▷ O mundo dos animais de estimação: Cães, gatos, aves, répteis, anfà­bios

Mastim Inglês
Inglaterra FCI 264 - Molossóides – Dogo

Mastín Inglés

O Mastim Inglês Ele é extremamente leal e fiel à  sua famà­lia.

Conteúdo

História

O Mastim Inglês É uma raça de cão de grande tamanho tipo trote e origem inglesa.

A história deste cão remonta ao ano de 55 -. c., momento quando as legiões invadiram a Grã-Bretanha e para a surpresa dele teve de enfrentar um inimigo que tinha dois assistentes curiosos, dois cachorros com características marcantes.

Um deles era forte e robusto corpo e membros, com uma cabeça grande e uma mandíbula curta, mas poderosa.

Esse cão é, possivelmente, o ancestral do Buldogue, e parte da corrente Bulmastife.

O outro cachorro tinha dimensões assustadoras, ele parecia mais um leão do que um cachorro. Este espécime era um descendente direto dos mastins 'assírio-babilônicos' que viajaram para a Inglaterra pelos fenícios cinco séculos antes da invasão romana..

Antes deste beanpole, los 'Molóssia do Épiro' que os romanos trouxeram com eles como seus cães de guerra, Pareciam Chihuahuas...

Então uma vez conquistou a 'Grã-Bretanha', os romanos, eles expandiram seu exército com diversos exemplares de um desses cães gigantes e temerosos que chamou "Guerreiros Britânicos" e eles usavam, principalmente em shows típicos da época…

Eles enfrentaram estes cães com enormes bestas selvagens nas arenas dos circos, lá eles participaram de lutas sangrentas contra touros, ursos e outros cães. Também, eles foram usados como guardiões de rebanhos, guarda-costas, protetores e companheiros.

O Mastiff Inglês ou Mastiff, descende diretamente desses cães.

Um Mastiff veio para a América a bordo do Mayflower, nome do navio que transportava os chamados "Pilgrims" da Inglaterra (Reino Unido), da Costa do que é hoje os Estados Unidos da América, no ano 1620.

Eles foram os primeiros colonos, na resolução sobre a costa de Massachusetts, formando o Colà´nia de Plymouth, e com eles o Mastim Inglês.

Há evidências documentais de que o Mastiff inglês chegou pela primeira vez à América no Mayflower., mas a padronização da raça nos Estados Unidos não ocorreu até o final do século XIX.

Até o final da Segunda Guerra Mundial, os mastiffs foram quase extintas na Inglaterra. Contudo, com o fluxo das importações dos Estados Unidos e Canadá, a raça ressurgiu e hoje sua existência não corre perigo na Inglaterra e ganhou grande popularidade na América do Norte.

Características físicas

Esta é uma corrida de composição poderosa, corpulento, crânio largo e o cabeça geralmente tem uma aparência quadrada.

A partir de tamanho Ele deve ser muito grande e dar a impressão de poder e força, visto de qualquer ângulo.. O corpo deve ser maciço com profundidade e largura grande, especialmente entre as patas anteriores, causa que estas são bem separadas. Enquanto nenhuma altura ou peso foram especificadas para esta corrida, a altura aproximada de 70 - 80 cm e peso de 80 kg para 90 kg.

Seu cabelo é curto e colada ao corpo e cor pode variar, Enquanto seu focinho, nariz e orelhas, ao redor dos olhos é sempre pretos.

Este é um cão grande que exige uma dieta correta e o exercà­cio. Normalmente vivem em 10 - 12 anos.

São possà­veis cores diferentes, por exemplo, cor de areia, distribuà­dos, marrom ou cinza. Infelizmente, os humanos tendem a extremos e o mastim não escapou disso.. Portanto, ele foi criado cada vez maior e mais pesado nas últimas décadas.. Sua cabeça se tornou cada vez mais maciça e muitas dobras também foram feitas. Gigantes não podiam mais se reproduzir naturalmente, eles não podiam mais andar corretamente, sua expectativa de vida foi drasticamente reduzida.

Caráter e habilidades

A raça Mastiff é uma combinação de grandeza, dignidade, e bravura; calmo e afetuoso para seu proprietário, mas capaz de proteger.

Ele é um cão bem-educado, mas você precisa suficiente campo para esticar seu corpo longo. É uma raça extremamente leal e, Embora não excessivamente mostra, Ele é fiel à  sua famà­lia e é muito bom para crianças.

Contudo, Ele pode ser muito ciumento para a proteção dos proprietários e deve ser manuseado com sensatez, uma vez que é excepcionalmente poderoso e pode ser difícil de controlar.

Procura proximidade com seus humanos. É um protetor confiável para eles. Em caso de ameaça aguda para seus humanos, tentará manter o perigo longe deles encarando o atacante com seu corpo, mas não vai mais atacá-lo. Seu temperamento calmo e sereno faz dele um companheiro leal e amigo da criança, quem perdoa tudo. Dá-se muito bem com outros animais de estimação.

Educação Mastiff Inglês

Deve-se levar em conta que em um mastim adulto a trela é apenas simbolicamente um controle. O mastim facilmente tem o poder de manobrar o outro lado da linha à vontade. Mas você não quer fazer isso, pelo menos se você gostou do básico de uma boa educação. O Mastiff é muito fácil de treinar. Apenas sua teimosia deve ser quebrada aqui e suavidade consistente é necessária aqui.. Ele quer seguir seu mestre e zelador e faz isso com muita confiabilidade. É dever elementar do dono de um Mastiff atentar para uma educação consistente já no filhote. Só isso, e não a cinta, possibilita passeios maravilhosos na natureza, que junto com esse amigo de quatro patas se torne um bálsamo para a alma de pessoas agitadas.

Cuidado e saúde Mastiff inglês

Cuidar de um Mastiff saudável não é problemático. Escovar o casaco uma vez por semana é suficiente.

doenças típicas

Gigantismo com cópias de mais de 90 kg, à s vezes até 120 kg, desequilibra todo o plano natural de criação de cães. Danos graves na marcha são apenas uma consequência, e a expectativa de vida também é bastante reduzida. Mau hábito de dobrar forte a cabeça e o corpo muitas vezes leva a inflamações crà´nicas. Como a maioria dos cachorros grandes, vemos displasia da anca ou cotovelo. As doenças oculares e cardà­acas podem ocorrer com mais frequência nos mastins – a regra é sempre: o mais serio, quanto maior o risco.

Nutrição / Alimentação

Você precisa de muita comida de alta qualidade. Especialmente na fase de crescimento, você precisa de um plano de nutrição profissional. É útil ter uma tigela de alimentação em uma posição alta para neutralizar o risco de torção no estômago. Você deve sempre prestar muita atenção ao seu peso.

Classificações do "Mastim Inglês"

Coexistência é importante que você tem com seu novo amigo. Plantearte antes de adquirir uma raça de cão "Mastim Inglês" você sabe alguns fatores. Nem todas as raças de cães são capazes de viver em um apartamento, Você deve levar em conta a sua qualidade, sua necessidade de exercà­cio, sua interação com outros animais de estimação, seu cuidado e se você tiver crianças pequenas, o seu nà­vel de tolerância para com eles.

A expectativa de vida do Mastim Inglês

insetos reprodutores, especialmente a tendência ao gigantismo, eles custaram esse cachorro, uma vez extremamente robusto, muitos anos de sua expectativa de vida. Antes de serem 12, Hoje são 7 – 9 anos.

Compre um Mastim Inglês

A compra de um Mastiff deve ser a longo prazo e bem ponderada.. Você deve verificar com atenção se possui todos os requisitos para passar muitos anos maravilhosos com esse gigante.. Se você está procurando um filhote de cachorro, você deve prestar atenção especial para que os cães não sejam muito grandes. Deve-se perguntar sobre os ancestrais, sua aparência, suas doenças, sua idade. Também para obter um Mastiff com um caráter estável, você deve apenas olhar diretamente para um criador sério. Por razões de bem-estar animal, deve-se abster-se de comprar filhotes de pais de mais de 90 kg. Muito ocasionalmente também há um mastim no abrigo de animais. Os filhotes criados em condições graves custam cerca de 2000 EUR.

Classificações do "Mastim Inglês"

Adaptação ⓘ

Avaliado 5.0 fora de 5
5.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Cão amigável ⓘ

Avaliado 3.0 fora de 5
3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Perda de pêlo ⓘ

Avaliado 3.0 fora de 5
3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Nível de afeto ⓘ

Avaliado 5.0 fora de 5
5.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Necessidade de exercício ⓘ

Avaliado 2.0 fora de 5
2.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Necessidade social ⓘ

Avaliado 3.0 fora de 5
3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Casa ⓘ

Avaliado 3.0 fora de 5
3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Cuidado ⓘ

Avaliado 2.0 fora de 5
2.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Amigável com estranhos ⓘ

Avaliado 3.0 fora de 5
3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Latindo ⓘ

Avaliado 1.0 fora de 5
1.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Saúde ⓘ

Avaliado 4.0 fora de 5
4.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Territorial ⓘ

Avaliado 5.0 fora de 5
5.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Amigo dos gatos ⓘ

Avaliado 5.0 fora de 5
5.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Inteligência ⓘ

Avaliado 3.0 fora de 5
3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Versatilidade ⓘ

Avaliado 3.0 fora de 5
3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Adequado para crianças ⓘ

Avaliado 5.0 fora de 5
5.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Vigilância ⓘ

Avaliado 2.0 fora de 5
2.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Alegria ⓘ

Avaliado 5.0 fora de 5
5.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Imagens “Mastim Inglês”

Vídeos “Mastim Inglês”

Tipo e reconhecimentos:

  • CLASSIFICAÇÃO FCI:
  • Grupo :
  • Seção : . .

Federações:

  • FCI – Cães do tipo Pinscher e Schnauzer-Molossoide – Cães de Montanha e Boieiros Suiços. Seção 2.1 Molossóides, Tipo Mastife.
  • AKC – Cães trabalhando
  • ANKC – Grupo 6 (cães utilitários)
  • CKC – Grupo 3 – cães de trabalho
  • KC – cães de trabalho
  • NZKC – Cão utilitário
  • UKC – Cão de guarda

Padrão da raça FCI "Mastim Inglês"

Origem:
Reino Unido

Data de publicação do padrão original válido:
13.10.2010

Uso:

Cão de defesa e guarda.



Aparência geral:

Vista de qualquer ângulo, o chefe, em seu contorno, parece bem quadrado. A largura é uma característica procurada e a largura do crânio é igual a dois terços do comprimento total da cabeça..

O corpo, Largura, alto, construção longa e forte. Os membros estão bem separados e em harmonia. A musculatura é claramente desenhada.

O tamanho éaltamente desejadomas sóse estiver no mesmo nà­vel da qualidade de construçãoe a correção não é mantida. Altura e substância são dois pontos importantes se combinados corretamente. Grande, poderoso, bem construà­do.

PROPORà‡à•ES IMPORTANTES: O comprimento do corpo, da ponta dos ombros até a ponta do à­squio, é maior que a altura na cernelha.



Comportamento / temperamento:

Combinação de nobreza e coragem. Vá com calma, carinhoso com seus donos, mas bom guardião.Geralmente indiferente a estranhos, timidez é inaceitável.

Cabeça:

---

Região craniana:
  • Crânio: O crânio é largo entre as orelhas. A testa é lisa, mas enruga quando o cão está atento.. As sombrancelhas (arcos supra-orbitais) são levemente elevados. Os músculos temporal e masseter são bem desenvolvidos. A seção transversal do crânio descreve um arco. Da área do meio entre os olhos, uma depressão pode ser traçada através do centro da testa e se estende até o meio do crânio., seguindo o eixo sagital.
  • Nasofrontal depression (Stop): Pare entre os olhos bem marcados, mas não abruptos.

Região facial:

  • Trufa: Preto. O nariz, visto de frente, é amplo, oferecendo narinas bem abertas e uma visualização de perfil, é plano (não é apontado nem retraído).
  • Focinho: O focinho é curto, largura entre os olhos, permanecendo tão largo até o final do nariz.

O focinho está truncado, Eu quero dizer, corte em quadrado, sua face anterior forma um ângulo reto com a linha superior do focinho, tendo uma grande largura da borda anterior superior ao maxilar inferior. O comprimento do focinho é igual a um terço do comprimento total da cabeça. Circunferência do focinho, medido no ponto médio entre os olhos e o nariz, representa três quintos da cabeça, medido na frente das orelhas.Quando está em repouso, qualquer exagero de dobras ou excesso de pele é inaceitável em cães adultos.

  • Lábios: Os lábios são divergentes, formando um ângulo obtuso em relação ao septo nasal (Septo). Eles estão levemente pendurados para oferecer um perfil quadrado.
  • mandíbulas / Dentes: A mandíbula inferior é larga até a ponta.. Caninos saudáveis, poderoso e bem separado.Incisivos nivelados (braçadeira de mordida, borda a borda) ou projeção mais baixa na frente das superiores (mordedura em tesoura reversa) mas nunca tanto que sejam visà­veis com a boca fechada.
  • Bochechas: Bochechas bem desenvolvidas e músculos masseteres temporais.

Olhos: Tamanho moderado, bem separado. olhos cor de avelã, o mais escuro possà­vel. A conjuntiva não é visà­vel.Altamente indesejáveis ​​são as pálpebras frouxas. Livre de problemas oculares óbvios.

Orelhas: Pequeno, bem ao toque, bem separados um do outro.

Alto nas laterais do crânio, sob a forma de prolongar o perfil superior transversal. Em repouso, são colocados planos adjacentes à s bochechas.

Pescoço:

Perfil ligeiramente arqueado, comprimento médio, muito musculoso. Sua circunferência é menor em torno de2,5 - 5 cmda cabeça, medir na frente das orelhas.

Corpo:

  • linha superior: Nà­vel.
  • Voltar: largo e musculoso.
  • Lombo de porco: largo e musculoso, plana e muito larga nas fêmeas, ligeiramente arqueado nos homens.
  • No peito: Largura do peito, profundo e bem descido na região esternal. Costelas bem arqueadas e bem arredondadas. Costelas falsas são longas e bem desenvolvidas na parte de trás do peito.
  • Linha inferior e barriga: Flancos fortemente reduzidos.

Cola:

Implantada alta, descendo para os jarretes ou um pouco mais baixo. Ampla no nascimento e afilando ao extremo. Trava em repouso, mas em ação forma uma curva, o fim se endireita; mas nunca é carregado nas costas.

Extremidades

MEMBROS ANTERIORES:

  • Aparência geral: Equilibrado e em harmonia com os posteriores.
  • Ombro: Eles são ligeiramente oblà­quos, poderoso e muito musculoso.
  • Braço: Ligeiramente inclinado, pesado e musculoso. Cotovelos: Os cotovelos estão no eixo do corpo.
  • Antebraço: Membro forte, direitos colocados bem separados, ossos grandes.
  • Metacarpo: Eles estão prontos.
  • Pés anteriores: Grande, rodadae apertado. Dedos bem arqueados. Unhas pretas.

MEMBROS POSTERIORES:

  • Aparência geral: Muito largo e musculoso.A força nos membros posteriores é de extrema importância, jarrete de vaca em cães adultos é inaceitável.
  • Pernas: bem desenvolvido.
  • Metatarsos: Jarretes angulares, bem separados e sempre em harmonia tanto na estação como em movimento.
  • Pés de volta: Grande, rodadae apertado. Dedos bem arqueados. Unhas pretas.

Movimento:

Poderoso com fácil extensão dos membros. Empurre por trás, fluido, Direita, etapas que cobrem a superfà­cie. A linha superior permanece nivelada durante o movimento. A tendência ao pasuqueo é indesejável. A exatidão absoluta é essencial.

Manto

Pelo: Curto e plano no corpo.Mas áspero no pescoço e ombros.

