Silky terrier
Australia FCI 236 . Terriers de companhia

Australian Silky Terrier

O Silky terrier Não é apropriado viver com outros pequenos animais de estimação.

conteúdo

História

O Silky terrier é um nativo de cão Austrália, Embora os tipos e raças ancestrais eram da Grã-Bretanha. Os ancestrais do Terrier Silky australiana incluem o Yorkshire Terrier (originário da Inglaterra e Escócia antes de ser considerado) e o Terrier australiano (Ele desce do tipo trouxe wire-haired Terrier da Grã-Bretanha do século Austrália 19), mas os registros não indicam se início cães eram simplesmente Terrier brasileiro nascido com pele sedosa, ou se houve uma tentativa para criar uma raça à parte.

De acordo com o American Kennel Club, a corrida começou no final do século XIX, sendo resultado de cruzamentos entre um Yorkshire Terrier e um Terrier australiano. No início, "a corrida era conhecida como"a seda de Sydney”, que foi principalmente na cidade de Sydney., Austrália. Embora a maioria das raças australianas são listadas como cães de trabalho, Australian Silky Terrier, considera-se, foi levantada - principalmente- para ser um animal de estimação urbano e companheiro da família, mas também É uma raça conhecida por matando cobras na Austrália.

Até 1929, o Australian Terrier, o Australian silky Terrier e o Yorkshire Terrier eles não foram claramente definidos, na mesma ninhada, foi à luz três cães de raças consideradas ao longo do tempo, diferentes. De acordo com as informações existentes, eles foram separados pela aparição em tipos diferentes depois que eles levantadas separadamente.

Após 1932 na Austrália, a miscigenação foi aprimorando, e em 1955 o nome da raça tornou-se oficialmente australiano Silky Terrier. A raça foi reconhecida pelo Conselho canina nacional da Austrália, em 1958 o grupo de brinquedo.

Durante e após a II Guerra Mundial soldados americanos que tinha sido enviado para a Austrália, retornar aos Estados Unidos, eles trouxeram consigo vários australiano Silky Terrier. Fotos em jornais da época (1954), Eles mostram os soldados, Voltar para casa vestindo seus animais de estimação australiano Silky Terrier, e isso causou um aumento na popularidade da corrida, e centenas de Australian Silky Terrier foram importadas da Austrália para os Estados Unidos.

O American Kennel Club Ele reconheceu a raça como o Silky Terrier em 1959, como a United Kennel Club ((ESTADOS UNIDOS)UU.) em 1965, e o canadense Kennel Club. A raça é reconhecida por todos os grandes clubes caninos do mundo de língua inglesa, e internacionalmente pela Federation Cynologique Internationale como raça número 236.

Características físicas

O australiano Silky Terrier é um Terrier, mas normalmente é colocado na Grupo do tipo de brinquedo cães, em vez do grupo Terrier, devido ao seu pequeno tamanho. A Federation Cynologique Internationale tem uma seção especial do grupo Terrier que inclui somente os cães menores, Enquanto outros clubes canina, Coloque a raça no grupo de brinquedo, mas universalmente todos concordam que o tipo de raça é Terrier.

O cabelo do seu manto é cinza, Textura macia do Griffon e azulado, suave e longa. Requer manutenção constante e escovação. Um australiano Silky Terrier deve ter aproximadamente 23 a 25 cm para atravessar e pesa entre 3.6 e 8 kg, Embora os passos podem variar entre as diferentes federações. Ele deve ser um pouco maior do que essa largura (cerca de um quinto maior do que a altura na Cruz).

Australian Silky Terrier, olhos pequenos, em forma de amêndoa. De acordo com as regras, os olhos são considerados a falta. As orelhas são pequenas e ereto. Ele tem uma cauda de ajustamento alto e pés pequenos, quase como um gato. O cabelo deve ser longo. Geralmente é cortar o cabelo na face e orelhas.

Esta raça deve ter com um barbeiro em três semanas e seus dentes devem ser escovados. O Terrier são conhecidos por terem problemas com dentes e gengivas.

A camada de Silky Terrier é muito suscetível a emaranhados e dos tapetes e exige escovação diária e o penteado. Esta raça exige um profundo compromisso com a proprietários. Para manter a pele brilhante, Lavagem regular é necessário. O uso de um xampu de abacate e farinha de aveia vai ajudar a aliviar o prurido de pele, característica desta raça seco.

Caráter e habilidades

O Silky Terrier tem um caráter muito animado e vai latir para qualquer estranho imediatamente. Ele é inteligente e também um excelente cão de guarda, anunciando intrusos indesejados com um latido estridente.

Devido ao seu pequeno tamanho, também adequado para um apartamento na cidade, mas também aprecia exercícios extensivos na natureza. Ele é um ótimo companheiro de quarto e um excelente animal de estimação para todos que gostam de cachorros pequenos com um coração grande.

