados para os Estados Unidos entre 1981 e 1985 (J. Gilardi em litt., 2007).

Seu comércio está em curso, e pela facilidade com que essas aves podem ser atraídas pela isca (por exemplo milho) e as longas distâncias que vão viajar, É fácil de pegar todos os indivà­duos de uma determinada área(J. Gilardi em litt., 2007).

Ações de conservação em andamento:

    • É muito comum em cativeiro, mas não se sabe que porcentagem dessa população são híbridos entre a Aratinga solstitialis e a Aratinga maculata (Silveira et ao., 2005, SE Silveira em litt. 2012).

Ações de conservação propostas:

    • Considere listar as espécies no Apêndice I.

    • Interromper imediatamente o comércio transfronteiriço CITES.

    • Trabalhar com os habitantes indígenas da Terra Indígena Raposa Serra do Sol e a Comunidade Ameríndia em Karasabai para evitar o aprisionamento e proteger o habitat adequado.

    • Levantamento para localizar subpopulações importantes adicionais.

    • Estabelecer linhas de reprodução em cativeiro de aves de raça pura..

"Jandaia-sol" em cativeiro:

O Jandaia-sol é conhecido por seu grasnar muito forte em comparação com seu tamanho relativamente pequeno. É capaz de imitar os humanos, mas não como bem como alguns papagaios maiores.
São populares como animais de estimação, devido à  sua coloração brilhante, enquanto eles têm uma capacidade muito limitada para falar.

Devido à  sua natureza curiosa, exigem muita atenção dos seus proprietários., e à s vezes eles podem ser muito barulhentos.

Nomes alternativos:


Sun Parakeet, Sun Conure, Yellow Conure (inglês).
Conure soleil, Perriche soleil, Perruche soleil (Francês).
Sonnensittich (alemão).
Jandaia-sol, cacaoé, guaruba, Jandaia, jandaia-amarela, quijuba (português).
Aratinga Sol, Periquito Dorado (espanhol).
Perico Dorado (Venezuela).

Carl Linnaeus
Carl Linnaeus

Classificação científica:


Ordem: Psittaciformes
Famà­lia: Psittacidae
Gênero: Aratinga
Nome científico: Aratinga solstitialis
Citação: (Linnaeus, 1758)
Protonimo: solstitialis Psittacus


Jandaia-sol imagens:



Espécies do gênero Aratinga
  • Aratinga weddellii
  • Aratinga nenday
  • Aratinga solstitialis
  • Aratinga maculata
  • Aratinga jandaya
  • Aratinga auricapillus
  • —- Aratinga auricapillus auricapillus
  • —- Aratinga auricapillus aurifrons

  • Fontes:

    Avibase
    – Papagaios do Mundo - Forshaw Joseph M
    – Papagaios um guia para os papagaios do mundo – Tony Juniper & Mike Par
    Birdlife

    Foto da capa:

    (1) – Jandaia-amarela ou Sun Parakeet (Aratinga solstitialis) em um parque de aves em Singapura por Michael Gwyther-Jones (Originalmente postado no Flickr como Singapura) [CC POR 2.0], via Wikimedia Commons

    Galeria de imagens:

    (2) – Três sol periquitos (também conhecido como jandaia-amarela) no Jurong Bird Park, Cingapura. O pássaro no meio da fotografia tem sido a asa cortada por Michael Gwyther-Jones do Reino Unido (FlickrUploaded por snowmanradio) [CC POR 2.0], via Wikimedia Commons
    (3) – Periquitos de sol (também conhecido como Sun Conures) no Jurong Bird Park, Cingapura por Michael Spencer (Originalmente postado no Flickr como Jurong Bird Park) [CC POR 2.0], via Wikimedia Commons
    (4) – Sun Parakeet (também conhecido como jandaia-amarela) no Jurong Bird Park, Cingapura por Michael Spencer (Originalmente postado no Flickr como Jurong Bird Park) [CC POR 2.0], via Wikimedia Commons
    (5) – Conures de Sun no Jurong Bird Park, Cingapura. Asa cortada por Doug Janson (Próprio trabalho) [CC BY-SA 3.0 ou GFDL], via Wikimedia Commons

    (6) – Sun Parakeet (também conhecido como jandaia-amarela) empoleirar-se em um galho e comendo flores brancas no jardim zoológico de Hamilton, Nova Zelândia por Brian Gratwicke [CC POR 2.0], via Wikimedia Commons
    (7) – Conures de Sun, no Pairi Daiza, Brugelette, Bélgica © Hans Hillewaert/, via Wikimedia Commons
    (8) – Um animal de estimação Sun Parakeet (também conhecido como jandaia-amarela) empoleirar-se sobre um ombro. Tem sido wingclipped por turtlemom4bacon de Orlando, FL, E.U.A. [CC BY-SA 2.0], via Wikimedia Commons
    (9) – Uma Aratinga solstitialis no aquário de Baltimore, EUA por Chris Williamson [CC POR 2.0], via Wikimedia Commons

    (10) – Alimentando uma jandaia-amarela, também conhecido como um periquito de Sun no Discovery Cove, Orlando, Flórida, EUA por eric dos EUA (IMG_4596) [CC BY-SA 2.0], via Wikimedia Commons
    (11) – Ele adora quando você explodir na cara dele e ele faz soprar! Por Sarah G de Tulsa, E.U.A. (Sherbie Sherbie Puffs-Alot) [CC BY-SA 2.0], via Wikimedia Commons
    (12) – Asa cortada sol periquitos (também conhecido como Sun Conures) no Kachoen de Kobe, um parque de pássaros e flores, localizado na ilha do porto de Kobe, Japão por merec0 (Originalmente postado no Flickr como niji) [CC POR 2.0], via Wikimedia Commons
    (13) – Jandaia-amarela, no Pairi Daiza, Brugelette, Bélgica © Hans Hillewaert/, via Wikimedia Commons

    Foto ilustração:

    (14) – Um adulto Sun periquito ou jandaia-amarela (Aratinga solstitialis) . Jacques Barraband [Domínio público], via Wikimedia Commons

    Sons: (Xeno-canto)

    5/5 (2 Rever)
    Compartilhe com os seus amigos !!

    Deixar um comentário