Cor: Pardo, damasco, ou distribuà­dos. Em todos os casos, o focinho, orelhas e nariz devem ser pretose os olhos estão rodeados de pretoque se estende para cima.Cor branca excessiva no corpo é inaceitável, peito ou pés.



Tamanho e peso:

----



Falhas:

Qualquer desvio dos critérios acima é considerado faltando e a gravidade é considerada o grau de desvio do padrão e seu impacto sobre a saúde e o bem-estar do cão.

FALHAS DE DESCALIFICANTES:

  • Agressividade ou extrema timidez.
  • Qualquer cão que mostre sinais claros de anormalidades físicas ou comportamentais deve ser desqualificado..


N.B.:
  • Os machos devem ter dois testículos de aparência normal totalmente descidos no escroto..
  • Apenas cães funcional e clinicamente saudáveis, com a conformação típica da raça, deve ser usado para reprodução.

As últimas alterações estão em negrito.

TRADUÇÃO: Brígida Nestler / Versão original: (IN).

Supervisão técnica: Miguel Ángel Martinez

Fonte: F.C.I - Federação Cinológica Internacional

Nomes alternativos:

1. Mastiff, Old English Mastiff (inglês).
2. Old English Mastiff (Francês).
3. Old English Mastiff (alemão).
4. Mastiff inglês, Mastim inglês, Canis molossus, С. mastivus gladiator, Mastife inglês (português).
5. Old English Mastiff (espanhol).

▷ O mundo dos animais de estimação: Cães, gatos, aves, répteis, anfà­bios

Boxer
Alemania FCI 144 - Molossóides - Dogue

Boxer

O Boxer É dócil e possui uma incomparável fidelidade com a sua famà­lia

Conteúdo

História da BOXER

O Boxer É uma raça de cães de trabalho e de companhia., médias, de origem alemã. Obtida através do cruzamento de um Bullenbeisser e um Buldogue.

A maioria dos historiadores caninos concorda que o Boxer tem ancestrais em cães. Bullenbeisser. O Bullenbeisser (ou fora de touros) eles foram cães de caça, usado para a caça do porco, o javali e o veado. Essas expedições para a caça de animais selvagens costumavam custar a vida de vários cães, o jogo foi horrà­vel e doloroso pessoas e cães (para não falar de javalis). Algumas fontes dizem que esses enormes cães medievais tinham orelhas eretas e dentes grandes., que seria usado para segurar o animal pelo focinho. É provável que os caçadores cortassem as orelhas como fazem em alguns países hoje, uma vez que este costume parece estar de acordo com os usos primitivos daqueles tempos.

De uma forma mais civilizada e utilitária, os ancestrais do boxer foram usados como cães de açougueiros, devido à  sua capacidade de manter um touro e levá-lo para seu celeiro, se ele se rebelasse. Acredita-se que o famosa reputação de um cão chamado “Boxl”, usado por um açougueiro de Berlim é o que deu nome à raça. A derivação da palavra Boxer como o nome para um cão de raça puro é irà´nica, Porque a palavra “boxl” o “boxel” como tradução, na sua essência, mestiço.

Características físicas do boxeador

Existe dos variedades dentro da corrida Boxer:

  • O Griffon
  • A listrada

Seus traços físicos incluem uma cabeça forte, maxilar inferior prognático, cuja pressão de mandà­bula é geralmente 122 kg por centímetro quadrado, focinho com uma máscara preta característica, tradicionalmente os agricultores cortados seus ouvidos para que eles parecem bastante longo e situado no alto, olhos castanhos escuros, Trufa preta e ampla, pescoço forte, arredondadas e muscular e bem gordo; peito grande e quartos bem musculado cerva.

Com leis de proteção animal tem permitido o cão apresentar sem corte de orelhas e o rabo destes animais, mas no padrão de beleza, Parece mais o boxeador cortar orelhas e cauda. Orelhas caídas e achatadas em ambos os lados da cabeça, dar-lhe um carácter “o cachorro eterno”.

O boxer tem um pêlo curto, brilhante e liso, Griffon ou cor listrada (norma, preto ou vermelho, Embora essas cores são escassas). Às vezes, tem manchas brancas (Colar, no peito e luvas), Embora o boxer all-white foi considerado como um defeito genético, Enquanto o progenitor inicial (Meta Von Der passagem) era branco.

A altura na Cruz de machos varia entre o 57 e o 63 centímetros. Para as fêmeas, a altura na Cruz deve ser entre o 53 e 59 centímetros. O peso médio dos machos adultos é em torno do 30 kg, Enquanto que as fêmeas é em torno do 25 kg.

Sabia?

boxers brancos não albinos são e sua cor não é o resultado de uma mutação genética. em pugilistas, branco é apenas uma cor. Mas cães brancos tendem a ficar queimada e podem ter um risco aumentado de câncer de pele.

caráter e habilidades Boxer

Devido ao seu valor, força e agilidade, foi escolhido como cão policial na Alemanha, usado como guia para cegos e cão de bombeiros por seu grande olfato e coragem em grandes catástrofes. É um cão fiel, inteligente e vigilante, É certamente um dos cães mais completos que existe. É dócil e possui uma incomparável lealdade com sua famà­lia. No entanto é feroz e dominante e pode atacar outros cães com alta velocidade (especialmente em machos) Quando um deles é atacado. Eles são muito bons para crianças, Se você tiver um dos 1 ano dois é o momento ideal para afeiçoado com crianças e adultos.

Para sua boa saúde e desenvolvimento, o boxer cachorro precisa bastante exercà­cio e uma dieta controlada. A quantidade de exercà­cio e alimentar depende da idade. O cachorro pequeno, antes que eles são desmamados e separados de seus irmãos, Ele joga com os outros, até que ele se cansa, e todos os enroscan para descansar. Este exercà­cio, com descanso suficiente, É essencial para o crescimento dos filhotes. À medida que ela cresce, o boxer precisa de exercà­cio para manter em condições e desenvolver sua musculatura. Além de jogar com diferentes elementos, como você pode ser uma bola, É essencial para obter o cão a andar em uma base diária.

Eles são muito adequados como cães de companhia, famà­lia e no trato com crianças, Além de cães bom trabalho e desporto, Eles também servem como guarda. Eles são recomendados por especialistas para ajudar as pessoas com deficiências psicológicas, Esta é uma prova clara de sua docilidade.

Sua formação é recomendada em tenra idade, devido ao boxer são geralmente tem uma personalidade forte, tornando seu treinamento muito mais difícil quando adulto. Eles são muito brincalhão, Portanto, não gostam de ser bloqueado, eles preferem estar ao ar livre, por que você deve caminhar com eles muitas vezes e fazer algum exercà­cio com eles. Eles também são cães com uma grande capacidade de aprendizagem.

comentários branco Boxer

O boxer são sensà­veis aos tumores. Entre suas possà­veis problemas também é Displasia. Eles sofrem de epilepsia. Muitos deles tendem a ter pele delicada e sofrem de algum tipo de doença de pele.; dermatite alérgica é a mais comum.

O boxer branco tendem a ser mais suscetà­veis a doenças hereditárias, Uma vez que ele é considerado um fracasso da travessia, Estes boxer não pode participar de qualquer competição. A ocorrência destas doenças não é alta, e se isso é adicionado que o cachorro vai ser comprado de um criador, Ele fornece todos os certificados de saúde para suas cópias, muito aumenta as chances de ter um animal saudável.

O boxer brancos Eles não são tão apreciados como castanho ou outra cor. Disse que eles não são inteiramente de raça pura, mas isso não é verdade. Estes cães são iguais entre si, mas em outra cor. Tendo em conta que pode sofrer de vários problemas de saúde, não apreciá-los muito, mas se o cachorro não sofre de nenhum problema é como qualquer outro. Se você tiver um problema de saúde não devem pensar que ele é um mestiço de cão ou que não é completamente pura. Além disso, o boxer branco Não é aceito pelo F.C.I.

Na raça Boxer, manchas brancas são produzidas pelo sw de gene semi-recesivo. O ouro ou atigrados Boxer com manchas brancas carregam uma única cópia de sw. A liderança de Boxer branca 2 cópias de sw. (Nota: o boxer branco não são albinos. Albinismo é determinado por um gene diferente e exemplares albinos, Ao contrário do boxer brancos, eles completamente sem pigmentação).

Infelizmente, a cor branca produzida pelo 2 cópias de sw é associado com problemas de surdez em percentagem não negligenciável de casos. Esse tipo de surdez é definido no cachorro em suas primeiras semanas de vida, começando quando o canal auditivo ainda está fechado. O processo é complexo, mas pode ser resumido dizendo que ela ocorre por causa da ausência de pigmento produzir células (melanócitos) nos tecidos internos da orelha. O Boxer dourado ou tigrado não apresenta nenhum problema de surdez.

Este tipo de surdez não é exclusivo para o boxer branco, que também é produzido em outras raças que são brancas para a mesma razão genética (Isso é, o chumbo 2 cópias de sw), por exemplo o Dálmata, White Bull Terrier e outros.

Classificações do "Boxer"

Coexistência é importante que você tem com seu novo amigo. Plantearte antes de adquirir uma raça de cão "Boxer" você sabe alguns fatores. Nem todas as raças de cães são capazes de viver em um apartamento, Você deve levar em conta a sua qualidade, sua necessidade de exercà­cio, sua interação com outros animais de estimação, seu cuidado e se você tiver crianças pequenas, o seu nà­vel de tolerância para com eles.

Adaptação ⓘ

Avaliado 4.0 fora de 5
4.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Cão amigável ⓘ

Avaliado 2.0 fora de 5
2.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Perda de pêlo ⓘ

Avaliado 3.0 fora de 5
3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Nível de afeto ⓘ

Avaliado 5.0 fora de 5
5.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Necessidade de exercício ⓘ

Avaliado 5.0 fora de 5
5.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Necessidade social ⓘ

Avaliado 5.0 fora de 5
5.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Casa ⓘ

Avaliado 4.0 fora de 5
4.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Cuidado ⓘ

Avaliado 1.0 fora de 5
1.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Amigável com estranhos ⓘ

Avaliado 3.0 fora de 5
3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Latindo ⓘ

Avaliado 2.0 fora de 5
2.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Saúde ⓘ

Avaliado 3.0 fora de 5
3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Territorial ⓘ

Avaliado 5.0 fora de 5
5.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Amigo dos gatos ⓘ

Avaliado 3.0 fora de 5
3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Inteligência ⓘ

Avaliado 4.0 fora de 5
4.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Versatilidade ⓘ

Avaliado 3.0 fora de 5
3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Adequado para crianças ⓘ

Avaliado 3.0 fora de 5
3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Vigilância ⓘ

Avaliado 4.0 fora de 5
4.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Alegria ⓘ

Avaliado 5.0 fora de 5
5.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Boxer de imágenes

Vídeos Boxer

Tipo e reconhecimentos:

  • CLASSIFICAÇÃO FCI:
  • Grupo :
  • Seção : . .

Federações:

FCI , AKC , ANKC , CKC , KC , NZKC , UKC

Padrão da raça FCI "Boxer"

FCIFCI - Boxer
Boxer

Lista de criadores "Boxer"

REGISTAR O GATIL

Criadores de Boxer

Ofereça seus filhotes de graça. Assine aqui.

  • Este campo é para fins de validação e deve ser deixado inalterado.

Nomes alternativos:

1. German Boxer, Deutscher Boxer (inglês).
2. Boxer (Francês).
3. Boxer, Deutsche Boxer (alemão).
4. Boxer alemão (português).
5. bóxer alemán (espanhol).

▷ O mundo dos animais de estimação: Cães, gatos, aves, répteis, anfà­bios

Pinscher miniatura
Alemania FCI 185 . Tipos de Pinscher e Schnauzer

Pinscher Miniatura

O Pinscher miniatura tem muito temperamento, vitalidade e é um excelente cão de companhia.

Conteúdo

História

Pensa-se frequentemente que o Pinscher miniatura é um Pinscher alemão pequeno, mas antecede essa corrida pelo menos em 200 anos. Originalmente pago por sua manutenção como urubu nas canetas alemãs. Acredita-se que ele tenha sido criado pelo cruzamento de raças tão diversas quanto as Cão-salsicha, o velho pinscher alemão, o Manchester Terrier e o Galguinho italiano. O resultado foi um filhote espirituoso e destemido.

Foi muito popular na Alemanha e nos países escandinavos., mas não surpreende que sua estrela internacional comece a crescer. O Pinscher miniatura foi registrado pela primeira vez no American Kennel Club em 1925 como Terrier por sua experiência com o mouse. O Miniature Pinscher Club of America foi formado em 1929, e os cães foram reclassificados como uma raça de brinquedo em 1930. Na América eles foram chamados Pinscher (Toy) até 1972, quando eles foram renomeados para Pinscher Miniatura.

Hoje em dia, o Pinscher miniatura ocupa o 40º lugar entre as raças registradas no AKC, abaixo de 17 em 2000. Tal como acontece com muitas raças, mudou de posição ao sabor do público, possivelmente porque ele não é o cachorrinho fofo que alguns pensaram que ele seria, ou simplesmente porque outras raças chamaram a atenção do público.

Características físicas

A miniatura Pinscher é a imagem de achicada do Pinscher Alemão, nanismo impecável. Sua elegante construção quadrada é claramente visà­vel através de seu cabelo curto, Lisa e apertada.

Suas proporções são quadradas, porque tem o mesmo comprimento que a altura transversal, entre o 25 e o 30 cm.

Sua Peso varia entre os 4 e o 6 kg no máximo, em risco de sofrer de coração.

O pelo é curto e liso, admitindo apenas cópias monocolores Vermelho em suas diferentes tonalidades e cópias bicolor Preto com marcas de fogo.

Tradicionalmente, o Pinscher miniatura foi o cauda e o orelhas corte, mas agora essa prática é proibida em toda a União Europeia.

Caráter e habilidades

Um cachorro pequeno com uma ótima atitude e uma boca maior, o Pinscher miniatura ele não tem ideia de que não é tão grande quanto um doberman. Vai enfrentar qualquer ameaça, incluindo um cachorro muitas vezes maior que ele. Vai tentar proteger sua famà­lia, vai perseguir gatos para fora do quintal e tocar o alarme sempre que achar necessário, que é constante. E apesar de caber na sua bolsa de filhote, você não vai gostar de estar lá. Este é um cão com mente e vontade própria, não é um acessório.

Não deixe sua designação como cachorro de brinquedo enganá-lo. Como seus primos mais velhos do Terrier, o Pinscher miniatura cavará, vai latir e perseguir qualquer coisa que se move, incluindo esquilos, gatos e possivelmente outros cães. A menos que seja educado e socializado – e à s vezes, apesar dessas vantagens – é propenso a ser um ladrador irritante, desconfiado de estranhos e não muito bom com crianças.

O Pinscher miniatura Pode ser maravilhoso com crianças mais velhas, desde que elas não as maltratem. Sua atividade e nível de energia são adequados para crianças, e adora ser um cachorro de famà­lia. Monitore as interações com crianças pequenas para que elas não machuquem o cachorro, ou vice-versa.

Devido à  sua tendência a ser protetor e territorial, o assertivo, orgulhoso e teimoso Pinscher miniatura precisa de um treinamento firme e consistente desde o estágio do filhote para controlar suas mordidas, bem como qualquer tendência a latir de forma inadequada. Não deixe que ele se importe com o mau comportamento ou ele se tornará rapidamente um hábito quase impossà­vel de quebrar. O que mais, como muitos cães pequenos, Pinschers miniatura são difíceis de treinar em casa; firmeza e consistência são as chaves do sucesso.

