▷ O mundo dos animais de estimação: Cães, gatos, aves, répteis, anfà­bios

Dogue canário
España FCI 346 - Molossóides . Dogue

Dogue canário

A agressividade de Dogue canário não deve ser estimulado demais. É um ótimo guardião e defensor sem a necessidade de treinamento.

Conteúdo

História

O Dogue canário É um moloso clássico. É o descendente de um antigo e nesta forma antiga raramente é encontrado na Europa Central hoje.. Tem muitos nomes: Presa Canario, Perro de Presa, Perro de Toro, Alano o Presa Canario. Cães do tipo atual Dogue canário eles existiam ainda atrás 200 anos em todo lugar. Eles eram os velhos saupackers, mordedores de urso, cães de guarda, cães açougueiros, os ancestrais do atual grandes dinamarqueses, bulldogs, boxers e mastines. Eles são cães extremamente fortes e volumosos, que ainda hoje se resumem a molossos. Eles já foram criados em tempos antigos e sempre foram muito apreciados. Eles foram usados ​​em grandes fazendas, com rebanhos animais ou, por exemplo, em navios mercantes, como cães de guarda e proteção, serviram como cães de pastoreio e como cães de caça para javalis ou ursos. Serviram governantes como Hamurabi como cães de guerra, eles os tinham esculpido em pedra em pleno reconhecimento 3700 anos.

Devido à  sua força, coragem e determinação, têm sido usados ​​como cães de combate nas arenas de brigas de animais desde os tempos romanos. Os molossianos têm uma cabeça de comando com um focinho bastante curto e lábios longos.. As orelhas são geralmente usadas penduradas. De acordo com as tradições da antiguidade em palavras e imagens, as principais características do molosso permaneceram essencialmente as mesmas por milhares de anos, mas nos últimos séculos e especialmente devido à moderna criação de cães, o tipo clássico de molosser foi perdido até certo ponto. Em casos extremos, formas estranhas foram criadas com muitas dobras ou focinhos extremamente curtos, como bulldogs ou gigantes como ele Dogue alemão ou o Mastim. O cão ainda é criado em sua terra natal apenas por seu desempenho no trabalho.

Portanto, as chances são de que o Dogue canário ainda personifica o tipo Molosoide como era comum antigamente. É claramente reconhecido como trote, mas não sofre de exageros cultivados de quaisquer características ou traços corporais. Só posso esperar que continue assim. Infelizmente, criadores estão muito em desacordo com Dogue canário. Eles nem conseguiram concordar com um nome e um cartório. A partir de 1991 foi oficialmente considerado como “O cão Canary Presa” entre os símbolos naturais das Ilhas Canárias. Enquanto isso em 2001 o Ministério da Agricultura espanhol reconheceu esses cães como uma raça nacional também sob o nome de Dogue canário, os mesmos cães foram então provisoriamente reconhecidos como Canário Dogo pela federação mundial FCI em 2001 e finalmente em 2011. Outros nomes são Perro de Presa y Alano. Alano É uma palavra antiga que significa great dane.

Características físicas

O Dogo Canario, Perro de Presa, Perro de Toro, Alano o Presa Canario – todas as designações para o mesmo amigo de quatro patas – ele é um cão elegante que irradia poder atlético. Ele é atlético, muscular, molosso alongado, mas típico.

A relação crânio-focinho é de aproximadamente 6:4. O lábio superior repousa um pouco flácido no inferior. Os olhos, médias, eles são ovais e avelã, as orelhas, alta, eles são separados um do outro e têm a forma de um botão; eles são amputados apenas para lembrar sua função original como cão de combate. O pescoço., longo e musculoso, mostra uma ligeira barbela. A cauda é implantada alta: espessura na base, está sintonizado ao extremo. a barriga está retraída, mas as últimas costelas se destacam apenas ligeiramente, dando uma forma de harpa harmoniosa. Membros são resistentes, musculoso e perfeitamente prumo; angulação dos membros posteriores não é muito acentuada.

A diferença entre os bulldogs masculinos e femininos desejados pelo padrão FCI é, portanto, extraordinariamente grande. De qualquer forma, desejos deste padrão de aparência externa não devem ser levados tão a sério.

