Sabujo-montanhês-da-baviera
Germany FCI 217 . Farejadores de Rastro de Sangue

Sabujo-montanhês-da-baviera

O Sabujo-montanhês-da-baviera é muito suspeito de estranhos, Estou calmo e equilibrado com seu dono.

Conteúdo

História

O Sabujo-montanhês-da-baviera é um cão de caça de tamanho médio. Ele é um especialista altamente desenvolvido, mas ao mesmo tempo versátil na caça. Rastrear o trabalho é sua especialidade. Domine a busca e a caça e principalmente o rastreamento. Na trilha, acompanhe um animal ferido. O trabalho canino rápido e infalível é crucial para reduzir o sofrimento da presa.

O Sabujo-montanhês-da-baviera remonta a raças de cães antigas. Esses cães também são chamados “Bracken”. Para caçar, que foi um meio de vida importante para nossos ancestrais por milhares de anos, cães com um olfato particularmente bom e um sentido de detecção inteligente eram de grande importância. Os cães rastreadores também eram necessários para caçar criminosos.

Para os teutões um bom Sabujo valia mais que um cavalo. Isso é atestado por um texto legal de mais de 1000 anos de idade, el Lex Baiuwariorum. Um documento do ano 1459 mais tarde, atesta a doação de Bracken ao mosteiro Tegrinsee (hoje Tegernsee) por um conde Kaspar Törring. Já naquela época a contagem aumentava sistematicamente o Bracken de acordo com um livro genealógico. O real Sabujo-montanhês-da-baviera também descende destes Bracken.

Em 1870 ele também cresceu Cão-farejador-de-hanôver. Isso resultou em um ajudante moderno e versátil para o ranger e o caçador.. Os cães tiveram que se distinguir por seu alto desempenho na caça. Ao mesmo tempo, eles tiveram que lidar com as duras condições nas montanhas. Por conseguinte, pedras afiadas não podiam incomodá-los tanto quanto as tempestades, neve ou alta demanda em sua habilidade de escalar. Em 1883 realizou-se a primeira exposição oficial do Sabujo-montanhês-da-baviera. Em 1912 foi fundada a Klub für Bayerische Gebirgsschweißhunde, que desde então tem tido muito sucesso em cuidar desses cães.

Após a Segunda Guerra Mundial, o gargalo genético foi trabalhado cruzando para o Braco tirolês. Embora a raça seja muito rara, está espalhado por toda a Alemanha. Sua criação é organizada de forma muito responsável. Evitar “criação de elite ou campeã” o número de descendentes de um animal de fazenda é limitado a 18 - 20. Por outro lado, pelo menos um animal de cada ninhada criada deve ser reintroduzido na raça se não houver sinais de doenças hereditárias. Além disso, a reprodução só é permitida com cães que passaram nos testes de desempenho. A criação do Sabujo-montanhês-da-baviera é um modelo, um projeto, como criar cães saudáveis ​​e fortes com pedigree, mesmo com uma população numericamente muito pequena. Eles são criados entre 10 e 12 ninhadas com 60 - 80 cachorros por ano. Isso vai quase apenas para as mãos profissionais de guardas florestais e caçadores profissionais.

Foto: Bavarian Mountain Hound (name: Zoran Spod Ruskiej Granicy) por Ralf Lotys (Definitivamente), CC POR 2.5, via Wikimedia Commons

Características físicas

O Sabujo-montanhês-da-baviera É um cão forte, médias, com uma altura na cernelha de cerca de 44 - 52 cm e um peso de 17 - 30 kg. Sexo masculino, No entanto, eles são maiores e mais pesados ​​que as mulheres. Para o seu tamanho, tem pernas bastante curtas. O padrão descreve sua aparência desta forma:

Um cachorro de tamanho médio, harmonioso, luz, muito ágil e musculoso. O corpo é um pouco mais longo do que alto, ligeiramente levantado por trás; inclina-se sobre as pernas não muito alto. A cabeça é portada horizontalmente ou um pouco ereta, cauda horizontal ou inclinada para baixo.

A pelagem deve ser densa, suave, moderadamente áspero, baixo brilho. O padrão requer as seguintes cores:

Vermelho escuro, cervo vermelho, Castanho avermelhado, vermelho amarelado, também amarelo pálido (até a cor da areia); cinza avermelhado como o cabelo de inverno do veado vermelho, também tigrado ou manchado de preto.
Nas costas, a cor básica é geralmente mais intensa. Focinho e orelhas escuras.
A cauda quase sempre é pontilhada escura. Um pequeno ponto claro é permitido no peito (estrela de caça).