O Pinscher Miniatura é curioso por natureza e gosta de brinquedos que se movem ou fazem barulhos. Contudo, é provável que em algum momento ele tente comer os brinquedos… vai estripar um brinquedo estridente em nenhum momento. Borracha ou plástico frágil não são as melhores apostas para ele.

Comece a treinar seu cachorro Pinscher miniatura o dia que eu trouxer para casa. Mesmo em 8 o 10 semanas de idade, Ele é capaz de absorver tudo o que você pode ensinar-lhe. Sim é possà­vel, Leve-a a um treinador quando você tem entre 10 e 12 semanas, e socializa, socialice, socialice. Contudo, Note-se que muitos tipos de filhotes de formação exigem certas vacinas (tais como tosse do canil) mantenha-se atualizado, e muitos veterinários recomendam exposição limitada a outros cães e locais públicos até que as vacinas dos filhotes sejam concluídas (incluindo o de raiva, cinomose e parvovirose). Em vez de treinamento formal, Você pode começar a treinar o seu cachorro para socializar em casa e entre amigos e familiares até imunizações são concluà­das no filhote de cachorro.

Fale com o criador, Descrever exatamente o que você quer em um cão e pedir ajuda para escolher um filhote de cachorro. Os criadores veem seus filhotes diariamente e podem fazer recomendações incrivelmente precisas assim que souberem algo sobre seu estilo de vida e personalidade.. Se você estiver procurando por um Pinscher miniatura, procure alguém cujos pais tenham personalidades legais e que tenham sido bem socializados desde o primeiro estágio do filhote.

Saúde do Pinscher Miniatura

Todos os cães têm o potencial de desenvolver problemas de saúde genéticos, assim como todas as pessoas têm o potencial de herdar uma determinada doença. Corra, não ande, de qualquer criador que não oferece garantia de saúde em filhotes, para dizer que a raça é 100 problemas por cento saudável e não tem conhecido, ou para lhe dizer que seus filhotes estão isolados da parte principal da casa por motivos de saúde. Um criador respeitável será honesto e aberto sobre os problemas de saúde da raça e a incidência com que ocorrem em suas linhagens..

O Pinscher Miniatura é propenso a alguns problemas de saúde. Aqui está um breve resumo de algumas das condições das quais você deve estar ciente.

Como a maioria dos cães pequenos, Os joelhos do Pinscher Miniatura podem ficar instáveis ​​e sair da posição facilmente, a condição comum conhecida como luxação da patela. Essa é uma das razões pelas quais é essencial manter o Pinscher Miniatura com um peso adequado..

A doença do quadril conhecida como doença de Legg-Calve-Perthes ocorre em Min Pins. Causa uma redução no suprimento de sangue para a cabeça do osso da perna traseira, que então começa a se degradar. O primeiro sinal de Legg-Calve-Perthes, o mancar, geralmente aparece quando o filhote tem 4 - 6 meses de idade. Em muitos casos, tratamento requer cirurgia para remover a cabeça do osso da perna.

Mucopolissacaridose VI, o MPSVI, é um defeito genético na maneira como o corpo processa certas moléculas. Acúmulo de dermatan sulfato (uma molécula complexa) pode ocorrer em áreas específicas do corpo. Crescimento atrofiado, dano articular, nebulosidade dos olhos (que podem parecer cachoeiras) e danos às válvulas cardíacas são algumas das consequências da MPSVI. Teste de DNA pode identificar cães afetados, portadores e normais. Cruzar dois portadores pode produzir filhotes afetados.

Outras condições que afetam a raça incluem diabetes, luxação do cotovelo, surdez congênita e problemas oculares, como atrofia progressiva da retina, glaucoma e hipoplasia do nervo óptico.

Nem todas essas condições são detectáveis ​​em um cachorro em crescimento, e pode ser difícil prever se um animal estará livre dessas doenças, então você deve encontrar um criador de confiança comprometido em criar os animais mais saudáveis ​​possà­veis. Deve ser capaz de produzir uma certificação independente de que os pais do cão (e avós, etc.) foram testados para defeitos genéticos e considerados saudáveis ​​para reprodução. No mínimo, criador deve ter avaliações de quadril e joelho de ambos os cães reprodutores.

Se o criador disser que você não precisa fazer esses testes porque nunca tiveram problemas em suas linhagens, seus cães foram verificados, ou qualquer outra desculpa que os maus criadores precisam economizar nos testes genéticos de seus cães, váyase.

Criadores cuidadosos examinam seus cães de criação para doenças genéticas e criam apenas os espécimes mais saudáveis e mais bonitos., mas às vezes a Mãe Natureza tem outras ideias e um filhote desenvolve uma dessas doenças apesar das boas práticas de reprodução.. Os avanços na medicina veterinária significam que, na maioria dos casos, os cães ainda podem viver uma boa vida. Se você vai ter um filhote, pergunte ao criador sobre as idades dos cães em suas linhas e do que eles morreram.

Nem todas as visitas de Pinscher miniatura para o veterinário são devido a um problema genético. Devido ao seu tamanho e atletismo, pernas quebradas não são incomuns.

Lembre-se que depois de levar um cachorro para casa nova, Ele tem o poder de proteger um dos problemas mais comuns de saúde: a obesidade. Manter um Pinscher miniatura com um peso adequado é uma das maneiras mais fáceis para a vida prolongar. Aproveite ao máximo a dieta e o exercà­cio para ajudar a garantir um cão mais saudável por toda a vida.

Cuidando do Pinscher Miniatura

Pinschers miniatura são muito fáceis de preparar devido ao seu pêlo curto e macio. Basta usar uma escova de cerdas uma ou duas vezes por semana. Eles perdem uma quantidade média, mas seu tamanho pequeno significa que menos cabelo é perdido do que em um cão maior com o mesmo tipo de cabelo curto.

Banhe o Pinscher Miniatura conforme desejado ou apenas quando estiver sujo. Com os shampoos suaves para cães disponíveis agora, Você pode banhar um Pinscher Miniatura semanalmente, se quiser, sem danificar a pelagem..

Tal como acontece com todas as raças de brinquedos, problemas dentários são comuns. Escove os dentes do Pinscher Miniatura diariamente com uma pasta de dentes para animais aprovada pelo veterinário e faça com que sejam verificados regularmente pelo seu veterinário. As unhas devem ser cortadas a cada duas semanas; não deve ouvir o estalido das unhas dos pés quando o cão anda.

Classificações do "Pinscher miniatura"

Coexistência é importante que você tem com seu novo amigo. Plantearte antes de adquirir uma raça de cão "Pinscher miniatura" você sabe alguns fatores. Nem todas as raças de cães são capazes de viver em um apartamento, Você deve levar em conta a sua qualidade, sua necessidade de exercà­cio, sua interação com outros animais de estimação, seu cuidado e se você tiver crianças pequenas, o seu nà­vel de tolerância para com eles.

Adaptação ⓘ

Avaliado 5.0 fora de 5
5.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Cão amigável ⓘ

Avaliado 2.0 fora de 5
2.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Perda de pêlo ⓘ

Avaliado 2.0 fora de 5
2.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Nível de afeto ⓘ

Avaliado 5.0 fora de 5
5.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Necessidade de exercício ⓘ

Avaliado 2.0 fora de 5
2.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Necessidade social ⓘ

Avaliado 4.0 fora de 5
4.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Casa ⓘ

Avaliado 4.0 fora de 5
4.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Cuidado ⓘ

Avaliado 1.0 fora de 5
1.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Amigável com estranhos ⓘ

Avaliado 3.0 fora de 5
3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Latindo ⓘ

Avaliado 5.0 fora de 5
5.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Saúde ⓘ

Avaliado 2.0 fora de 5
2.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Territorial ⓘ

Avaliado 4.0 fora de 5
4.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Amigo dos gatos ⓘ

Avaliado 3.0 fora de 5
3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Inteligência ⓘ

Avaliado 5.0 fora de 5
5.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Versatilidade ⓘ

Avaliado 4.0 fora de 5
4.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Adequado para crianças ⓘ

Avaliado 3.0 fora de 5
3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Vigilância ⓘ

Avaliado 5.0 fora de 5
5.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Alegria ⓘ

Avaliado 4.0 fora de 5
4.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Imágenes de del Pinscher Miniatura

Và­deos del Pinscher Miniatura

Tipo e reconhecimentos:

  • CLASSIFICAÇÃO FCI:
  • Grupo :
  • Seção : . .

Federações:

  • FCI – Cães Pinscher e Schanuezer. Molossóides e Cães de Montanha, e Boiadeiros Suiços, Seção 1: Tipos de Pinscher e Schnauzer.
  • AKC – Toys
  • ANKC – Grupo 1 (Toys)
  • CKC – Grupo 5 – (Toys)
  • KC – Toys
  • NZKC – Toys
  • UKC – Raças Companheiras

Padrão da raça FCI "Pinscher miniatura"

Origem:
Alemanha

Data de publicação do padrão original válido:
06.03.2007

Uso:

Cão de companhia e para o lar



Aparência geral:

A miniatura Pinscher é a imagem de achicada do Pinscher Alemão, nanismo impecável. Sua elegante construção quadrada é claramente visà­vel através de seu cabelo curto, Lisa e apertada.



PROPORà‡à•ES IMPORTANTES:

  • A construção deve aparecer tanto quanto possà­vel da praça em relação ao comprimento do corpo e a altura da Cruz.
  • O comprimento total da cabeça (da ponta da trufa à  protuberância occipital) você deve manter um relacionamento de 1:2 com comprimento do corpo (da cruz à  inserção da cauda).


Comportamento / temperamento:

Com muito temperamento, vivaz, autoconfiante, equilibrado. Tudo isto faz dele um excelente cão de família e de companhia..

Cabeça:



Região craniana:
  • Crânio: Forte e alongada, com as costas da cabeça pouco marcada. A testa é plana e paralela com o leme nasal.
  • Nasofrontal depression (stop): Macio, Embora claramente definidos.

Região facial:

  • Trufa: Preto e bem desenvolvida.
  • Focinho:Ele termina em um berço truncado. Leme nasal é reto.
  • Belfos: Negros, empresa de resto e planos sobre as garras; o canto da boca está fechado.
  • Maxilares/Dentes: Inferior e maxilar superior poderosa. A mordida é tesoura, forte e cheia (42 dentes limpos e brancos, de acordo com a fórmula dentária do cão). Você deve fechar corretamente. Músculos da mastigação isso fortemente desenvolvidos, sem formar bochechas que perturbam.
  • Olhos: Sombrio, oval, as bordas das pálpebras aderentes e pigmentadas pretas.
  • Orelhas: ereto; dobrado, inserção alta, em forma de V; no interior as bordas das orelhas descansar nas bochechas. As orelhas são direcionadas para a frente na direção do Templo. A dobra paralela não deve ultrapassar a linha superior do crânio.

Pescoço:

De porte aristocrático, não muito curto; sem interrupção, Ele deve fluir harmoniosamente na Cruz; seca, sem barbela e solta a pele da garganta. A pele da garganta é firme, sem rugas.

Corpo:

  • Top de linha: Ligeiramente decrescente da parte traseira da Cruz.
  • Cruz: É o ponto mais alto da linha superior.
  • Voltar: Strong, curto, empresa.
  • Lombo de porco: Strong. A distância da última costela ao quadril é curta para que o cão pareça compacto..
  • Alcatra: Ligeiramente arredondada e imperceptà­vel através da inclusão de fila.
  • No peito: Moderadamente largo, corte oval, profundo até os cotovelos. O avental é especialmente marcado pela ponta do esterno.
  • linha de fundo: Flancos não excessivamente reunidos de modo a fornecer uma bela linha ondulada próxima à parte inferior do tórax.

Cola:

Natural, o objetivo de torná-lo o Sabre ou em forma de foice.

Extremidades

MEMBROS ANTERIORES: Os membros dianteiros são, visto de frente, vigoroso, não em linha reta e colocado muito juntos. Perfil visto antebraços são retos.

  • Ombro: A escápula é firmemente descansando no peito. Bem musculado em ambos os lados da coluna vertebral do osso, Ele pende sobre as vértebras da coluna no segmento torácico. Bem, tanto quanto possà­vel, elenco e inclinado para trás, forma um ângulo de 50º com a horizontal.
  • Braço: Bem no corpo, forte e musculoso; forma um ângulo de aproximadamente 95º a 105º com a escápula.
  • Cotovelos: bem ajustado, não girado ou para fora ou para dentro.
  • Antebraço: Reta, vista de frente e perfil; fortemente desenvolvidos e muscular.
  • Carpo: Forte e estável.
  • Metacarpo: Forte e elástica, visto de frente reta, Perfil eu ligeiramente oblà­qua em relação ao solo.
  • Pés dianteiros: Curta e rodada ; dedos beliscou uns aos outros e em arco (pés de gato) ; almofadas de fortes ; unhas curtas, preto e forte.

MEMBROS POSTERIORES: Visualizações de perfil oblà­quo, na parte de trás, são paralelos e não muito juntos.

  • coxas: Moderadamente longa, larguras, e fortemente muscular
  • Joelho: Não deve ser girada para dentro nem para fora
  • Perna: Longa e forte, resistente, continuando em um poderoso Tarso
  • Jarrete: Bien angulado, forte, empresa, Não virei nem para dentro nem para fora
  • Metatarso: Perpendicular em relação ao solo
  • Pés traseiros: Um pouco mais de frente. Dedos apertados um outro bem arqueadas ; unhas curtas, preto.

Movimento:

A miniatura Pinscher é um m. Durante o movimento o traseiro permanece firme e relativamente calma. O inà­cio do movimento é harmonioso, seguro, cheio de força, intervalo de livre e boa. Em joggers é típico ter uma ótima cobertura do solo com um movimento limpo e fluido, com uma unidade poderosa e uma frente larga extensão.

Manto

PELE: Empresa em todo o corpo

PELES: Cabelo curto e grosso, brilhante e firme ao corpo, sem regiões carecas.

COR

  • Unicolor: Red Deer, Jatobá para vermelho oscuro-marron.
  • Preto e Tan: Laca de cabelo preto, com marcas de fogo vermelho a marrom. É desejável que as marcas sejam possà­vel escuro, saturadas e bem definido. Marcas de fogo estão localizadas : os olhos, na parte inferior do pescoço, no metacarpo, em pés, nas faces interiores da hind e perà­neo. No peitoril da, dois triângulos de igual tamanho nitidamente separados um do outro.


Tamanho e peso:

  • ALTURA NA CERNELHA (Machos e fêmeas): 25 até 30 cm.
  • PESO (Machos e fêmeas): 4 até 6 kg.


Falhas:

Qualquer desvio dos critérios acima mencionados é considerado falta e sua gravidade é considerada conforme o grau de desvio do padrão e suas consequências na saúde e bem-estar do cão.



Em especial:

  • Olhar pesado ou luz, petizo ou patilargo.
  • Crânio pesado ou redondo.
  • Rugas da testa.
  • focinho curto, pontiagudo ou estreito.
  • Bite em clipe.
  • Olhos claros, demasiado grande ou demasiado pequeno.
  • Inclusão de orelhas baixas ou muito longas, orelhas realizado diferentes uns dos outros.
  • A pele solta da garganta.
  • Muito tempo de volta, coletados ou soft.
  • Encarpado volta.
  • Grupa caída.
  • Pés de longos.
  • Furta-passo passo.
  • Forma elevada.
  • Pêlos finos.
  • linha de enguia, Sela escura, manto claro, pele manchada.
  • 1 cm. acima do limite superior de altura ou 1 cm. abaixo do limite inferior de altura.

FALTAS GRAVES:

  • Falta de tipo na expressão do sexo (por exemplo Feminino Masculino).
  • aparência leve.
  • Falta de paralelismo crânio/focinho.
  • Crânio de Amanzanado.
  • Cotovelos girado para fora.
  • Jarretes girados para dentro.
  • Depois de não muito angular ou cano.
  • Desvios de mais de 1 cm. y menos de 2 cm. nas alturas máxima e mínima respectivamente.