Porque felizmente essa raça de cachorro originalmente preservada, robusto e saudável estabeleceu seu padrão “Sozinha”, mais exatamente pelo desempenho no trabalho, e manteve na prática da vida até hoje. A gente, que agora quer colocá-lo em um padrão de criação moderna de cães com pedigree, nem concordo com o princà­pio, como podemos ver em sua história da raça. A criação moderna de cães com pedigree não fez bem a nenhuma raça de cachorro, tanto em termos de saúde e caráter. Nos velhos tempos, o Bulldog equipado com prazer para os ouvidos, de modo que eles se projetassem para cima. Isso agora é proibido. Hoje eles mostram grandes orelhas caídas..

  • Pelo: curto, sem subpêlo, bem difà­cil.
  • Cor: leonado ou atigrado. Os espécimes malhados têm uma ampla gama de cores, de muito escuro a um cinza claro com um tom bastante frio.
  • Tamanho: machos, de 61 - 66 cm; fêmeas, de 57 - 62 cm.

Personagem

O Dogue canário é um cão tranquilo, equilibrado e seguro de si. Ele é um atleta poderoso e defensivo que pode mostrar seu desempenho a qualquer momento. Como todos os molossos, ele é extremamente gentil, tem nervos fortes e um alto limiar de estímulo. Contudo, ele está mais ansioso para se mover e não tão letárgico quanto a maioria dos molossos hoje criados apenas como companheiros. Um Dogue canário Bem socializado é amigável com pessoas que conhecem e gostam de crianças. É muito sociável. Para estranhos é a princà­pio um pouco distante, sem medo. Ele é um guardião incorruptà­vel, destemido e protetor de sua família sem ser agressivo. O padrão FCI descreve o caráter desejado pela raça:

Aparência calma; olhar alerta. É especialmente adequado como cão de guarda… Seu temperamento é equilibrado e ele é muito autoconfiante.. Latidos profundos. Ele é dócil e gentil com seus familiares e tem fortes laços com seu mestre, mas você pode suspeitar de estranhos. Comportamento autoconfiante, elegante e um pouco distante. Quando você está alerta, sua atitude é confiante e alerta.

Deve-se acrescentar que o Dogue canário rara vez ladra. Mas se ele late uma vez, é bem legal.

Ginástica

O Dogue canário é pouco exigente em termos de condições externas. É claro: um pequeno apartamento na cidade grande não seria ideal para sua atitude. Mas, além disso, é fácil manter. É também um cão de trabalho, um guarda, um motorista, um cão de caça para caçar javalis. O Dogue canário é adequado como cão de famà­lia apenas com a condição de que seja bem socializado, bem educado e fisicamente apto. Você também deve levar em consideração um fato: É considerado um “cachorro perigoso” em muitos países.

Dogue canário Educação

O Dogue canário pode ser treinado bem, mas ainda não é um cão iniciante. Ele é inteligente, muito sociável e ansioso para trabalhar. Mas, ao mesmo tempo, ele é muito poderoso e assertivo. Em caso de dúvida, sempre a extremidade mais forte da tira. Portanto, seu mestre ou zelador não deve deixar dúvidas sobre seu papel como líder e isso com base na autoridade natural. Portanto, este cão deixará de bom grado o papel principal para seus bípedes sem reservas.. Mas deve ser preenchido. O Dogue canário é até adequado para tarefas exigentes, como treinamento como cão de assistência ou proteção. O requisito básico é que venha de um criador sério e que já tenha sido socializado lá..

Dogue canário saúde e cuidados

O Dogue canário não tem exigências especiais em seu atendimento.

doenças típicas

Doenças específicas da raça não são conhecidas.. Devido à sua ainda curta carreira como cão de pedigree oficial, pode-se supor que a população do Dogo Canario, Presa Dog ou Presa Canario – Seja como for que essa raça antiga de cachorro seja chamada – goza de saúde robusta.

Nutrição / Alimentação

O Dogue canário não tem exigências especiais em sua dieta.

expectativa de vida Dogue canário

Não há números confiáveis ​​sobre a expectativa de vida. criado a sério, o Dogue canário deveria poder viver 10 - 12 anos.

Compre um Dogue canário

Antes de fazer uma compra, é preciso estar ciente de que a atitude restritiva do Estado pode causar muitos problemas na vida cotidiana e encargos financeiros adicionais. O Dogue canário É um cão grande e poderoso que pertence às mãos de um mestre ou amante experiente.. O custo de um Dogue canário é de alguns 1200 EUR.