O significado é: As cores devem camuflar o cão em seu trabalho de caça e não denunciá-lo, por exemplo com grandes marcas brancas.

Caráter e habilidades

O Sabujo-montanhês-da-baviera é um cão de caça puro-sangue com sentidos bem despertos, mas sem nervosismo. Contanto que você não tenha um cheiro no nariz, impressiona com uma natureza atenciosa, quieto e extremamente gentil, que irradia pura desaceleração para nós humanos. O padrão oficial descreve sua natureza da seguinte maneira: “Calmo e equilibrado; carinhoso com seu dono, reservado com estranhos. O que é necessário é um cachorro estável, auto-confiante, destemido e fácil de lidar, Nem tímido nem agressivo”.

O Sabujo-montanhês-da-baviera é um cão de trabalho muito capaz que realiza suas tarefas com consciência e dedicação.. Tem um forte instinto de pesquisa e é mestre em rastreamento. Explorar a natureza com ele é, Por conseguinte, uma experiência muito especial e felicidade. O Sabujo-montanhês-da-baviera, gerido profissionalmente, também é um cão de família muito bom com uma natureza gentil.

Atitude

A Sabujo-montanhês-da-baviera não é um cão de companhia para a cidade ou para passeios na natureza, mesmo que sejam diariamente. Não é um cachorro para a casa, mas um cão de caça profissional que deseja e precisa do emprego. Caso contrário, a atitude dele é completamente pouco exigente. Por conseguinte, o ideal seria você morar em uma casa na orla da floresta ou no campo com um jardim.

O Sabujo-montanhês-da-baviera quer e pode sair em todos os climas. A norma fornece informações sobre as condições de sua manutenção:

“De acordo com seu propósito de caça como especialista em rastreamento de caça de casco fendido, o Sabujo-montanhês-da-baviera deve possuir todas as qualidades exigidas para ser útil em um acompanhamento difícil. A utilidade deve ser comprovada por testes de desempenho apropriados”.

Educação “Sabujo-montanhês-da-baviera”

O Sabujo-montanhês-da-baviera é um amigo de quatro patas muito amigável e ansioso para aprender, que torna mais fácil para seu dono treinar e trabalhar com ele. Porque você quer e precisa deste guia. Mas não é um cachorro que espera ordens de seu dono. Uma vez que os cães foram autorizados a se reproduzir por muitas gerações apenas se eles dominassem muitos testes de desempenho exigentes, seu nível de treinamento é extremamente alto. Isso é ao mesmo tempo uma obrigação para a liderança deste cão. Porque você precisa do trabalho de caça, onde é bom. Seu elemento é o trabalho de pesquisa. Aqui, ele o levou ao domínio absoluto, você também precisa viver. No entanto, você deve levar isso em consideração se estiver brincando com a ideia de compartilhar sua vida com um Sabujo-montanhês-da-baviera como não um caçador.

Cuidados e saúde

A raça é muito fácil de cuidar. Escovar de vez em quando é o suficiente.

Doenças típicas da raça:

Doenças hereditárias não são conhecidas.

Nutrição / Alimentação

O Sabujo-montanhês-da-baviera é pouco exigente em sua dieta.

Expectativa de vida

O Sabujo-montanhês-da-baviera tem uma expectativa de vida de cerca de 12 anos.

Compre um “Sabujo-montanhês-da-baviera”

Se você está procurando um cachorro desta raça, você deve entrar em contato com um criador afiliado ao Clube Bávaro del Sabujo-montanhês-da-baviera bem antes de sua compra planejada. Como uma regra, cães são manipulados apenas por rangers ou caçadores. De vez em quando, No entanto, pode acontecer que um cachorro esteja procurando outro lugar. Mas então você deve ser capaz e estar disposto a dar a ele condições de vida que possam ser um substituto para seu modo de vida apropriado para a espécie. Um cachorro desta raça custa cerca de 1500 EUR.

Classificações do “Sabujo-montanhês-da-baviera”

Coexistência é importante que você tem com seu novo amigo. Plantearte antes de adquirir uma raça de cão “Sabujo-montanhês-da-baviera” você sabe alguns fatores. Nem todas as raças de cães são capazes de viver em um apartamento, Você deve levar em conta a sua qualidade, sua necessidade de exercício, sua interação com outros animais de estimação, seu cuidado e se você tiver crianças pequenas, o seu nível de tolerância para com eles.