O Silky Terrier pode trazer muita alegria para os enfermos ou idosos, que pode até ser amarrado à casa, pelo menos se o cão ainda fizer exercícios adequados com parentes ou bons vizinhos.

Como a maioria dos outros terriers, o Silkies eles estão muito alertas e ansiosos. O instinto de caça é geralmente bem desenvolvido, então o cão deve sempre ter oportunidade suficiente para se mover.

Porque apesar de sua bela aparência ele Silky Terrier não é um cachorro de colo, mas um terrier típico que precisa de movimento e conexão familiar. Ele é um cão de companhia alegre e descomplicado, com muito temperamento e alegria de movimento, mas felizmente é fácil de treinar.

Como o Silky Terrier também tem uma personalidade distinta, uma educação consistente e amorosa é essencial.

Educação Silky terrier

Embora o Silky terrier é um terrier em miniatura, ainda tem teimosia típica de terrier. É por isso que você deve mostrar a ele uma educação sólida. Se isso for praticado, o “Silky” vai se tornar um companheiro simples e obediente, mas – não pode sair da sua pele – também pode matar um rato ou camundongo de vez em quando. Sua inteligência pode ser promovida pelo trabalho cerebral e também podem ser ensinados pequenos truques.

Cuidados e doenças Silky terrier

Embora o cabelo dela não caia muito, o manto do seu Silky terrier precisa de muito cuidado. Precisa ser escovado diariamente para manter sua longa pelagem sedosa. Mas o cabelo liso e dividido torna a escovação relativamente fácil, se você não deixar ficar emaranhado.

Doenças comuns:

Dermatite sazonal (inflamação da pele causada principalmente por malassezias), intolerância a drogas (glicocorticóides), catarata, doenças do trato urinário (pedras de cistina).

Imagens Silky terrier

Vídeos Silky terrier

Tipo e reconhecimentos:

  • CLASSIFICAÇÃO FCI: 236
  • Grupo 3: – Terriers
  • Seção 4: – Terriers de companhia. Sem prova de trabalho.
  • Federações:
    • FCI – Grupo 3 – Seção 4 Terriers de companhia.
    • AKC – Terriers
    • ANKC – Terriers
    • CKC – Terriers
    • KC – Terriers
    • NZKC – Terriers
    • UKC – Terriers

    Padrão FCI da raça Silky Terrier

    Padrão FCI da raça Silky Terrier
    ASPECTO GERAL: É compacto, moderadamente baixo, moderadamente longa, com uma estrutura refinada, mas com substância suficiente para sugerir a capacidade de caçar e matar roedores domésticos. O casaco de seda, liso e dividido ao meio para uma aparência elegante.

    TEMPERAMENTO / COMPORTAMENTO: Deve apresentar características de Terrier, manifestando uma vivacidade aguda, atividade e condição saudável. Um pequeno terrier majestoso e corajoso que é incomparável como cão de companhia.

    CABEZA: A cabeça é de comprimento moderado, ligeiramente mais curto da ponta do nariz até a região entre os olhos, que da mesma posição para o occipital. A cabeça deve ser forte, com características de terrier, sendo moderadamente largo entre as orelhas.

    GIOhN CRANIANA:

    • Cenfurecido: Achatado e sem arredondamento entre os olhos, é dotado de um tufo de cabelo fino e sedoso que não cobre os olhos (uma queda de cabelo longa na face frontal ou bochechas é questionável).
    • Stop (depressão naso-frontal): Definido mas moderado.

    GIOhN FACIAL:

    • Trufa: Deve ser preto. Lábios: Aderente e fino.
    • Mandíbulas / Dentes: MANDÍBULAS fortes, dentes iguais e não cerrados; os incisivos superiores se sobrepõem aos incisivos inferiores (mordida da tesoura).
    • Ojos: São pequenos, oval, nunca redondo ou proeminente; sua cor deve ser o mais escura possível com uma expressão de inteligência aguda.
    • Obares: Eles devem ser pequenos, sob a forma de “V”; o pavilhão está bem; colocado no alto do crânio; ele os usa na vertical e eles são totalmente desprovidos de cabelo comprido.

    COMELLO: Comprimento médio, refinado e ligeiramente arqueado, graciosamente inserido nos ombros. Bem coberto com cabelos longos e sedosos.

    COMERPO: Deve ser moderadamente longo em proporção à altura do cão.

    • Línea superior: Nível sempre (em pé e em movimento.
    • Ele(m)o: Deve ser forte.
    • Peco: De profundidade e largura moderadas. Costelas bem arqueadas, estendido de volta para um lombo forte.

    COLA: Sesta amputada, é colocado alto e carregado ereto, mas não muito alto. Não deve ser fornecido com penas.

    Sem amputação, as três primeiras vértebras devem estar eretas ou ligeiramente curvadas, mas nunca curvado sobre a linha superior. Não deve ser parafusado. É longo, dando uma aparência de balanço. De acordo com a descrição da cauda cortada, a cauda não cortada também deve estar livre de penas.