Classificações do "Dogue canário"

Coexistência é importante que você tem com seu novo amigo. Plantearte antes de adquirir uma raça de cão "Dogue canário" você sabe alguns fatores. Nem todas as raças de cães são capazes de viver em um apartamento, Você deve levar em conta a sua qualidade, sua necessidade de exercà­cio, sua interação com outros animais de estimação, seu cuidado e se você tiver crianças pequenas, o seu nà­vel de tolerância para com eles.

Adaptação ⓘ

Avaliado 4.0 fora de 5
4.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Cão amigável ⓘ

Avaliado 1.0 fora de 5
1.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Perda de pêlo ⓘ

Avaliado 3.0 fora de 5
3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Nível de afeto ⓘ

Avaliado 4.0 fora de 5
4.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Necessidade de exercício ⓘ

Avaliado 4.0 fora de 5
4.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Necessidade social ⓘ

Avaliado 1.0 fora de 5
1.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Casa ⓘ

Avaliado 3.0 fora de 5
3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Cuidado ⓘ

Avaliado 2.0 fora de 5
2.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Amigável com estranhos ⓘ

Avaliado 2.0 fora de 5
2.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Latindo ⓘ

Avaliado 3.0 fora de 5
3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Saúde ⓘ

Avaliado 4.0 fora de 5
4.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Territorial ⓘ

Avaliado 5.0 fora de 5
5.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Amigo dos gatos ⓘ

Avaliado 2.0 fora de 5
2.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Inteligência ⓘ

Avaliado 4.0 fora de 5
4.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Versatilidade ⓘ

Avaliado 2.0 fora de 5
2.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Adequado para crianças ⓘ

Avaliado 2.0 fora de 5
2.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Vigilância ⓘ

Avaliado 5.0 fora de 5
5.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Alegria ⓘ

Avaliado 3.0 fora de 5
3.0 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Imagens do "Dogue canário"

Fotos:

1 – Cão Presa das Canárias – Dogo canario por Kamen rider snipe / CC BY-SA
2 – Cão Presa Canario – Dogo Canario por Dragão de manjericão / CC BY-SA
3 – Presa Canario por https://pxhere.com/es/photo/732874
4 – Buldogue das Canárias, editado por Canecorsodog (en. wikipedia) editado por Caronna 12:25, 6 fevereiro 2008 (UTC) / CC BY-SA
5 – Zai-Kan de Irema Curtó. Perro de presa canário byManuel Curtó Jr. / CC BY-SA
6 – Presa Canario por Wikipédia
7 – Presa canario dog por https://pxhere.com/es/photo/75916

Và­deos do "Dogue canário"

Tipo e reconhecimentos:

  • CLASSIFICAÇÃO FCI: 346
  • Grupo 2: Cães do tipo Pinscher e Schnauzer, Molossóides e Cães de Montanha, e Boiadeiros Suiços
  • Seção 2.1: Molossóides, Tipo Mastife. Sem prova de trabalho..

Federações:

  • FCI – Cães do tipo Pinscher e Schnauzer-Molossoide – Cães de Montanha e Boieiros Suiços. Seção 2.1 Molossóides, Tipo Mastife.
  • AKC – FSS
  • UKC – Cão de guarda

Padrão da raça FCI "Dogue canário"

Origem:
Espanha

Data de publicação do padrão original válido:
26.11.2018

Uso:

Cão de guarda e cuidar do gado.



Aparência geral:

Cão molossoide grande de tamanho médio, perfil reto e máscara preta. Robusto e bem proporcionado.

PROPORà‡à•ES IMPORTANTES: O corpo é mais longo que a sua altura na cernelha. Essa característica é mais acentuada no sexo feminino..

A proporção do crânio para a antecara é 60-40 %. A largura do crânio é 3/5 o comprimento total da cabeça. A distância do cotovelo ao chão deve ser 50 % altura na cernelha nos machos e um pouco menos nas fêmeas.



Comportamento / temperamento:

Olhar calmo, expressão atenta. Especialmente adequado como cão de guarda e tradicionalmente usado para cuidar de gado. Temperamento equilibrado e muito autoconfiante. Casca baixa e profunda. Obediente e dócil com os membros da famà­lia, muito dedicado ao seu mestre, mas pode ser reservado com estranhos. Fitness confiante, nobre e um pouco distante. Quando ele está alerta, sua postura é firme com uma atitude alerta.