Adaptação ⓘ

Avaliado 3 fora de 5
3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Ⓘ Cão amigável

Avaliado 4 fora de 5
4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

A perda de cabelo ⓘ

Avaliado 3 fora de 5
3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Nível de afeto ⓘ

Avaliado 4 fora de 5
4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Necessidade de exercício ⓘ

Avaliado 4 fora de 5
4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Necessidade social ⓘ

Avaliado 3 fora de 5
3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Casa ⓘ

Avaliado 2 fora de 5
2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Sanita ⓘ

Avaliado 2 fora de 5
2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Amigável com estranhos ⓘ

Avaliado 2 fora de 5
2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Cascas ⓘ

Avaliado 4 fora de 5
4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Saúde ⓘ

Avaliado 3 fora de 5
3 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

ⓘ Territorial

Avaliado 4 fora de 5
4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Amigável com gatos ⓘ

Avaliado 2 fora de 5
2 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Inteligência ⓘ

Avaliado 4 fora de 5
4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Versatilidade ⓘ

Avaliado 4 fora de 5
4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Crianças amigável ⓘ

Avaliado 4 fora de 5
4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Vigilância ⓘ

Avaliado 4 fora de 5
4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Alegria ⓘ

Avaliado 4 fora de 5
4 fora de 5 estrelas (baseado em 1 Reveja)

Imagens do “Sabujo-montanhês-da-baviera”

Fotos:

1 – Bavarian Mountain Hound, female and male por Canárias, CC BY-SA 3.0, via Wikimedia Commons
2 – “Sabujo-montanhês-da-baviera” por Wikimedia
3 – A Bavarian Mountain Scenthound por Canárias, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons
4 – Bavarian Mountain Hound during show of dogs in Rybnik – Kamień, Poland por Pleple2000, CC BY-SA 4.0, via Wikimedia Commons
5 – Kafka und Frodo beim ersten Outdoor Treffen und Grillen bei Audigast. Februar 2014. Kafka ist ein Magyar Vizsla und Frodo ein Bayerischer Gebirgsschweißhund por Andreas Kruger
6 – Bavarian Mountain Hound por Pleple2000, CC BY-SA 3.0, via Wikimedia Commons

Vídeos do “Sabujo-montanhês-da-baviera”

Tipo e reconhecimentos:

  • CLASSIFICAÇÃO FCI: 217
  • Grupo 6: – Sabujos Farejadores e Raças Assemelhadas.
  • Seção 2: Farejadores de Rastro de Sangue. Com prova de trabalho.

Federações:

  • FCI – Grupo 6: Sabujos, farejadores e raças assemelhadas. – Seção 2: Farejadores de Rastro de Sangue.
  • AKCGrupo FSS
  • KCCazadores
  • UKCScenthounds

Padrão da raça FCI “Sabujo-montanhês-da-baviera”

FCI Padrão No. 217 / 25.09.1996 / E
BAVARIA MOUNTAIN TRACKER(Cão de Soldagem da Montanha da Baviera)
TRADUCCION : Federação Canófila Mexicana a.c..
ORIGEM : Alemania.
DATA DE PUBLICAÇÃO DO PADRÃO ORIGINAL VÁLIDO : 01.04.1996.

UTILIZAÇÃO :

Cão de trilha.

CLASSIFICAÇÃO FCI :

  • Grupo 6 Sabujos, cães rastreadores (exceto Lebreles) e raças afins.
  • Seção 2 Farejadores de Rastro de Sangue. Com prova de trabalho.