FALTAS DE ELIMINAÇÃO:

  • Timidez, agressividade, mal, desconfiança exagerada, comportamento nervoso.
  • Qualquer deformidade.
  • falta de tipo.
  • Falta de mordida, prognatismo superior ou inferior, Arcade dos incisivos deslocamento.
  • Miss runner em cada região como defeitos de construção, cabelo e cor.
  • Desvios de mais de 2 cm. dos limites superior e inferior de altura.

Qualquer cão que mostre sinais claros de anormalidades físicas ou comportamentais deve ser desqualificado..



N.B.:

Os machos devem ter dois testículos de aparência normal totalmente descidos no escroto..

TRADUÇÃO: Lucas Rodríguez Bazzurro.

Fonte: F.C.I - Federação Cinológica Internacional

Nomes alternativos:

1. Min Pin, King of the Toys (inglês).
2. Pinscher Nain (Francês).
3. Rehpinscher, Miniature Pinscher, Minpin, Minidoberman; in Österreich auch unter Rehrattler bekannt (alemão).
4. Pinscher miniatura (português).
5. Pinscher enano (espanhol).

▷ O mundo dos animais de estimação: Cães, gatos, aves, répteis, anfà­bios

Mastim napolitano
Italia FCI 197 - Molossóides – Dogo

Mastín Napolitano

Apesar de sua aparência feroz, o Mastim napolitano É um cão equilibrado e amigo das crianças.

Conteúdo

História “Mastim napolitano”

O Mastim napolitano, como todos os difusão, muito provavelmente desce do molosso Tibetano. Segundo dados históricos, a Itália é habitada desde tempos muito remotos, que podem remontar ao segundo milênio antes de Cristo..

Isso mostra que este arquiteto de Campânia (Região sul da Itália, na Costa do mar Tirreno, cuja capital é Nápoles) traz muita história sob sua correia.

Todos os mastins europeus descendem o Mastiff tibetano, o mais antigo representante das raças do cão.
Provavelmente os primeiros mastiffs asiáticos foram executados na Grécia àndia por Alexandre, o grande, por volta do ano 300 a.C.

Alguns historiadores afirmam que ele foi os gregos que eram conhecidos para os romanos, estes cães tão espetaculares, para vê-los é atingido e (para uma mudança) eles usaram em seus circos famosos como a luta de cães. O Mastim napolitano lutou com leões, ursos, Tigres, Ele foi também um cão de raça para a guerra.

De acordo com a cinofilia inglesa, Por outro lado, o mastim foi levado para a Britannia (termo designado para a ilha da Grã-Bretanha antes que ocorreram as invasões germânicas) pelos fenà­cios no ano 500 -. C. a partir desse momento a propagação por toda a Europa teria começado.

Além de divergências quanto à  difusão da raça você pode garantir, em seguida, que o “Mastim napolitano” viveu na Campânia por pelo menos dois mil anos, Embora sua primeira aparição oficial nos dados do cinophilia 1946 e seu padrão oficial foi aprovada no ano 1949.

Durante o curso da Segunda Guerra Mundial, a corrida estava à  beira da extinção, mas foi recuperada por um escritor e chamada cinólogo Piero Scanziani que, entre 1941 e 1980 publicou uma dúzia de volumes de ficção e não-ficção, incluindo vários tratados de Cinologia. Ele foi o responsável pela reconstrução do Mastim napolitano durante o perà­odo pós-guerra, e fê-lo de algumas cópias restantes.

Características físicas

O Mastino Napoletano impressiona mesmo à distância com seu físico impressionante. Especialmente a cabeça enorme se destaca. É uma típica cabeça molossóide, mas ele tem lábios carnudos particularmente pronunciados. Sua expressão facial é fria e relaxada, sua impressão geral é impressionante. Sua pelagem é curta e lisa.

A criação moderna deu ao Mastino Napoletano um excesso de pele solta, que beira a tortura da ninhada. Apenas por razões de bem-estar animal, é preciso garantir que a pele esteja esticada e que não haja muitas rugas e dobras. Apenas pequenas rugas devem ser permitidas na área do pescoço e na barbela.. Especialmente a cabeça cresceu uma superabundância de pele e rugas nas últimas décadas, em parte tão extrema que os cães mal conseguem ver devido a todas as rugas. O que mais, rugas graves são um tesouro para infecções e coceira.

Segundo ele norma oficial da raça dos machos de Mastim napolitano Eles devem ser mensurados de 66 - 72 cm na Cruz e seu peso é de 70 kg, os machos podem chegar facilmente até 90 kg, as fêmeas devem ser medidas em 60 - 68 cm. O peso dos homens do 60 - 70 Kg e as fêmeas de 50 - 60 kg.

O cabeça é enorme e curto, o crânio arredondado e achatado entre as orelhas. Tem o focinho reto, uma trufa grande e lábios gorduras ele cair pesadamente.

Tem a olhos bem separados e o acúmulo de pele parece eles foram oval em forma, mas na realidade são redondos. As orelhas são triangulares, inserção de média e alta.

O corpo, em geral, É mais do que altos com a pescoço bem maciço e o Papa e o grupa amplo. A cauda é amputados dois terços do seu comprimento.

O cores favoritas eles são o chumbo, o cinza e preto (à s vezes com pequenas manchas brancas no peito e a ponta dos dedos), o gamo, mogno, o gamo e o veado.

Todas as capas podem ser atigrados, mas a possibilidade de que um Mastim napolitano sai cor "tabby" é uma em um milhão.

Observações

Apesar de seu grande tamanho, não há necessidade de grandes espaços ser feliz, porque ele se move em breve. embora sim, É importante estabelecer uma rotina descontraída de caminhadas diárias que ajudem a manter os músculos tonificados.

Outra questão a destacar é que eles significativamente drool-worthy.

Caráter e habilidades

Apesar de seu aspecto rà­spido e até mesmo feroz, o Mastim napolitano ele é um cachorro tranquilo, equilibrado, doce, fiéis, muito afetuoso com o mestre e amigo das crianças.

Nunca se comporta agressivamente sem um motivo real, Mas se fosse para ter a resposta, pode ser terrível.

Sua temperamento é pacífico, mas podem se tornar agressivo caso seu proprietário não é capaz de educá-lo com sabedoria e responsabilidade.

Devido à  sua estrutura sólida que, seu movimento é pesado e desajeitado, mas aparência porque está consciente de seu tamanho e suficiente para vê-lo a interagir com as crianças para confirmar (desarma na delicadeza).

Tem sido cão de guerra, combater o circo, assistente de polícia, Arraste de trenó de cachorro, cão de companhia e defesa pessoal. Atualmente é treinado como guardião de casas e fazendas e é cada vez mais apreciado como cão de companhia..

Na verdade, é mais um cão de guarda do que um cão de companhia ou de exposição. Dos molosos promover o, Ele é o personagem mais silencioso.

Um Mastim napolitano educação séria é, por consequência, educado, um cachorro extremamente simples. Aqui e ali o gordo é um pouco teimoso. Somente se for bom convencer e pedir ajuda, então ele fará tudo por seu dono ou zelador. Como membro da famà­lia, é extremamente adorável. Ele procura a proximidade de seus humanos e é um protetor confiável.

Em caso de ameaça aguda para seus humanos, tentará manter o perigo longe deles encarando o atacante com seu corpo, mas não vai mais atacá-lo. Tudo isso silenciosamente. Latidos muito raramente. Seu temperamento calmo e sereno faz dele um companheiro leal e amigo da criança, quem perdoa tudo. Para estranhos, No entanto, está inicialmente esperando e assistindo. O Mastim napolitano ele é um cara legal e um cachorro fascinante.

Não é um cão fácil de manter apenas por causa de sua força. Por sua natureza, tem muito poucas demandas. Uma caminhada diária, à s vezes escovando o casaco, isso é tudo. Só a comida é um certo desafio em termos de quantidade e qualidade. Você não precisa de um grande jardim, mas um jardim já é útil. Um pequeno apartamento no enésimo andar não seria adequado. O Mastim napolitano ele é um ótimo parceiro, mas não é um companheiro para os corredores, atletas de cães ou viciados em desempenho.

Educação

Deve-se lembrar que em um Mastim napolitano adulto, a linha é apenas um controle simbólico. Cão grande facilmente tem o poder de manobrar a outra extremidade da trela à  vontade. Mas ele não quer, pelo menos se você gostou do básico de uma boa educação. O Mastim napolitano é muito fácil treinar. Apenas sua teimosia tem que ser quebrada aqui e ali com suavidade consistente.. Ele quer seguir seu mestre e amante e faz isso com muita confiança. É um dever elementar de um proprietário de Mastim napolitano preste atenção a uma educação consistente já no filhote. Porque apenas a educação e não a trela tornam possà­veis passeios maravilhosos na natureza, que junto com esse amigo calmo de quatro patas, eles se tornam um bálsamo para a alma de pessoas agitadas.

Cuidados e saúde “Mastim napolitano”

Cuidando de um Mastim napolitano raça saudável não é problemática. Escovar o casaco aqui e ali é o suficiente.

Mau hábito de dobrar extremamente forte a cabeça e o corpo geralmente leva à  inflamação crà´nica. Eles geralmente são uma fonte constante de coceira para cães.. Às vezes até dificulta a visão. Esses cães precisam de tempo e cuidados caros.

Nutrição “Mastim napolitano”

Você precisa de muita comida de alta qualidade. É útil ter uma tigela de alimentação elevada para neutralizar o risco de revirar o estômago. O peso deve sempre ser cuidadosamente considerado.

Esperança de vida “Mastim napolitano”

Erros de reprodução custaram a este cão, anteriormente robusto, muitos anos de sua expectativa de vida. Antes de serem 12, hoje eles são mais propensos a ser 6 - 9 anos. Contudo, dados exatos não disponà­veis.

compre um “Mastim napolitano”

A compra de um Mastim napolitano deve ser de longo prazo e bem considerado. Você deve verificar cuidadosamente se possui todos os requisitos para passar muitos anos maravilhosos junto com esse forte amigo.. Também financeiramente a atitude é um desafio. Se você está procurando um filhote de cachorro, você deve se certificar de que os cães não sejam muito grandes e enrugados. Você deve perguntar sobre os antepassados, sua aparência, suas doenças, sua idade. Para obter um Mastim napolitano caráter sólido, você deve apenas olhar diretamente para um criador sério. Por razões de bem-estar animal, você deve evitar comprar filhotes de pais com rugas graves. Um cãozinho Mastim napolitano de um bom criador custa cerca de 2.500 EUR.

Classificações do "Mastim napolitano"

Coexistência é importante que você tem com seu novo amigo. Plantearte antes de adquirir uma raça de cão "Mastim napolitano" você sabe alguns fatores. Nem todas as raças de cães são capazes de viver em um apartamento, Você deve levar em conta a sua qualidade, sua necessidade de exercà­cio, sua interação com outros animais de estimação, seu cuidado e se você tiver crianças pequenas, o seu nà­vel de tolerância para com eles.

Adaptação ⓘ

Avaliado 2.0 fora de 5
2.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Cão amigável ⓘ

Avaliado 1.0 fora de 5
1.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Perda de pêlo ⓘ

Avaliado 3.0 fora de 5
3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Nível de afeto ⓘ

Avaliado 3.0 fora de 5
3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Necessidade de exercício ⓘ

Avaliado 2.0 fora de 5
2.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Necessidade social ⓘ

Avaliado 3.0 fora de 5
3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Casa ⓘ

Avaliado 2.0 fora de 5
2.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Cuidado ⓘ

Avaliado 3.0 fora de 5
3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Amigável com estranhos ⓘ

Avaliado 1.0 fora de 5
1.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Latindo ⓘ

Avaliado 2.0 fora de 5
2.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Saúde ⓘ

Avaliado 5.0 fora de 5
5.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Territorial ⓘ

Avaliado 5.0 fora de 5
5.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Amigo dos gatos ⓘ

Avaliado 3.0 fora de 5
3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Inteligência ⓘ

Avaliado 3.0 fora de 5
3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Versatilidade ⓘ

Avaliado 3.0 fora de 5
3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Adequado para crianças ⓘ

Avaliado 3.0 fora de 5
3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Vigilância ⓘ

Avaliado 2.0 fora de 5
2.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Alegria ⓘ

Avaliado 5.0 fora de 5
5.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Imagens “Mastim napolitano”

Vídeos “Mastim napolitano”

Tipo e reconhecimentos:

  • CLASSIFICAÇÃO FCI:
  • Grupo :
  • Seção : . .

Federações:

  • FCI – Cães do tipo Pinscher e Schnauzer-Molossoide – Cães de Montanha e Boieiros Suiços. Seção 2.1 Molossóides, Tipo Mastife.
  • AKC – Cães trabalhando
  • ANKC – Grupo 6 (cães utilitários)
  • CKC – cães de trabalho
  • KC – cães de trabalho
  • NZKC – Cão utilitário
  • UKC – Cão de guarda

Padrão da raça FCI "Mastim napolitano"

Origem:
Itália

Data de publicação do padrão original válido:
13.11.2015

Uso:

Proteção e vigilância.



Aparência geral:

Cachorro Grande, pesado e sólido com aparência de alto volume. O comprimento do tronco excede sua altura na cernelha.

PROPORà‡à•ES IMPORTANTES: O comprimento do corpo é um 15% mais do que a altura na cernelha.

  • A proporção crânio-focinho é 2 - 1.
  • O comprimento da cabeça é aproximadamente 3,8 / 10 a altura na cernelha.
  • O pescoço é bastante curto.
  • A circunferência do peito é larga.


  • Comportamento / temperamento:

    Firme e leal, não é agressivo. Cão de guarda da propriedade e seus habitantes, sempre vigilantes, Inteligente, nobre e majestoso.

    Cabeça:

    Curto e maciço, com o crânio largo ao nà­vel dos arcos zigomáticos. A pele é abundante e tem rugas e dobras, dos quais a parte mais acentuada e característica do ângulo palpebral externo para descer até o ângulo labial. Os eixos longitudinais superiores do crânio e do focinho são paralelos.

    Região craniana:
    • Crânio: O crânio é largo e achatado, particularmente entre as orelhas, visto de frente, é ligeiramente convexo na frente. Os arcos zigomáticos são muito proeminentes, mas com músculos planos. As saliências dos ossos frontais são bem desenvolvidas; a ranhura da frente está marcada; crista occipital é pouco visà­vel.
    • Stop: bem definido.

    Região facial:

    • Trufa: Localizado no prolongamento da cavidade nasal, não deve sobressair da linha vertical anterior dos lábios; deve ser volumoso e as narinas grandes devem estar bem abertas. A cor é de acordo com a cor da pele: preto para espécimes pretos, cinza escuro em cães de outras cores, e a castanha para cães marrons.
    • Focinho: Muito amplo e profundo; sua largura é aproximadamente igual ao comprimento. O comprimento deve ser igual a um terço do comprimento da cabeça. Os lados são paralelos para que, visto de frente, a forma do focinho é praticamente quadrada. A profundidade do focinho é aproximadamente o dobro do seu comprimento.
    • Lábios: carnudo, grosso e cheio. O lábio superior, visto de frente, forma um "V" invertido em seu ponto de junção. O perfil lateral inferior do focinho é determinado pelos lábios superiores, sua parte inferior é o canto dos lábios, com mucosa visà­vel, localizado verticalmente a partir do canto externo do olho.
    • mandíbulas / Dentes: Poderoso com mandíbulas fortes e arcos dentários que se encaixam perfeitamente. A mandíbula inferior deve ser bem desenvolvida em largura. Dentes brancos bem desenvolvidos, regularmente alinhados e completos em número. Bite em tesoura, isto é, os incisivos superiores se sobrepõem aos incisivos inferiores em contato próximo, implantado na vertical das mandíbulas; ou mordida em pinça, isto é, os incisivos superiores são unidos ponta a ponta com os incisivos inferiores. A borda externa dos incisivos superiores deve estar em contato próximo com a borda interna dos incisivos inferiores.. Uma mordida em tesoura invertida é tolerada.