    EXTREMIDADES

    MEMBROS ANTERIORES:

    • ApArience geral: Eles têm ossos finamente delineados e arredondados; são retos e bem posicionados sob o corpo sem mostrar fraqueza nos metacarpos.
    • Ho(m)bros (Lâminas): Fina e bem colocada de volta, bem adaptado com braços bem angulados e muito próximos às costelas.
    • Cotovelos: Eles não se desviam para fora ou para dentro.
    • Pemé anterior: Pequeno, com boas almofadas, dedos bem juntos; unhas devem ser pretas ou muito escuras.

    MEMBROS POSTERIORES:

    • Coxa (Fêmur): Bem desenvolvido. Joelhos: Eles devem ser bem angulados.
    • Corvejones: Bem angulado, vistos por trás, eles devem estar bem posicionados abaixo e paralelos entre si.
    • Pemé mais tarde: Pequeno, com boas almofadas, dedos bem juntos; unhas devem ser pretas ou muito escuras.

    MOVIMENTO: Deve ser grátis, reta, sem afrouxamento nos ombros ou cotovelos, sem desvios para fora ou para dentro dos pés e metacarpos. Os membros posteriores devem dar impulso com ampla flexibilidade nos joelhos e jarretes.. Visto de trás, o movimento não deve ser muito estreito ou muito largo.

    MANTO

    Pelo: Suave, fino e brilhante, textura sedosa. O comprimento do cabelo não deve impedir os movimentos do cão e deve permitir que a luz veja por baixo do cão. Os pés dianteiros e traseiros devem estar livres de cabelos longos.

    Color: Todos os tons de azul e castanho são aceitáveis, quanto mais intensas as cores e quanto mais claramente definidas, melhor. Prata e branco não são aceitos. Na cauda a cor deve ser azul a muito escura. É desejável que a mecha de cabeça seja azul ou fulvo. A distribuição da cor azul e castanho deve ser a seguinte: fogo ao redor da base das orelhas, focinho e lados das bochechas; azul da base do crânio à ponta da cauda, nos membros anteriores até perto da articulação do carpo e nos membros posteriores perto da articulação do jarrete; uma linha bronzeada é mostrada abaixo dos joelhos e das articulações do carpo e tíbio-tarsal aos dedos e ao redor do ânus. A cor azul do corpo deve estar isenta de bronzeado ou bronzeado. As marcas de fogo devem estar livres de manchas.

    A cor preta é permitida em cachorros, mas a cor azul deve ter definido para o 18 meses de idade.

    TAMÃO E PESO:

    Alturpara a cruz:

    Machos: 23 – 26 cm

    Fêmeas: pode ser ligeiramente mais baixo

    Pisso: Peso em proporção ao tamanho.

    FALTAS: Qualquer desvio dos critérios acima é considerado faltando e a gravidade é considerada o grau de desvio do padrão e seu impacto sobre a saúde e o bem-estar do cão.

    FALTAS SEVERAS:

    • Línea superior vencida o convexa.

    FALTAS DESQUALIFICANDO:

    • A(g)resividad o extrema timidez.
    • Qualquer cão mostrando sinais comportamentais ou anormalidades físicas claras será desclassificado.

    N.B.:

    • Machos devem apresentar dois testículos de aparência normais, bem desenvolvidos e acomodados a bolsa escrotal.
    • Apenas cães funcional e clinicamente saudáveis, com a conformação típica da raça, deve ser usado para parentalidade.

    EleAs últimas alterações estão em negrito.

    TRADUCCION: Federação Canofílica Mexicana A.C., Atualizada

    por J. Nallem (Uruguaio Kennel Clube), Revisao Tecnica: M.A.Martínez (FCA).

    Nomes alternativos:

      1. Silky Terrier (Inglês).
      2. Silky Terrier australien (Francês).
      3. Sydney Silky, Australian Silky (Alemão).
      4. Silky terrier, silky terrier australiano (Português).
      5. Silky, Aussie, Terrier Sedoso Australiano (español).

    Partilhar é preocupar-se!!

    5 1 voto
    Classifique a entrada
    Inscrever-se
    Notificar de
    hóspede

    Este site usa Akismet para reduzir o spam. Saiba como seus dados comentário é processado.

    1 Comentário
    O mais novo
    Mais antigas Mais Votados
    Comentários em linha
    Exibir todos os comentários

    Utilização de cookies

    Este web site utiliza cookies para que você tenha a melhor experiência de usuário. Se você continuar navegando você está dando seu consentimento para a aceitação dos cookies acima mencionados e a aceitação de nosso política de cookies, Clique no link para obter mais informações.cookies de plugin

    ACEITAR
    Aviso de cookies
    ações
    1
    0
    Amaria seus pensamentos, por favor comente.x