BREVE RESUMO HISTÓRICO : Todos os cães-guia e farejadores vêm do cão de caça mais velho, o hound. Todos os cães puros têm um nariz muito fino para procurar a trilha, possuem grande confiança e disposição para rastrear e latir sem vacilar durante a caça. Originalmente, os cães mais confiáveis ​​e seguros foram escolhidos do pacote e, preso com uma alça, eles estavam procurando a pista perdida do animal selvagem que estava sendo caçado. Destes cães mais calmos e dóceis, cães-guia foram criados mais tarde (com quem um rastreamento saudável foi trabalhado, frio e natural) e os cães farejadores (direcionado para a pista do animal ferido, os chamados "rastreadores corrompidos"). Através de cruzamentos com raças relativamente próximas do ponto de vista genético, feito no final do século 18 e início do século 19, o atual surgiu Cão-farejador-de-hanôver. Após a Revolução de 1848, quando os grandes distritos se desintegraram e os antigos métodos de caça foram substituídos pela caça com armas de fogo aperfeiçoadas, como a espingarda e a paranza, o cachorro foi usado "após o tiro". Mas a especialização do trabalho com guia segura não poderia ser dispensada, da caça com latidos, de perseverança e resistência nos distritos montanhosos.
Em tais lugares, O cão de rastreamento de Hannover foi considerado muito pesado. A fim de alcançar essas características desejáveis ​​também em difíceis regiões montanhosas, Baron Kara-Bebenburg, Reichenhall, criado depois 1870 para o cão de trilha de montanha mais leve, nobre e autêntico ao cruzar rastreadores de Hannover com cães da montanha vermelha. Esses cães cada vez mais deslocaram outras raças dos distritos montanhosos, de modo que o Bavarian Highland Trace Dog se tornou o companheiro clássico do caçador profissional e dos guardas florestais. Em 1912 Fundado o "Bavarian Mountain Trackers Club", com sede em Munique. É a única associação reconhecida na Alemanha para a criação de rastejadores de montanha da Baviera..

OLHAR GERAL :

É um cão geralmente harmonioso, mais rápido, muito ativo e musculoso, médias. O corpo é um pouco alongado e elevado na região posterior ; fica em membros muito longos. A cabeça é horizontal ou ligeiramente ereta ; tem a cauda transportada horizontalmente ou ligeiramente inclinada para baixo.

TEMPERAMENTO / COMPORTAMENTO : Ele é calmo e equilibrado ; apegado ao seu dono e desconfiado de estranhos. O cão deve ser firme, auto-confiante, dóceis e sem medo, sem ser tímido ou agressivo.

CABEÇA

REGIÃO CRANIANA : Relativamente largo, um pouco arredondado, com uma testa bem marcada, arcadas superciliares bem desenvolvidas e protuberância occipital rasa.

  • Nasofrontal depression (Stop) : Marcado.

REGIÃO FACIAL

  • Trufa : Bom tamanho, não muito largo, narinas bem abertas, preto ou vermelho profundo.
  • Focinho : Um pouco partido na frente dos olhos, ligeiramente mais curto que o crânio, Largo o bastante, não é pontiagudo. A ponte do nariz é ligeiramente arqueada ou reta.
  • Lábios : Lábio superior caindo bem sobre o inferior, moderadamente grosso. Os cantos dos lábios são bem visíveis.
  • Mandíbulas / Dentes : Mandíbulas poderosas com uma mordedura em tesoura perfeita, regular e completa, em que os incisivos superiores se sobrepõem aos incisivos inferiores sem deixar espaço ; dentes são implantados verticalmente na maxila. Deve ter 42 dentes saudáveis ​​de acordo com a fórmula dentária. Mordida em torquês permitida.
  • Bochechas : Destaque-se moderadamente.
  • Olhos : Limpar limpo, com uma expressão atenta. Não muito grande ou redondo. Marrom escuro ou mais claro. Pálpebras bem aderidas e pigmentadas.
  • Orelhas : Algo mais do que moderadamente longo, deve atingir um máximo até a trufa ; pesado, inserção alta e ampla, arredondado em sua parte inferior, pender perto das bochechas, mas não dobrado.

PESCOÇO :

Moderadamente forte. A pele da garganta está um pouco solta.

CORPO

  • Top de linha : Eleve-se um pouco da cernelha à garupa.
  • Cruz : Pouco forte. Transição suave do pescoço para as costas.
  • Voltar : Forte e elástico.
  • Lombo de porco : Proporcionalmente curto, ampla, com boa musculatura.
  • Alcatra : Longo e razoavelmente plano.
  • No peito : Moderadamente largo, com parapeito bem desenvolvido; caixa torácica oval, profundo e longo, com costelas bem para trás.
  • Linha inferior e barriga : Sobe gradualmente em direção à parte de trás do corpo; barriga ligeiramente retraída.

CAUDA

: De comprimento médio que atinge um máximo até a articulação tíbio-tarsal ; inserção alta, carrega-o horizontalmente ou ligeiramente inclinado para baixo.