    OLHOS: bem separado no mesmo nà­vel frontal; forma bastante redonda, mas nunca saliente ou muito profundo. A cor da à­ris é geralmente mais escura que a cor do revestimento, exceto em tons de tons diluà­dos em que a cor dos olhos é mais clara. A pele nunca se dobra para interferir nos olhos.

    ORELHAS: Pequeno, em relação ao tamanho do cachorro, forma triangular, localizado acima do arco zigomático, plana e colada à s bochechas. Orelhas são naturais.

    Pescoço:

    O perfil superior é levemente convexo. Porta-malas bastante curto e cà´nico, bom muscular. O perfil da parte inferior do pescoço é bem coberto de pêlos soltos que formam um queixo duplo bem separado, mas não exagerado. O queixo duplo começa no nível do maxilar inferior e não chega abaixo do meio do pescoço.

    Corpo:

    O comprimento do tronco excede em 15% a altura na cernelha.

    • linha superior: A linha superior das costas é reta. Cruz: É largo, longo e não muito proeminente.
    • Voltar: Largura e comprimento aproximadamente 1/3 a altura na cernelha. A região lombar muscular e bem desenvolvida em sua largura deve estar harmoniosamente conectada com as costas.
    • Lombo de porco: Largura, forte e musculoso. Os ossos do quadril são proeminentes quando atingem a linha lombar superior.. No peito: Grande, com músculos peitorais bem desenvolvidos. A caixa torácica é larga, com costelas longas e bem arqueadas. A circunferência do peito é larga. A ponta do esterno está no nà­vel da ponta do ombro.

    Cola:

    É largo e grosso na raiz; forte, afilando levemente em direção à  ponta. Seu comprimento atinge a articulação do jarrete. Em repouso, carrega-o pendurado e curvado na forma de um sabre, em ação levantada horizontalmente ou apenas ligeiramente acima da linha superior.

    Extremidades

    MEMBROS ANTERIORES:

    • Aparência geral: Membros anteriores, do chão até a ponta do cotovelo, visto de perfil e de frente, são verticais com uma estrutura óssea forte, proporcional ao tamanho do cão.
    • Ombro: Longo e bem inclinado, os músculos são bem desenvolvidos, longo e bem definido.
    • Brazos: Bem angulado à  omoplata e com significativa musculatura.
    • Cotovelos: Eles devem ser paralelos ao plano mediano do corpo, Eu quero dizer, nem vire para dentro nem para fora.
    • Antebraço: Seu comprimento é quase igual ao comprimento do braço. Colocado em uma posição vertical perfeita. Estrutura óssea forte com músculos magros e bem desenvolvidos.
    • Carpo: Largura, magro e sem nós, segue a linha vertical do antebraço.
    • Metacarpo: Continue a linha vertical do antebraço. Angulação e comprimento moderado.
    • Pés anteriores: De forma redonda, grande, dedos bem arqueados e bem unidos. As almofadas são duras e bem pigmentadas. As unhas são fortes, cor curvada e escura.

    MEMBROS POSTERIORES:

    • Aparência geral: Eles devem ser poderosos e robustos, proporcional ao tamanho do cão e capaz de dar a propulsão necessária durante o movimento.
    • Coxa: Seu comprimento é 1/3 da altura à  cruz e sua obliquidade é de cerca de 60 °. Largo com músculos grossos, proeminente e claramente marcado. Osso da coxa e osso do quadril (fêmur e coxal) eles formam um ângulo de 90 °.
    • Joelho: O ângulo femoro-tibial é de cerca de 110 ° -115 °.
    • Perna: O comprimento é ligeiramente menor que o da coxa e de uma obliquidade de 50 ° -55 °, com uma estrutura óssea forte e músculos bem visíveis.
    • Jarrete: A articulação tà­bio-tarso forma um ângulo de 140 ° – 145 °.
    • Metatarso: Forte e magro, forma quase cilíndrica, perfeitamente reto e paralelo e bastante baixo.
    • Pés de volta: Menor que os anteriores, redondo com dedos bem unidos. Almofadas secas, duro e pigmentado. As unhas são fortes, cor curvada e escura.

    Movimento:

    É uma característica típica da raça. Movimento é do tipo felino, como os passos de um leão. É lento e também se assemelha ao de um urso. A corrida é caracterizada por um forte empurrão por trás e uma boa extensão da frente. O cão raramente galopa; a marcha habitual é caminhar e correr. A ambição é tolerada.

    Manto

    PELE: Bruto, abundante e solto por todo o corpo, especialmente na cabeça, onde forma numerosas dobras e rugas, e na parte inferior do pescoço, onde forma uma barbela dupla. Nunca em abundância para interferir com a saúde e o bem-estar dos cães.

    Pelo: curto, duro e espesso, o mesmo comprimento em todo lugar. Comprimento uniforme de 1,5 cm máximo. Não deve mostrar qualquer vestígio de cabelo comprido.

    Cor: As cores cinza são preferidas, cinza chumbo e preto, embora também marrom, rosa avermelhada e avermelhada, que à s vezes têm pequenas manchas brancas no peitoril e na ponta dos dedos. Todas as cores podem ser tigradas. Tons de avelã aceitos, gris suave e isabela.



    Tamanho e peso:

    Altura à  Cruz:

    • Machos: 65-75 cm.
    • fêmeas: 60-68 cm.

    Peso:

    • Machos: 60-70 kg.
    • fêmeas: 50-60 kg.


    Falhas:

    Qualquer desvio dos critérios acima é considerado faltando e a gravidade é considerada o grau de desvio do padrão e seu impacto sobre a saúde e o bem-estar do cão.

    FALTAS GRAVES:

  • Tiro pronunciado.
  • Tamanho da cauda muito alto.
  • Tamanho maior ou menor que os limites permitidos.
  • FALHAS DE DESCALIFICANTES:

  • Agressividade ou extrema timidez.
  • Qualquer cão que mostre sinais claros de anormalidades físicas ou comportamentais.
  • Convergência ou divergência acentuada dos eixos crânio-faciais.
  • Linha superior do focinho côncava ou convexa ou muito aquilina (nariz romano).
  • Despigmentação total do trua.
  • Prognatismo superior.
  • Entrópio / ectrópio.
  • Olhos gazeos, despigmentação total de ambas as bordas das pálpebras; estrabismo.
  • Ausência de rugas, vincos e queixo duplo.
  • Ausência de cola congênita ou artificial.
  • Extensas manchas brancas; marcas brancas na cabeça.


  • N.B.:
  • Os machos devem ter dois testículos de aparência normal totalmente descidos no escroto..
  • Apenas cães funcional e clinicamente saudáveis, com a conformação típica da raça, deve ser usado para criação
  • TRADUÇÃO: Senhorita. Brígida Nestler. Idioma oficial: IN.

    Direção técnica: SR. Miguel Ángel Martinez.

    Fonte: F.C.I - Federação Cinológica Internacional

    Nomes alternativos:

    1. Mastino Napoletano Italian (inglês).
    2. Mâtin de Naples, Napolitain (Francês).
    3. Neapolitanischer Mastiff (alemão).
    4. Mastino napoletano, Neapolitan mastiff (português).
    5. Mastín napolitano (espanhol).

    ▷ O mundo dos animais de estimação: Cães, gatos, aves, répteis, anfà­bios

    Buldogue
    Gran Bretaña FCI 149 - Molossóides - Dogue

    Bulldog

    O Buldogue Atualmente ele é um cão conhecido por ter um bom humor.

    Conteúdo

    História

    A corrida Buldogue o Bulldog-inglês, Ele foi inicialmente usado para apostas em lutas de cão, durante o século XVII (em 1835 Esta prática foi proibida na Inglaterra). Na notà­cia, este cachorro é um dos símbolos da inglaterra.

    Sua origem está no "cão grego antigo", Kelb Thal Bulldog, ou cão Maltês touros: uma raça importada para a Inglaterra, com o antigos mastiffs cruzadas deu origem ao Antigo Buldogue inglês.

    O Buldogue do passado era mais leve e semelhante ao Boxer do que o Buldogue atual gordinho; era um animal puramente desportivo. Ele foi usado na criação de outras raças como: Bulmastife, Boxer, Bull terrier, e alguns cães como ele Beagle tipo antigo. Como cão de briga, era um animal que só aceitava o desafio de animais maiores como os ursos., touros e até mesmo leões.

    A origem do nome é devido ao fato de ser um cão açougueiros, Eu quero dizer, sua função era a de executar os touros, por acreditar que assim sua carne era mais macia. Embora seja provavelmente uma deformação do nome Band Dog ou "Cão de Batalha".
    Deve ter em mente que o Buldogue velho nada têm a ver com a atual, eles só foram modificados com cruzamentos com outras raças como a Pug o Carlin; raça da qual Buldogue ele herdou seu focinho achatado, bem como sua musculatura rechonchuda.

    Antigos Bulldogs foram cães de aparência variada, à s vezes cães focinho alongado e todas as cores. Ele tem de ser tidos em conta que o antigo Buldogue foi um animal de trabalho pelo qual atribuiu grande importância para a personagem.

    Características físicas

    O Buldogue é uma raça que caracteriza-se pela espesso ombros e uma cabeça grande em proporção ao seu corpo. Geralmente espessas dobras de pele na testa, seguido por alguns black, grande, ronda os olhos. Ele tem um focinho curto com dobras acima do nariz, com um pingente queixo sob pescoço, junto com lábios caídos e dentes pontudos. As pernas grandes dão uma ideia, quão forte é o cachorro com o qual você tem que lidar. Mesmo um buldogue bem treinado e com um peso ideal parece ao observador não iniciado que é um cão com excesso de libras. Ele é realmente cheio de músculos e não deveria ter nenhuma gordura nas costelas.. Tudo isso se traduz em uma aparência muito poderosa e imponente.

    Sua pelage é curto, cor vermelha suave e elegante, bege, Branco, distribuà­dos (mistura de cores, à s vezes, em faixas irregulares) e várias cores destes.

    O padrão de peso e altura varia de acordo com o país, mas em geral os termos e médias, Estes cães são geralmente medidos em 30 - 40 cm e pesar 18 - 25 Kg. Algumas raças de cães precisam deles que cortaram sua chamada após o nascimento ou a cauda, Os bulldogs são as corridas que têm naturalmente curta e Encaracolada cauda. Cauda longa e ereta é falha em um Buldogue.

    Caráter e habilidades

    O Buldogue é amigável e cortês. Dificilmente existe um quadrúpede que seja tão incondicionalmente dedicado aos humanos. Ele cumprimenta sua família e todas as pessoas queridas em algum momento de sua vida com calor exuberante.. Isto é, principalmente, um cara legal que não pode ser incomodado por nada tão rapidamente, não por um cachorro latindo ou pelo aspirador de pó que atravessa o focinho. Mas pode literalmente explodir em um instante quando parece necessário. Então atire como um foguete em direção à  porta da frente e empilhe com um baixo escuro na frente do suposto criador de problemas.. Nesta situação, literalmente atravessa a parede. O caminho direto é então seu credo.

    Mas não se preocupe, o Buldogue podem ser controlados e acidentes com mordidas são praticamente impossà­veis. Quando você percebe que assustou um amigo, quase envergonhado. Uma vez o “perigo”, ele se deita confortavelmente no sofá novamente segundos depois e rosna como se nada tivesse acontecido. Nestes extremos, sua herança mental aparece mais uma vez. O Buldogue tem um caráter soberano, tornando-o o companheiro ideal mesmo em grandes cidades agitadas e um bálsamo para nossa psique estressada.

    Cuidados “Buldogue”

    O Buldogue não tem demandas especiais em sua postura. É um companheiro frugal e de baixa manutenção, contanto que você seja saudável. O mais importante é que você sinta o amor de seus humanos. Pode ser facilmente guardado em um apartamento pequeno, desde que tenha seu lugar no sofá com uma almofada. Isso é sagrado para ele. Mas não deve haver muitas escadas para subir. Ele ama suas caminhadas diárias, você também precisa ficar em forma, e é um companheiro tranquilo quando viaja ou no restaurante. O Buldogue se comporta perfeitamente e também pode ser deixado na sala por algumas horas.

    Contudo, quando faz calor, você tem que deixá-la descansar. Deve-se tomar cuidado para que ele não esteja fisicamente ou mentalmente estressado. Você deve evitar longas viagens de carro mesmo com ar condicionado. Caso contrário, é perfeitamente adequado para viajar. para a maioria de buldogues eles adoram viajar de carro. Desde que ele não tem um forte instinto de caça, você pode caminhar com ele relaxadamente pela paisagem, o que ele também gosta Buldogue. Você tem que se controlar com comida. A maioria dos buldogues eles são comedores vorazes, que esvaziam a tigela rapidamente e depois olham para nós com uma expressão inocente: “O que, Isso não é tudo, Eu deveria morrer de fome aqui?” Estar acima do peso faz mal à  saúde, mesmo no buldogues.

    Nenhum cuidado especial é necessário; escovar ocasional é bom para peles e psique.
    Limpeza regular é necessária em caso de rugas exageradas.

    Nutrição / Alimentação

    O Buldogue ele é um cachorro ganancioso. Ele rapidamente esvazia a tigela e depois pergunta com um olhar reprovador se era isso.. No interesse de sua saúde e sua tendência a estar acima do peso, deve ficar atento e sempre assistir a ração total de doces incluà­da. É aconselhável alimentar o Bulldog-inglês com alimentos de alta qualidade com alto teor de carne.

    Expectativa de vida

    Devido à  superexploração e exagero na aparência, o Buldogue tem uma expectativa de vida de apenas 6,3 anos de acordo com a estática do principal Kennel Clube do padrão. Um típico Bulldog de criação séria sem exageros pode facilmente atingir o 10-12 anos.

    Saúde “Buldogue”

    Provavelmente não há cachorro, nem qualquer animal, que foi tão profundamente moldado e infelizmente deformado por nós humanos. Isso causou consideráveis ​​problemas de saúde. Em 2009 o Kennel Club de Londres, quem é responsável por ele, revisou o padrão de Buldogue no sentido de uma educação mais saudável. Entre outras coisas, rugas do nariz são expressamente proibidas. Infelizmente, estes regulamentos são ignorados em grande parte da criação. Nascimentos naturais são uma raridade e o acasalamento está sendo cada vez mais substituà­do por inseminação artificial pelo veterinário. O Buldogue saudável é muito fácil de cuidar.

    Muitos buldogues sofrem de uma deformação do trato respiratório, não lhes permite respirar livremente. Como resultado, o coração está ocasionalmente sobrecarregado. O que mais, rugas inflamadas, entrópio (pálpebra virada para dentro) e canais auditivos estreitos são quadros clínicos comuns da Buldogue. Também tende a causar alergias..

    Educação

    A base da sua educação é uma relação de amor e confiança com seu mestre e cuidador. Os seres humanos devem aceitar a sua obstinação e ocasionalmente a obstinação com humor.. Pelo contrário, temos um problema. Não é um receptor de pedidos. Contudo, você precisa de limites claros e regras que devem ser rigorosamente respeitadas. Porque quando você quer algo, pode ser muito teimoso. O Buldogue quer agradar seu povo, mas verifique o significado de cada pedido. Se você não quer algo, não há como entrar. A única maneira de entrar é perguntando. Mas então ele fará o que lhe for pedido. Uma relação de confiança, um bom entendimento de sua personalidade e respeito por ele pode ser a base de uma equipe extremamente harmoniosa, onde o Buldogue segue seu cuidador apenas com expressões faciais e movimentos oculares.