Cabeça:

Sólido, aparência braquicefálica e compacta, coberta de pele espessa. Sua forma tende a um cubo ligeiramente alongado. linhas do crânio- faciais são paralelos ou ligeiramente convergentes.

Região craniana:
  • Crânio: Um pouco convexo na direção anteroposterior e transversal. O osso frontal tende a ser achatado. A largura é quase idêntica ao seu comprimento.
    Arcos zigomáticos pronunciados com bochechas e músculos da mandíbula bem desenvolvidos, mas não proeminentes, coberto de pêlos soltos. Colisão occipital apenas ligeiramente marcada.
  • Stop: A parada é pronunciada, mas não abrupta. A dobra entre os lobos frontais é bem definida e aproximadamente dois terços do tamanho do crânio.

Região facial:

  • Trufa: ampla, preto fortemente pigmentado. Na mesma linha do focinho. Narinas grandes para facilitar a respiração.
  • Focinho: Mais curto que o crânio, geralmente sobre o 40 % do comprimento total da cabeça. Largura é 2/3 a largura do crânio. Sua base é muito larga, afilando levemente em direção ao nariz. Nariz plano e reto, sem ranhuras.
  • Lábios: O lábio superior está pendurado, mas não excessivamente. Visto de frente, os lábios superior e inferior se unem para formar um V invertido. As arestas são ligeiramente divergentes. O interior dos lábios está escuro.
  • mandíbulas / Dentes: Mordedura em tesoura ou ligeiramente prognática, max. 2 mm. A mordida da pinça é aceita, mas não desejada, devido ao desgaste dos dentes. Os caninos têm uma grande distância transversal. Os dentes são largos com forte base de implantação. Molares grandes, pequenos incisivos e caninos bem desenvolvidos.

OLHOS: Ligeiramente oval, médio a grande. Posicionados bem separados, mas nunca caà­dos ou salientes. Pálpebras pretas apertadas, nunca caiu. A cor varia de marrom escuro a marrom médio, dependendo da cor da pelagem. Eles nunca devem ser claros.

ORELHAS: Tamanho médio, bem separados com cabelo curto e fino. Cair naturalmente em ambos os lados da cabeça. Se são dobradas, têm o formato de uma rosa. Sua inserção é um pouco acima do nà­vel dos olhos. Orelhas com inserção muito alta ou próximas são consideradas incomuns. Em países onde a amputação é permitida, eles devem estar eretos.

Pescoço:

Menor que o comprimento da cabeça. Pele na parte inferior solta formando uma ligeira barbela. Sólido e reto, tende a ser cilíndrico e musculoso.

Corpo:

Longo, largo e profundo.

  • linha superior: Reto, sem deformações suportadas por músculos bem desenvolvidos, mas imperceptíveis. Subindo ligeiramente da cruz até a garupa. A altura na garupa é 1 – 2 cm maior que a altura na cernelha.
  • Alcatra: comprimento médio, largo e arredondado. Não deve ser longo porque limitaria seu movimento. As fêmeas são geralmente mais largas.
  • No peito: Grande capacidade e músculos peitorais bem definidos. Visto de frente e de perfil, deve ser baixado, pelo menos até o nà­vel do cotovelo. A circunferência torácica é geralmente igual à altura na cernelha mais 45 %. costelas bem arqueadas.
  • Linha inferior e barriga: Levemente coletado e nunca abaixado. Os flancos são apenas ligeiramente pronunciados.

Cola:

Espessa na base afinando em direção à  ponta, atingindo não mais do que a altura do jarrete. Inserção do meio. Durante o movimento, levanta-o na forma de um sabre, mas sem inclinar-se ou inclinar-se nas costas. Em repouso, ele fica à  direita com uma ligeira curva no final.

Extremidades

MEMBROS ANTERIORES:

  • Ombro: Com boa inclinação.
  • Brazos: bem angulado, oblà­qua.
  • Antebraço: bem equilibrado, direito. Ossos fortes e boa musculatura.
  • Cotovelos: Eles não devem ser colados à s costelas ou abertos para o exterior. Metacarpo: Muito sólido e levemente inclinado.
  • Pés anteriores: Pé de gato com dedos arredondados, não muito perto.
    As almofadas para os pés são altamente desenvolvidas e pretas. Unhas são escuras. Unhas brancas devem ser evitadas, embora isso possa acontecer de acordo com a cor da pelagem.