MEMBROS

MEMBROS ANTERIORES

  • Como um todo. : Vistos de frente, eles são retos e paralelos, e vistos de lado, eles estão bem posicionados sob o corpo. Eles têm boas angulações.
  • Ombro : Fortemente musculoso. Escápulas oblíquas e direcionadas para trás.
  • Braço : Longo, com músculos fortes e finos.
  • Cotovelos : Colado ao corpo, sem desvios para fora ou para dentro.
  • Antebraço : Vertical e fino. Com ossos fortes e musculatura muito boa.
  • Articulação do carpo : Strong.
  • Metacarpo : Um pouco direcionado para a frente.

MEMBROS POSTERIORES :

  • Como um todo. : Ossos fortes. Vistos por trás, são retos e paralelos. Boas angulações.
  • Coxa : Largo e muito musculoso.
  • Joelho : Perna forte : Relativamente longo, muscular e tendão.
  • Articulação do pé-quente : Strong.
  • Metatarso : Curta, posição vertical.

PÉS : Em forma de colher, com dedos bem arqueados e unidos, bem como almofadas de ouvido suficientemente acolchoadas, Difícil, forte e bem pigmentado. Eles são colocados no chão paralelamente à posição de pé ou durante o movimento, sem desvios para fora ou para dentro. Unhas pretas ou cor de chifre.

MOVIMENTO :

Cobre terreno com bom alcance e excelente dinâmica, membros anteriores e posteriores retos e paralelos ; movimento ligeiramente elástico.

PELE :

Espessura, Firmemente ligado.

PELES

CABELO :

É denso, colado, suave, moderadamente áspero, com pouco brilho ; é mais fino na cabeça e orelhas, mais áspero e mais longo na barriga , membros e cauda.

COR :

Vermelho escuro, cervo vermelho, Castanho avermelhado, vermelho amarelado, também amarelo pálido (até a cor da areia); cinza avermelhado como o cabelo de inverno do veado vermelho, também tigrado ou manchado de preto. Nas costas, a cor básica é geralmente mais intensa. Focinho e orelhas escuras. A cauda quase sempre é pontilhada escura. Um pequeno ponto claro é permitido no peito (estrela de caça).

TAMANHO E PESO :

Altura à Cruz : Macho : 47 – 52 cm.Hembra : 44 – 48 cm.

Tanto em homens como em mulheres, a tolerância nunca é permitida no tamanho maior ou menor.

FALHAS :

Qualquer desvio dos critérios acima é considerado faltando e a gravidade é considerada o grau de desvio do padrão e seu impacto sobre a saúde e o bem-estar do cão.

FALTAS GRAVES

• Trufa cor de carne.
• Prognatismo superior o inferior leve. Braçadeira parcial.
• Pálpebras muito soltas.
• Dorso muito antigo ou arqueado.
• Caixa torácica muito plana ou em forma de barril.
• Cotovelos muito estendidos ou para dentro.
• Membros posteriores muito altos.
• Posição muito estreita dos membros posteriores, ou em forma de vaca ou em O, tanto em pé quanto durante o movimento.
• Pelagem muito fina ou muito fina.
• Desvios intensos na cor; preto com marcas vermelhas.
• Tamanho diferente.

FALHAS ELIMINATÓRIAS

• cão agressivo ou medroso.
• Prognatismo superior o inferior marcado. Arco desviado dos incisivos.
• Falta de dentes (exceto P1).
• Ectropión, entrópio.
• Cauda congênita quebrada.
• Fraqueza de caráter.

Qualquer cão mostrando sinais comportamentais ou anormalidades físicas claras será desclassificado.
OBS.. : Machos devem apresentar dois testículos de aparência normais, bem desenvolvidos e acomodados a bolsa escrotal.

Nomes alternativos:

    1. Bavarian Mountain Scenthound (Inglês).
    2. Chien de recherche au sang de la montagne bavaroise (Francês).
    3. Bayerischer Gebirgsschweisshund (Alemão).
    4. (em alemão: Bayrischer gebirgsschweisshund) (Português).
    5. Sabueso bávaro de montaña, Rastreador de Baviera (español).
0/5 (0 Rever)
5 1 voto
Classifique a entrada

Partilhar é preocupar-se!!

Inscrever-se
Notificar de
convidado

Este site usa Akismet para reduzir o spam. Saiba como seus dados comentário é processado.

0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários
Snippets de código PHP Distribuído por : XYZScripts.com
ações
0
Amaria seus pensamentos, por favor comente.x