    Cães de famà­lia ideais

    O buldogues eles são cães de famà­lia ideais. A integração social na famà­lia humana e a participação em sua vida são as melhores para ele. Também para nós, os humanos, seu caloroso carinho é sempre motivo de alegria, sorriso e bom humor. Não tem um comportamento inato, como o pastor ou instinto protetor, isso pode virar problema. É um companheiro ideal para crianças. Embora à  primeira vista pareça um pouco estranho, ele é surpreendentemente gentil mesmo com crianças pequenas. Também se dá bem com outros animais de estimação.

    compre um “Buldogue”

    Encontre um Buldogue saudável não é fácil
    Compre um cachorro de Buldogue não é fácil. Embora exista uma grande variedade de ofertas nos portais relevantes da Internet, estes são principalmente duvidosos. Muitos o buldogues oferecidos lá vêm de multiplicadores do Leste Europeu ou mesmo da Alemanha. Cães de raça têm uma vida miserável e os filhotes costumam mostrar suas doenças dias após a compra. Isso pode se tornar um assunto muito caro, para não mencionar o sofrimento. O Buldogue criado seriamente é um cachorro caro de se comprar, precisamente porque sua educação requer muito esforço. Por favor, compre o seu Buldogue apenas do criador local de muito tempo atrás, de preferência criadores com todas as certificações. Dê uma olhada no criador: Criadores sérios gostam de mostrar seus cães reprodutores e documentar a saúde e a idade de seus ancestrais.. Mas também é recomendável dar uma olhada no refúgio – pode haver uma oportunidade de oferecer um Buldogue uma nova casa. Os filhotes de um criador sério custam de 2500 EUR. Não são necessários custos especiais de manutenção, Mas o Buldogue tem um alto risco de doença e, portanto, um alto risco de custo.

    Classificações do "Buldogue"

    Coexistência é importante que você tem com seu novo amigo. Plantearte antes de adquirir uma raça de cão "Buldogue" você sabe alguns fatores. Nem todas as raças de cães são capazes de viver em um apartamento, Você deve levar em conta a sua qualidade, sua necessidade de exercà­cio, sua interação com outros animais de estimação, seu cuidado e se você tiver crianças pequenas, o seu nà­vel de tolerância para com eles.

    Adaptação ⓘ

    Avaliado 5.0 fora de 5
    5.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Cão amigável ⓘ

    Avaliado 5.0 fora de 5
    5.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Perda de pêlo ⓘ

    Avaliado 3.0 fora de 5
    3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Nível de afeto ⓘ

    Avaliado 5.0 fora de 5
    5.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Necessidade de exercício ⓘ

    Avaliado 1.0 fora de 5
    1.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Necessidade social ⓘ

    Avaliado 4.0 fora de 5
    4.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Casa ⓘ

    Avaliado 5.0 fora de 5
    5.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Cuidado ⓘ

    Avaliado 3.0 fora de 5
    3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Amigável com estranhos ⓘ

    Avaliado 5.0 fora de 5
    5.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Latindo ⓘ

    Avaliado 1.0 fora de 5
    1.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Saúde ⓘ

    Avaliado 5.0 fora de 5
    5.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Territorial ⓘ

    Avaliado 2.0 fora de 5
    2.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Amigo dos gatos ⓘ

    Avaliado 5.0 fora de 5
    5.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Inteligência ⓘ

    Avaliado 3.0 fora de 5
    3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Versatilidade ⓘ

    Avaliado 3.0 fora de 5
    3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Adequado para crianças ⓘ

    Avaliado 5.0 fora de 5
    5.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Vigilância ⓘ

    Avaliado 1.0 fora de 5
    1.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Alegria ⓘ

    Avaliado 5.0 fora de 5
    5.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Imagens “Buldogue”

    Vídeos “Buldogue”

    Tipo e reconhecimentos:

    • CLASSIFICAÇÃO FCI:
    • Grupo :
    • Seção : . .

    Federações:

    FCI , AKC , ANKC , CKC , KC , NZKC , UKC

    Padrão da raça FCI "Buldogue"

    Origem:
    Inglaterra, Reino Unido

    Data de publicação do padrão original válido:
    13.10.2010

    Uso:

    Cão de companhia e dissuasão.



    Aparência geral:

    É um cachorro de pelo curto, algopesados, bastante baixa estatura, Largura, poderoso e compacto. Cabeça bastante grande em proporção ao seu tamanho, mas nenhuma parte do seu corpo deve ser excessiva em relação às outras, quebrando assim a simetria geral, fazendo o cão parecer deformado ou interferindo em sua capacidade de se mover. Rostorelativamentecurto, focinho largo, contundente e ligeiramente arrebitado, embora não muito excessivo. Cães com problemas respiratórios são altamente indesejáveis. Corpoalgo curto, de boa estrutura. Membro forte, bem musculoso e robustosem tendência à obesidade. Partes traseiras altas e fortes. fêmeas não tão desenvolvidas quanto os machos.



    Comportamento / temperamento:

    Você deve dar a impressão de determinação, força e atividade. Alerta, corajoso, justo, dependentes, corajoso, feroz na aparência, mas titular de natureza emocional.

    Cabeça:

    Vista lateral, a cabeça é muito alta e moderadamente cortes na parte de trás até a ponta do nariz. Apartamento frente com pele em e ao redor da cabeça, ligeiramente solto e sutilmente enrugadasem excesso nunca proeminente ou saliente da face. O rosto, a partir de bochecha nariz ossos, relativamente curto, com a pelePode ser um pouco  enrugada. A distância entre o interior do ângulo de olho (ou o centro da depressão ligeiramente entre os olhos) no final da ponta do nariz, nãodeve ser menor que a distância a ponta do nariz na borda do lábio inferior.

    Região craniana:
    • Crânio: Crâniorelativamente grande na circunferência. Visto de frente, parece alto desde o ângulo da mandíbula até o topo do crânio., também grande e quadrado. Da paragem, um sulco se estende para o meio do crânio, pode continuar seu curso para o vértice.
    • Nasofrontal depression (Stop) : Definida.

    Região facial:

    Visto de frente, várias propriedades da face,  deve ser igualmente equilibrado para ambos os lados de uma linha central imaginária.

    Nariz: Nariz e narinas grandes, larga, preto, sob nenhuma circunstância cor de fígado, Vermelha ou marrom. Grandes narinas ampla e abertas, com uma linha bem definida, vertical e reto entre eu.

    Focinho:  focinho curto, Largura, descaà­das, profundo do canto do olho ao canto da boca.

    As rugas no nariz, Se estiver presente, completo ou quebrado, nunca deve afetar negativamente ou obscurecer os olhos ou o nariz.

    Narinas estreitas e rugas acentuadas sobre o nariz são inaceitáveis ​​e devem ser severamente penalizadas.

    • Lábios: Espessura belfos, grande, e profunda, cobrindo os lados da mandíbula inferior, mas juntando o lábio inferior na frente. Dentesnão visà­vel.
    • mandíbulas e dentes: mandíbulas largas, forte, Praça, mandíbula inferior projetadaligeiramente na parte superior frontalcom uma inclinação moderada para cima. Mandíbulas largas e quadradas com seis pequenos dentes frontais entre os caninos, em uma linha mesmo. Caninos bem separados uns dos outros, dentes grandes e fortes que não devem ser vistos quando a boca está fechada. Quando visto de frente, o maxilar inferior é visto exatamente abaixo e paralelo ao maxilar superior..
    • Bochechas: Bem arredondado bochechas e estende-se lateralmente além dos olhos.
    • Olhos: Visto de frente, localizado em baixo do crânio, bem separados das orelhas. Os olhos e a depressão naso-frontal estão na mesma linha reta., perpendicularmente ao sulco frontal. Separado, apesar dos ângulos externos dentro da linha externa das bochechas. Rodada, tamanho moderado, ou irrecuperáveis ou proeminente, muito escuro, quase preto, não mostrar o branco quando olham em frente. Livre de óbvios problemas de olhos.
    • Orelhas: Inserção alta, que é a parte da frente de cada orelha (visto de frente) tocar na borda do crânio na sua margem superior, para que fiquem o mais longe possível, separados dos olhos quanto possà­vel e alta. "Orelhas em forma de rosa" pequenas e finas está correto, É dito que rugas internas cair para trás, a borda superior, Recepção interna, curvando-se para fora e para trás, mostrando parte do interior do canal auditivo.

    Pescoço:

    Moderada a muito tempo, muito grossa, forte e profunda. Bem arqueado no topo, com algopele frouxa, grossa e enrugada em torno da garganta formando uma leve barbela de cada lado.

    Corpo:

    • linha superior: Ele cai um pouco para trás atrás da ponta das lâminas (Esta é a parte mais baixa) onde espinho vai para trás (maior do que o ponto de Cruz) curvando-se novamente mais de repente para a cauda, formando umleve  arco uma característica distintiva da raça.
    • Voltar: Curto para trás, forte, largo na altura das escápulas. Peito: Largura do peito, proeminente e profundo. Com costelas bem definidas do corpo para trás. Peito profundo e arredondado. Bem descido entre as patas dianteiras.Costelas, não sendo Lisa nas laterais, bem arredondado
    • Linha inferior e barriga: Abdômen retraído e não pendular.

    Cola:

    Inserção baixa, direito um pouco para fora e, em seguida, virar para baixo. arredondado, Lisa e desprovida de franja ou Dachshund. Moderada a muito tempo, curto ao invés de longo, espessura na base, sintonia fina rapidamente para a ponta. Você deve levá-lo para baixo (sem uma claro ascendente curva na ponta) e nunca portada acima do nível da linha superior. sem cauda, fila invertida ou demasiado apertada são indesejáveis.

    Extremidades

    RECEPà‡àƒO DE MEMBRO:

    • Aparência geral: Patas dianteiras curtas proporcionalmente à  parte de trás, mas não tão curto quanto fazer o olhar para trás como long ou quanto prejudicar a atividade do cão.
    • Ombro: Ombros largos com escápula à­ngremes e profundos, muito poderoso e muscular, dando a aparência de ser colado ao corpo.
    • Cotovelos: Cotovelos Baixos e bem afastados das costelas.
    • Braço: Pernas dianteiras muito musculoso e forte, bem desenvolvido, inseridos bem separados, espessura, muscular e reta, os ossos das pernas são grandes e retas, não curvado ou curvado.
    • Metacarpo: Metacarpos curtos, reto e forte.
    • Pés anteriores: Reta e voltou muito ligeiramente para fora, moderadamente arredondados e de tamanho médio. Dedos compactos e grossos, bem separados, fazer knuckles proeminente e alta.

    MEMBROS POSTERIORES:

    • Aparência geral: Grandes pernas e patas dianteiras, na proporçãoligeiramente mais do que a frente os. Pernas longas e patas anteriores da coluna vertebral para o Hock.
    • Joelhos: Quebra o joelhomuito um pouco longe do corpo.
    • Metatarso: Metatarsos ligeiramente inclinados e bem desceu.
    • Pés de volta: Redondo e compacto. dedos compactos e grossos, bem separados, fazer knuckles proeminente e alta.

    Movimento:

    Andar com passos curtos e rápidos, na ponta dos dedos, os pés traseiros não levantado alto, assemelhando-se a andar rozan, executando com um ou outro ombro movendo-se relativamente. A força do movimento é de extrema importância.

    Manto

    • Pelo: Textura fina, curto, colado e suave (colar e dura apenas pequenas, em vez de fio)
    • COR : Sólido ou fuligem, (é uma única cor com máscara preta ou focinho). Unicolores (Deve ser brilhante e puro do seu tipo) como listrado, Vermelho em seus vários tons, Trode, Griffon, etc., Branco e partes (é a combinação de branco com qualquer uma das cores acima) cor carne, preto e preto e Tan são altamente indesejáveis.


    Tamanho e peso:

    • Machos: 25  KGS.
    • fêmeas: 23  KGS


    Falhas:

    Qualquer desvio acima mencionado pontos devem ser considerados como falta e a seriedade com que isto é para ser tomado deve ser na proporção exata ao seu grau e seus efeitos sobre a saúde e o bem-estar do cão.



    FALHAS DE DESCALIFICANTES :

    • Cão agressivo ou medroso.
    • Qualquer cão que apresente anormalidades físicas ou comportamentais deve ser desclassificado..


    N.B.:

    Os machos devem ter dois testículos aparentemente normais., totalmente a bolsa escrotal.



    TRADUÇÃO : Brígida Nestler / Versão original : (IN)
    Supervisão técnica : Miguel Ángel Martinez

    Fonte: F.C.I - Federação Cinológica Internacional

    Nomes alternativos:

    1. British Bulldog, English Bulldog (inglês).
    2. Bulldog (Francês).
    3. Bulldog (alemão).
    4. Bulldog-inglês (português).
    5. Bulldog inglés (espanhol).

    ▷ O mundo dos animais de estimação: Cães, gatos, aves, répteis, anfà­bios

    Pinscher austrà­aco
    Austria FCI 64 . Tipo pinscher e schnauzer

    Pinscher austrà­aco 1

    Autoconfiante, animada, atencioso, lúdico, especialmente ligado

    Conteúdo

    História

    O Pinscher austrà­aco descende o Landpinscher austrà­aco velho, que ainda era difundido na segunda metade do século 19 como um cão de fazenda frugal e versátil. Em 1921 um plano de criação puro foi iniciado. Contra ele Pinscher alemão, parece mais largo, mais robusto e mais primitivo. Emil Hauck se familiarizou com este tipo de cão durante suas viagens no início do século XX e trabalhou para o reconhecimento da raça pela ÖKV e pela FCI.. O 16 em outubro de 1928, esta raça foi reconhecida como Pinscher de cabelos curtos austrà­aco para o ÖKV. No ano 2000 o nome da raça foi alterado para Pinscher austrà­aco.

    Contudo, de acordo com a associação de criadores, o número de cães diminuiu na década de 1970 tanto que restava apenas um cachorro, Diocles of Angers. A partir disto, a raça foi preservada usando “Landpinschers”. O “Landpinschers” ainda são usados ​​na criação. O “Landpinschers” são cães que correspondem ao Pinscher austrà­aco em termos de fenótipo e são relativamente estáveis ​​em termos de criação, sem serem criados especificamente como cães de pedigree no sentido da criação moderna de cães.

    Características físicas

    É um cão de tamanho médio a pequeno. Os olhos são grandes, com a à­ris escura. As orelhas são geralmente em forma de "V"., mas também tem botões, semieaídas ou retas. Os criadores tentam fixar o máximo possível uma orelha em forma de «V» que, Por outro lado, já é o mais comum. A cauda é implantada alta, o cachorro a cam enrolada, freqüentemente nas costas, e é curto e grosso. Também pode ser encurtado.

    • Pelo: curto, reto e com subpêlo. Lembre o fox terrier de cabelos lisos.
    • Cor: os mais frequentes são trigo amarelo, marrom amarelo, leonado, jovem corça vermelha e preta com manchas de fogo. Quase sempre com grandes manchas brancas no peito, focinho, garganta, pescoço, nuca, extremidades e ponta da cauda. As amostras com o casaco manchado, completamente preto ou branco e fogo não são desejáveis.
    • Tamanho: 35 - 50 cm, mais frequentemente em tom para o 40 cm.

    Caráter e habilidades

    É um cachorrinho vigoroso, negrito, temperamental e muito resistente. É um ótimo cão de vigilância; Por outro lado, não se espalha como cão de companhia, entre outras coisas, porque é muito latido. Contudo, cães médios e pequenos não atendem à s demandas de quem quer um cachorro para o apartamento (sempre o menor possà­vel), nem aqueles que querem um cão de guarda (de preferência tamanho médio-grande), e por esse motivo a propagação da raça é muito limitada.