MEMBROS POSTERIORES:

  • Aparência geral: Visto por trás forte e paralelo sem desvios.
  • coxas: Longo e muito musculoso.
  • Joelho: A angulação não é muito pronunciada, mas não deve ser insuficiente.
  • Metatarsos: Sempre bem descido.
  • Pés de volta: Ligeiramente mais compridos que os dianteiros e com características semelhantes.

Movimento:

Durante o movimento, o Presa Canario é ágil e elástico, cobrindo bem o terreno. Passo longo. A cauda é abaixada e a cabeça é levemente elevada acima do nà­vel das costas. Quando você está alerta, a cauda e a cabeça são carregadas altas.

Manto

PELE: Grosso e elástico. Mais folgado ao redor do pescoço. Quando alerta, a pele da cabeça forma dobras simétricas que se formam a partir da dobra entre os lobos frontais..

  • Pelo: Curta, áspero, liso sem subpêlo (pode aparecer no pescoço e na parte de trás da coxa). Bastante áspero ao toque. Muito curto e fino nas orelhas, ligeiramente mais longo na cernelha e na parte de trás das coxas.
  • Cor: Todas as tonalidades de castanho a areia, do marrom escuro ao cinza claro ou loiro. Todas as tonalidades de malhado a areia. Marcas brancas são aceitas no peito, na base do pescoço ou garganta, pés dianteiros e dedos traseiros, mas isso deve ser mínimo. A máscara é sempre preta e não deve ser espalhada acima do nà­vel dos olhos.


Tamanho e peso:

elevado à cruz:

  • Machos: 60 - 66 cm.
  • fêmeas: 56 - 62 cm.

No caso de exemplares muito típicos, serão aceitos 2 tolerância cm acima ou abaixo dos limites.

peso mínimo:

  • Machos: 50 Kg.
  • fêmeas: 40 kg.

Peso máximo:

  • Machos: 65 kg.
  • fêmeas: 55 kg.


Falhas:

Qualquer desvio dos critérios acima é considerado faltando e a gravidade é considerada o grau de desvio do padrão e seu impacto sobre a saúde e o bem-estar do cão.

Bite em clipe

FALTAS SEVERAS:

Qualquer falha é considerada grave quando afeta a expressão e limita o tipo de cão..
Proporções incorretas da cabeça
Linhas craniofaciais extremamente convergentes (pare muito à­ngreme)
Lombo e cruz na mesma altura
Posição incorreta do membro
Perfil quadrado.
Cabeça triangular, fechar (não cubo)
Cauda fina, threaded. Inserção alta.
Costas afundadas ou encharcadas.
Olhos claros (amarelo), muito perto um do outro ou oblà­quo, afundado ou abaulado
Mordida excessivamente prognática.
Máscara insuficiente.
Ausência de dentes (Excepto P 1)

FALHAS DE DESCALIFICANTES:

Agressividade ou extrema timidez.
Qualquer cão que mostre sinais claros de anormalidades físicas ou comportamentais.
Nariz totalmente nonpigmented.
Marcas brancas não aceitas.
Mordida: enognática.
Garupa menor que a cruz. linha superior inclinada.
Olhos azuis ou com diferença de tonalidade.
Cola amputada.



N.B.:
  • Os machos devem ter dois testículos de aparência normal totalmente descidos no escroto..
  • Apenas cães funcional e clinicamente saudáveis, com a conformação típica da raça, deve ser usado para reprodução.

    TRADUÇÃO: Brígida Nestler

Supervisão técnica: SR. Miguel Ángel Martinez

Fonte: F.C.I - Federação Cinológica Internacional

Nomes alternativos:

1. Canary Mastiff, Canary Catch Dog, Canarian Dogo, Presa Canario.Dogo Canario, Presa (inglês).
2. dogo Canario (Francês).
3. Presa Canario, Kanarische Dogge (alemão).
4. Perro de presa canário, Dogo canário (português).
5. Perro de presa canario (espanhol).

Deixar um comentário