    Observações

    Ele tem boas atitudes de caça.

    Classificações do "Pinscher austrà­aco"

    Coexistência é importante que você tem com seu novo amigo. Plantearte antes de adquirir uma raça de cão "Pinscher austrà­aco" você sabe alguns fatores. Nem todas as raças de cães são capazes de viver em um apartamento, Você deve levar em conta a sua qualidade, sua necessidade de exercà­cio, sua interação com outros animais de estimação, seu cuidado e se você tiver crianças pequenas, o seu nà­vel de tolerância para com eles.

    Adaptação ⓘ

    Avaliado 3.0 fora de 5
    3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Cão amigável ⓘ

    Avaliado 2.0 fora de 5
    2.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Perda de pêlo ⓘ

    Avaliado 5.0 fora de 5
    5.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Nível de afeto ⓘ

    Avaliado 4.0 fora de 5
    4.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Necessidade de exercício ⓘ

    Avaliado 4.0 fora de 5
    4.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Necessidade social ⓘ

    Avaliado 2.0 fora de 5
    2.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Casa ⓘ

    Avaliado 3.0 fora de 5
    3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Cuidado ⓘ

    Avaliado 2.0 fora de 5
    2.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Amigável com estranhos ⓘ

    Avaliado 2.0 fora de 5
    2.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Latindo ⓘ

    Avaliado 2.0 fora de 5
    2.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Saúde ⓘ

    Avaliado 3.0 fora de 5
    3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Territorial ⓘ

    Avaliado 5.0 fora de 5
    5.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Amigo dos gatos ⓘ

    Avaliado 2.0 fora de 5
    2.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Inteligência ⓘ

    Avaliado 4.0 fora de 5
    4.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Versatilidade ⓘ

    Avaliado 4.0 fora de 5
    4.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Adequado para crianças ⓘ

    Avaliado 4.0 fora de 5
    4.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Vigilância ⓘ

    Avaliado 4.0 fora de 5
    4.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Alegria ⓘ

    Avaliado 4.0 fora de 5
    4.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Imagens do "Pinscher austrà­aco"

    Tipo e reconhecimentos:

    • CLASSIFICAÇÃO FCI:
    • Grupo :
    • Seção : . .

    Federações:

    • FCI – Cães Pinscher e Schanuezer. Molossóides e Cães de Montanha, e Boiadeiros Suiços. Seção 1.1 Tipo Pinscher.
    • UKC – Terriers

    Padrão da raça FCI "Pinscher austrà­aco"

    FCIFCI - Pinscher austrà­aco
    Pinscher

    Nomes alternativos:

    1. Austrian Shorthaired Pinscher (inglês).
    2. Oesterreichisher Kurzhaariger Pinscher (Francês).
    3. Österreichischer Pinscher (alemão).
    4. Österreichischer Pinscher (português).
    5. Pinscher austriaco de pelo corto (espanhol).

    Fotos:

    1 – Pinczer_Austrian no World Dog Show em Poznań por acorrentado / CC BY-SA
    2 – Pinscher austríaco no World Dog Show em Poznań por acorrentado / CC BY-SA
    3 – Pinscher austriaco por https://pxhere.com/es/photo/1603530
    4 – Pinscher austriaco por https://pxhere.com/es/photo/1593828
    5 – Pinscher austríaco no World Dog Show em Poznań por acorrentado / CC BY-SA

    ▷ O mundo dos animais de estimação: Cães, gatos, aves, répteis, anfà­bios

    Mastiff tibetano (Mastiff tibetano)
    Tíbet FCI 230 - Molossóides . Montanha


    Mastín Tibetano

    O Mastiff tibetano Não é um cão para conviver com crianças.

    Conteúdo

    Classificações do "Mastiff tibetano (Mastiff tibetano)"

    Coexistência é importante que você tem com seu novo amigo. Plantearte antes de adquirir uma raça de cão "Mastiff tibetano (Mastiff tibetano)" você sabe alguns fatores. Nem todas as raças de cães são capazes de viver em um apartamento, Você deve levar em conta a sua qualidade, sua necessidade de exercà­cio, sua interação com outros animais de estimação, seu cuidado e se você tiver crianças pequenas, o seu nà­vel de tolerância para com eles.

    Adaptação ⓘ

    Avaliado 3.0 fora de 5
    3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Cão amigável ⓘ

    Avaliado 2.0 fora de 5
    2.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Perda de pêlo ⓘ

    Avaliado 4.0 fora de 5
    4.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Nível de afeto ⓘ

    Avaliado 3.0 fora de 5
    3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Necessidade de exercício ⓘ

    Avaliado 3.0 fora de 5
    3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Necessidade social ⓘ

    Avaliado 3.0 fora de 5
    3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Casa ⓘ

    Avaliado 1.0 fora de 5
    1.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Cuidado ⓘ

    Avaliado 4.0 fora de 5
    4.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Amigável com estranhos ⓘ

    Avaliado 1.0 fora de 5
    1.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Latindo ⓘ

    Avaliado 5.0 fora de 5
    5.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Saúde ⓘ

    Avaliado 2.0 fora de 5
    2.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Territorial ⓘ

    Avaliado 5.0 fora de 5
    5.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Amigo dos gatos ⓘ

    Avaliado 3.0 fora de 5
    3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Inteligência ⓘ

    Avaliado 3.0 fora de 5
    3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Versatilidade ⓘ

    Avaliado 3.0 fora de 5
    3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Adequado para crianças ⓘ

    Avaliado 3.0 fora de 5
    3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Vigilância ⓘ

    Avaliado 3.0 fora de 5
    3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Alegria ⓘ

    Avaliado 5.0 fora de 5
    5.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    História de “Mastiff tibetano”


    O Mastiff tibetano o Doge do Tibete (Do-Khy), é um cão nativo do Tibete, Ele apareceu para o ano 8000 -. C.

    O “Mastin Tibetano” É uma raça antiga do trabalho dos pastores do Himalaia e um guardião tradicional de mosteiros tibetanos. Sua história tem sido cercada por grande misticismo desde que foi descoberta em tempos antigos.. Desde sua menção por Aristóteles (384 – 322 -. C.) no famosos escritos de Marco Polo, quem foi para a àsia em 1271, todos os relatórios históricos louvam a força natural e a grandeza do Doge do Tibete, física e mentalmente.

    Até seu latido Tem sido descrito como único e como uma característica da raça altamente preciosa.

    Os excelentes cinófilos europeus do passado, como Martin e Youatt, Megnin, Beckmann, Siber, bem como Strebel, Bylandt investigou intensamente o Mastiff tibetano, sendo fascinado com sua origem e papel para a Cultura tibetana.

    Um dos primeiros cães tibetanos a chegar às costas ocidentais foi um espécime masculino enviado à Rainha Vitória por Lorde Hardinge. (em que vice-rei de tempo da àndia) em 1847. Mais tarde no 1880 Edward VII (então príncipe de Gales), tomou 2 cães retornam à  Inglaterra. Um dos primeiros registros de maca dos Doges tibetanos foi em 1898, Nascido no Zoológico de Berlim.

    Considerada como a corrida levou todas as corridas de montanha grande e todos os mastiffs.

    De acordo com testemunhos que remontam a 2.000 anos antes de Cristo, o Mastiff tibetano foi usado pelos assírios como um cão de guerra e para a custódia dos prisioneiros..

    Ele ainda aparece com a mesma aparência que nos bas-relevos babilônicos, Egà­pcios e gregos, mostrando assim a grande difusão em tempos muito antigos.

    As conquistas romanas e invasões de povos asiáticos, Ele espalhou-se rapidamente para a bacia do Mediterrâneo dando origem a todas as corridas da Molóssia europeus, muitos de pastor e outro salvamento como o São-bernardo, o Terra-nova e o Cão de montanha dos Pirenéus.

    Características Mastiff tibetano

    Vídeos "Mastiff tibetano (Mastiff tibetano)"

    mastin tibetano

    Mastín tibetano

    Mastin Tibetano

    É um cão companheiro, Guarda e proteção; lento para amadurecer, fêmeas só chegar a seu apogeu entre 2 e 3 anos e os homens, pelo menos, a 4 anos.

    É um cão poderoso, pesados, estrutura óssea boa. Impressionante, aparência solene mas gentilmente.
    Eles têm o pés muito grande, forte e compacta. Eles têm a forma dos pés de gato com cabelos longos entre os dedos. Sua é forte, Free, sempre leve e elástico. Em caminhadas rápidas ele tende a aproximar os membros em uma linha média. Ao caminhar, Parece lento e cuidadoso.
    Os machos têm, nomeadamente, mais pelo que as fêmeas. A qualidade do cabelo é da maior importância do que a quantidade. Principalmente o cabelo deve ser bastante longo e denso.

    Quando o tempo está frio deve ter uma camada de cabelos, interno e espesso que torna-se escassas nos meses quentes.

    O cabelo é muito bem mas difà­cil, reta e aspereza. Nunca sedoso, curvas ou onduladas. O cabelo da camada interna, Quando ele tem, é bastante lanoso. O pescoço e ombros são cobertos com cabelo dando a aparência de uma juba. A cauda é coberta com cabelo denso e espesso. Parte superior traseira dos membros traseiros é franjas de formas bastante longos cabelos.

    Eles são de cor Preto intenso, English Toy Terrier, marrom, vários tons de ouro, cinza e azul; cinza e azul e fogo. A cor do fogo varia de uma tonalidade muito intensa para cores mais claras.

    Ele permite que uma estrela branca no peito. Manchas brancas mínimas são aceitáveis nos pés. Manchas de calor aparecem os olhos, nas extremidades inferiores, na parte inferior da cauda, ao redor do focinho e sob a forma de óculos de sol ao redor dos olhos.

    Personagem “Mastiff tibetano”

    Respeito ao temperamento, a corrida de que muitos peritos concordam que é um cão difícil na natureza ou complexo..., é distante, e demasiado independente a ponto de ser imprevisà­vel porque raramente deixa saber suas verdadeiras intenções.

    O Mastiff tibetano É um cão muito corajoso que não tem medo de nada, e que o torna em um excelente guardião.

    Sua famà­lia é muito amor e respeito, mas é completamente desconfiado com estranhos, e que pode levar a morder um estranho, por essa razão, normalmente não é um cão adequado para novatos... Desde, Se não tem formação adequada e responsável, Ele pode ser um perigo real.

    Por que a natureza peculiar e especialmente imprevisà­vel, estudiosos da corrida pose que não é um cão ideal para viver com crianças.

    É uma das raças de origem mais antigas e ainda é usada hoje na cadeia do Himalaia para a custódia de rebanhos e como guardiã de mosteiros..

    No exercà­cio desta função é segura e incorruptà­vel, feroz e perigosas com estranhos, como quase todas as raças que pode ser definida como “antigo” e cujo carácter foi obtido no decurso dos séculos.

    Pouco se espalhou fora da àsia, mesmo no mundo do cinophilia, É pouco frequente ver cópias desta corrida para participar na mostra internacional de cão.

    Observações

    Mesmo no Tibete está à beira da extinção devido às dificuldades envolvidas na criação de cães desse tamanho..

    O preço de um Mastin Tibetano actualmente varia entre 1500 e o 2000 EUR, Uns poucos 1700 e 2400 $.

    Na notà­cia, o reprodução do Mastiff tibetano se desenvolve quase exclusivamente em Inglaterra.

    Saúde “Mastiff tibetano”

    O Mastiff tibetano tem alguns problemas de saúde que podem ser preocupantes. Estes incluem displasia da anca e cotovelo, hipotireoidismo, a persistência das membranas pupilares (um distúrbio ocular) e desmielinização neuropatia herdada de caninos.

    Nem todas essas doenças são detectáveis ​​em um filhote em crescimento, e pode ser difícil prever se um animal estará livre dessas doenças., então você deve encontrar um criador de confiança comprometido em criar os animais mais saudáveis ​​possà­veis. Deve ser capaz de produzir uma certificação independente que os pais do cão (e avós, etc.) foram examinados para esses defeitos e considerados saudáveis para a reprodução. É aí que entram os registros de saúde..

    Criadores cuidadosos examinam seus cães de criação para doenças genéticas e criam apenas os espécimes mais saudáveis e mais bonitos., mas às vezes a Mãe Natureza tem outras ideias e um filhote desenvolve uma dessas doenças apesar das boas práticas de reprodução.. Avanços na medicina veterinária significam que, na maioria dos casos, o cão ainda pode viver uma boa vida.. Se você vai ter um filhote, perguntar ao criador sobre as idades dos cães em sua linha ea causa da morte.

    Tenha em mente que mastiffs tibetanos amadurecem muito lentamente. Eles não atingirão o tamanho máximo até que tenham 3 - 5 anos de idade.

    Lembre-se que depois de levar um cachorro para casa nova, Ele tem o poder de proteger um dos problemas mais comuns de saúde: a obesidade. Manter um mastiff tibetano em um peso apropriado é uma das maneiras mais fáceis de prolongar sua vida. Aproveitar ao máximo suas habilidades preventivas para ajudar a garantir um cão mais saudável para a vida.

    O asseio “Mastiff tibetano”

    O Mastiff tibetano tem uma camada dupla longa e espessa, com machos com cobertura mais luxuosa que as fêmeas. O subpêlo pesado é macio e lanoso; a camada superior é reta com uma textura dura. A quantidade de cabelo no pescoço e ombros dá a Mastiff tibetano a aparência de ter uma juba. Sua cauda e “calças” (as coxas traseiras) eles também são fortemente cobertos. Não é necessário aparar nenhuma parte do casaco, a menos que você queira dar uma aparência mais limpa aos pés. Com escovação regular, não deve precisar de banhos frequentes.

    Escovar para Mastiff tibetano várias vezes por semana para remover pelos mortos e manter a pele e o pêlo saudáveis. Durante a estação da muda, você vai querer escová-lo diariamente para manter seu cabelo sob controle.

    O resto são cuidados básicos. Aparar pregos conforme necessário, normalmente a cada semana ou duas. Escove os dentes com frequência com uma pasta de dente de estimação aprovada pelo veterinário para boa saúde geral e respiração fresca.

    Imagens “Mastiff tibetano”

    Vídeos “Mastiff tibetano”

    Tipo e reconhecimentos:

    • CLASSIFICAÇÃO FCI:
    • Grupo :
    • Seção : . .

    Federações:

    FCI , AKC , ANKC , CKC , KC , NZKC , UKC

    Padrão da raça FCI "Mastiff tibetano (Mastiff tibetano)"

    FCIFCI - Mastiff tibetano (Mastiff tibetano)
    Mastim

    Nomes alternativos:

    1. Mastiff (inglês).
    2. Mastiff du Tibet (Francês).
    3. Tibetdogge, Tibetanische Dogge, Tibetmastiff (alemão).
    4. Mastiff tibetano (português).
    5. Dogo del Tíbet (espanhol).

    ▷ O mundo dos animais de estimação: Cães, gatos, aves, répteis, anfà­bios

    Bulmastife
    Gran Bretaña FCI 157 - Molossóides - Dogue

    Embora a natureza carinhosa e doce, o Bulmastife ele é um ótimo cão de guarda com uma mente própria.

    Bullmastiff

    Conteúdo

    Classificações do "Bulmastife"

    Coexistência é importante que você tem com seu novo amigo. Plantearte antes de adquirir uma raça de cão "Bulmastife" você sabe alguns fatores. Nem todas as raças de cães são capazes de viver em um apartamento, Você deve levar em conta a sua qualidade, sua necessidade de exercà­cio, sua interação com outros animais de estimação, seu cuidado e se você tiver crianças pequenas, o seu nà­vel de tolerância para com eles.

    Adaptação ⓘ

    Avaliado 3.0 fora de 5
    3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Cão amigável ⓘ

    Avaliado 1.0 fora de 5
    1.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Perda de pêlo ⓘ

    Avaliado 4.0 fora de 5
    4.0 fora de 5 estrelas (baseado em 30 avaliações)

    Nível de afeto ⓘ

    Avaliado 3.0 fora de 5
    3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Necessidade de exercício ⓘ

    Avaliado 2.0 fora de 5
    2.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Necessidade social ⓘ

    Avaliado 3.0 fora de 5
    3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Casa ⓘ

    Avaliado 3.0 fora de 5
    3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Cuidado ⓘ

    Avaliado 2.0 fora de 5
    2.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Amigável com estranhos ⓘ

    Avaliado 3.0 fora de 5
    3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Latindo ⓘ

    Avaliado 2.0 fora de 5
    2.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Saúde ⓘ

    Avaliado 5.0 fora de 5
    5.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Territorial ⓘ

    Avaliado 5.0 fora de 5
    5.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Amigo dos gatos ⓘ

    Avaliado 1.0 fora de 5
    1.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Inteligência ⓘ

    Avaliado 3.0 fora de 5
    3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Versatilidade ⓘ

    Avaliado 3.0 fora de 5
    3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Adequado para crianças ⓘ

    Avaliado 3.0 fora de 5
    3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Vigilância ⓘ

    Avaliado 2.0 fora de 5
    2.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    Alegria ⓘ

    Avaliado 5.0 fora de 5
    5.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

    História

    O Bulmastife É uma raça de cão britânica, como acreditava, vem a partir do cruzamento entre raças Mastim Inglês e Buldogue.
    A corrida teve origem oficial na Grã-Bretanha no final do século XIX e o primeiro padrão (descrição do conjunto de características raciais) dados de 1924, data em que foi adotada pela clube de canil britanico. Com posterioridade, o American Kennel Club, o Canadian Kennel Club, o Kennel Club Sheiko, o Australian Kennel Club e a própria Federation Cynologique Europèene elaboraram outros padrões, um conceito similar, embora, alguns deles apresentam algumas diferenças.

    No passado, o Bulmastife Foi usado na Inglaterra como guardiã dos campos de caça a grandes proprietários privados, a fim de prosseguir e apreender caçadores; o cão Peiki desenvolveu sua atividade de assédio e demolição empurrando os ladrões com o peso de seu corpo e jogá-los no topo, para imobilizá-los, sem o uso de sua boca poderosa. A razão para o ataque deste cão se materializar no uso da força corporal, mas não na mordida, foi dada pelas Leis Florestais que vigoram desde o século XII na Inglaterra..

    Vale dizer que mesmo quando a raça é oficialmente definida como originária do Reino Unido, a verdade é que há muito tempo antes de sua aprovação como tal corrida por parte do Kennel Club e a realização de seu padrão racial (que muito pouco mudou desde a sua adopção no ano 1924), a verdade é que na Península Ibérica existiam exemplares de morfologia semelhante, como evidenciado por gravuras de Goya (c.1800) e, ainda mais o óleo de grandes proporções, intitulado “Pátio de cavalos na antiga Praça de Madri, antes da tourada”, Manuel Castellanos, datando de 1853 e que retrata dois cães que bem poderiam passar por moderno Bullmastiff.

    Na verdade, muito antes, já existia “Bull cães” na Península Ibérica que foram muito apreciados pela sua bravura e poder; tanto que a própria Catalina de Aragón, Quando ele viajou para a Inglaterra para casar-se com Henrique VIII teve, como parte de sua regalia, vários desses animais a ser usado para além, passatempo que se tornou muito na moda e que continuou a ser muito apreciado nos tempos de Elizabeth I e María Estuardo.

    Características físicas

    Aspecto impor e eminentemente dissuasor, o Bulmastife é ossos boa do animal, peito amplo e profunda e poderosa para trás. Sua cabeça, Praça vista de qualquer ângulo., com orelhas mais escuras do que o manto e cor de preferência preta v, em que domina uma largura e comprimento médio de nariz, coberto com uma máscara preta que se estende no sentido e ao redor dos olhos que têm de ser igualmente escuro (preferência cor de avelã, Marrom, castanho escuro ou preto, nunca amarelo ou laranja), olhar intenso e profundo, é o seu principal e mais característico selo de identidade. Com cabelo curto, seu manto pode ser Griffon, abrangendo todos os tons de areia a vermelho fígado, ou distribuà­dos.

    o macho típico, quando atinge seu pleno desenvolvimento físico, para os anos de três e meio de idade, vem para medir entre 63,5 e 68,5 cm para a Cruz com um peso entre 49,5 e 59,5 kg. A fêmea adulta, completou dezoito meses, geralmente pesar 41 - 49,5 kg e medido entre 61 e 66 cm.

    Observações

    Limpeza e manutenção de uma Bulmastife é simples, porque ele é um cão de cabelo curto, com uma muda anual na Primavera. Uma sessão de cabelo escovagem vigoroso e na contramão, três vezes em uma semana será suficiente para manter o seu cabelo limpo e brilhante e impedir o odor corporal. Os banhos, Alterar o pH da pele são totalmente desaconsejados e se você já precisou banhar-se-lhe, é essencial fazê-lo com xampu de pH neutro e água morna, abundantemente esclarecido para remover todos os resà­duos de sabão e, em seguida, secagem completamente por todo o corpo.

    Caráter e habilidades

    ainda hoje, sua forma de ataque e defesa é característica, e é muito apreciado, porque bem medido de sua força e nunca os ataques para tirar sangue. E é essa caracterà­stica que a distingue de outras raças de trote que são muito mais facilmente e pedir-na mordida, Inferring enormes prejuà­zos com as suas presas, se outros cães, outros animais ou pessoas.

    É essencial que o exercício seja muito controlado durante a fase crítica do crescimento (até que o 15-16 os machos de meses e o 10 fêmeas meses), para evitar problemas músculo-esqueléticos em adultos. Por este motivo que você deve evitar o excesso de peso o cachorro.

    Formação no ataque é totalmente desaconselhável.

    Guardião inteligente, discreto, eficaz e com grande capacidade de discriminação, é pouco latindo, muito casa, e apenas moderadamente ativo, então ele se adapta perfeitamente à  vida-do-chão e cidade.

    Ao contrário de outras raças de trote, Caracteriza-se por aceitar ordens impostas a todos os membros da casa, mesmo os mais pequenos e não ser “cão de um proprietário apenas”, que facilita a sua coexistência com a famà­lia..

    Sabia?

    Embora a natureza carinhosa e doce, O Bullmastiff é um ótimo cão de guarda com mente própria. Assertiva necessita um proprietário experiente e. Os Bullmastiffs pode ser intencional e não é susceptà­vel de ser adiadas, uma vez que acorda.

    Bullmastiff Educação

    O que é importante é uma paternidade amorosa, mas consistente desde o primeiro dia. Uma escola de cães com treinamento de filhotes e desenvolvimento adicional é muito importante para os Bullmastiffs na socialização. Especialmente se você é mantido como um único cão. Todas as situações ambientais devem ser praticadas com ele primeiro, para que ele possa lidar com elas mais tarde com confiança.. O Bullmastiff pode ser bem motivado com sua voz e treinar com guloseimas. Depois de internalizar um comando, ficará feliz em fazê-lo.

    Cuidados e Saúde Bullmastiff

    O casaco do Bullmastiff é curto e grosso. Uma luva de espinha é ideal para remover pêlos soltos e uma escova apropriada é adequada para a limpeza do pêlo. As orelhas devem ser verificadas regularmente. Também é importante verificar regularmente se há carrapatos, pulgas e outros parasitas. Após cada passeio, limpe o cachorro. Se você encontrar um carrapato que já tenha mordido seu cão, você pode removê-lo com uma pinça de carrapato. Se você não se atreve a fazer isso, voce deveria ir ao veterinario. Se o cão balança a cabeça com frequência ou tenta coçar com a pata, uma caminhada até o veterinário é recomendada.

    Doenças específicas da raça

    O Bullmastiff pertence à s raças de cães pesados. A displasia da articulação coxofemoral é uma doença típica desta raça.. As chamadas canções rolantes (eco / entropión) também pode ocorrer, cadelas podem sofrer de tumores da glândula mamária. Lágrimas dos ligamentos cruzados podem ocorrer se ocorrerem muito cedo e houver muito estresse na idade do filhote / cão jovem.

    Nutrição / Alimentos

    O Bullmastiff é um “onívoro” e comer qualquer tipo de comida. Infelizmente também o que você encontra fora. Pelo contrário, está satisfeito com comida seca ou BARF e extras saborosos na tigela. Estes incluem queijo cottage, ovos e macarrão.

    Expectativa de vida em Bullmastiff

    A expectativa de vida do Bullmastiff varia. Desde que o Bullmastiff seja saudável e seja mantido e tratado adequadamente, tem uma alta expectativa de vida de 10 anos ou mais.

    Compre um Bullmastiff

    A decisão de um havanês deve ser longa e bem ponderada. Criadores sérios podem ser encontrados através da FCI (Federation Cynologique intenationale). É aconselhável entrar em contato com vários criadores e organizar uma visita. Um criador sério aceitará uma visita a si mesmo e a seus cães. Ele responderá a quaisquer perguntas que possam surgir e terá todos os documentos disponà­veis para inspeção.. Assim ambas as partes têm a possibilidade de se conhecerem e trocarem informações e tirarem uma fotografia da criação de cães e cachorros.. Um criador responsável continuará a acompanhar e apoiar seus filhotes e suas famà­lias..

    Depois de escolher um criador e todas as perguntas forem esclarecidas para sua satisfação, nada impede que um novo membro da famà­lia se mude.

    imagens Bulmastife

    Vídeos Bullmastiff

    Tipo e reconhecimentos:

    • CLASSIFICAÇÃO FCI:
    • Grupo :
    • Seção : . .

    Federações:

    FCI , AKC , ANKC , CKC , KC , NZKC , UKC

    Padrão da raça FCI "Bulmastife"

    Origem:
    Reino Unido

    Data de publicação do padrão original válido:
    13.10.2010

    Uso:

    cão de guarda



    Aparência geral:

    Construção poderosa e simétrica. Mostrar grande força, embora sua aparência não seja pesada. É um cão robusto e ativo.



    Comportamento / temperamento:

    É espirituoso, alerta e fiel. É forte, ativo, confiável e resistente.

    Cabeça:

    ---

    Região craniana:
    • Crânio: Visto de qualquer ângulo, o crânio é largo e quadrado. Muitas dobras podem ser vistas quando o cão mostra interesse, mas não quando está em repouso. Largo e profundo.
    • Nasofrontal depression (Stop): Pronuncia-se.

    Região facial:

    • Trufa: ampla; as janelas estão abertas. Chata; o perfil que está sendo ou apontou, ou levantada.
    • Focinho: Narinas bem abertas. É curto. A distância entre a ponta do nariz para os corresponde depressão naso-frontal, aproximadamente a um terço do comprimento da ponta do nariz para o centro do occipital. Largura é abaixo dos olhos e mantém aproximadamente a mesma amplitude da ponta do nariz. É obtuso e quadrados, formando um ângulo reto com a linha superior do rosto, e, ao mesmo tempo proporcional ao crânio.
    • Lábios: não são pingentes, e nunca abaixo do maxilar inferior.
    • mandíbulas / Dentes: Maxilar inferior largo até a ponta. Nà­vel (Bite em clipe, borda a borda) desejado, um ligeiro prognatismo inferior é aceito sem preferência. Os caninos são grandes e bem separadas. Outros dentes são fortes e bem aplicada em uma base regular.
    • Bochechas: As bochechas são volumosas.
    • Olhos: Escuro ou avelã, médias. Eles estão separados pela amplitude do focinho, Ele apresenta um ligeiro sulco mediano. Olhos claros ou amarelos são extremamente indesejáveis.
    • Orelhas: Eles são em forma de v, situam-se alta e dobrada; eles são bem separados ao nà­vel da parte de trás da cabeça, conferindo assim ao crânio uma aparência quadrada, o que é muito importante. As orelhas são pequenas e de cor mais escura que o resto do corpo. É quando o cão de alerta, as pontas das orelhas são do mesmo nà­vel dos olhos. Não aceitam as orelhas em rosa.

    Pescoço:

    bem arqueado, não muito longo e bem musculado; sua circunferência é quase igual ao do crânio.

    Corpo:

    • Voltar: Curto e direto, proporcionando uma aparência compacta, mas não tanto como a interferir com o movimento. Não aceita a volta cà´ncavo ou convexo.
    • Lombo de porco: Largo e musculado; flancos são bastante profundos.
    • No peito: Largo e profundo, bem descido entre os membros anteriores. Peitoril de profunda.

    Cola:

    Implementação de alta. É forte na base e diminui gradualmente até a ponta, atingindo o Hock. É em linha reta ou curvado, mas sem tipo "hound". A cauda curvada é muito indesejável.

    Extremidades

    MEMBROS ANTERIORES:

    • Aparência geral: Vista frontal separada apresentar uma frente direita.
    • Ombro: Inclinado, forte, muscular, Embora não sobrecarregado.
    • Metacarpo: Reto e forte.
    • Pés anteriores: bem arqueado. pé do gato com dedos arredondados e almofadas duras. Unhas escuras desejáveis. Dedos esmagados são muito indesejáveis.

    MEMBROS POSTERIORES:

    • Aparência geral: forte e musculoso.
    • Perna: É bem desenvolvido, denotando força e atividade.
    • Jarretes: Moderadamente angulado. Jarretes de vaca são uma falta grave.
    • Pés de volta: bem arqueado. pé do gato com dedos arredondados e almofadas duras. Unhas escuras desejáveis. Dedos esmagados são muito indesejáveis.

    Movimento:

    Denota a força e determinação. Quando eles se movem em linha reta, ou membros dianteiros, ou membros posteriores devem ser cruzados ou flexão. O membro anterior direito e membro posterior esquerdo devem levantar-se e ao mesmo tempo. O impulso vigoroso dos membros posteriores não altera a firmeza da linha do dorso, denotando assim um movimento harmonioso e equilibrado.

    Manto

    • Pelo: É curto e duro ao toque. Protege o animal contra as condições climáticas. É suave e perto do corpo. Cabelo longo, lanoso ou sedoso é muito indesejável.

    COR: Qualquer tonalidade de tigrado, Castanho ou vermelho; a cor deve ser pura e clara. Aceita uma pequena marca branca no peito, mas outras marcas brancas são indesejáveis. Máscara Negra é essencial, harmoniosamente juntando as manchas pretas ao redor dos olhos que contribuem para a expressão.



    Tamanho e peso:

    Altura à  Cruz :

    • Machos: 64 – 69 cm.
    • fêmeas: 61 66 cm.

    Peso:

    • Machos: 50 – 59 kg
    • fêmeas: 41 – 50 kg


    Falhas:

    Qualquer desvio dos critérios acima é considerado faltando e a gravidade é considerada o grau de desvio do padrão e seu impacto sobre a saúde e o bem-estar do cão.



    FALHAS DE DESCALIFICANTES:

    • Cão agressivo ou medroso.
    • Qualquer cão que mostre sinais claros de anormalidades físicas ou comportamentais deve ser desqualificado..


    N.B.:

    Os machos devem ter dois testículos de aparência normal totalmente descidos no escroto..



    TRADUÇÃO : Brígida Nestler / Versão original : (IN)
    Supervisão técnica : Miguel Ángel Martinez

    Fonte: F.C.I - Federação Cinológica Internacional

    Nomes alternativos:

    1. Bullmastiff (inglês).
    2. bull mastiff (Francês).
    3. Bullmastiff (alemão).
    4. Bullmastiff (português).
    5. Bullmastiff (espanhol).